Banca de QUALIFICAÇÃO: FERNANDA SAADNA LOPES DA COSTA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FERNANDA SAADNA LOPES DA COSTA
DATA: 15/08/2014
HORA: 14:30
LOCAL: AUDITORIO DO CCET
TÍTULO:

Cartas de controle multivariadas para o monitoramento simultâneo do teor de isoniazida e rifampicina em uma formulação farmacêutica empregando a espectroscopia no infravermelho próximo.


PALAVRAS-CHAVES:

Cartas de controle; isoniazida; rifampicina; infravermelho próximo


PÁGINAS: 87
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Analítica
ESPECIALIDADE: Métodos Óticos de Análise
RESUMO:

O controle estatístico de processos é uma estratégia que tem sido cada vez mais utilizada para o monitoramento on-line de processos indústrias, no qual a principal ferramenta utilizada são as cartas de controle, que podem ser univariadas ou multivariadas, de acordo com o número de variáveis envolvidas no monitoramento. Basicamente, as cartas de controle são gráficos estatísticos que possuem uma faixa de tolerância limitada pelas linhas superior e inferior, calculadas com base no desvio padrão das amostras em condições de controle. Este trabalho apresenta a aplicação de cartas de controle multivariadas baseadas em duas filosofias: no vetor NAS (Net Analyte Signal) e na análise de componentes principais (do inglês, Principal Component Analysis), utilizando a espectroscopia no infravermelho próximo (NIR) na determinação da composição simultânea de dois princípios ativos (API), isoniazida e rifampicina, em formulações farmacêuticas produzidas pelo NUPLAM (Núcleo de Pesquisa em Alimentos e Medicamentos) da UFRN. As cartas foram construídas utilizando amostras de um planejamento experimental e da produção e obtiveram resultados acima de 92,0% de acerto para as amostras de calibração e validação, e 100% de acerto nas amostras de previsão, para as cartas via scores de PCA, e para as cartas via NAS para isoniazida, 100% de acerto na classificação das amostras dentro e fora do controle, da calibração e previsão, e acima de 90,0% para amostras dentro e fora do controle, na carta NAS para rifampicina. Os resultados mostraram a aplicabilidade das cartas de controle multivariadas controle de processos de uma indústria farmacêutica.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1913849 - EDGAR PERIN MORAES
Presidente - 1714946 - KASSIO MICHELL GOMES DE LIMA
Interno - 1523912 - TATIANA DE CAMPOS BICUDO
Notícia cadastrada em: 01/08/2014 08:56
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa28-producao.info.ufrn.br.sigaa28-producao