Banca de DEFESA: ELIZANE POQUIVIQUI DO NASCIMENTO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ELIZANE POQUIVIQUI DO NASCIMENTO
DATA : 27/05/2022
HORA: 14:00
LOCAL: VIDEOCONFERÊNCIA
TÍTULO:

CAPACIDADE FÍSICA E OXIGENAÇÃO TECIDUAL EM PACIENTES PÓS
COVID-19


PALAVRAS-CHAVES:

Tolerância ao exercício; Infecção por coronavírus; Hemodinâmica; Espectroscopia de Luz Próxima ao Infravermelho.


PÁGINAS: 40
RESUMO:

Evidências científicas e clínicas apontam um comprometimento persistente da capacidade funcional em indivíduos pós COVID-19, entretanto a causa da limitação funcional e da sintomatologia ainda precisam ser elucidadas. Dessa forma, o objetivo desse estudo foi avaliar e comparar a capacidade funcional em pacientes pós Covid-19 versus grupo controle, além de analisar a hemodinâmica cardíaca e a resposta da oxigenação muscular tecidual durante os protocolos de avaliação em ambos os grupos. Trata-se de um estudo transversal em pacientes diagnosticados com COVID-19 que passaram ou não por internação hospitalar, maiores de 18 anos de ambos os sexos comparados a um grupo controle. Utilizamos dois testes funcionais para análise e comparação do desempenho: o teste da caminhada dos 6-minutos (TC6M) e o teste senta e levanta de 1 min (1-STS). Além das variáveis de desempenho, frequência cardíaca, saturação periférica de O2 e sintomatologia (dispneia e fadiga), avaliamos a resposta de hemodinâmica cardíaca por impedância (volume sistólico, índice de volume sistólico (VSi), débito cardíaco, índice cardíaco (IC), Resistência Vascular Sistêmica (RVS), Índice de resistência vascular sistêmica, Fração de Ejeção (FE), Volume Diastólico Final, Tempo de enchimento ventricular e Índice de contratilidade (ICT)) durante o protocolo 1-STS. As respostas da perfusão tecidual na oxigenação do músculo vasto-lateral (oxiemoglobina (O2Hb), desoxiemoglobina (HHb), hemoglobina total (tHb) e índice de saturação tecidual (TSI)) foram registrados antes, durante e após dois minutos (recuperação) em ambos os testes. Para análise de dados utilizamos o programa estatístico GraphPad Prism 8.0 com níveis de significância p<0,05 e Intervalo de Confiança de 95% e para as comparações intragrupo das variáveis realizamos teste de Friedman enquanto nas comparações intergrupos Mann-Whitney. Foram incluídos no estudo 36 pacientes, 13 (36,11%) mulheres e 23 (63,88%) homens, com idade mediana de 36,00 (29,00-51,00) anos de idade e com IMC de 26,51(24,06-30,32) no grupo pós COVID-19 e 11 indivíduos no grupo controle, 8 (72,72%) mulheres e 3 (27,27%) homens, com idade mediana de 25,00(23,00-39,00) anos e com IMC de 23,71(22,54-28,28). Quando comparados os grupos, o grupo pós COVID-19 apresentou redução de 20% no desempenho versus controle na distância percorrida no TC6M (p=0,0001) e de 28% no número de repetições do 1-STS (p=0,01). Ainda, houve diferenças intergrupos nas variáveis de hemodinâmica cardíaca durante o protocolo de 1-STS onde o grupo pós COVID-19 apresentou redução de 18% no VSi (p=0,004), de 21% no IC (p=0,0009), de 78% no ICT (p=0,0001) e de 29% no FE (p=0,0003) e um aumento da RVS em 25% (p=0,03) e 27% no RVSi (p=0,0007). Apesar do menor desempenho funcional, as variáveis oxigenação tecidual durante os testes TC6M e 1-STS e na fase de recuperação apresentaram respostas de magnitude semelhante entre pessoas com COVID-19 e controles saudáveis, não havendo diferença estatisticamente significativa intergrupo nas variáveis estudadas. Assim, nossos resultados sugerem que o grupo pós COVID-19 quando comparado a sujeitos não infectados apresentam (I) redução na capacidade funcional identificado por ambos os testes, em 28% no 1-STS e 20% no TC6M, (II) alterações nas respostas hemodinâmicas cardíacas e de resistência vascular sistêmica (III) padrão semelhante da oferta e consumo de oxigenação muscular em ambos os testes semelhantes em ambos os grupos.Sugerimos que um estudo com maior número amostral e com estratificação de grupos pós COVID-19 para complementar esses achados.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 5566309 - VANESSA REGIANE RESQUETI FREGONEZI
Externo ao Programa - 3296783 - SAINT CLAIR GOMES BERNARDES NETO
Externo à Instituição - RENCIO BENTO FLORENCIO - UNICEUNA
Notícia cadastrada em: 24/05/2022 16:03
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa22-producao.info.ufrn.br.sigaa22-producao