Dissertações/Teses

Clique aqui para acessar os arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFRN

2020
Dissertações
1
  • MARCELA LORENA FARKAT SCHEER
  • URBANIDADES INVISÍVEIS: APROPRIAÇÕES ESPONTÂNEAS SOB O JUNKSPACE

  • Orientador : MARCIO MORAES VALENCA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCIO MORAES VALENCA
  • ALEXSANDRO FERREIRA CARDOSO DA SILVA
  • MARIA CAMILA LOFFREDO D''''''''''''''''''''''''''''''''OTTAVIANO
  • Data: 27/02/2020

  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa busca refletir sobre as urbanidades invisíveis advindas da moradia de rua e a produção da cidade contemporânea: uma urbanidade ambulante construída nos insterstícios do junkspace (Koolhas, 2001), a partir das contínuas apropriações dos moradores de rua, que revelam, mesmo diante da extrema condição de precariedade, possíveis contrapontos à lógica de produção capitalista do espaço. Os moradores de rua, ao habitarem às margens da sociedade, estabelecem uma relação de transitorialidade entre as fronteiras da cidade formal, ressignificando o que comumente se trata como resíduo, pois fazem dele estratégia de sobrevivência. Serão então investigadas as relações entre as apropriações espontâneas informais nesses espaços, e a lógica de produção capitalista (e até do processo de espetacularização da cidade contemporânea). e Também serão consideradas, como especulação e provocação para reflexão mais aprofundada no futuro, as possíveis conexões entre a práxis cotidiana da vida na rua e os ideais anarquistas contemporâneos, ainda que, na primera, não haja um projeto teórico-político estabelecido no movimento/vivência da cidade. Partindo do universo empírico em Natal, e usando outros casos abordados na literatura, busca-se revelar urbanidades espontâneas em resíduos espaciais advindos do junkspace para indicar formas alternativas de pensar a apropriação do espaço urbano que não estão sujeitos à ordem hegemônica.


  • Mostrar Abstract
  • The present research seeks to understand spontaneous urbanities amidst the contemporary city: an invisible and mobile urbanity built in the interstices of the junkspace (Koolhaas, 2001), from the continuous appropriations of the street dwellers, who reveal, even in the extreme condition of precariousness, possible counterpoints to the logic of capitalist production of space. Street dwellers, living on the margins of society, establish a transitorial relationship between the boundaries of the formal city, re-signifying what is commonly treated as waste, as they make it a survival strategy. The relations between informal spontaneous appropriations in these spaces and the logic of capitalist production under the spectacularization of contemporary city will be investigated, as well as possible connections between their daily praxis and contemporary anarchist ideals, even though they do not have a theoretical elaboration established in his movement / experience of the city. Finally, focusing on the practice of street dwellers in Natal, it is
    sought to reveal spontaneous urbanities in these space residues arising from the junkspace to indicate alternative ways of appropriating urban space that are not just victims of an hegemonic order.

2
  • DIEGO BARRETO AZEVEDO
  • FLUXOS EM TRANSFORMAÇÃO: As disputas pelos caminhos dos ônibus nas redes de circulação de Natal/RN (décadas de 1950 e 1960)

     

  • Orientador : ANGELA LUCIA DE ARAUJO FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOSÉ MARÍA BEASCOECHEA GANGOITI
  • ANGELA LUCIA DE ARAUJO FERREIRA
  • GABRIEL LEOPOLDINO PAULO DE MEDEIROS
  • RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • Data: 15/05/2020

  • Mostrar Resumo
  • A cidade de Natal/RN esteve inserida no contexto de intensificação das políticas nacionais de transportes a partir de meados do Século XX que priorizaram os veículos motorizados para a circulação no território. Na primeira metade do século, a cidade cresceu em conjunto com as redes férreas, o que conformou determinadas relações de poder de agentes urbanos tradicionais sobre eixos de circulação e centros priorizados. Já em meados do século, os ônibus se consolidaram como principal modal de transporte coletivo para circulação de pessoas na cidade. Tratava-se de uma nova forma de circulação mais flexível para modificar itinerários, origens e destinos. Diante da possibilidade tecnológica de transformação de fluxos, já havia, portanto, uma cidade com organização espacial, política e social instituída. Por esta razão, se questiona: Como a organização da cidade, principalmente, em seus aspectos espaciais e políticos, influenciou na expansão e conformação das redes de ônibus entre 1950 e 1960? Ao considerar que, a exemplo de outros centros, as linhas de ônibus se expandiram para espaços consolidados econômica e politicamente e que, deste modo, os fluxos da cidade são fruto da ordem social e econômica que a compõe, infere-se que os trajetos e conexões dos transportes coletivos motorizados em Natal materializaram a concentração de fluxos em centros de predominância comercial e de serviço anteriormente estabelecidos. Além disso, a introdução de um modal mais flexível e com presença de mais promotores de sua criação e manutenção, fez emergir novos grupos sociais e articulações políticas pela transformação destas redes. No contexto de desenvolvimento das redes técnicas, das mudanças e disputas pelo espaço e articulações políticas a partir da inserção do ônibus como transporte coletivo na cidade de Natal, se busca compreender o papel da estrutura socioespacial da cidade na implementação e desenvolvimento de novos sistemas de transportes coletivos. Para tal se fez uso de fontes de jornais e documentos legislativos, analisando as articulações de atores e agentes urbanos sobre a conformação das redes de circulação, para identificar os argumentos e discursos políticos que influenciaram nestas atuações, no aspecto espacial e na materialização da própria rede no espaço. Neste processo, o Estado aparece como articulador, mediador de tensões sociais e elaborador dos itinerários de transporte ao mesmo tempo em que agentes privados tencionaram a disputa destas redes e estas disputas consolidaram determinados espaços na cidade.


  • Mostrar Abstract
  • Natal/RN have intensified and prioritized the use of cars, buses and trucks since the midtwentieth century. While the city had grown with rail networks (whether trains or trams) in the first half of the century, that conformed certain power relations over it, in the middle of the century, buses became the main mode of public transport for movement of people in the city. This research questions: How the organization of this city influenced the expansion of bus networks between 1950 and 1960 decades? Considering that the buses have expanded to already economically and politically consolidated spaces in other cities and that the city flows are the result of the social and economic order that composes it, it is hypothesized that the buses in Natal consolidated the concentration of flows in previously established centralities. Moreover, the implementation of a more flexible modal have allowed new social articulations for the transformation of urban networks. In the context of the development of technical networks, changes and conflicts for space and political articulations from the insertion of buses as public transport in Natal, the objective in this research is to understand the impact of the city's socio-spatial structure in the implementation and development of new transport systems. For this, were used newspaper and legislative documents to identify and analyze the articulations of urban actors and agents on the conformation of the circulation networks, to identify the political arguments and discourses that influenced these performances, the spatial aspect and the materialization of these conflicts in the technical network. As a result, understands that in this process business areas have prioritized for urban agents. As a consequence, the bus flows was concentrated in the commercial areas.

3
  • RAFAELLA FONTELES CASTRO PINTO
  • VENTO, VELA E VAPOR... CAMINHOS DE TERRA E MAR: Estudo Valorativo da Paisagem de Interesse Cultural de Camocim/CE.

     

  • Orientador : JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • PAULO JOSE LISBOA NOBRE
  • ROMEU DUARTE JÚNIOR
  • Data: 26/06/2020

  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa versa sobre os valores patrimoniais da paisagem de Camocim/CE, na foz do Rio Coreaú, sob a perspectiva da paisagem cultural. Em 2011, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) interrompeu o processo de chancela dessa paisagem como Paisagem Cultural Brasileira, por constatar que os botes bastardos, embarcações peculiares presentes em Camocim, não procediam desse local. Perante tal argumento, pautado em um único aspecto dessa paisagem, indaga-se sobre a possibilidade de seu reconhecimento segundo uma noção integral de paisagem cultural. Pretende-se verificar a existência de atributos patrimoniais relativos à paisagem de Camocim, mediante a aplicação de método valorativo adaptado do Instituto Andaluz do Patrimônio Histórico (IAPH), fundamentado na abordagem da Convenção Europeia da Paisagem (CEP). Nessa investigação de cunho qualitativo, adota-se um método descritivo, utilizando-se os procedimentos de revisão bibliográfica, pesquisa documental e leitura fenomenológica do lugar. A abordagem eleita parte da caracterização de paisagens regionais para a posterior seleção de paisagens locais representativas, singulares ou homogêneas, interrelacionando-se as dimensões excepcional e cotidiana do patrimônio. Dessa forma, recomenda-se a criação da Paisagem Cultural do Litoral Noroeste do Ceará (PCLNC) e da Paisagem Cultural do Ramal Ferroviário Camocim-Sobral (PC-RFC), relacionadas, respectivamente, à tradição pesqueira da costa de dunas cearense e à sociedade decorrente da ocupação da região noroeste por via férrea. Em seguida, distingue-se a Paisagem de Interesse Cultural de Camocim (PICC), que expressa de maneira singular os valores daquelas paisagens culturais, haja vista a grande incidência dos botes bastardos e o significativo patrimônio porto-ferroviário desse território. Ademais, sua configuração perceptivo-espacial e social denota aspectos culturais e identitários, tais como a pesca em canoas na enseada do Rio Coreaú e a relação afetiva entre moradores e lugares históricos da cidade. Considera-se, portanto, que a PICC merece ser reconhecida e preservada como um bem patrimonial, inclusive em âmbito nacional.


  • Mostrar Abstract
  • This research examines the heritage values of the landscape of Camocim/CE, at the mouth of the Coreaú River, based on the framework of cultural landscape. In 2011, the National Institute of Historical and Artistic Heritage (IPHAN) interrupted the process of recognizing this landscape as a Brazilian cultural landscape, finding that the “bastard” boats, peculiar vessels present in Camocim, were not originally from this place. Facing such an argument, which is based on a single aspect of this landscape, one wonders whether it can be recognized according to an holistic notion of cultural landscape. The purpose of this research is to verify the existence of heritage attributes related to the landscape of Camocim, through the application of a valuation method adapted from the Andalusian Institute of Historical Heritage (IAPH) and based on the approach of the European Landscape Convention (ELC). This qualitative investigation adopts three descriptive methods: a literature review, documentary research and phenomenological reading of place. The chosen approach begins with characterizing regional landscapes in order to then select representative, singular or homogeneous local landscapes and inter-relate the exceptional and everyday dimensions of the heritage. Thus, this research recommends the creation of the Cultural Landscape of the Northwest Coast of Ceará (PC-LNC) and the Cultural Landscape of the Camocim-Sobral Railway Branch (PCRFC), related, respectively, to the fishing tradition of the Ceará dunes coast and to the society resulting from the occupation of the northwestern region by rail. Then, this research presents aspects that are unique to the Landscape of Cultural Interest of Camocim (PICC) since the landscape expresses in a unique way the values of those cultural landscapes, given the presence of large numbers of “bastard” boats and the significant port and railway heritage of that territory. Furthermore, its perceptivespatial and social configuration denotes cultural and identity aspects, such as the fishing activity in canoes in the cove of the Coreaú River and the affective relationship between residents and historical places of the city. The essay concludes that the PICC deserves to be recognized and preserved as a heritage asset, even in national scope. 

4
  • NATALYA CRISTINA DE LIMA SOUZA
  • A CRIATIVIDADE NO PROJETO ARQUITETÔNICO: um estudo exploratório em Trabalhos Finais de Graduação do CAU-UFRN

  • Orientador : GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • DORIS CATHARINE CORNELIE KNATZ KOWALTOWSKI
  • Data: 02/07/2020

  • Mostrar Resumo
  • A compreensão contemporânea de criatividade como uma habilidade que pode ser aprendida, treinada e aperfeiçoada através da prática, contribuiu para o crescente interesse pelo tema entre pesquisadores de diversos campos interdisciplinares e para a disseminação de sua discussão a partir de contextos variados. No campo da Arquitetura e Urbanismo (AU), embora a literatura sobre a criatividade também siga essa tendência, os estudos ainda exploram pouco a percepção dos estudantes sobre o processo criativo inerente ao projeto arquitetônico. Isto é especialmente evidente entre aqueles que estão realizando o Trabalho Final de Graduação (TFG) – atividade individual com regulamentação específica para os Cursos de AU (CAUs) brasileiros, caracterizado por exigir: desenvolvimento de tema condizente com a área de AU; acompanhamento individual por orientador; passagem por momentos de avaliação parcial e final. Assim sendo, o objeto dessa pesquisa relaciona o processo criativo e os TFGs de projeto arquitetônico na percepção de formandos e orientadores, a partir das seguintes questões: de que maneira a criatividade se relaciona com o processo de projeto arquitetônico durante a elaboração do TFG? Como as regulamentações do TFG influenciam na atividade criativa e discussão de ideias? Que aspectos do macro e microambiente afetam a criatividade dos estudantes? Entendendo-se, com base na literatura, que os aspectos social, físico, temporal e cultural do ambiente atuam sobre o processo criativo (em suas diversas modalidades), a dissertação tem como objetivo principal compreender como a criatividade se insere no processo de elaboração dos TFGs de projeto arquitetônico, tendo como base a percepção de formandos/as e orientadores/as da graduação do CAU-UFRN. Considerando a complexidade e a flexibilidade da atividade propositiva no campo do projeto arquitetônico, a investigação assumiu caráter exploratório, correspondendo a um estudo de caso que adotou abordagem multimétodos, integrando instrumentos que capturam o ponto de vista dos participantes (questionário e entrevistas) e averiguam o contexto ambiental (observação, registro fotográfico e mapa mental). Participaram da pesquisa 20 estudantes e 15 professores. Os resultados retratam suas compreensões sobre a criatividade, suas opiniões sobre as avaliações do TFG e suas percepções sobre aspectos sócio físicos do macro e microambiente criativo. As descobertas apontam para uma convergência entre o entendimento dos participantes e a literatura atual, o que valida o percurso metodológico adotado e oferece bases para novos estudos na área.


  • Mostrar Abstract
  • The contemporary understanding of creativity as a skill that can be learned, trained and refined through practice has contributed to a growing interest in the topic among researchers from diverse interdisciplinary fields, and for the dissemination of their discussion from varied contexts. In the field of Architecture and Urbanism (AU), although the literature on creativity also follows this trend, studies still explore little the students' perceptions of the creative process in architectural design. This is especially apparent among those who are making the Final Graduation Work (acronym, in Portuguese: TFG) - individual activity with specific regulation for the Brazilian Architecture and Urbanism Courses (acronym, in Portuguese: CAU), characterized by requiring: development of a theme consistent with the AU area; individual monitoring by advisor; passing through moments of partial and final evaluation. Therefore, the object of this research relates the creative process and the architectural design TFGs in the perception of final year students and their advisors, based on the following questions: how does creativity relate to the architectural design process during the elaboration of the TFG? How do TFG regulations influence creative activity and discussion of ideas? What aspects of the macro and microenvironment affect students' creativity? Understanding, based on the literature, that the social, physical, temporal and cultural aspects of the environment influence the creative process (in its various modalities), the main objective of the dissertation is to understand how creativity is inserted in the TFGs elaboration process of the architectural design, based on the perception of final year students and their graduation advisors of CAU-UFRN. Considering the complexity and flexibility of the purposive activity in the architectural project field, the research assumed an exploratory character, corresponding to a case study that adopted a mixed-methods approach, integrating instruments that captured the participants' point of view (questionnaire and interviews) and investigated notions of environmental perception (observation, photographic registers and mind map). Twenty students and fifteen teachers participated in the research. Results indicate their understanding of creativity, their opinions on the evaluations of the TFG and their perceptions of socio-physical aspects of the macro and micro creative environment. The findings point to a convergence between the participants' understanding and the current literature, which validates the methodological path adopted and provides the basis for further studies in the area.

5
  • JOSE EUGENIO SILVA DE MORAIS JUNIOR
  • Acústica de igrejas: Estudos de caso da qualidade acústica em templos evangélicos com diferentes usos sonoros

  • Orientador : BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALEXANDRE VIRGINELLI MAIORINO
  • BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • STELAMARIS ROLLA BERTOLI
  • VIRGINIA MARIA DANTAS DE ARAUJO
  • Data: 20/08/2020

  • Mostrar Resumo
  • Algumas edificações possuem características acústicas complexas em sua utilização, a exemplo das igrejas e demais ambientes de culto. Nesse universo, destaca-se o crescimento expressivo da modalidade religiosa cristã-evangélica, que se expressa em atividades que envolvem música, dança, teatro e palavra falada em níveis de importância semelhantes de acordo com o tipo de culto realizado, transformando o espaço religioso em um cenário com variadas exigências para atender às sensações espirituais demandadas pelo usuário. Em se tratando de normatização brasileira, a ABNT NBR 12179 apresenta valores de referência para o Tempo de Reverberação (TR) de “igreja protestante” sem diferenciar vertentes ou atividades específicas, o que se configura como problema visto que esta recomendação não abrange a complexidade destes espaços e justifica a necessidade de analisá-los com base em outros parâmetros, pois a variedade de usos sonoros, tais como fala e música, no culto implica em requisitos distintos de condicionamento acústico. Desta forma, o objetivo geral da pesquisa é compreender o ambiente acústico de duas igrejas evangélicas de diferentes categorias, a fim de relacionar os usos sonoros recorrentes em cada exemplar com os parâmetros que indicam a qualidade desejável a estes espaços. Os procedimentos metodológicos consistem em pesquisa bibliográfica, estudo de caso com medição de parâmetros acústicos objetivos e tratamento dos dados por meio de técnicas de análise estatística. Os resultados mostram que a igreja com categoria de culto denominada “experiencial”, em virtude da ocorrência de fala e música amplificada por sistema eletroacústico em níveis equivalentes de importância, demanda níveis de qualidade destinados a espaços pouco reverberantes como “salas de conferência”, diferenciando-se dos critérios comumente associados às igrejas “tradicionais”.


  • Mostrar Abstract
  • Some buildings have complex acoustic characteristics in their use, such as churches and other worship spaces. In this universe, we highlight the expressive growth of the Christian-evangelical religious modality, which is expressed in activities involving music, dance, theater and spoken word at similar levels of importance according to the type of service performed, transforming the religious space into a scenario with varying demands to meet the spiritual sensations demanded by the user. When it comes to Brazilian standardization, the ABNT NBR 12179 presents reference values for the “Protestant Church” Reverberation Time (RT) without differentiating specific aspects or activities, which is a problem since this recommendation doesn’t cover the complexity these spaces and justifies the need to analyze them based on other parameters, since the variety of acoustic uses in worship implies distinct requirements of acoustic conditioning treatment. Therefore, the general objective of the research is to evaluate the acoustic quality of evangelical churches with different acoustic uses, considering the sound perception of users, in order to answer the research question: “How do normative parameters of acoustic treatment reflect the comfort level of users in various types of evangelical worship?". The methodological procedures consist of the measurement of objective acoustic parameters in two evangelical churches of different categories, which will be compared with the users' perception obtained through specific questionnaires. Initial results show that experiential church, due to the occurrence of speech and music amplified by electroacoustic system at equivalent levels of importance, demands quality levels destined to low reverberant spaces like “conference rooms”, differentiating itself criteria commonly associated with traditional churches.

6
  • MANUELA CRISTINA RÊGO DE CARVALHO
  • Estratégias de reapropriação cotidiana na cidade de Natal/RN por intervenções temporárias

  • Orientador : RUTH MARIA DA COSTA ATAIDE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALEXSANDRO FERREIRA CARDOSO DA SILVA
  • AMIRIA BEZERRA BRASIL
  • NATACHA SILVA ARAÚJO RENA
  • RUTH MARIA DA COSTA ATAIDE
  • Data: 26/08/2020

  • Mostrar Resumo
  • O crescente avanço tecnológico, o processo de globalização, as diversas redes de comunicação, a fluidez e a liquidez das novas relações, quando aliadas a um constante crescimento de políticas neoliberais, traduzem nas cidades os anseios do capital e dos grandes investimentos, gerando novas condições de uso e apropriação dos seus espaços públicos cada vez mais distantes da coletividade. O convívio social passa a se enclausurar em espaços privados e abrir espaço para o surgimento de movimentos efêmeros na cidade, também definidas como “intervenções temporárias”, as quais buscam inferir e gerar novas formas de uso e apropriação do espaço público. Portanto, tais ações são aqui caracterizadas pela sua temporalidade efêmera, pela participação coletiva e pela capacidade de transformar os espaços da cidade, ainda que por períodos determinados, em lugares de acolhimento e livre expressão da cultura. Por meio dessas, expressas como resistência a esse modo de vida na cidade e onde muitas vezes se realizam em áreas subutilizadas, que os direitos sociais no espaço urbano são reconquistados e podem definir uma nova identidade aos lugares. As intervenções temporárias mapeadas e analisadas na cidade de Natal são, portanto, entendidas como movimentos de oposição ao planejamento formal guiado pelo capital e possuem lugar de destaque no processo de democratização do direito ao acesso à cidade. A presente pesquisa tem por objetivo principal compreender essas estratégias nos espaços livres públicos em Natal/RN e relação dessas com a democratização do acesso à cidade. O estudo evidencia especificamente: (1) uma reflexão teórica baseada no contexto socioespacial das cidades contemporâneas e na relação dela com o surgimento destas intervenções temporárias no espaço público; (2) uma classificação dos espaços que são objeto das atividades de apropriação por meio de intervenções temporárias na cidade de Natal; (3) a relação entre os tipos de intervenções temporárias e as configurações espaciais dos espaços ocupados por essas e (4) uma análise e discussão a partir da elaboração de cartografias sociais com os atores sociais envolvidos nessas intervenções. Para o desenvolvimento do trabalho, recorremos às contribuições teórico-metodológicas de diversos autores, estabelecendo conexões entre os conceitos e os temas transversais implicados com o objeto de estudo, evidenciando a natureza da resistência das intervenções no contexto das cidades contemporâneas. A partir de Adriana Sansão Fontes (2011), Peter Bishop (2012), Rogerio Proença Leite (2002) e Carlos Magnani (2003) foi realizada uma caracterização das atuais práticas de apropriação do espaço público por meio de intervenções temporárias e as suas interferências na cidade e, com isso, a metodologia também se pautou no mapeamento e na catalogação prévia dessas ações para uma posterior análise de um universo de quinze intervenções selecionadas. Por fim, a análise dessas ações recorre à estudos de casos mais aprofundados, que se basearam em entrevistas semiestruturadas e cartografias sociais realizadas juntamente com a participação dos atores envolvidos. Buscou-se com essa dissertação refletir o papel que desempenham as intervenções temporárias no contexto atual das cidades contemporâneas, na criação de novos lugares e no despertar de novas formas de apropriação e uso do espaço público livre, expressos no direito ao acesso à cidade.


  • Mostrar Abstract
  • The growing technological advance, the process of globalization, the various communication networks, the fluidity and liquidity of the new relations, when combined with a constant growth of neoliberal policies, translate into cities the yearnings of capital and big investments, generating new conditions of using their spaces and distancing people from the public spaces. The public life are enclosed in private spaces and gives rise to the appearance of temporary movements in the city that seek to infer and generate new forms of use and appropriation of the public space. It is through these actions that they often make use of underutilized areas, that they reconquer the democratic and social rights in the urban and thus, they appear as a reluctance to this model of city where through these practices it is possible to print a true sense and identity to places. Such interventions are considered ephemeral because they do not always leave traces in space; are usually moved by groups and occur through spontaneous actions, the use of squares, flower beds, sidewalks and even in free or built private spaces (abandoned buildings), transforming them over a period of time and performing cultural, artistic and political activities, which arouse people's interest and move their environments. Thus, the main objective of the research was to understand these strategies in public spaces - temporary interventions - and their relationship with the democratization of access to the city, based on (1) a theoretical reflection based on the socio-spatial context of contemporary cities and its relation with the emergence of these temporary interventions in the public space; (2) classification of spaces that are the object of appropriation activities through temporary interventions in the city of Natal; of one (3) relation made from the types of temporary interventions with the spatial configurations of the spaces occupied by them; and finally, (4) a discussion elaborated through the actions of the social agents involved in temporary interventions. Several authors performed a theoretical reflection that carried out contextualizing the theme of modernity in contemporary cities as well as what would be treated here as resistance; as were carried out the characterization of the current practices of appropriation through temporary interventions and their interference in the city. With this, the applied methodology made use of an initial mapping and cataloging of these interventions, in an initial recognition; and after was realized an analysis through more in-depth case studies which were based on semi-structured interviews and social cartography carried out together with the actors involved. This dissertation was intended to reflect the importance of these temporary actions in the current context of contemporary cities, in the creation of new places, in the awakening of new forms of appropriation and use of public space. The temporary interventions mapped and analyzed in the city of Natal are therefore seen here as actions of resistance and struggle and have a fundamental place in the process of democratization of the right to access to the city.

