PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de DEFESA: DAYANNE CHIANCA DE MOURA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DAYANNE CHIANCA DE MOURA
DATA: 24/10/2014
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do NUPPRAR
TÍTULO:

APLICAÇÃO DE TECNOLOGIAS ELETROQUÍMICAS (OXIDAÇÃO VIA RADICAIS HIDROXILA, OXIDAÇÃO MEDIADA VIA CLORO ATIVO E ELETROCOAGULAÇÃO) EM DIFERENTES CASOS PARA O TRATAMENTO DE EFLUENTES REAIS OU SINTÉTICOS.


PALAVRAS-CHAVES:

Oxidação eletroquímica, Materiais eletrocatalíticos, Tratamento de efluentes, Corantes, efluente real da UFRN.


PÁGINAS: 120
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Físico-Química
ESPECIALIDADE: Eletroquímica
RESUMO:

Neste trabalho foi estudada a degradação de efluentes reais e sintéticos utilizando processos eletroquímicos, como oxidação via radicais hidroxila, oxidação mediada via cloro ativo e eletrocoagulação. Um dos efluentes utilizados foi coletado no tanque decantador da Estação de Tratamento de Efluentes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (ETE-UFRN) e o outro, um efluente do corante têxtil Azul Ácido113 (AB 113) sintetizado em laboratório. No processo eletroquímico, os efeitos do material anódico, da densidade de corrente, da presença e da concentração de cloreto assim como das espécies de cloro ativa geradas in situ foram avaliados. Eletrodos de diferentes composições, Ti/Pt, Ti/Ru0,3Ti0,7O2, BDD, Pb/PbO2 e Ti/TiO2-nanotubos/PbO2 foram utilizados como ânodo, segundo o estudo a ser desenvolvido. O eletrodo de composição nominal Ti/Ru0,3Ti0,7O2 foi submetido à análises eletroanalíticas com o objetivo de verificar como acontecem os processos anódicos e catódicos frente as concentrações de NaCl (eletrólito suporte utilizado). O efeito das espécies de cloro ativo formadas sob a eficiência do processo foi avaliado através da remoção da matéria orgânica do efluente ETE-UFRN. O poder de desinfecção do efluente da ETE da UFRN usando eletrodos de Ti/Pt e BDD foi avaliado, obtendo boas performances. A degradação eletroquímica do efluente ETE-UFRN foi capaz de promover a diminuição da concentração de COT e DQO em todos os ânodos testados. Entretanto, Ti/Ru0,3Ti0,7O2 apresentou uma degradação considerável devido as espécies de cloro ativa geradas in situ. Os resultados obtidos com o processo eletroquímico na presença de cloreto foram mais satisfatórios do que aqueles obtidos com o processo na ausência. Maiores concentrações de cloreto resultaram em remoções mais rápidas da matéria orgânica.

Por outro lado, a preparação e caracterização de um eletrodo de Ti/TiO2-nanotubos/PbO2 foi de acordo com o que reporta a literatura, entretanto sua preparação foi para um disco com área superficial bem superior ao descrito pelos mesmos autores, visando aplicação ao efluente do corante têxtil. O eletrodo Ti/TiO2-nanotubos/PbO2 foi analisado através da técnica de microscopia eletrônica de varredura (MEV) acoplada a um detector EDS a fim de se observar o crescimento de nanotubos como também o processo de eletrodeposição do PbO2. Também foi utilizado um microscópio de Força Atômica para comprovar a formação dos nanotubos. Além disso, foi testada e constatada uma alta estabilidade eletroquímica do eletrodo Ti/TiO2-nanotubos/PbO2 para aplicações a longo prazo devido apresentar uma disposição  de cristais tetragonais PbO2 bem ordenados, indicando como um ótimo material eletrocatalítico. A oxidação eletroquímica do AB 113 utilizando Ti/Pt, Pb/PbO2, Ti/TiO2-nanotubos/PbO2 e Al/Al (eletrocoagulação) também foi estudada. Entretanto, os melhores resultados foram obtidos quando Ti/TiO2-nanotubos/PbO2 foi utilizado como ânodo, removendo cerca de 98% de cor e chegando até 92,5% de remoção de matéria orgânica. Análise de CG/EM foram realizadas a fim de se identificar os possíveis intermediários formados na degradação do AB 113


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1645110 - CARLOS ALBERTO MARTINEZ HUITLE
Externo à Instituição - DANYELLE MEDEIROS DE ARAUJO - CAPES
Interno - 348475 - DJALMA RIBEIRO DA SILVA
Externo à Instituição - ELIANE GONÇALVES DE ARAÚJO - CAPES
Externo à Instituição - MARCO ANTONIO QUIROZ ALFARO - udlap
Notícia cadastrada em: 14/10/2014 16:30
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao