Banca de QUALIFICAÇÃO: FERNANDO FIRMINO MASSANGO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FERNANDO FIRMINO MASSANGO
DATA : 26/10/2022
HORA: 10:00
LOCAL: NEPSA II
TÍTULO: ENSINO BASEADO EM COMPETÊNCIAS NOS PROGRAMAS DE FORMAÇÃO TÉCNICO-PROFISSIONAL EM TURISMO NO MUNICÍPIO DE INHAMBANE
PALAVRAS-CHAVES: Educação em turismo; Competências; Ensino baseado em competências; Andragogia; Formação técnico-profissional; Município de Inhambane
PÁGINAS: 99
RESUMO: Devido à sua transversalidade, o setor do turismo tem vindo a ser obrigado a permanentemente ajustar a sua estrutura de funcionamento. Sendo este um setor extremamente dependente de recursos humanos (RH), é crucial a aposta na gestão estratégica de RH como forma de se garantir que os RH do setor possam responder cabal e prontamente aos permanentes desafios e exigências do setor. Neste sentido, torna-se importante que seja dada especial atenção à formação, pois esta constitui um fator crítico no que tange à qualificação dos profissionais do turismo. O ensino técnico-profissional (ETP) desempenha um papel relevante na formação em turismo e os modelos de ensino adoptados nas formações são determinantes na qualidade dos formandos que irão ao mercado de trabalho. Neste âmbito, o modelo de ensino baseado em competências (EBC) surge como um aliado estratégico ao ETP na medida em que este modelo contribui, de forma significativa, na redução vs mitigação da discrepância entre o nível de formação e as competências exigidas ao profissional no mercado. A pesquisa tem como objetivo compreender a adoção do EBC nos programas de formação técnico-profissional em turismo no Município de Inhambane (MI), no período 2019-2022. Quanto à componente metodológica, a pesquisa é de natureza qualitativa, descritiva e exploratória. Esta será guiada com base no método dialético, o qual por seu turno será consubstanciado pela análise do discurso e de conteúdo. As entrevistas e inquéritos constituem os instrumentos de coleta de dados definidos para a consecução dos objetivos da pesquisa. As entrevistas serão aplicadas aos gestores de instituições de ETP em turismo no MI e aos empregadores. Relativamente aos inquéritos, estes serão aplicados aos egressos da formação em turismo nas instituições de ensino técnico-profissional do MI. Serão igualmente analisados os seguintes instrumentos: (i) Lei do ensino profissional em Moçambique e (ii) Programas dos diferentes cursos de turismo das instituições de ETP no MI. Para apoiar o processo de análise e interpretação adotar-se-á a triangulação dos dados. Neste contexto, a pesquisa permitirá apresentar: (i) as formas de aplicação dos pressupostos do modelo de EBC nos programas das instituições de ETP em turismo no MI, com enfoque para a articulação entre a teoria e a prática; e (ii) as necessidades dos empregadores do setor do turismo no MI, no que diz respeito aos conhecimentos e habilidades dos formandos e egressos das instituições de ETP em turismo nesta área. No que tange às contribuições teóricas, a pesquisa poderá servir de ferramenta de definição de estratégias para a eficácia da implementação do EBC nos programas de turismo nas instituições de ETP, tendo em conta as (atuais) dinâmicas do mercado e do setor do turismo. Por outro lado, a pesquisa poderá servir de instrumento de orientação para a concepção, desenvolvimento e implementação de programas de formação em turismo, com enfoque para o modelo de EBC, por parte de instituições de ETP. Quanto às implicações sociais, a pesquisa pretende reduzir as lacunas existentes no que diz respeito aos estudos ligados à formação em turismo no MI, com enfoque para a aplicação do modelo de EBC nas instituições de ETP em turismo nesta área. Deste modo, poder-se-á ter um panorama aprofundado do processo de formação em turismo nas instituições de ETP situadas no MI, com enfoque para a aplicabilidade das diferentes formações no mercado do trabalho. Espera-se que os resultados da pesquisa possam, em larga medida, contribuir para a qualificação e empregabilidade dos egressos das instituições de ETP em turismo no MI; para o melhoramento dos serviços oferecidos no setor turístico e por fim, para a competitividade turística internacional do destino MI, em particular, e de Moçambique em geral.
MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ESDRAS MATHEUS SILVA MATIAS - UFPB
Presidente - 1372521 - MARIA VALERIA PEREIRA DE ARAUJO
Externo ao Programa - 2859852 - MAX LEANDRO DE ARAUJO BRITO - null
Notícia cadastrada em: 20/10/2022 14:06
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao