Banca de QUALIFICAÇÃO: DIMAS MAGALHÃES BICALHO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : DIMAS MAGALHÃES BICALHO
DATA : 30/08/2021
HORA: 09:30
LOCAL: meet.google.com/trc-aomd-vvf
TÍTULO:

POLÍTICAS PÚBLICAS E A DIFUSÃO DO TURISMO SERRANO NO INTERIOR DO NORDESTE BRASILEIRO



PALAVRAS-CHAVES:

Turismo. Serras. Políticas Públicas. Sustentabilidade.


PÁGINAS: 52
RESUMO:

O turismo brasileiro possui uma característica marcante que difere as regiões e os processos a que estão submetidas, seja em função da estrutura organizacional ou dos formatos adotados para a comercialização, que acabam por priorizar os destinos massificados e localizados nas regiões sudeste e sul do Brasil e, no caso da região nordeste, os destinos localizados na faixa litorânea. A difusão para o interior  se depara com entraves que não permitem a evolução da atividade, embora a gestão central tenha estabelecido critérios e requisitos para os municípios de todo o país participarem do Mapa do Turismo Brasileiro. A interiorização do turismo nos estados nordestinos pode representar a diversificação do produto turístico e uma possibilidade para o fortalecimento do mercado interno e ainda contribuir com a gestão do patrimônio natural e cultural, em um diálogo com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. O objetivo da presente pesquisa é analisar como as políticas publicas contribuíram para a difusão do turismo nas áreas serranas localizadas no interior do nordeste brasileiro, observando como os princípios de sustentabilidade são aplicados nessas localidades. Pretende-se estabelecer uma forma de compreender o turismo em meio à dinâmica dos municípios que envolvem as regiões serranas do interior dos estados mediante a utilização dos métodos de pesquisa bibliográfica e documental, de modo a permitir a identificação e caracterização dos principais municípios, com dados coletados em órgãos oficiais e publicações de Turismo. Percebe-se que o turismo encontra no interior de todo o país diversas formas de ser associado às regiões serranas, seja pelas questões ambientais naturais, seja pelas condições climáticas ou a paisagem, as serras se fazem presente. No nordeste brasileiro, mesmo diante das singularidades e peculiaridades de cada local, é possível identificar a contribuição das serras para o turismo em 5 dos 9 estados da região, com destinos que se configuram como opção turística mais expressiva no interior e uma alternativa aos grandes fluxos destinados ao litoral. 



MEMBROS DA BANCA:
Externa ao Programa - 2135640 - CAROLINA TODESCO
Presidente - 1149402 - MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
Interno - 2578221 - MOZART FAZITO REZENDE FILHO
Externo à Instituição - RODRIGO CARDOSO DA SILVA - IFB
Notícia cadastrada em: 10/08/2021 11:40
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao