Banca de QUALIFICAÇÃO: RENATA JANAÍNA PEREIRA DE SOUZA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RENATA JANAÍNA PEREIRA DE SOUZA
DATA : 29/02/2020
HORA: 14:00
LOCAL: A DEFINIR
TÍTULO:
Adição de facilitação neuromuscular proprioceptiva ao treinamento cardiorrespiratório
em pacientes pós-AVC: protocolo de estudo para um ensaio clínico randomizado

PALAVRAS-CHAVES:

Ensaio Clínico, Acidente vascular Encefálico, exercícios respiratórios, marcha, músculos respiratórios, reabilitação;


PÁGINAS: 20
RESUMO:

Introdução: Os indivíduos afetados pelo Acidente Vascular Encefálico apresentam alterações nas funções cardiovasculares e respiratórias. O treinamento cardiorrespiratório (TCR) é uma das diretrizes clássicas de intervenção para a aptidão cardiorrespiratória. O TCR associado à técnica de Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva (FNP) para os músculos respiratórios pode melhorar a qualidade de vida, a função cardiorrespiratória e os parâmetros da marcha dos pacientes após o AVE.

Objetivo: Avaliar os efeitos dos padrões respiratórios e de tronco da TCR associados à FNP na qualidade de vida, marcha, consumo de oxigênio, força muscular respiratória e volumes torácicos.

Métodos: Será realizado um ensaio clínico cego, randomizado e com sigilo de alocação. Quarenta pacientes serão randomizados em quatro grupos: TCR -membro inferior (MMII) mais FNP; TCR MMII e respiração; TCR -membro superior (MMSS) mais FNP; ou TCR- MMSSe respiração. Os indivíduos serão avaliados em três momentos diferentes do pré-tratamento, após 20 dias de tratamento e 1 mês após o término do tratamento. O protocolo de tratamento consiste em exercícios respiratórios, 30 min de TRC (cicloergômetro) e, em seguida, repetição dos exercícios respiratórios, realizados três vezes por semana, durante  período de 20 dias. As medidas de desfecho primárias são qualidade de vida, marcha, equilíbrio, pico de captação de oxigênio, função respiratória e pressões inspiratórias e expiratórias máximas, bem como volumes do compartimento da caixa torácica.

Discussão: A associação do PNF com a TCR pode ser uma alternativa viável e acessível para aumentar a função cardiorrespiratória em pacientes com AVE.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - CATARINA SOUZA FERREIRA RATTES LIMA GUERINO
Presidente - 275.782.084-20 - ARMELE DE FATIMA DORNELAS DE ANDRADE - UFPE
Interna - 5566309 - VANESSA REGIANE RESQUETI FREGONEZI
Notícia cadastrada em: 18/02/2020 15:40
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa25-producao.info.ufrn.br.sigaa25-producao