Banca de QUALIFICAÇÃO: MARÍLIA FERREIRA PAES CESÁRIO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARÍLIA FERREIRA PAES CESÁRIO
DATA : 29/09/2023
HORA: 14:00
LOCAL: https://meet.google.com/cyq-ruhj-qih
TÍTULO:

GESTÃO DA HOSPITALIDADE URBANA E A ACEITAÇAO DAS TICS NA EXPERIÊNCIA TURÍSTICA: Um estudo na percepção de gestores e visitantes de destinos do Nordeste do Brasil.


PALAVRAS-CHAVES:

TICs; Turismo; Hospitalidade Urbana; Governança; Destinos Turísticos Inteligentes.


PÁGINAS: 82
RESUMO:

Muito embora a atividade turística venha crescendo a passos largos desde a Segunda Grande Guerra, fatores diversos e de várias magnitudes têm influenciado a maneira pela qual a mesma é pensada, planejada e gerida nas localidades. O aumento e melhoria do acesso e do uso das Tecnologias da Informação e Comunicação pelas pessoas têm feito com que a oferta de produtos e serviços de uma localidade tenha de estar preparada para bem receber esse novo perfil de consumidor, através de uma hospitalidade mais pensada e estruturada para melhorar a experiência dos visitantes. Corroborando com isso, Buhalis e Amaranggana (2015), já afirmavam que as TICs contribuem em termos de geração de experiências aos turistas, melhoram a eficiência na automação de processos para as organizações afins e ainda abrem um novo cenário para gestão de destinos (Ivars-Baidal et al., 2019). Sendo assim, algumas cidades têm passado por transformações relacionadas às novas tecnologias e vários outros aspectos, surgindo assim conceitos como as Cidades Inteligentes, as Cidades Responsivas e também os Destinos Turísticos Inteligentes. Acredita-se que as localidades possam usar as novas tecnologias para gerar uma melhor e maior hospitalidade, proporcionando assim uma experiência positiva para os turistas que a procuram. Com base nisto, o objetivo deste estudo é analisar o uso das TICs na gestão da hospitalidade urbana e na experiência turística, tanto pelos gestores, quanto pelos visitantes de destinos turísticos do Nordeste do Brasil. Para alcançar os objetivos propostos, no que se refere às questões de aporte metodológico, esta pesquisa será um estudo de caso múltiplo, de natureza exploratória e descritiva. E assim, será realizada com os principais representantes das secretarias municipais de turismo e com turistas que visitaram os destinos, sendo então os dados coletados, respectivamente, por meio de entrevistas semiestruturadas, questionários online e a realização de um grupo focal, também online. A partir daí, o tratamento dos dados será feito quantitativamente e qualitativamente e para apoiar a análise de conteúdo dos dados que serão triangulados, serão utilizados os softwares Excel e o Iramuteq (versão 0.7 Alpha 2). Espera-se desta maneira que o trabalho possa contribuir para a atividade turística das localidades ao coletar dados que possam demonstrar o perfil dos visitantes destas destinações, como foram as suas experiências e quais as suas expectativas quanto ao uso das TICs na infraestrutura local e turística, proporcionando assim, recursos informacionais importantes para que as governanças das localidades possam usá-los estrategicamente para melhorar a competitividade dos seus destinos turísticos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1372521 - MARIA VALERIA PEREIRA DE ARAUJO
Externo ao Programa - 2859852 - MAX LEANDRO DE ARAUJO BRITO - UFRNExterno à Instituição - ALEXANDRE AUGUSTO BIZ
Notícia cadastrada em: 26/09/2023 08:44
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao