Banca de QUALIFICAÇÃO: ARTHUR GABRIEL FERREIRA DE OLIVEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ARTHUR GABRIEL FERREIRA DE OLIVEIRA
DATA : 10/06/2019
HORA: 08:00
LOCAL: Sala Anexa - LMCME
TÍTULO:

OBTENÇÃO DOS COMPÓSITOS Al2O3 – 5%Ni e Al2O3 – 5%Nb UTILIZANDO A TECNOLOGIA DO PÓ E A MOAGEM DE ALTA ENERGIA


PALAVRAS-CHAVES:

Alumina, Compósitos, Moagem de Alta Energia, Tecnologia dos Pós.


PÁGINAS: 104
RESUMO:

Dentre os materiais utilizados em ferramentas de corte, as cerâmicas a base de alumina têm papel importante, principalmente pelo fato de possuir propriedades como alta dureza, estabilidade química e térmica, alta resistência ao desgaste e alta refratariedade. Entretanto, possuem baixa tenacidade, baixa resistência a flexão, baixa resistência a choque térmico e baixa condutibilidade térmica, o que muitas vezes compromete a sua aplicação. Dessa forma faz-se necessário desenvolver estudos no sentido de melhorar essas propriedades. A adição de outros materiais particulados, com ductilidade e tenacidade maior, pode servir como frente para inibição para propagação de trincas dessas ferramentas, melhorando consideravelmente a sua tenacidade à fratura. Nesse contexto, esse trabalho tem como objetivo estudar a adição de níquel e nióbio em alumina,utilizando a rota da tecnologia dos pós no processamento do material. Foram elaboradas composições com 5% de Níquel e com 5% de nióbio em alumina. Posteriormente, foi realizada a mistura manual dos pós e também a moagem de alta energia (MAE) em moinho planetário de bolas por 5, 10, 20, e 40 horas. Os pós misturados e moídos foram compactados em prensa uniaxial à 700 MPa e sinterizados em forno à vácuo a 1450⁰C por 1 hora. As amostras foram caracterizadas quanto as propriedades físicas e mecânicas. A microestrutura foi analisada por Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV-FEG), as fases cristalinas determinadas por Difração de Raios X (DRX) sendo realizada também a Espectroscopia de Energia Dispersiva (EDS). A densidade foi obtida pelo método de Arquimedes, a dureza e tenacidade a fratura pelo comprimento crítico de trinca. Os resultados do processamento dos pós indicaram a formação de pós compósitos em ambas composições. Já em relação a consolidação dos pós,houve uma diferença de comportamento entre os metais adicionados, principalmente considerando a sinterização. No compósito com níquel as melhores propriedades foram obtidas em torno do maior tempo de moagem, com densidade em torno de 96%, dureza de 1480 HV e tenacidade à fratura de 4,75MPa.m1/2. Já no compósito Alumina-Nióbio, os valores ótimos foram encontrados nos sinterizados de pós moídos em 5 horas de MAE, com densidade em torno de 95,5% dureza de 1329 HV e tenacidade à fratura de 4,30 MPa.m1/2. As propriedades desses compósitos quando em comparação com a vasta gama de ferramentas de cortes utilizadas e literatura, resulta num indicativo de aplicação principalmente em usinagem de aços rápidos AISI T15 (540 HV) e utilizando velocidades de corte em torno de 200m/min.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - ARIADNE DE SOUZA SILVA - UFRN
Externo ao Programa - 2613355 - FRANCINE ALVES DA COSTA
Externo ao Programa - 2414250 - MEYSAM MASHHADIKARIMI
Presidente - 345842 - UILAME UMBELINO GOMES
Notícia cadastrada em: 28/05/2019 14:50
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao