Banca de DEFESA: DANIEL GERMANO MACIEL

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : DANIEL GERMANO MACIEL
DATA : 07/03/2017
HORA: 09:00
LOCAL: AUDITÓRIO DO DEPTO DE FISIOTERAPIA
TÍTULO:

Efeito de um programa de exercício funcional associado à Terapia Laser de Baixa Intensidade na dor, desempenho funcional e qualidade de vida em indivíduos com fibromialgia: ensaio clínico randomizado duplo-cego



PALAVRAS-CHAVES:

Terapia a Laser de Baixa Intensidade; Terapia por Exercício; Dor Crônica; Equilíbrio Postural; Depressão.


PÁGINAS: 72
RESUMO:

A fibromialgia é uma doença que apresenta dor musculoesquelética crônica e difusa associada a fadiga, distúrbio do sono, problemas cognitivos e baixos níveis de condicionamento físico. Trabalhos recentes mostram bons resultados tanto com a prática de exercícios funcionais quanto com a utilização da terapia laser de baixa intensidade (TLBI) para reduzir os sintomas dessa população. Porém, não foram encontradas evidências que associem as duas formas de terapia no tratamento da fibromialgia. Objetivo: Investigar os efeitos de um programa de exercícios funcionais associado à TLBI na dor, desempenho funcional e qualidade de vida de indivíduos com fibromialgia. Métodos: Trata-se de um ensaio clínico randomizado e duplo-cego composto por 22 mulheres divididas em dois grupos de forma aleatória em blocos: grupo placebo (n=11) que foi submetido a um programa de exercícios funcionais associado a TLBI placebo; e o grupo laser (n=11) que foi submetido ao mesmo programa de exercícios associado a TLBI ativa. O programa de exercício teve duração de dois meses e frequência de três vezes semanais. A TLBI (808nm; 100mW; 4J e 142,85 J/cm2 por ponto) foi aplicada imediatamente após cada sessão de exercício em diferentes pontos dos músculos quadríceps (8), isquiotibiais (6) e tríceps sural (3), bilateralmente. Todos os indivíduos foram submetidos a avaliações pré e pós intervenção quanto a: dor (locais, intensidade e limiar), desempenho funcional (equilíbrio, testes funcionais), desempenho muscular (flexibilidade e variáveis isocinéticas), depressão e qualidade de vida. A análise estatística foi realizada por meio do SPSS 20.0 adotando um intervalo de confiança de 95%. Resultados: Pode-se observar que houve uma redução da dor e melhora do desempenho funcional e muscular, da depressão e qualidade de vida em ambos os grupos (p<0,05), porém, sem diferenças significativas entre eles (p>0,05). Conclusão: O programa de exercício funcional foi eficaz na melhora da dor, desempenho funcional e qualidade de vida de indivíduos com fibromialgia. No entanto, a TLBI não promoveu um incremento nos efeitos positivos proporcionados pelo exercício.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - DANILO DE ALMEIDA VASCONCELOS - UEPB
Externo ao Programa - 2646619 - RODRIGO PEGADO DE ABREU FREITAS
Presidente - 2566849 - WOUBER HERICKSON DE BRITO VIEIRA
Notícia cadastrada em: 23/02/2017 11:04
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao