Banca de QUALIFICAÇÃO: JOAO JOSE MELO DOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOAO JOSE MELO DOS SANTOS
DATA: 27/02/2014
HORA: 09:00
LOCAL: sala de aulas PPGCEM
TÍTULO:

EFEITO DA ATIVAÇÃO QUÍMICA DE WHISKERS DE CELULOSE NAS PROPRIEDADES TÉRMICAS E MECÂNICAS DE NANOBIOCOMPÓSITOS DE PLA/WC


PALAVRAS-CHAVES:

Nanobiocompósitos, whiskers de celulose, poli(ácido lático), peróxido dicumila, misturador interno.


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

Ao longo das últimas décadas, nanobiocompósitos, que é a combinação de nanoreforços de partículas naturais com matrizes poliméricas de recursos renováveis, têm sido utilizado como alternativa viável economicamente, para substituir os compósitos convencionais, devido a sua boa processabilidade e propriedades mecânicas e termicas. No presente trabalho, processamos via misturador interno, nanobiocompósitos onde a matriz polimerica foi o poli(ácido lático) (PLA) e o reforço natural os whiskers de celulose (WC) extraídos do algodão natural. A extração dos WC foi realizada por hidrólise ácida, seguida de neutralização por diálise. Os WC foram liofilizados e misturados com o PLA em um misturador interno, adicionando ou não 0,5 phr, 1phr e 1,5 phr de peróxido de dicumila, acrescidos ou não de proporções mínimas de 0,5, 1 e 2% de ácido lático (AL). No intuito de melhorar o processo de compatibilização se associou em algumas formulações que tinham o AL, a inserção do octoato de estanho Sn(Oct)2. Em todas as formulações processadas, os materiais foram inseridos em dois tempos distintos: no tempo inicial (to = 0) e no minuto final (t = 9 min). Esses agentes compatibilizantes foram introduzidos, com o objetivo de melhorar a interação dos WC com a matriz de PLA. Posteriormente, as propriedades mecânicas dos materiais produzidos foram determinadas por ensaio de tração no DMA. O efeito da ativação química dos WC nas propriedades do nanobiocompósito foi investigado por Difração de Raios-X e Espectrofotometria no Infravermelho por Transformada de Fourier (FTIR); além das análises térmicas de Termogravimetria (TGA) e Calorimetria Exploratória Diferencial (DSC). Os aspectos morfológicos foram identificados pela técnica de Microscopia Eletrônica de Varredura com Emissão de Campo (MEV-FEG).


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1202134 - JOSE DANIEL DINIZ MELO
Interno - 1300987 - CARLOS ALBERTO PASKOCIMAS
Interno - 1350249 - RUBENS MARIBONDO DO NASCIMENTO
Externo à Instituição - AMELIA SEVERINO FERREIRA E SANTOS - UFPB
Notícia cadastrada em: 25/02/2014 07:44
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao