Banca de QUALIFICAÇÃO: HERCULANA TORRES DOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: HERCULANA TORRES DOS SANTOS
DATA: 14/03/2016
HORA: 14:00
LOCAL: AUDITÓRIO DO LABCIM
TÍTULO:

X


PALAVRAS-CHAVES:

Cimentação de poços petrolíferos. Poliuretana. Incorporador de ar

 


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

A cimentação é uma das operações mais importantes realizadas durante a fase de construção de um poço de petróleo, pois tem o objetivo de vedar zonas permeáveis e fornecer suporte para a coluna de revestimento. Zonas de interesse depletadas ou com baixa pressão de fratura requerem pastas cimentantes de baixa densidade. Métodos tradicionais para produzir pastas leves incluem a formação de espumas, o uso de microesferas ocas de vidro ou de aditivos leves. O objetivo desse trabalho é estudar pastas leves de cimento pelo uso  de  incorporadores  de  ar. Com a presença da poliuretana aumenta-se a tenacidade da pasta, e portanto, a capacidade de suportar ciclos termo-mecânicos e melhoria das propriedades. Além de apresentar excelentes resultados de controle de filtrado, água livre, permeabilidade e porosidade, contribuindo para a redução da migração de gás através da bainha de cimento (NASCIMENTO, 2006). As  concentrações  do  incorporador  escolhidas  partiram da sugestão dos fabricantes. A partir de uma densidade calculada de 1,87 g/cm3 (15,6 lb/gal) para uma pasta padrão, pastas com incorporador de ar e poliuretana foram preparadas. Um planejamento experimental foi previamente  realizado para melhor  avaliação dos efeitos dos aditivos usados. Ensaios de  densidade, estabilidade, resistência mecânica e permeabilidade foram realizados e atenderam as exigências do American Petroleum Institute (API) e da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) . Foi observada uma redução da densidade com o aumento da  concentração de incorporador de ar. A resistência à compressão diminuiu com a incorporação de ar, fato que já era esperado devido à formação de bolhas mas com a adição de poliuretana foi observado um aumento dessa resistência. Os ensaios de permeabilidade foram satisfatórios apresentando baixos valores o que é visto de forma positiva. Concluiu-se que é viável o uso de incorporador de ar juntamente com  a poliuretana em pastas leves de cimento para poço de petróleo e que é possível obter resultados coerentes para as condições de formações com baixo gradiente de fratura.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1298936 - ANTONIO EDUARDO MARTINELLI
Externo ao Programa - 1804366 - JULIO CEZAR DE OLIVEIRA FREITAS
Interno - 6347420 - MARCUS ANTONIO DE FREITAS MELO
Notícia cadastrada em: 04/03/2016 12:37
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa17-producao.info.ufrn.br.sigaa17-producao