Banca de DEFESA: YANA LUCK NUNES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: YANA LUCK NUNES
DATA: 15/08/2014
HORA: 08:30
LOCAL: A definir
TÍTULO:

Desenvolvimento de bioblendas poliméricas a partir de gelatina bovina e de tilápia com amido de milho


PALAVRAS-CHAVES:

bioblendas poliméricas; extrusão; gelatina; amido


PÁGINAS: 105
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

Com a necessidade da utilização de fontes alternativas ao petróleo, as matérias-primas naturais, de origem vegetal ou animal, adquiriram uma importância especial ao lado das matérias-primas minerais. Essas matérias-primas naturais podem dar origem a biopolímeros, que podem ser elaborados com materiais como lipídios, proteínas, carboidratos, plastificantes, surfactantes, outros aditivos e solventes. Um exemplo do aproveitamento de matérias-primas naturais na produção de biopolímeros é a gelatina, produzida a partir da desnaturação do colágeno de variadas fontes animais. Seu conteúdo de proteínas varia entre 85 a 92%, e trata-se de um produto que possui diversas aplicações tecnológicas, sobretudo, na produção de filmes. O objetivo deste trabalho é produzir bioblendas poliméricas de gelatina e amido de milho utilizando dois tipos de gelatina: gelatina bovina comercial e gelatina obtida a partir de resíduos de carne mecanicamente separada de tilápia (Oreochromis niloticus). Para a extração da gelatina de tilápia foram realizados 3 pré-tratamentos distintos, seguidos da extração em água destilada sob aquecimento. As propriedades da gelatina extraída foram semelhantes às da gelatina bovina estudada, e as diferenças observadas podem ser justificadas pela diferença de processos de extração e de fontes de obtenção. Foram produzidas blendas de gelatina e amido de milho comercial em uma câmara de mistura de um reômetro de torque tipo Haake com o objetivo de avaliar o comportamento de mistura da gelatina com o amido, e também, realizou-se a mistura por extrusão em extrusora dupla rosca destes materiais comerciais. Posteriormente, após ter definido os parâmetros de mistura, realizou-se a extrusão das blendas de gelatina de tilápia e amido de milho. As propriedades físico-químicas e reológicas das blendas de gelatina com amido termoplástico foram estudadas. As bioblendas poliméricas obtidas mostraram um comportamento de aditividade em diversas propriedades em relação aos materiais puros, desta forma, o processo para a obtenção da gelatina de tilápia e o desenvolvimento de bioblendas poliméricas mostraram-se simples e viáveis.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - BARTOLOMEU WARLENE SILVA DE SOUZA - UFC
Presidente - 1639676 - EDSON NORIYUKI ITO
Externo à Instituição - MEN DE SÁ MOREIRA DE SOUZA FILHO - EMBRAPA
Notícia cadastrada em: 14/07/2014 10:56
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa26-producao.info.ufrn.br.sigaa26-producao