Banca de QUALIFICAÇÃO: FERNANDA SANTOS GENTIL ARAÚJO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FERNANDA SANTOS GENTIL ARAÚJO
DATA : 10/12/2019
HORA: 15:00
LOCAL: NEPSA II
TÍTULO:

MODELO DE AVALIAÇÃO DE ATRATIVOS TURÍSTICOS


PALAVRAS-CHAVES:

Turismo. Atrativo turístico. Gestão de atrativos.


PÁGINAS: 42
RESUMO:

De forma geral, pode-se dizer que um atrativo turístico é um recurso natural ou construído pelo homem com o objetivo de atrair pessoas/visitantes. Os atrativos turísticos são a alma de um destino, pois são parte do recurso, ambiente e experiência geral que os visitantes procuram consumir nos lugares que visitam. O mercado de atrativos é grande, e junto com o setor de transportes e hospedagem, os atrativos formam um dos componentes centrais do turismo, fornecendo um elemento de suma importância na experiência desfrutada pelo visitante, podendo influenciar diretamente na percepção de um destino. No entanto, o setor de atrativos sofre uma falta de reconhecimento de sua relevância a nível de destino, mesmo sendo muitas vezes o principal motivador da visita. Connell e Page (2011) afirmam que um dos principais problemas em pesquisar sobre atrativos turísticos está em definir o que compreende uma atrativo. Assim, este trabalho tem como objetivo desenvolver um modelo de avaliação da composição e desenvolvimento de um atrativo turístico. Esse estudo possui abordagem qualitativa e quantitativa, e se caracteriza como uma pesquisa exploratória e descritiva. Sua abordagem é Qualitativa, pois é uma estratégia usada para responder perguntas sobre os grupos, comunidades e interações humanas tendo como finalidade a descrição dos fenômenos turísticos, ou ainda do comportamento humano de sua relação com o turismo (Peres, 2005). Quantitativa, pois se considera que tudo pode ser quantificável, o que significa traduzir em números, opiniões e informações para classificá-las e analisá-las. Requer o uso de recursos e técnicas estatísticas como percentagem, coeficiente de correlação, análise de regressão, etc (Silva e Menezes,
2005). Se caracteriza como exploratória, pois restringe-se aos objetivos e busca um conhecimento maior sobre o tema para orientar a direção a ser seguida. E descritiva, pois tem como objetivo descrever características de um determinado fenômeno, população ou relações entre variáveis (Andrade, 2004).


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1298904 - CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
Interna - 2568265 - LEILIANNE MICHELLE TRINDADE DA SILVA BARRETO
Externo à Instituição - MARCIO MARREIRO DAS CHAGAS - IFRN
Notícia cadastrada em: 02/12/2019 11:42
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao