Banca de DEFESA: RAFAELLA SILVA DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RAFAELLA SILVA DOS SANTOS
DATA : 15/02/2018
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Fisioterapia
TÍTULO:

COMPARAÇÃO DOS CRITÉRIOS DIAGNÓSTICOS DA SARCOPENIA POR DIFERENTES CONSENSOS EM MULHERES RESIDENTES EM COMUNIDADE: UM ESTUDO TRANSVERSAL


PALAVRAS-CHAVES:

Envelhecimento; Mulheres; Sarcopenia; Músculo Esquelético; Força Muscular; Velocidade de Caminhada; Prevalência.


PÁGINAS: 81
RESUMO:

Introdução: Mulheres tendem a ser mais vulneráveis do que homens no processo de envelhecimento, devido a fatores sociais, biológicos e hormonais, favorecendo o surgimento precoce de sarcopenia (redução da massa muscular com o avançar da idade, podendo estar associada a prejuízos na função e força). International Working Group on Sarcopenia (IWGS), European Working Group on Sarcopenia in Older People (EWGSOP) e Asian Working Group for Sarcopenia (AWGS) são os principais consensos referentes à sarcopenia no mundo, os quais elaboraram diferentes critérios para o seu diagnóstico. Objetivo: Comparar os critérios diagnósticos da sarcopenia por diferentes consensos em mulheres residentes em comunidade. Materiais e Métodos: Estudo observacional analítico, de caráter transversal, composto por 472 mulheres de 40 a 80 anos, divididas em três grupos (grupo 1: 40 a 50 anos; grupo 2: 51 a 60 anos; grupo 3: 61 a 80 anos). Foram coletados dados sociodemográficos e socioeconômicos, dados sobre prática regular de exercício físico e mensuração de medidas antropométricas. Foi realizada avaliação da massa muscular esquelética, velocidade da marcha e força de preensão manual. Seguindo a padronização estabelecida nos consensos, foram gerados pontos de corte para massa muscular, velocidade da marcha e força de preensão e, a partir desses pontos de corte, foram encontradas prevalências de sarcopenia por meio dos critérios diagnósticos dos três protocolos. Resultados: Os pontos de corte encontrados para massa muscular, velocidade da marcha e força de preensão foram de 5,92 kg/m², 0,78 m/s e 21,33 kgf, respectivamente. Nos três grupos de faixas etárias, a menor prevalência de sarcopenia foi observada pelos critérios diagnósticos do IWGS (grupo 1 - 3,00%; grupo 2 - 1,30%; grupo 3 - 15,70%). Já a maior prevalência de sarcopenia em todos os grupos foi observada pelo EWGSOP e AWGS igualmente (grupo 1 - 5,00%; grupo 2 - 6,00%; grupo 3 - 23,10%). Conclusão: Nas três faixas etárias, os resultados de prevalência da sarcopenia por meio dos critérios diagnósticos do EWGSOP foram exatamente iguais os do AWGS, sendo bem diferentes e mais elevados do que os resultados de prevalência por meio dos critérios diagnósticos do IWGS.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1460020 - ALVARO CAMPOS CAVALCANTI MACIEL
Externo à Instituição - DANIELE SIRINEU PEREIRA - UNIFAL-MG
Interno - 350637 - RICARDO OLIVEIRA GUERRA
Notícia cadastrada em: 05/02/2018 15:22
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao