Banca de DEFESA: TATIANA ONOFRE GAMA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : TATIANA ONOFRE GAMA
DATA : 17/02/2017
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Fisioterapia
TÍTULO:

EFEITOS DA CIRURGIA BARIÁTRICA E DE UM PROGRAMA DE REABILITAÇÃO NA APTIDÃO CARDIORRESPIRATÓRIA E FUNÇÃO PULMONAR EM MULHERES OBESAS


PALAVRAS-CHAVES:

aptidão cardiorrespiratória; cirurgia bariátrica; função pulmonar; obesidade; treinamento físico.



PÁGINAS: 148
RESUMO:

Introdução: O número de indicações para cirurgia bariátrica (CB) tem crescido mundialmente, demonstrando ser uma medida útil no tratamento da obesidade severa, promovendo redução da morbimortalidade, melhora das alterações cardiorrespiratórias/metabólicas e maior qualidade de vida. Programas de reabilitação após a CB têm sido estimulados, sendo importante especialmente no controle das comorbidades e do reganho de peso corporal a longo prazo. Apesar disto, existem poucas evidências relacionadas aos efeitos da CB, com ou sem reabilitação, na aptidão cardiorrespiratória (ACR), medida esta que impacta fortemente na mortalidade e no controle do peso. Nesse contexto, se faz necessário o acompanhamento da capacidade funcional e a implementação de programas de reabilitação no pós-operatório (PO) de CB, visto que a perda de peso isolada parece não aumentar a ACR em indivíduos que permanecem sedentários após a cirurgia. Objetivos: Avaliar os efeitos da CB e de um programa estruturado de reabilitação cardiopulmonar e metabólica (aplicado no PO) na ACR e função pulmonar em mulheres obesas, e compará-las a um grupo controle. Métodos: A pesquisa foi dividida em duas etapas. Inicialmente, foi realizado um estudo de follow-up constando de avaliação antropométrica, espirométrica e cardiorrespiratória/funcional (Teste de Esforço Cardiopulmonar-TECP) em 34 obesas antes e após a CB, dos quais resultaram dois artigos. Na segunda etapa, realizamos um ensaio clínico não randomizado e simples cego, envolvendo 12 mulheres adultas obesas (grau II e III) candidatas à CB, que foram divididas em grupo controle-GC (n=6) e grupo intervenção-GI (n=6). Todas as pacientes foram avaliadas no pré-operatório, terceiro (3MPO) e sexto mês de PO (6MPO), quanto aos mesmos parâmetros da primeira etapa. O GI participou de um programa específico de reabilitação supervisionada, que constou de exercícios aeróbios e resistidos durante 12 semanas e com início no 3MPO. Já o GC recebeu apenas orientações gerais. Assim, foram produzidos no total três artigos científicos, onde a estratégia estatística variou conforme a metodologia de cada estudo. Foi considerado um nível de significância estabelecido em p<0,05. Resultados: Após a CB, todas as pacientes avaliadas apresentaram redução significativa (p<0,001) nas comorbidades (hipertensão e diabetes) e medidas antropométricas, além de melhora na função pulmonar (p<0,05). Porém, apenas as obesas que participaram do protocolo de treinamento físico evoluíram com aumento significativo (p<0,05) no VO2pico e na duração total do TECP, de 5,9 ml/kg/min (23,8%) e 4,9 minutos (42,9%), respectivamente. Após um período de 9,4±2,7 meses de PO, houve uma redução de 0,398 L/min do VO2pico absoluto (p<0,001) nas pacientes que permaneceram sedentárias após a CB (n=34), sem diferenças no VO2pico relativo ao peso corporal (p=0,06). Observamos ainda moderada correlação (r= -0,52, p<0,05) entre ΔVO2pico e ΔCP-circunferência do pescoço. Conclusões: A aplicação de um programa estruturado de reabilitação em um grupo de mulheres obesas após três meses de CB, foi capaz de promover aumento significativo na ACR apenas no grupo treinado, apontando que a tolerância ao exercício e a capacidade aeróbia podem não aumentar nas mulheres que permanecem inativas após a cirurgia. No entanto, independente da prática de exercícios, a perda de peso corporal induzida cirurgicamente melhorou a função pulmonar e reduziu comorbidades importantes.



MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - DANIELLA CUNHA BRANDÃO - UFPE
Presidente - 1149619 - SELMA SOUSA BRUNO
Externo ao Programa - 1853614 - SERVULO AZEVEDO DIAS JUNIOR
Externo à Instituição - SHIRLEY LIMA CAMPOS - UFPE
Interno - 5566309 - VANESSA REGIANE RESQUETI FREGONEZI
Notícia cadastrada em: 01/02/2017 14:01
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao