Banca de DEFESA: ARTUR DE MORAIS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ARTUR DE MORAIS
DATA : 31/03/2021
HORA: 13:30
LOCAL: https://meet.google.com/gxh-jwqc-qzx
TÍTULO:

SÍNTESE DE SCHEELITAS ATRAVÉS DO MÉTODO HIDROTERMAL ASSISTIDO DE MICROONDAS E SUAS PROPRIEDADES LUMINESCENTES E FOTOCATALÍTICAS

 

PALAVRAS-CHAVES:

Scheelitas; Hidrotermal; Fotoluminescência; Fotocatálise.

 

PÁGINAS: 70
RESUMO:

Scheelitas são materiais amplamente pesquisados devido suas ótimas propriedades e aplicações em tecnologias de emissão de luz, além de boa estabilidade térmica e química. Aliar materiais funcionais com técnicas de síntese eficientes e limpas se torna cada vez mais necessário no nosso mundo. Neste trabalho foram obtidas as Scheelitas CaMoO4, CaWO4 e CaWO4 dopado com 1% de európio usando o método de hidrotermal assistido de microondas pelos tempos de 1, 2, 4 e 8 minutos e foram avaliadas suas propriedades fotoluminescentes e fotocatalíticas na degradação dos corantes alaranjado de metila e rodamina B. Foram desenvolvidas formulações dos materiais individuais para a emissão composta se tornar branca Os compostos foram caracterizados por difração de raios X (DRX), fotoluminescência (FL), espectroscopia UV-Vis e microscopia eletrônica de varredura. Os resultados de DRX mostram que as amostras são puras, sem precipitação de segunda fase, mostrando que o európio é introduzido na estrutura. Os resultados de UV-Vis mostram que os gaps de energia estão dentro da faixa comumente reportada na literatura. As micrografias mostram morfologias bem definidas e auxiliam na discussão sobre o processo de crescimento das partículas. A fotoluminescência apresenta emissões nas regiões azul, verde e rosa para CaWO4, CaMoO4 e CaWO4:Eu, respectivamente. As emissões do európio são bem visíveis e dominam a região do vermelho no espectro de FL. As formulações desenvolvidas apresentaram emissões bem próximas da região branca do espectro. A atividade fotocatalítica mostrou que as formulações não foram eficientes na degradação do alaranjado de metila, removendo apenas 20% do corante após 120 minutos de irradiação com luz UV. No entendo, se mostraram bem eficientes na remoção da rodamina, alcançando valores próximos a 75% de remoção do corante.

 

MEMBROS DA BANCA:
Interna - 1802888 - FABIANA VILLELA DA MOTTA
Presidente - 1883170 - MAURICIO ROBERTO BOMIO DELMONTE
Externo à Instituição - NEFTALÍ LENIN VILLARREAL CARREÑO - UFPel
Externo à Instituição - RICARDO LUÍS TRANQUILIN - UFSCAR
Notícia cadastrada em: 18/03/2021 16:48
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa28-producao.info.ufrn.br.sigaa28-producao