Banca de DEFESA: GISLAINE BEZERRA PINTO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GISLAINE BEZERRA PINTO
DATA: 19/12/2012
HORA: 08:30
LOCAL: PPGCEM
TÍTULO:

Sinterização em dois passos de eletrólitos de céria dopada com gadolínia para células a combustível de óxidos sólido


PALAVRAS-CHAVES:

 

célula a combustível de óxido sólido, eletrólito a base de céria, sinterização em dois passos.



PÁGINAS: 113
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
SUBÁREA: Materiais Não-Metálicos
ESPECIALIDADE: Cerâmicos
RESUMO:

As células a combustível são dispositivos eletroquímicos que convertem energia química em energia elétrica por uma reação direta. As células a combustíveis de óxido sólidos (Solid Oxide Fuel Cell - SOFC) operam em temperaturas entre 900 e 1000ºC, os eletrólitos são de cerâmica, atualmente o material mais utilizado é a zircônia estabilizada com ítria, no entanto a alta temperatura de operação pode causar problemas de instabilidade e incompatibilidade de materiais, degradação térmica e alto custo dos materiais periféricos. Com a intenção de minimizar esses problemas, vem sendo realizadas pesquisas para desenvolver células a combustível de óxido sólido de temperatura intermediária (IT-SOFC) que operam na faixa de temperatura de 600 a 800ºC, aonde vem sendo usado céria dopada com gadolínia como um dos mais promissores materiais para eletrólitos de IT-SOFC devido à alta condutividade iônica e uma boa compatibilidade com os eletrodos. Vem sendo investigadas formas de inibir o crescimento do grão durante a sinterização para melhorar as propriedades dos eletrólitos. Para tal, vem sendo utilizada a técnica de sinterização em dois passo (two-step sintering - TSS), que consiste em submeter a amostra a dois estágios de temperatura. O primeiro estágio visa atingir a densidade crítica para dar início ao processo de sinterização, em seguida a amostra é submetida a um segundo estágio de temperatura capaz de dar continuidade a sinterização sem que haja acelerado crescimento de grão, até sua total densificação. O principal objetivo deste trabalho foi produzir eletrólitos de céria dopada com gadolínia pelo processo de sinterização em dois passos. Neste contexto foram produzidas amostras a partir de pós com diferentes tamanhos de partículas através de quatro rotas de sinterização em dois passos. Foram obtidas amostras com elevada densidade relativa, superior a 90%, usando menor aporte de energia que muitos trabalhos relacionados a TSS. O tamanho médio de grão é inferior a 1µm, além disso, foram obtidas amostras com condutividade iônica e energia de ativação compatível e em alguns casos melhores que alguns resultados da literatura.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ADRIANO ALVES RABELO - UFPA
Interno - 1298936 - ANTONIO EDUARDO MARTINELLI
Externo à Instituição - ELIALDO CHIBERIO DA SILVA - IFRN
Presidente - 1350249 - RUBENS MARIBONDO DO NASCIMENTO
Interno - 345842 - UILAME UMBELINO GOMES
Notícia cadastrada em: 18/12/2012 11:02
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao