Banca de DEFESA: ZWYLA ALICE CABRAL GOUVEIA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ZWYLA ALICE CABRAL GOUVEIA
DATA: 24/08/2012
HORA: 10:30
LOCAL: Sala de multimeios NEPSA
TÍTULO:

O QUE DIZEM AS TESES E DISSERTAÇÕES EM TURISMO? ANÁLISE DAS TENDÊNCIAS EPISTEMOLÓGICAS DAS PRODUÇÕES (PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU - UFRN).


PALAVRAS-CHAVES:

Epistemológica. Pesquisas. Teses e dissertações. Tendência. Turismo.


PÁGINAS: 200
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Turismo
RESUMO:

O estudo consiste numa análise das pesquisas com temáticas em turismo, em nível de mestrado e doutorado, investigando suas tendências epistemológicas, no que concerne ao tipo de estudo que vem sendo produzido e aos métodos utilizados. Caracteriza-se como exploratório, documental e bibliográfico, tendo empreendido uma pesquisa transversal que compreende o período de 2007 a 2011. Analisa o contexto das produções acadêmicas em turismo, a natureza dessas pesquisas, os aspectos metodológicos adotados nessas teses e dissertações, as inclinações filosóficas e a coerência e contribuição das mesmas. Utiliza como meio para coleta de dados a Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD) e as secretarias dos Centros Acadêmicos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Emprega a técnica de amostragem por julgamento, e empreende a investigação nos diversos Centros Acadêmicos da UFRN, fazendo uso do método de análise de conteúdo. Mostra que, das 643 pesquisas analisadas, 43 delas possuem temáticas relacionadas ao turismo, o que caracterizou a amostra do presente estudo. Constata que o PPGA é o maior produtor de pesquisas com temáticas em turismo, estando à frente do PPGTur, que ocupa o terceiro lugar, neste  aspecto. Observa que todas as pesquisas analisadas são transversais e a temática mais investigada, com 21% da amostra, está relacionada aos aspectos mercadológicos do turismo, com tema “Administração de Hotéis e Restaurantes (AHR)”. Demonstra que todas as pesquisas da amostra fazem uso de entrevistas, sendo essas, em sua maioria, estruturadas. Percebe que a maior parte desses estudos, com 21% da amostra, emprega o método de análise de conteúdo. Pesquisam-se cerca de cinco vezes mais referências em português que em outros idiomas. Avalia que mais da metade da amostra caracteriza-se como positivista, associada aos aspectos do funcionalismo. Uma minoria de 21% dessas pesquisas busca identificar e recomendar soluções às problemáticas do turismo, ou mesmo representar parte delas. Conclui que os estudos em turismo são, em sua maioria, unifocais, sendo movidos por temáticas relacionadas ao trade turístico. O PPGTur produz um número ainda pouco representativo  de estudos. As teses e dissertações da amostra são limitadas e/ou impossibilitadas de analisar as mudanças do fenômeno provocadas pelo tempo. Apresentam critérios e se utilizam de outros métodos e técnicas para associar-se às entrevistas e à análise de conteúdo, obtendo dados e resultados mais sólidos e confiáveis. Utilizam um baixo número de referências em outros idiomas que não o português. A maior parte dessas pesquisas, caracterizadas como positivista-funcionalistas, investiga o funcionamento de organizações, planejamento, coordenação e expectativas, deixando de lado outras temáticas, também relevantes do turismo. É pouco expressivo o número de estudos que busca identificar soluções às problemáticas do turismo, ou mesmo, que representa parte delas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149626 - MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
Interno - 1675246 - LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
Externo à Instituição - SILVANA MARIA BITENCOURT - UFMT
Notícia cadastrada em: 15/08/2012 11:34
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao