PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARCELA NASCIMENTO BARBOSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARCELA NASCIMENTO BARBOSA
DATA: 09/09/2013
HORA: 08:30
LOCAL: Sala 3 - LCP
TÍTULO:

Estudo de materiais mesoporosos funcionalizados com diferentes aminas para captura do dióxido de carbono através do processo de adsorção


PALAVRAS-CHAVES:

Peneiras moleculares mesoporosas. Adsorção de CO2. Funcionalização. Amina.


PÁGINAS: 125
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Físico-Química
ESPECIALIDADE: Cinética Química e Catálise
RESUMO:

As mudanças climáticas que vêm ocorrendo no mundo estão diretamente relacionadas às emissões de gases de efeito estufa, principalmente CO2, devido, sobretudo, ao uso excessivo de combustíveis fósseis. A busca por novas tecnologias para minimizar os impactos ambientais decorrentes deste fenômeno vem sendo investigadas. O sequestro de CO2 é uma das alternativas que podem ajudar a minimizar as emissões desses gases. O CO2 pode ser capturado pela tecnologia pós-combustão, através do processo de adsorção, utilizando adsorventes seletivos para este fim. Portando, foram sintetizados, pelo método hidrotérmico a 100ºC, materiais mesoporosos do tipo MCM-41 e SBA-15. Após as sínteses os materiais foram submetidos à etapa de calcinação e, posteriormente, funcionalizados com diferentes tipos de aminas, através do método de refluxo. As amostras funcionalizadas com as aminas foram testadas nos ensaios de adsorção de CO2 afim de avaliar suas capacidades de adsorção, bem como, foram submetidas a diversas análises de caracterização no intuito de avaliar a eficiência do método utilizado para a funcionalização com as aminas. As técnicas físico-químicas utilizadas foram: Difração de Raios-X (DRX), Adsorção e Dessorção de nitrogênio (BET/BJH), Microscopia eletrônica de varredura (MEV), Microscopia eletrônica de transmissão (MET), Análise elementar CNH, Termogravimetria (TG/DTG) e Espectroscopia fotoeletrônica de Raios-X (XPS). Os ensaios de adsorção de CO2 foram realizados nas seguintes condições: 100 mg de adsorvente, temperatura de 25 ºC sob fluxo de 100 mL/min de CO2, pressão atmosférica e com variação no tempo de adsorção de 10 a 210 min. Os difratogramas de Raios-X juntamente com as micrografias eletrônicas de transmissão para as amostras sintetizadas e funcionalizadas, MCM-41 e SBA-15, apresentaram os picos característicos da formação de estrutura mesoporosa hexagonal, evidenciando que a estrutura do mesmo foi obtida. O método de refluxo utilizado na funcionalização foi eficiente segundo as análises de análise elementar e XPS, na qual, mostrou a presença das aminas nos materiais de partida. As amostras funcionalizadas de SBA-15 foram as que tiveram melhor potencial como adsorvente para captura de CO2 quando comparadas com as amostras de MCM-41, obtendo a máxima capacidade de adsorção para a amostra SBA-15-P.

 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1558610 - ANA PAULA DE MELO ALVES
Presidente - 350509 - ANTONIO SOUZA DE ARAUJO
Interno - 1149328 - VALTER JOSE FERNANDES JUNIOR
Notícia cadastrada em: 27/08/2013 11:06
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao