Banca de DEFESA: FRANCISCO ALVES DA SILVA JUNIOR

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FRANCISCO ALVES DA SILVA JUNIOR
DATA: 30/05/2014
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório do Laboratório de Cimentos
TÍTULO:

Avaliação do efeito da adição de resíduo de borracha de pneu e brita calcária  na formulação de compósitos cimentíceos


PALAVRAS-CHAVES:

Compósitos cimentícios; Borracha de pneu; Brita calcária; Deformação


PÁGINAS: 95
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

Pesquisas têm mostrado que a introdução de borracha no concreto melhoram as características de deformabilidade deste, assim como, contribuem para destinação ambiental de resíduos gerados no processo de recauchutagem de pneus. Somado a isto, existe uma alta disponibilidade de rocha calcária no interior do RN e do CE. O não conhecimento desta pedra, não possibilita sua ampla utilização como agregado, deixando, esta farta oferta ociosa. Um compósito de brita do tipo calcária, com proporções de resíduo de borracha de pneu que pudesse ser utilizado como concreto seria uma alternativa para concretos destinados a baixas solicitações. Logo, este trabalho possui como objetivo a avaliação das caraterísticas de concretos contendo brita calcária e proporções de substituição do agregado miúdo (areia) por resíduo de borracha de pneus. Para tanto, caracterizou-se os materiais componentes do concreto, confeccionou-se corpos de prova de concretos com brita calcária, a partir do traço 1,0: 2,5: 3,5, variando-se o fator a/c, e inserindo-se um plastificante comercial, sem a proporção de resíduo, chamados de referência. A partir deste, foram escolhidos nas mesmas proporções concretos com e sem a presença do aditivo, assim como, estes com a utilização da brita granítica, por ser a mais utilizada. Escolhidas as referências, a estas foram acrescidas substituições de parte do agregado miúdo (areia) por resíduo de borracha de pneu proveniente do processo de recauchutagem, tratados com NaOH 1 M, nas proporções de 5,0 a 20,0 % em massa, curados e expostos ao ambiente semiárido. Os resultados indicam a possibilidade de utilização da brita calcária na composição do concreto com correção da trabalhabilidade utilizando-se plastificante. Observou-se uma diminuição nas propriedades mecânicas dos concretos com incrementos de resíduo de borracha, porém existe uma melhora de tenacidade, e deformabilidade do compósito, o que o torna interessante para a construção de pisos de concretos não estruturais, assim como, o resíduo retardou o processo de endurecimento, continuando o concreto a ganhar resistência, após os 28 dias. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1298936 - ANTONIO EDUARDO MARTINELLI
Interno - 1802888 - FABIANA VILLELA DA MOTTA
Externo à Instituição - MARCOS ALYSSANDRO SOARES DOS ANJOS - IFRN
Externo à Instituição - MARIA LUIZA LOPES DE OLIVEIRA SANTOS - UNIR
Interno - 1883170 - MAURICIO ROBERTO BOMIO DELMONTE
Notícia cadastrada em: 22/05/2014 12:01
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao