Banca de DEFESA: HELTON RUBIANO DE MACEDO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: HELTON RUBIANO DE MACEDO
DATA: 27/02/2012
HORA: 15:00
LOCAL: Auditório A do CCHLA
TÍTULO:

Das estantes para a tela: práticas de leitores de livros digitais do curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte


PALAVRAS-CHAVES:

Livros impressos; livros digitais; práticas socioculturais.


PÁGINAS: 150
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Comunicação
RESUMO:

 

A cultura do livro impresso perpassa o cotidiano de leitores por mais de cinco séculos e, a partir disso, hábitos e significados sobre a mídia livro estão arraigados sobre a comunidade leitora, numa espécie de “contrato de leitura” (VERÓN, 2004). Destarte, acreditamos ser possível conjecturar que o surgimento do livro digital venha modificar antigas práticas na relação com o livro impresso e por isso mesmo precisam ser investigadas a fim de compreender esse momento em que surgem produtos reconfigurados. Conscientes disso, definimos que a questão central da nossa pesquisa está baseada em compreender de que modo leitores de livros digitais realizam suas práticas. Nosso objetivo geral é investigar práticas socioculturais de leitores de livros digitais, com o intuito de revelar continuidades e descontinuidades no uso do livro em seus formatos impresso e digital. Para tanto, buscamos 1) propor uma caracterização de uma cultura do livro impresso que seja suporte para um possível mapeamento de marcas de uma cultura do livro digital; e 2) explorar o cenário de produção e oferta do livro digital, especialmente no Brasil, a fim de delineá-lo em suas primeiras configurações. Defendemos, como proposta metodológica, a sistematização de dimensões da cultura do livro impresso denominadas: ritualidade, simbologia, materialidade e forma, as quais auxiliarão a investida sobre o empírico. Nossa proposta está baseada, em diversos pontos, nos pesquisadores da história do livro, inscrita no campo da História Cultural (BURKE, 2008; CHARTIER, 1992, 1994, 2006; DARNTON, 1990, 2006, 2010). Adotamos como técnica de pesquisa a análise de falas, registradas por meio de entrevistas em profundidade, de leitores de livros em formato digital. Antes disso, julgamos pertinente empreender uma pesquisa exploratória baseada na aplicação de questionário online. Nosso recorte inclui leitores de livros digitais do curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Entre as conclusões desta dissertação, é possível apontar que o grupo de leitores investigados está solidamente vinculado a experiências com os livros impressos e que esse enraizamento cultural repercute sobremaneira sobre práticas com livros digitais.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1319361 - JUCIANO DE SOUSA LACERDA
Interno - 1645141 - SEBASTIAO GUILHERME ALBANO DA COSTA
Externo à Instituição - MARCOS ANTÔNIO NICOLAU - UFPB
Notícia cadastrada em: 24/02/2012 10:09
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao