Banca de QUALIFICAÇÃO: RAFAELA ANDRADE DO NASCIMENTO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RAFAELA ANDRADE DO NASCIMENTO
DATA: 13/10/2014
HORA: 10:30
LOCAL: AUDITÓRIO DO DEPARTAMENTO DE FISIOTERAPIA
TÍTULO:

Relação entre o Status Menopausal e a Composição Corporal em mulheres de Meia Idade: Um estudo Transversal


PALAVRAS-CHAVES:

envelhecimento, menopausa, composição corporal.


PÁGINAS: 47
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Fisioterapia e Terapia Ocupacional
RESUMO:

Introdução: Envelhecer é um processo dinâmico e progressivo, onde ocorrem modificações morfológicas, fisiológicas, bioquímicas e psicológicas. Do ponto de vista endócrino, as modificações hormonais que ocorrem no envelhecimento feminino são acompanhadas por alterações da composição corporal, caracterizadas principalmente pelo declínio da massa magra, aumento da massa gorda, perda de massa óssea e modificação do padrão da distribuição de gordura corporal. Objetivo: Avaliar relação entre o status menopausal e a composição corporal em mulheres nos diferentes estágios do envelhecimento reprodutivo feminino. Métodos: Foi realizado um estudo transversal, onde foram coletados dados sociodemográficos, histórico ginecológico, dosagens bioquímicas, medidas antropométricas e de composição corporal em uma amostra de mulheres entre 40 e 65 anos do município de Parnamirim-RN. Realizou-se estatística descritiva por meio das medidas de tendência central e de dispersão para variáveis quantitativas e frequências absolutas e relativas para as variáveis categóricas. Para avaliar a relação entre os desfechos primários com a composição corporal foram utilizados test T, ANOVA, Qui-quadrado e Correlação de Pearson. Resultados: Foram avaliadas 389 mulheres, com média de idade de 49,5 (±5,6) anos. Destas, 104 (26,7%) eram pré-menopausadas, 152 (39,1%) eram peri-menopausadas e 133 (34,2%) eram pós-menopausadas. As variáveis: idade, escolaridade e número de partos, foram significativamente diferentes entre os grupos (p<0,01). Quanto às dosagens bioquímicas, foram observadas diferenças significativas entre os grupos para os valores de estradiol, colesterol, LDL (Low Density Lipoproteins) e glicose (p<0,01). Na ANOVA, houve significância estatística das variáveis dependentes (%massa gorda, %massa magra e circunferência de cintura) em relação ao estágio menopausal (p<0,05). Além disso, houve diferença entre os grupos nas variáveis escolaridade e atividade física em relação à massa gorda (p=0,03). Nas correlações com as variáveis dependentes houve significância estatística nas variáveis: glicose, colesterol, triglicerídeos, UQOL (Utian Quality of Life) total e UQOL saúde (p<0,05).


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ALINE DO NASCIMENTO FALCAO FREIRE - UFRN
Presidente - 1460020 - ALVARO CAMPOS CAVALCANTI MACIEL
Interno - 2212151 - ELIZABEL DE SOUZA RAMALHO VIANA
Notícia cadastrada em: 25/09/2014 14:51
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao