PPGFST PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE Telefone/Ramal: (84) 3342-2002 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgfst

Banca de DEFESA: JOUBERT VITOR DE SOUTO BARBOSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JOUBERT VITOR DE SOUTO BARBOSA
DATA : 01/03/2023
HORA: 09:00
LOCAL: Remoto
TÍTULO:

ADAPTAÇÃO E VALIDAÇÃO DE CONTEÚDO DOS INSTRUMENTOS DE MEDIDA DO CONTROLE CLÍNICO QUE COMPÕEM O SISTEMA ELETRÔNICO PARA A AVALIAÇÃO, SUPORTE E MONITORAMENTO DA ASMA PARA ADULTOS (e-ASMA)


PALAVRAS-CHAVES:

Asma; Inquéritos e Questionários; Psicometria; Adultos.


PÁGINAS: 100
RESUMO:

Introdução: A avaliação do controle da asma, no Brasil, tem sido realizada a partir de instrumentos de medida originalmente desenvolvidos em inglês, traduzidos e validados para o português. Esses instrumentos são importantes para a detecção precoce do nível de controle da asma, retardando os sintomas e auxiliando no manejo da doença. Objetivo: Adaptar e testar a validade de conteúdo, para a população adulta, dos instrumentos de medida de avaliação do controle da asma denominados de Questionário de Avaliação Suporte e Monitoramento da asma (qASMA) e Diário de Avaliação, Suporte e Monitoramento da asma (dASMA), que compõem o sistema eletrônico para Avaliação Suporte e Monitoramento da Asma (e-ASMA). Métodos: Trata-se de um estudo metodológico exploratório, de avaliação de propriedades de medida, com adultos a partir de 18 anos, que apresentem diagnóstico de asma em qualquer nível de controle, de acordo com a Global Initiative for Asthma (GINA). O presente estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa da UFRN (CAAE: 35771920.2.0000.5537 e PARECER: 4.895.038) e está vinculado ao projeto “Desenvolvimento e validação de um sistema eletrônico para Avaliação, Suporte e Monitoramento da Asma (e-ASMA)” aprovado na Chamada CNPq/MCTI/FNDCT Nº 18/2021 – UNIVERSAL visando apoiar o desenvolvimento científico, tecnológico e a inovação do país. Este seguiu as recomendações internacionais do Consensus-based Standards for the selection of health Measurement Instruments (COSMIN) e compreendeu 2 fases: (1) adaptação inicial do qASMA e dASMA para a população adulta e obtenção de versões preliminares dos instrumentos; (2) avaliação da adaptação conceitual e semântica e validação de conteúdo do qASMA e dASMA. Os instrumentos qASMA e dASMA desenvolvidos e validados para adolescentes brasileiros originaram as suas respectivas versões para adultos. A adaptação das versões para adultos do qASMA e dASMA e suas respectivas validações de conteúdo foram obtidas a partir da adaptação inicial dos itens através de consenso dos pesquisadores, seguida do julgamento destes por um comitê de juízes e um pré-teste realizado a partir de entrevistas em profundidade com adultos com asma. Resultados: Os itens que compõem o qASMA e dASMA foram inicialmente adaptados por três pesquisadores do estudo. Após a adaptação inicial, os instrumentos foram julgados por um comitê com 10 juízes, que seguiram os critérios do COSMIN para a avaliação da relevância e da abrangência dos itens. Inicialmente, cinco itens do qASMA e um item do dASMA apresentaram valores de kappa de fleiss inferiores ao adequado (0,70). Estes itens foram adaptados e novamente enviados e aprovados pelo comitê de juízes. Posteriormente, foram realizadas as entrevistas em profundidade com 15 representantes do público-alvo. Após a análise de discurso dos participantes, foram elencadas cinco categorias temáticas demonstrando a abrangência dos instrumentos. Todos os participantes consideraram os itens dos instrumentos relevantes e compreensíveis bem como indicaram que as instruções para preenchimento, o período de tempo a ser levado em consideração e as opções de resposta estavam adequados. Alguns participantes sugeriram pequenas modificações na redação de alguns itens. Essas sugestões foram acolhidas pelos pesquisadores com o objetivo de facilitar a compreensão dos itens para a versão final dos instrumentos. Conclusão: As etapas de adaptação dos instrumentos suportaram sua validação de conteúdo e sugerem que os itens do qASMA e dASMA são relevantes, compreensíveis e abrangentes para a população alvo. As versões do qASMA e dASMA apresentam validade de conteúdo adequada para o rastreio de informações acerca do controle da asma em adultos brasileiros. Por fim, os resultados deste estudo de adaptação e validação de conteúdo suportarão as demais validações psicométricas dos instrumentos qASMA e dASMA para adultos brasileiros.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2291421 - KARLA MORGANNA PEREIRA PINTO DE MENDONCA
Externa ao Programa - 2966742 - KAROLINNE SOUZA MONTEIRO - nullExterna à Instituição - RAQUEL EMANUELE DE FRANCA MENDES ALVES - EBSERH
Notícia cadastrada em: 17/02/2023 11:34
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao