PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de DEFESA: ÁDILA PRISCILLA GOMES RODRIGUES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ÁDILA PRISCILLA GOMES RODRIGUES
DATA: 10/12/2013
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do NUPPRAR-2º Andar
TÍTULO:

Síntese e Caracterização de Ferritas de Níquel dopadas com Cobalto e Efeito da Substituição nas suas Propriedades Magnéticas


PALAVRAS-CHAVES:

ferrita, espinélio, cobalto, reação de combustão e propriedades magnéticas.


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Inorgânica
ESPECIALIDADE: Físico Química Inorgânica
RESUMO:

As ferritas de composição Ni1−xCoxFe2O4 (0≤x≤0,75) foram obtidas através do método de síntese assistida por microondas e tiveram suas propriedades estruturais e magnéticas avaliadas em função do efeito da substituição do Ni pelo Co. Os compostos foram preparados de acordo com o conceito da química dos propelentes e aquecidos em forno microondas com potência 7000kw. O material sintetizado foi caracterizado por espectroscopia de absorção na região do infravermelho (FTIR), difração de raios X (DRX), com o uso do refinamento pelo método de Rietveld, área superficial específica (BET), microscopia eletrônica de varredura (MEV) com auxílio de análise por dispersão de energia (EDS) e medidas magnéticas (MAV). Os resultados obtidos, a partir destas técnicas confirmaram a viabilidade do método de síntese empregado para a obtenção da estrutura espinélio desejada, tanto para a ferrita de níquel quanto para as ferritas de níquel dopadas com cobalto. No entanto, observou-se a formação de fases secundarias referente às fases a - Fe2O3 , FeO, (FeCo)O e Ni0. Por outro lado, verifica-se que o aumento do teor de cobalto nos sistemas ocasiona uma crescente elevação na intensidade dos picos característicos da fase ferrita Ni-Co, indicando, assim, que os pós tornam-se mais cristalinos à medida que se aumenta a % em Mol do cobalto nos sistemas. A elevação da concentração de cobalto causou uma redução da área superficial específica e consequentemente aumentou o tamanho de partícula. Observou-se também a formação de aglomerados com morfologia irregular e um aspecto poroso, e que o aumento da concentração de cobalto levou a formação de aglomerados mais densos. As ferritas estudadas apresentaram características magnéticas diferenciadas de acordo com a quantidade do dopante utilizado, variando de material magnético bastante mole (fácil magnetização e desmagnetização) para o sistema sem cobalto, a um material magnético com comportamento um pouco mais duro para os sistemas contendo cobalto, permitindo o uso desses materiais como magnéticos moles (permeável) e intermediários (meio de gravação magnética), com ciclos de histerese relativamente estreitos.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 350633 - ADEMIR OLIVEIRA DA SILVA
Externo ao Programa - 030.089.724-38 - DANIELLE KARINNE SILVA GOMES - UFRN
Presidente - 349770 - DULCE MARIA DE ARAUJO MELO
Externo à Instituição - JOANA MARIA DE FARIAS BARROS - UFCG
Externo ao Programa - 350830 - JOSE HUMBERTO DE ARAUJO
Notícia cadastrada em: 29/11/2013 10:39
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa15-producao.info.ufrn.br.sigaa15-producao