Banca de DEFESA: CARINA GABRIELA DE MELO E MELO BARBOSA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CARINA GABRIELA DE MELO E MELO BARBOSA
DATA: 16/12/2012
HORA: 09:30
LOCAL: Auditório do Laboratório de Cimentos
TÍTULO:

INFLUÊNCIA DO NaCl E KCl EM SISTEMAS DE PASTAS CONTENDO SÍLICA PARA POÇOS DE PETRÓLEO EM ZONAS EVAPORÍTICAS E CARBONÁTICAS


PALAVRAS-CHAVES:

Cimentação de poços, evaporitos,pré-sal, NaCl


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

 

Atualmente, um dos grandes desafios para as empresas petrolíferas é a exploração de petróleo em bacias dominadas por estruturas salinas, mais conhecidas por zonas evaporíticas. A camada de sal é formada pela evaporação da água do mar, cuja composição química inclui altas concentrações de cloreto de sódio (NaCl). Reservatórios profundos são encontrados abaixo de espessas camadas de sal que vedam o fluxo de óleo para fora da rocha, aprisionando hidrocarbonetos e aumentando, assim, a probabilidade de sucesso na prospecção de óleo e gás. Atendendo às condições de poço, são utilizadas pastas de cimento do tipo Portland para isolar, promover resistência mecânica ao poço e impedir a intercomunicação zonal das formações rochosas produtoras. Deste modo, as pastas de cimento devem atender à natureza dos sais, pois estes se encontram na natureza com distintas características. Assim, este trabalho teve como objetivo avaliar o comportamento da adição de sais NaCl e KCl em sistemas de pastas de cimento contendo 40% de sílica flour. As propriedades foram avaliadas através de ensaios de reologia, resistência à compressão pelo método ultrassônico (UCA) e resistência mecânica pelo método destrutivo, bem como com o uso de técnicas de caracterização térmica e difração de raios X. Os resultados mostraram que a presença do NaCl e KCl, interferem na atividade pozolânica da sílica, reduzindo a resistência das pastas quando adicionado altas concentrações dos sais. Essa interferência foi comprovada devido à formação do sal de Friedel, resultado da ligação dos cloretos livres ao aluminato tricálcico, incorporado às fases sólidas do cimento hidratado. Para o estudo de carbonatação, foi observada a influencia de meios ricos em CO2 no processo de degradação das pastas de cimento, resultando na perda da resistência mecânica.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1298936 - ANTONIO EDUARDO MARTINELLI
Interno - 349770 - DULCE MARIA DE ARAUJO MELO
Externo à Instituição - LUCINEIDE BALBINO DA SILVA - UFPB
Externo à Instituição - MARCOS ALYSSANDRO SOARES DOS ANJOS - IFRN
Interno - 1883170 - MAURICIO ROBERTO BOMIO DELMONTE
Notícia cadastrada em: 06/12/2012 12:00
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa19-producao.info.ufrn.br.sigaa19-producao