Banca de QUALIFICAÇÃO: TIAGO ROBERTO DA COSTA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : TIAGO ROBERTO DA COSTA
DATA : 15/07/2016
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do NUPPRAR
TÍTULO:

TRANSPORTADORES DE OXIGÊNIO A BASE MANGANÊS PARA UTILIZAÇÃO EM PROCESOS DE COMBUSTÃO COM RECIRCULAÇÃO QUÍMICA


PALAVRAS-CHAVES:

Captura do CO2, Transportadores de Oxigênio, Combustão com Recirculação Química, Manganês, CLC.  


PÁGINAS: 140
RESUMO:

A matriz energética mundial é essencialmente constituída a base de combustíveis fósseis, sendo que estudos indicam que nas próximas décadas não haverá mudanças significativas nesse cenário e isso impacta de modo significativo no meio ambiente, pois a queima desses combustíveis para geração de energia produz bastante CO2. Sendo que o dióxido de carbono é o principal gás antropogênico responsável pela intensificação do efeito estufa. Devido a isso, cientistas e políticos de todo mundo tem sugerido diversas medidas e tecnologias que objetivam a diminuição das emissões de CO2 na atmosfera para as próximas décadas. Entre as tecnologias, a Captura e Armazenamento de CO2 (CAC) tem tido um destaque especial nos últimos anos.Estudos realizados tanto pela Agência Internacional de Energia (International Energy Agency) e o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), sugerindo diversos cenários de crescimento econômicos e de demanda energética, indicam que na maioria dos casos as tecnologias de captura e armazenamento do CO2 contribuem entre 10-55% do esforço mundial para reduzir as concentrações de CO2 na atmosfera até 2100. Nesse contexto, a combustão indireta com transportadores sólidos de oxigênio (processo Chemical-Looping Combustion-CLC), é considerada uma das melhores alternativas para reduzir o custo da captura do CO2, principalmente quando comparadas aos processos convencionais de captura, pois não necessita da separação do CO2 do N2, tão pouco, a utilização de O2 puro, pois o combustível não é misturado diretamente com ar ou oxigênio. Por outro lado, também, não ocorre a formação de NOx e a energia envolvida no processo é a mesma que uma combustão convencional.

Esta tese de doutorado está focada no desenvolvimento de cinco transportadores de oxigênio à base de manganês, os quais foram primeiramente caracterizados com objetivo de determinar quais deles são mais promissores para serem avaliados em processos de CLC. As técnicas e metodologias de caracterizações utilizadas durante a primeira etapa foram: porosimetria por injeção de mercúrio, resistência à fratura, difração de raios X (DRX), redução e oxidação à temperatura programada (RTP e OTP), capacidade de transporte de oxigênio (Roc), composição química, reatividade por termogravimetria e índice de velocidade. Concluída essas etapas, verificou-se que os transportadores Mn-ZrMF e Mn-ZrSG apresentaram propriedades apropriadas para serem avaliados em um reator de leito fluidizado descontínuo, onde os experimentos se assemelham às condições de CLC. Ao fim dos testes no reator, os transportadores de oxigênio foram submetidos a algumas técnicas de caracterização: DRX, RTP e MEV (Microscopia Eletrônica de Varredura). O transportador Mn-ZrMF apresentou problemas de aglomeração durante os testes no reator, sendo descartado. Por outro lado, o Mn-ZrSG apresentou elevada reatividade com os combustíveis utilizados (CO > H2 > CH4), não sendo verificado o problema da aglomeração, tendo baixa perda por atrito, com vida média útil superior a 11000 horas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 349770 - DULCE MARIA DE ARAUJO MELO
Externo à Instituição - JOSE ANTONIO BARROS LEAL REIS ALVES - UFCG
Interno - 1308577 - SIBELE BERENICE CASTELLA PERGHER
Notícia cadastrada em: 14/07/2016 07:44
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao