Banca de DEFESA: DANILO BRASIL RIBEIRO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DANILO BRASIL RIBEIRO
DATA: 24/08/2012
HORA: 15:00
LOCAL: auditório do NUPPRAR
TÍTULO:

UTILIZAÇÃO DE NANOSÍLICA COMO ADITIVO ESTENDEDOR PARA PASTAS CIMENTANTES DE BAIXA DENSIDADE DESTINADAS À CIMENTAÇÃO DE POÇOS PETROLÍFEROS


PALAVRAS-CHAVES:

Pasta leve, cimentação de poços de petróleo, estendedor, nano sílica.


PÁGINAS: 125
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

As operações de cimentação são realizadas em diferentes épocas do ciclo de vida de um poço e são de importância elevada, pois às funções que possuem são fundamentais para uma longa vida do poço,dentre as quais, manter a estabilidade mecânica do poço, promover o isolamento hidráulico, dar sustentação a coluna. Em algumas situações as zonas da formação a serem cimentadas possuem baixas pressões de fratura, sendo assim necessária a utilização de pastas leves para evitar que a pressão hidrostática na formação seja maior do que a pressão de fratura. Existem três maneiras de reduzir a densidade das pastas de cimento: aditivos estendedores de água, microesferas e pasta espumada. O aditivo estendedor de água mais utilizado é a bentonita sódica, que é uma argila com uma boa capacidade de absorção de água e expansão do seu volume, a grande desvantagem desse aditivo é que o aumento de sua concentração implica na redução de resistência mecânica. Atualmente a utilização de partículas em escala nanométrica tem recebido uma atenção especial, principalmente pelo fato de obter novas funcionalidades. Seguindo essa tendência, esse trabalho tem o objetivo de utilizar uma solução coloidal de nano sílica como aditivo estendedor em pastas leves para aplicação em poços de petróleo. Foram desenvolvidas pastas com densidade fixa de 13lb/gal e concentrações de nano sílica de 0,1gpc; 0,4gpc; 0,7gpc e 1gpc, a influência da nano sílica foi estudada para essas concentrações de forma isolada e com concentrações variadas de CaCl2, com o objetivo de avaliar a capacidade de aumento das propriedades também pela formação do gel de silicato de cálcio. Foram realizados ensaios de reologia, estabilidade, permeabilidade, resistência mecânica, tempo de espessamento. Alem dos ensaios API, foram realizadas caracterizações microestruturais das pastas após a cura, difração de Raios X (DRX), análise térmica, área superficial pelo método do BET e microscopia eletrônica de varredura (MEV). Os resultados mostraram que o aumento da concentração de Nano sílica foi eficiente na melhoria das propriedades reológica assim como na resistência mecânica. Como produto final foi proposta uma formulação de uma pasta que pode ser aplicada no campo.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 349770 - DULCE MARIA DE ARAUJO MELO
Externo à Instituição - ERICA NATASCHE DE MEDEIROS GURGEL PINTO - UnP
Externo ao Programa - 1804366 - JULIO CEZAR DE OLIVEIRA FREITAS
Presidente - 347420 - MARCUS ANTONIO DE FREITAS MELO
Notícia cadastrada em: 13/08/2012 12:38
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao