Banca de QUALIFICAÇÃO: HOLLIVER BRENO BARBOSA DE FREITAS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : HOLLIVER BRENO BARBOSA DE FREITAS
DATA : 30/11/2020
HORA: 17:00
LOCAL: Google Meet: https://meet.google.com/qbc-kbyu-xbz
TÍTULO:

DESTINO TURÍSTICO INTELIGENTE: ANÁLISE DA PERCEPÇÃO DOS VIAJANTES NA EXPERIÊNCIA TURÍSTICA EM NATAL/RN


PALAVRAS-CHAVES:

Ecossistema de Turismo Inteligente. Destino Turístico Inteligente. SEGITTUR. Experiência Turística. Co-Criação


PÁGINAS: 51
RESUMO:

Dando suporte ao gerenciamento e à entrega de serviços, bem como às experiências turísticas, com características marcadas pelo intenso compartilhamento de informações e pela co-criação de valor, emerge a teoria de Ecossistema de Turismo Inteligente (ETI). Na literatura especializada, o Destino Turístico Inteligente (DTI) é tido como exemplo prático de ETI, tendo seu conceito sustentado pelo uso cada vez mais intenso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), no turismo, conectando pessoas e coisas a qualquer momento, em qualquer lugar. A aplicação de tecnologias chamadas inteligentes almeja melhorar a experiência do turista no destino. Ampliando este espectro, surgem modelos teóricos que almejam sustentar pesquisam que ponderem dimensões consideradas na percepção do melhoramento das experiências turísticas vivenciadas pelos visitantes de destinos turísticos. A SEGITTUR, órgão espanhol, possui destaque neste cenário, trazendo arcabouço documentalizado em formato de normas que leva em consideração não só a aplicação da Tecnologia, mas práticas gerenciais tidas como inteligentes nos âmbitos da Inovação, Sustentabilidade e da Acessibilidade Universal. Assim, o objetivo deste estudo consiste em analisar as dimensões de Destinos Turísticos Inteligentes na percepção do visitante de Natal em relação à sua Experiência Turística. A metodologia de abordagem é qualitativa, trata-se de um estudo longitudinal, conforme a primeira fase retrata a percepção dos gestores a respeito das dimensões de DTI orientadas pela SEGITTUR, Espanha: Inovação, Tecnologia, e Acessibilidade Universal e Sustentabilidade. Com base neste modelo, procedeu-se com o levantamento documental em ferramentas de planejamento turístico de âmbito local, o Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável (PDITS) de Natal, de 2013; e o Plano de Marketing da Área Turística de Natal, de 2016, além de Decretos do contexto de Crise – COVID-19. Com isto, o campo empírico se constitui de dados secundários e primários, incluindo-se a coleta junto aos turistas em Natal. Sobre o instrumento de coleta, trata-se do roteiro de entrevista validado na primeira fase de estudo. Será utilizada a análise de conteúdo, para este tratamento será utilizado a ferramenta de análise de conteúdo – software NVivo, no intuito de perseguir um dos objetivos específicos que é o de identificar quais elementos das dimensões de DTI estão presentes em instrumentos de planejamento turístico de Natal e Decretos do contexto de Crise. Pretende-se, com esta pesquisa, contribuir com o aprimoramento do processo de consolidação de práticas inteligentes em Natal, impactando positivamente nas relações entre os agentes do turismo, trazendo melhorias à competitividade do destino pesquisado.

 


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 2568265 - LEILIANNE MICHELLE TRINDADE DA SILVA BARRETO
Interno - 2001718 - LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
Interno - 1149626 - MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
Notícia cadastrada em: 11/11/2020 11:27
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao