Banca de DEFESA: VANESSA CASTRO DE SOUZA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : VANESSA CASTRO DE SOUZA
DATA : 24/07/2018
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do NUPPRAR
TÍTULO:

ESTUDO DAS PROPRIEDADES DE ZEÓLITAS NATURAIS MODIFICADAS POR TRATAMENTOS ÁCIDOS E/OU BÁSICOS


PALAVRAS-CHAVES:

Zeólitas Naturais, Clinoptilolita, Modificação, Planejamento Experimental, Armazenamento de gases.


PÁGINAS: 100
RESUMO:

As zeólitas são materiais cristalinos constituídos pela união de tetraedros (SiO4 e AlO4) que geram canais e cavidades de dimensões moleculares, com aberturas de poros de até 2nm. A zeólita natural Clinoptilolita (Si/Al ≥ 4), pertencente ao do grupo da Heulandita e apresenta seletividade por íons de pequeno raio devido ao tamanho de suas cavidades. Esses materiais naturais não são obtidos na sua forma pura, tornando-se necessários tratamentos para posterior aplicação. Dentre os tratamentos possíveis para melhorar as propriedades, existem a modificação de cristal-partícula que pode ser obtida pelos métodos de desmetalização com tratamento hidrotérmico, ácido, básico ou a vapor. Dessa forma, torna-se viável o uso de zeólitas naturais, que apresentam baixo custo, após modificações, de modo que se obtenham melhorias de propriedades e consequentemente sejam promissoras para tratamento de efluentes, craqueamento catalítico e armazenamento de gases. Neste trabalho realizou-se modificações estruturais em zeólitas naturais Clinoptilolita, com tratamentos ácidos e básicos, para melhoria de propriedades texturais empregando um planejamento estatístico experimental para controle de variáveis do processo. O tratamento ácido foi o mais eficaz para melhoria das propriedades texturais (SBET passou de 27 para 165 m2/g), porém o básico apesar de não ter aumentado muito as propriedades texturais do material, aumenta consideravelmente a acidez de Brönsted da amostra por preservar o alumínio. As zeólitas clinoptilolitas obtidas de diferentes jazidas (ZNcelta, ZNchile e ZMcelta) foram tratadas com ácido (ZNceltaac, ZNchileac e ZMceltaac) que apresentaram melhorias em suas propriedades texturais. Essa amostras foram empregadas em adsorção de CO2 (308K) e apresentou-se eficiente com um aumento na captura de 1,33mmol/g(ZNchile) para 1,9mmol/g(ZNchileac) e para armazenamento de H2 (77K) se mostrou com um aumento considerável na capacidade de armazenamento que passou de 0,17mmol/g(ZMcelta) para 2,52mmol/g(ZMceltaac).


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2140818 - AMANDA DUARTE GONDIM
Externo à Instituição - JHONNY VILLARROEL ROCHA - NOVA
Externo à Instituição - MANUEL KARIM SAPAG - UNSL
Interno - 1755267 - MARIA CAROLINA BURGOS COSTA DO NASCIMENTO
Externo à Instituição - MARIELE IARA SOARES DE MELLO - UFRN
Presidente - 1308577 - SIBELE BERENICE CASTELLA PERGHER
Notícia cadastrada em: 06/07/2018 07:54
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa16-producao.info.ufrn.br.sigaa16-producao