Banca de DEFESA: JÉSSYCA FABÍOLA RIBEIRO ATALIBA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JÉSSYCA FABÍOLA RIBEIRO ATALIBA
DATA : 31/07/2023
HORA: 16:00
LOCAL: Remoto
TÍTULO:

Benchlearning em campanhas publicitárias: Benefícios obtidos no projeto de Resposta Rápida a Sífilis.


PALAVRAS-CHAVES:

Benchmarking; Gestão do conhecimento; Aprendizagem organizacional; Comunicação. 


PÁGINAS: 108
RESUMO:

Em uma sociedade cada vez mais mutável, no qual o desenvolvimento tecnológico e social assumem um ritmo frenético, o conhecimento e a informação tornam-se insumos de grande valia. Para organizações serem eficientes em ambientes com essas características, elas precisam buscar meios que sistematizam o conhecimento, a informação para que sejam consolidados e se tornem um insumo utilizável em seus processos. É neste cenário que surge a ferramenta Benchlearning, a qual objetiva nortear organizações e pessoas a focar na aprendizagem organizacional e melhoria contínua a partir do conhecimento adquirido pela observação de outras organizações considerando suas próprias características e limitações. Na administração pública não é diferente, tendo em vista a obrigação prevista em lei de ser eficiente, órgãos e atores que trabalham nesse setor necessitam ter essa preocupação constante em seus atos. No campo da saúde, essa preocupação assume um nível de responsabilidade bem maior, haja vista a necessidade vital para a população de se desenvolver ações de promoção à saúde e prevenção e combate a epidemias, como é o caso da epidemia de Sífilis em nosso país. Nesse sentido, este estudo tem como objetivo Identificar os benefícios da aplicação de princípios do Benchlearning numa visão intraorganizacional em projetos de campanhas de comunicação em saúde. A presente pesquisa foi estruturada em 4 etapas: 1) Estado da arte do tema benchlearning 2) Análise documental de pesquisas sobre o processo de comunicação em projetos de saúde; 3) Pesquisa de campo (Estudo de caso direcionado às 3 primeiras campanhas realizadas pelo projeto de Resposta Rápida à Sífilis); e 4) Identificação dos benefícios da ferramenta Benchlearning em comunicação em saúde numa visão intraorganizacional. Os resultados mostram a importância que a experiência e o aprendizado assumem para a eficiência das campanhas ao mesmo tempo que aponta um déficit do projeto em não sistematizar as suas lições aprendidas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2456706 - MARIO ORESTES AGUIRRE GONZALEZ
Interno - 1229030 - HELIO ROBERTO HEKIS
Externo ao Programa - 1319361 - JUCIANO DE SOUSA LACERDA - UFRNExterna à Instituição - MIRIAM KARLA ROCHA - UFERSA
Notícia cadastrada em: 24/07/2023 10:16
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao