PPGFST PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE Telefone/Ramal: (84) 3342-2002 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgfst

Banca de QUALIFICAÇÃO: LARISSA FERNANDA ESTEVAM DO NASCIMENTO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LARISSA FERNANDA ESTEVAM DO NASCIMENTO
DATA : 09/11/2022
HORA: 14:00
LOCAL: REMOTO
TÍTULO:

Aspectos relacionados às limitações da capacidade física em pacientes pós-COVID-19


PALAVRAS-CHAVES:

Pós-Covid-19, capacidade física, teste de exercício, teste de esforço


PÁGINAS: 50
RESUMO:

A COVID-19 é uma doença infecciosa que causa diferentes manifestações sistêmicas durante a fase aguda e que em muitos pacientes pode levar à síndrome respiratória aguda grave. No momento pós agudo, ou pós-COVID-19, sabe-se que alguns pacientes podem evoluir com redução da capacidade de exercício e na qualidade de vida. Durante a pandemia entre os anos de 2020-2022, muito se estudou sobre as consequências dessas manifestações no sistema cardiopulmonar e músculo esquelético envolvidos desde a limitação funcional, quanto à melhor forma de identificar e planejar a intervenção nesses pacientes. A avaliação da capacidade de exercício é essencial para identificar a deterioração funcional e planejar o processo de reabilitação em sobreviventes pós-COVID-19. Dessa forma, o objetivo geral desta tese é investigar os aspectos relacionados às limitações funcionais desde suas formas de avaliação, medidas de desempenho e análise de ativação muscular e fadiga, além da identificação na literatura das propriedades psicométricas dos testes de exercício utilizados em pacientes no momento pós-Covid-19. Métodos: Essa tese foi dividida em duas partes. A primeira parte 1) é uma revisão sistemática sobre as propriedades psicométricas (validade, confiabilidade [consistência interna e erro de medida], efeitos de aprendizagem, repetição do teste, familiaridade, responsividade e interpretabilidade) dos testes de exercício em pacientes pós- COVID-19; onde serão incluídos ensaios clínicos randomizados, ensaios clínicos controlados e randomizados (RTC), quase-RTCs e estudos observacionais. A segunda parte, 2) trata-se de um estudo transversal realizado com pacientes adultos que foram diagnosticados com COVID-19, submetidos ou não à internação hospitalar, de ambos os sexos, comparados a um grupo controle e avaliados de forma não invasiva, utilizando eletromiografia de superfície (EMGs) durante o teste funcional de senta e levanta de 1 min (1-STS). Resultados preliminares: O protocolo da revisão sistemática foi finalizado e a busca dos estudos será realizada em outubro de 2022. O estudo transversal foi aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa do Hospital Universitário Onofre Lopes-HUOL/UFRN, sob o Parecer nº 4.172.356. As coletas foram realizadas de setembro de 2020 até novembro de 2021 e até o momento  foram avaliados 36 pacientes pós-COVID-19 e 11 voluntários do grupo controle.

Conclusões: Espera-se fornecer evidências da obtenção de características psicométricas  dos testes de performance física no pós-Covid-19 e apoiar a indicação das características de desempenho físico e adaptação desses pacientes ao exercício. Além disso, dos efeitos da COVID-19 sobre a capacidade de exercício, dada pela atividade elétrica muscular. Dessa forma, essa tese poderá ser consolidada a relevância no desenvolvimento de protocolos padronizados para orientação e prescrição de exercícios durante a reabilitação dessa população.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 5566309 - VANESSA REGIANE RESQUETI FREGONEZI
Interna - 2319151 - TATIANA SOUZA RIBEIRO
Externa ao Programa - 2211023 - ILLIA NADINNE DANTAS FLORENTINO LIMA - UFRN
Notícia cadastrada em: 17/10/2022 10:56
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao