Banca de QUALIFICAÇÃO: ADRIANO LINCOLN ALBUQUERQUE MATTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ADRIANO LINCOLN ALBUQUERQUE MATTOS
DATA: 10/08/2015
HORA: 14:00
LOCAL: A definir
TÍTULO:

Valorização de resíduos lignocelulósicos da biomassa regional para obtenção de compósitos poliméricos


PALAVRAS-CHAVES:

 Compósitos poliméricos, polipropileno, cajueiro, carnaúba, fibras vegetais.


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

As atividades agrícola e agroindustrial brasileira são importantes geradoras de resíduos que podem, a luz da ciência e engenharia de materiais, transformar-se em oportunidades de agregação de valor sob a forma de novos materiais, como os compósitos poliméricos, elaborados com o uso de fibras vegetais. O uso dos resíduos da poda de cajueiro e da extração de cera das folhas da carnaúba, para a produção de compósitos em uma matriz de polipropileno (PP), é o foco do presente trabalho. Para melhorar a qualidade da interface fibra/matriz foi utilizado o líquido da casca da castanha de caju (LCC), que por ser constituído principalmente por compostos de natureza fenólica, como cardanol, cardol e metil-cardol, também pode atuar como agente anti-oxidante no compósito polimérico. As fibras e os compostos fenólicos do LCC foram modificados com 2,4 tolueno diisocianato, promovendo sua ligação por pontes de uretana. As fibras modificadas foram processadas com PP em extrusora dupla rosca em concentrações de 5, 10 e 15% m/m em seguida moldadas por injeção. As propriedades físicas, reológicas, mecânicas e morfológicas foram avaliadas por picnometria, calorimetria exploratória diferencial, reometria de torque, ensaios mecânicos sob tração e flexão, e microscopia eletrônica de varredura. Compósitos obtidos com fibras não tratadas; mercerizadas; modificadas com LCC; e compatibilizadas com anidrido maleico, foram comparados, tendo sido observados os melhores desempenhos nos compósitos com o uso do anidrido maleico. Quando comparadas as diferentes fibras as de carnaúba apresentaram melhores resultados, o que se deve principalmente a sua maior razão de aspecto.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1639676 - EDSON NORIYUKI ITO
Externo ao Programa - 2941160 - JOSE HERIBERTO OLIVEIRA DO NASCIMENTO
Externo à Instituição - MEN DE SÁ MOREIRA DE SOUZA FILHO - EMBRAPA
Notícia cadastrada em: 28/07/2015 08:33
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa21-producao.info.ufrn.br.sigaa21-producao