Banca de DEFESA: INGRID GUERRA AZEVEDO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : INGRID GUERRA AZEVEDO
DATA : 19/10/2017
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Fisioterapia
TÍTULO:

RELAÇÃO ENTRE HISTÓRIA REPRODUTIVA E DISFUNÇÕES DO ASSOALHO PÉLVICO COM FORÇA MUSCULAR RESPIRATÓRIA EM MULHERES DE MEIA-IDADE E IDOSAS RESIDENTES NA COMUNIDADE



PALAVRAS-CHAVES:

História reprodutiva, disfunções do assoalho pélvico, força muscular respiratória, epidemiologia, envelhecimento.


PÁGINAS: 128
RESUMO:

Introdução: A história reprodutiva feminina e disfunções do assoalho pélvico, em conjunto com os efeitos da menopausa, tem contribuído para as alterações físicas que aparecem com o envelhecimento, como as alterações precoces na capacidade funcional de mulheres. Desta forma, investigar a história reprodutiva feminina e disfunções do assoalho pélvico, e sua relação coma força muscular respiratória se torna de grande necessidade. Objetivo: Avaliar a relação da força muscular respiratória com variáveis da história reprodutiva e disfunções do assoalho pélvico, em mulheres de meia idade e idosas residentes na comunidade. Métodos: Foram estudadas 208 mulheres entre 41-80 anos, nas cidades de Santa Cruz - RN. Os sujeitos foram recrutados por conveniência e após consentimento, a avaliação foi realizada. Foram coletados dados sociodemográficos, medidas antropométricas, hábitos de vida, história reprodutiva, alterações de assoalho pélvico, avaliação do desempenho físico, avaliação da força muscular respiratória (manovacuometria), avaliação da composição corporal (análise de bioimpedância elétrica). Resultados: Aproximadamente 44,1% da amostra tiveram 3 gestações ou menos, 30,4% tiveram 4-6 gestações e 25,5% tiveram mais que 7 gestações. Houve uma diferença significativa considerando a paridade quando comparada entre as duas categorias de idade (41-60 versus 61-80 anos de idade). Os valores de PImáx foram diferentes ao considerar a escolaridade, tabagismo, tempo sentada por dia e paridade. Ao considerar os valores de PEmáx, houve diferenças quanto à escolaridade e paridade. Quanto à PImáx, aqueles que tiveram três ou menos gestações tinham mais de 20 cmH2O do que aqueles que tiveram sete gestações ou mais. Considerando a PEmáx, a diferença entre grupos educacionais foi de 12 cmH2O, mas na mesma direção. Com relação às disfunções do assoalho pélvico, 14,7% das mulheres apresentaram prolapso de órgão pélvico (POP) sintomático. O POP sintomático não foi associado à PImáx. As variáveis idade, escolaridade, IMC, tabagismo e paridade foram associadas à PImáx na análise univariada, mas apenas idade, IMC e tabagismo são determinantes de PImáx no modelo multivariado. No modelo univariado, POP sintomático, idade, escolaridde, IMC e paridade foram associados à PEmáx. As mulheres com POP sintomático apresentaram PEmáx mais baixa quando comparadas às mulheres sem esta condição (β = -14,78; p = 0,014). As mulheres com maior idade e maior número de crianças (≥ 5 crianças) obtiveram piores valores de PEmáx, e aquelas com maior IMC e mais anos de estudos (> 7 anos), valores mais elevados, na análise univariada. No modelo multivariado, apenas idade, IMC e POP sintomático são determinantes para a PEmáx. Conclusão: Este estudo traz evidências de que as múltiplas gestações e disfunções do assoalho pélvico influenciam a força muscular respiratória, uma vez que mulheres com maior número de gestações e com POP sintomático têm valores mais baixos de pressões respiratórias máximas. Ainda, outras variáveis, como o IMC e o tempo gasto em sedentarismo ao longo do dia possuem relação com a capacidade de gerar pressões respiratórias.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1460020 - ALVARO CAMPOS CAVALCANTI MACIEL
Externo à Instituição - ANA TEREZA DO NASCIMENTO SALES FIGUEIREDO FERNANDES - UEPB
Externo ao Programa - 2446479 - LILIAN LIRA LISBOA
Externo ao Programa - 3885543 - SAIONARA MARIA AIRES DA CAMARA
Externo à Instituição - SILVANA LOANA DE OLIVEIRA SOUZA - UMH
Notícia cadastrada em: 26/09/2017 11:55
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao