Banca de DEFESA: LUCAS AMBROSIO BEZERRA DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUCAS AMBROSIO BEZERRA DE OLIVEIRA
DATA: 15/03/2012
HORA: 13:30
LOCAL: Sala do PEP - UFRN
TÍTULO:

A gestão da qualidade nos cursos de graduação a distância da UFRN/SEDIS: a percepção dos discentes


PALAVRAS-CHAVES:

Gestão da Qualidade; Gestão Organizacional; Educação a distância; Avaliação da Qualidade; Instituições de Ensino Superior.


PÁGINAS: 162
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Produção
RESUMO:

A presente dissertação tem como objetivo geral analisar a percepção dos discentes quanto à qualidade dos cursos de graduação a distância da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, que foi motivada pelo seguinte problema de pesquisa: qual a percepção que os discentes da graduação a distância da Universidade Federal do Rio Grande do Norte têm sobre a qualidade no curso de graduação? Para tanto, buscou-se reunir elementos para uma abordagem satisfatória que contemple a complexidade da temática pesquisada: Gestão da qualidade, educação a distância e qualidade nas Instituições de Ensino Superior. Em relação a Optou-se por adotar como método de pesquisa, o estudo de caso quanto ao procedimento da pesquisa, a pesquisa exploratória-descritiva quanto ao objetivo e a pesquisa quantitativa quando à abordagem do problema. O objeto de estudo foram os seis cursos de graduação a distância da UFRN/SEDIS, tendo como população alvo os discentes dos cursos. A amostra foi calculada por meio da amostra estratificada aleatória em que 217 discentes, dos cursos pesquisados, foram selecionados. O instrumento de pesquisa foi composto por 21 questões estruturadas, das quais 7 questões destinadas para identificação do perfil dos discentes; 7 questões de percepções (variáveis manifestas) sobre a gestão da qualidade na EAD, em que os discentes atribuiram valores (respostas) para as 24 afirmativas (que abordam a temática central dessa dissertação) compostas com base na escala Likert de 5 pontos, e 6 questões acerca de especificidades gerais que podem interferir na percepção dos discentes acerca da qualidade. Utilizou-se, como método estatístico (análise de dados), a estatística descritiva e análise fatorial exploratória. Os resultados mostram a identificação de quatro fatores latentes (obtidas por meio da análise fatorial exploratória), a saber: (1) infraestrutura e gestão – polo presencial; (2) processos de ensino-aprendizagem; (3) ferramentas de comunicação e integração; (4) tutores. Foi observado, ainda, que aspectos relacionados a infraestrutura e gestão no polo presencial tiveram a menor avaliação dentre os fatores observados, necessitando de atenção especial por parte da Instituição de Ensino. Por outro lado, os professores e os processos de ensino aprendizagem foram os itens com melhor desempenho na percepção dos discentes. Conclui-se que a percepção dos discentes, em relação à qualidade nos cursos a distância, é mediana tendendo para percepção positiva, ou seja, a percepção acerca da qualidade geral nos cursos não é assertiva e uníssona, mas tende para percepção positiva. Assim, de posse dos resultados, espera-se que os Gestores da Instituição foquem sua atenção nos pontos críticos afim de minimiza-los (ou elimina-los) e maximizem os aspectos que têm percepção positiva por parte dos discentes.



MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1218831 - CARLA ALMEIDA VIVACQUA
Presidente - 1148696 - FERNANDA CRISTINA BARBOSA PEREIRA QUEIROZ
Interno - 1229030 - HELIO ROBERTO HEKIS
Interno - 1714250 - JAMERSON VIEGAS QUEIROZ
Externo à Instituição - RENATO SAMUEL BARBOSA DE ARAÚJO - IFRN
Notícia cadastrada em: 06/03/2012 20:31
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao