Banca de QUALIFICAÇÃO: THALITA MEDEIROS FERNANDES DE MACEDO LINS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THALITA MEDEIROS FERNANDES DE MACEDO LINS
DATA: 28/04/2016
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório Departamento de Fisioterapia
TÍTULO:

EFEITOS DO MÉTODO BUTEYKO EM CRIANÇAS ASMÁTICAS RESPIRADORES BUCAIS.


PALAVRAS-CHAVES:

Criança, Asma, Sistema respiratório, Exercícios respiratórios, Sono. 


PÁGINAS: 84
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Fisioterapia e Terapia Ocupacional
RESUMO:

Introdução: A asma é uma das doenças crônicas mais comuns em crianças, com importante morbidade e mortalidade nos indivíduos por ela acometidos. Além do tratamento farmacológico, terapêutica não farmacológica tem sido amplamente utilizada na busca de terapias alternativas no tratamento dessa patologia. Objetivo: Avaliar os efeitos do método Buteyko como terapia adjunta no tratamento de crianças asmáticas respiradores bucais. Materiais e métodos: Trata-se de um estudo quase-experimental. Foram avaliadas crianças com asma do tipo leve ou moderada, na faixa etária entre 7 e 12 anos incompletos com diagnóstico fonoaudiológico de respirador bucal. As crianças realizaram avaliação respiratória em três momentos: inicial, após 3 semanas de treinamento (avaliação intermediária) e 6 meses após o treinamento (follow-up). Foram realizadas avaliações antropométricas, da função pulmonar (ventilometria e espirometria) e dos distúrbios de sono por meio da Escala de Distúrbios de Sono em Crianças (EDSC). Os sinais vitais, a ausculta pulmonar e a saturação periférica de oxigênio foram monitorados durante a coleta. Além disso, foram coletadas informações quanto aos números de hospitalizações, e episódios de exacerbação da doença. As crianças realizaram treinamento presencial em grupo do método Buteyko durante 3 semanas, 2 vezes por semana, com duração de 60 minutos cada sessão e monitoramento semanal do controle de sintomas. Os dados foram analisados por meio do software SPSS 20.0, com nível de significância de 5%. A normalidade dos dados foi verificada pelo teste de Shapiro-Wilk. A análise descritiva foi expressa através de média e desvio padrão e mediana e percentil. O teste t-student pareado foi utilizado para analisar as variáveis da função pulmonar e o teste de Wilkoxon para as variáveis dos distúrbios do sono. Resultados: Ao final do treinamento (avaliação intermediária) as crianças apresentaram melhora em 3 aspectos dos distúrbios do sono (distúrbio respiratório do sono, distúrbio de transição sono-vigília e escore total). A função pulmonar não apresentou diferença quando foram comparadas as avaliações inicial e intermediária.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2291421 - KARLA MORGANNA PEREIRA PINTO DE MENDONCA
Interno - 1632408 - PATRICIA ANGELICA DE MIRANDA SILVA NOGUEIRA
Externo à Instituição - SHIRLEY LIMA CAMPOS - UFPE
Notícia cadastrada em: 30/03/2016 14:58
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa23-producao.info.ufrn.br.sigaa23-producao