Banca de DEFESA: OSVALDO CRUZ SANTOS

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: OSVALDO CRUZ SANTOS
DATA: 19/07/2013
HORA: 13:00
LOCAL: auditório do CCET
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DA INCORPORAÇÃO DOS SEDIMENTOS DE DRAGAGEM DE CANAIS COM CHAMOTE E RESÍDUO DA LIGA DE Mn, EM MATRIZES CERÂMICAS PARA PRODUÇÃO DE PAVER.


PALAVRAS-CHAVES:

Argila,  Chamote,  Resíduos da liga de manganês, Sedimentos de canais,  Paver cerâmico.


PÁGINAS: 180
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

A produção de resíduos provenientes das atividades industriais é um dos fatores de contaminação ambiental e tem despertado atenção da comunidade cientifica, no sentido do seu reaproveitamento. Dentre as indústrias produtoras de resíduos, a de cerâmica estrutural e a de manganês têm dado ao Brasil o reconhecimento no ranking mundial de grande produtor de cerâmica vermelha e de liga de manganês. Por outro lado, a cidade do Salvador, capital do estado da Bahia, com aproximadamente 262 canais, responsáveis pelo escoamento de águas pluviais, produz todo ano, pela necessidade de intervenção de limpeza e desobstrução de canais, um volume significativo de sedimentos (lama dragada), impondo dessa forma uma metodologia adequada para sua destinação final. Este trabalho tem como objetivo avaliar a influência da incorporação desses rejeitos em matrizes de argila para produção de paver cerâmico. Todas as matérias primas oriundas da Região Metropolitana de Salvador (RMS) foram caracterizadas por FRX, DRX, TG, TDA, AG e dilatometria. Com a utilização da técnica estatística de planejamento experimental, foi definida em diagrama ternário a região de estudo e as formulações a serem analisadas. Foram preparados os corpos de prova com dimensões de 60x20x5mm, por prensagem uniaxial de 30MPa e, após sinterização nas temperaturas de 900º, 1000º e 1100ºC, as propriedades tecnológicas avaliadas foram: retração linear, absorção de água, porosidade aparente, massa especifica aparente, módulo de resistência à flexão e para a resistência à compressão uniaxial utilizou-se corpo de prova cilíndrico com Ø de 50mm. Os resultados mostraram viabilidade na utilização dos resíduos SCP, RCB e PFM em massa argilosa, em temperaturas acima de 900ºC, para produção de paver cerâmico, de acordo com as especificações das normas técnicas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1350249 - RUBENS MARIBONDO DO NASCIMENTO
Interno - 1298936 - ANTONIO EDUARDO MARTINELLI
Externo à Instituição - ADRIANO SILVA FORTES - IFBA
Externo à Instituição - DANIEL ARAÚJO DE MACEDO - UFPB
Notícia cadastrada em: 19/07/2013 12:42
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao