Banca de DEFESA: JONAS ARAUJO DE BRITO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JONAS ARAUJO DE BRITO
DATA: 31/01/2014
HORA: 16:00
LOCAL: Auditório do NUP-ER
TÍTULO:

Degradação eletroquímica de benzeno, tolueno e xileno via oxidação eletroquímica utilizando Ti/Pt


PALAVRAS-CHAVES:

Tratamento eletroquímico, Água produzida, Benzeno, tolueno e xileno.


PÁGINAS: 74
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Físico-Química
ESPECIALIDADE: Eletroquímica
RESUMO:

O presente trabalho é dirigido ao tratamento de compostos orgânicos presentes na água produzida de petróleo usando a tecnologia eletroquímica. A água produzida é um resíduo da indústria do petróleo de difícil tratamento, já que este efluente corresponde a 98 % do efluente gerado na exploração do petróleo e contem vários compostos, tais como hidrocarbonetos voláteis (benzeno, tolueno, etilbenzeno e xileno), hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs), fenóis, ácidos carboxílicos e compostos inorgânicos. Existem vários tipos de metodologias de tratamento desse resíduo sendo estudadas, dentre elas estão os processos biológicos, os processos de oxidação avançados (POAS), tratamentos eletroquímicos como eletroxidação, eletrocoagulação, eletroflotação e eletroredução. O método eletroquímico que é um método de pouco impacto ambiental, pois em vez de reagentes químicos utiliza o elétron que através de reações de oxido – redução transforma as substancias toxicas em substâncias de menor impacto ambiental. Assim, este trabalho se propõe estudar o comportamento eletroquímico e eliminação de benzeno, tolueno e xileno (hidrocarbonetos voláteis presentes na agua produzida) usando o eletrodo de Ti/Pt. Para o experimento foi utilizado um sistema eletroquímico em batelada composto por uma fonte continua, ânodo de Ti∕Pt, aplicando três densidades de corrente (1 mA/cm2, 2,5 mA/cm2 e 5 mA/cm2). O efluente sintético foi preparado mediante uma solução de benzeno, tolueno e xileno com concentração de 5 ppm, com objetivo de avaliar o comportamento eletroquímico através de voltametria cíclica e curvas de polarização, antes mesmo de avaliar a remoção desses compostos em solução através de oxidação eletroquímica. O comportamento de cada um dos compostos foi avaliado mediante o uso de técnicas eletroquímicas indicando que cada um dos compostos quando avaliado por voltametria cíclica, mostrou um comportamento de oxidação parcial via adsorção na superfície do eletrodo de Ti/Pt. A adsorção de cada um dos compostos depende da concentração presente em solução, mas destaca-se a forte adsorção do xileno. Entretanto, a remoção foi comprovada através de espectrofotometria UV-VIS, e analises de carbono orgânico total (COT), os quais mostraram um percentual de oxidação parcial (de 20 a 50% de TOC removido), confirmando o comportamento eletroquímico já observado na voltametria cíclica e curvas de polarização.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1645110 - CARLOS ALBERTO MARTINEZ HUITLE
Interno - 348475 - DJALMA RIBEIRO DA SILVA
Interno - 1412709 - NEDJA SUELY FERNANDES
Externo à Instituição - SUELY SOUZA LEAL DE CASTRO - UERN
Notícia cadastrada em: 20/01/2014 15:57
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa25-producao.info.ufrn.br.sigaa25-producao