Banca de DEFESA: MAISA CARVALHO DE SOUZA VIEGA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MAISA CARVALHO DE SOUZA VIEGA
DATA : 10/11/2016
HORA: 14:30
LOCAL: SALA 27, DEART
TÍTULO:

Cities of Love: Espaços de Recordação, Esquecimentos, Circulação e Fabricação de Memórias


PALAVRAS-CHAVES:

Memória; Cinematografia Urbana; Cidades do Amor


PÁGINAS: 171
RESUMO:

Num contexto de ampla inserção midiática, presencia-se um arquivamento sem precedentes de dados e uma contínua reescrita da memória possibilitados, entre outros, pelo desenvolvimento das Tecnologias de Informação e Comunicação. Longe de lidar com uma autosuspensão da memória, passamos a lidar com um grande volume de memórias menos estáveis. Este trabalho parte da premissa de que o cinema é um meio de comunicação legitimador de “enquadramentos” de memória. Ele atua sobre o “capital da memória” do homem; cria e acomoda uma “classe privilegiada” de imagens e narrativas das cidades em diálogos com outras imagens e narrativas; e integra, ao lado de outras mídias, as mobilizações visuais da cultura pelas quais as cidades são pensadas, vividas e lembradas. Este trabalho investiga filmes coletivos de ficção contemporâneos enquanto espaços voltados à recordação, engendramento, circulação e silenciamentos de memórias urbanas. Paris, Je T´aime (2006), New York, I Love You (2009) e Rio, Eu Te Amo (2014) formam o objeto empírico da pesquisa. As hipóteses sugerem que a franquia Cities of Love, responsável pela produçãodos longas-metragens analisados, é difusora da ideia de cidade além do bem e do mal (SCHORSKE, 2000); e queos filmes ao invés de sobrescreverem memórias acerca de cidades, reescrevem ou reproduzem memórias já instituídas ao recorrer a matrizes imagéticas e discursivas já solidificadas pela mídia em relação as cidades de Paris, Nova York e Rio de Janeiro.A discussão teórica apoiou-se na interlocução entre memória, mídia e cinematografia urbana. Destacam-se na condição de aporte teórico, os escritos de Almeida (1999), Assmann, A. (2008; 2011), Assmann, J. (2008; 2011), Calvino (2013), Comolli (2008), Costa (2002; 2008a), Erll (2008a; 2008b; 2012), Huyssen (2000), Mongin (2009), Pollak (1992) e Schorske (2000). Quanto aos procedimentos metodológicos, efetua-se abordagem predominantemente qualitativa e faz-se uso conjugado das análises de conteúdo do tipo temática e fílmica, com base em Aumont e Marie (2013) e Bardin (2011). Os resultados ratificam as hipóteses. Conclui-se que os filmes pertencentes à franquia cinematográfica Cities of Love, ao mesmo tempo que edificam cidades filmadas, tornam-se campos de disputa de memórias urbanas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1345775 - MARIA HELENA BRAGA E VAZ DA COSTA
Interno - 6348127 - JOSIMEY COSTA DA SILVA
Externo à Instituição - ÂNGELA FREIRE PRYSTHON - UFRPE
Notícia cadastrada em: 26/09/2016 15:35
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao