Banca de QUALIFICAÇÃO: FABRICIO LIRA BARBOSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FABRICIO LIRA BARBOSA
DATA : 22/07/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Miniauditório do PPGAU/UFRN
TÍTULO:

Sobre formas, usos e leis: O decifrar de relações de urbanidade, forma urbana e nexos com os códigos urbanísticos de Natal.


PALAVRAS-CHAVES:

Urbanidade, forma urbana, sintaxe espacial, códigos urbanos


PÁGINAS: 131
RESUMO:

Esta pesquisa investiga como condições de urbanidade são afetadas pelo modo como estão previstos os parâmetros de uso e ocupação do solo nos códigos urbanísticos municipais, em particular o caso do município de Natal. Reconhecendo que a forma espacial afeta processos de uso, apropriação e desenvolvimento de atividades humanas sobre o espaço (HILLIER e HANSON, 1984), propõe-se a construção de um inventário morfológico que associe padrões espaciais materializados na cidade à forma espacial pretendida pelos Planos Diretores demonstrando que a legislação urbanística têm sido, histórica e sucessivamente, um elemento de forte atuação sobre a redução das melhores condições físico-morfológicas que estruturariam a urbanidade. Condições de urbanidade seriam resultado da articulação de aspectos físicos morfológicos da paisagem urbana à aspectos sociológicos de uso e apropriação do espaço pelas pessoas. Esta Tese centra-se nas análises na estruturação física dos elementos morfológicos. A primeira parte do trabalho descreve o referencial teórico e metodológico da investigação, apresentando etapas e procedimentos a serem adotados na Tese como um todo. A segunda parte expõe os resultados parciais do estudo piloto no qual foram aplicados os procedimentos iniciais da Tese no bairro de Ponta Negra. Os resultados apontaram para a estruturação de melhores condições físicas de urbanidade na parte do bairro cuja consolidação se deu anteriormente a institucionalização dos primeiros Planos Diretores. Em contraposição, onde a forma espacial foi mais afetada pelos parâmetros urbanísticos definidos pelos códigos urbanos a combinação dos elementos morfológicos associa-se ao que a literatura tem apontado como condições menos favoráveis a urbanidade.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - RENATO TIBIRIÇÁ DE SABOYA - UFSC
Interna - 350255 - EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
Interna - 350489 - RUTH MARIA DA COSTA ATAIDE
Presidente - 2306271 - VERONICA MARIA FERNANDES DE LIMA
Notícia cadastrada em: 17/06/2019 17:19
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa09-producao.info.ufrn.br.sigaa09-producao