7
  • LENILSON MIRANDA JONAS JUNIOR
  • Ambientes de Ensino de Desenho Artístico: Um estudo na UFRN

  • Orientador : HEITOR DE ANDRADE SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ETHEL PINHEIRO SANTANA
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • HEITOR DE ANDRADE SILVA
  • Data: 10/11/2020

  • Mostrar Resumo
  • Os cursos de Arquitetura, Artes Visuais e Design utilizam o desenho como um importante meio de comunicação. Em especial, o desenho artístico é a principal ferramenta de criação, sendo apresentada como um dos primeiros componentes curriculares que fundamentam os cursos. Esta importância dada não só ao tema quanto à área de representação em si, levou o autor a refletir sobre as necessidades arquitetônicas que se apresentam no ambiente de ensino de desenho artístico. Por tanto, a dissertação teve como objeto de estudo a relação entre os aspectos arquitetônicos ambientais e o ensino e prática de desenho. Com isso, iniciou-se a leitura do referencial teórico por meio de dois eixos temáticos, a relação pessoa-ambiente no projeto educacional e a avaliação do ambiente construído e sua contribuição metodológica no projeto escolar. Surgindo a partir de então o objetivo geral da pesquisa que é avaliar no âmbito do ambiente construído as salas de aula de desenho artístico de cursos da UFRN, afim de compreender a relação pessoa-ambiente presente durante as aulas. De maneira a atender o objetivo adotou-se a análise do conteúdo como a principal metodologia de análise, utilizou como procedimentos metodológicos para levantamentos de dados os instrumentos da avalição do ambiente construído (em especial APO - levantamentos arquitetônicos, fichas de observação, entrevistas e a análise de Behavior Setting). Acredita-se que esta pesquisa tem a contribuir com o campo da avaliação do ambiente construído, mas também trará reflexão a novos projetistas quanto as necessidades ambientais que envolvem o ensino e aprendizagem da prática de desenhar. A partir de estudos de caso realizados nas salas de aulas destinadas (em cada curso) para o ensino de desenho artístico e percebeu-se não só os principais atributos arquitetônicos, mas as principais semelhanças e diferenças entre arquitetura e a prática pedagógica dos cursos, sendo apresentados os resultados a partir de três categorias de conteúdo que são: as relações humano-espaciais, as relações funcionais e ergonômicas e os aspectos construtivos e de conforto ambiental. Concluindo o trabalho com uma reflexão acerca da relação com o contexto e capacidade de adaptação futura que os ambientes precisam ter para seguirem cumprindo a função que receberam.


  • Mostrar Abstract
  • The Architecture, Visual Arts and Design courses use drawing as an important means of communication. In particular, artistic design is the main creative tool, being presented as one of the first curricular components that underlie the courses. This importance given not only to the theme as to the area of representation itself, led the author to reflect on the architectural needs that present themselves in the teaching environment of artistic design. Therefore, the master's thesis had as its object of study the relationship between environmental architectural aspects and teaching and drawing practice. With this, the reading of the theoretical framework started through two thematic axes, the person-environment relationship in the educational project and the assessment of the built environment and its methodological contribution in the school project. From then on, the objective of the research, which is to evaluate the artistic design classrooms of UFRN courses in the context of the built environment, in order to understand the person-environment relationship present during classes. In order to meet the objective, content analysis was adopted as the main analysis methodology, using as methodological procedures for data collection the instruments for assessing the built Environment (especially APO - architectural surveys, observation sheets, interviews and the Behavior Setting analysis). It is believed that this research has to contribute to the field of assessment of the built environment, but it will also bring reflection to new designers regarding the environmental needs that involve the teaching and learning of the practice of drawing. Based on case studies carried out in classrooms designed (in each course) for teaching artistic design, it was noticed not only the main architectural attributes, but the main similarities and differences between the architecture and the pedagogical practice of the courses, the results are presented from three categories of content which are: human-spatial relationships, functional and ergonomic relationships and the construction and environmental comfort aspects. Concluding the work with a reflection on the relationship with the context and the capacity for future adaptation that the environments need to have in order to continue fulfilling the function they received.

Teses
1
  • GÉRSICA VASCONCELOS GOES
  • Percursos urbanos: a educação patrimonial a partir do caminhar no Centro da cidade de Fortaleza-CE 

  • Orientador : JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BERENICE ABREU DE CASTRO NEVES
  • CLOVIS RAMIRO JUCÁ NETO
  • EMANUEL RAMOS CAVALCANTI
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
  • Data: 17/04/2020

  • Mostrar Resumo
  • O trabalho analisa a importância da educação patrimonial a partir da prática do caminhar. No estudo, discute-se como o andar a pé em áreas históricas do Centro de Fortaleza proporciona o reconhecimento de rugosidades do tecido histórico. A pesquisa acompanhou alguns percursos organizados por professores e profissionais vinculados à História, Turismo, Arquitetura e Urbanismo. A hipótese do presente estudo é que, apesar das condições físicas e do descaso com os bens patrimoniais fortalezenses, é possível exercer atividades de educação patrimonial que contribuem para a legibilidade do patrimônio cultural. Tem-se como referencial teórico-metodológico a temática da vinculação forma urbana e apreensão da cidade discutida por autores como Gordon Cullen (2006), José Lamas (2011), Kevin Lynch (2006) e Camillo Sitte (1992). Outro aspecto discutido na tese é o caminhar como instrumento para o reconhecimento da cidade, autores como Paola Jacques (2012a) e Francesco Careri (2013b) elucidam essas questões. As discussões quanto ao turismo cultural e a proposição de roteiros significativos para os participantes foram fundamentadas nos escritos de Flavia Costa (2014), Herminia Vargas e Ricardo Paiva (2016). O estudo está embasado em pesquisas bibliográficas, documental e campo para o entendimento da percepção patrimonial da área central da cidade. Quanto aos resultados, observou-se que os roteiros acompanhados tinham um caráter essencialmente informativo, corroborando pouco para a criação de narrativas com o lugar. Por fim, a pesquisa elabora uma proposta de percurso que almeja a possibilidade de construir vínculos entre os participantes com a história da cidade, concedendo um panorama de apreensão do tecido histórico “resistente” no Centro da cidade.


  • Mostrar Abstract
  • The paper analyzes the importance of heritage education based on the practice of walking. The study discusses how walking in historical áreas of Fortaleza´s centre provides the recognition of roughness of the historical tissue. The research followed some courses organized by professors and professionals linked to History, Tourism, Architecture and Urbanism. The hypothesis of the present study is that, despite the physical conditions and the neglect of the patrimonial property of Fortaleza, it is possible to practice patrimonial education activities that contribute to the legibility of the cultural heritage. The theoretical-methodological framework is the theme of linking urban form and city apprehension discussed by authors such as Gordon Cullen (2006), José Lamas (2011), Kevin Lynch (2006) and Camillo Sitte (1992). Another aspect discussed in the thesis is walking as an instrument for the recognition of the city, authors such as Paola Jacques (2012a) and Francesco Careri (2013b) clarify these issues. The discussions about cultural tourism and the proposition of meaningful itineraries for the participants were based on the writings of Flavia Costa (2014), Herminia Vargas and Ricardo Paiva (2016). The study is based on bibliographic, documentary and field research to understand the heritage perception of the central area of the city. As for the results, it was observed that the accompanying tours had an essentially informative character, corroborating little to the creation of narratives with the place. Finally, the research ela borates a route proposal that aims at the possibility of building links between participants with the city's history, providing a panorama of apprehension of the “resistant” historical fabric in the City Center.

2
  • MONIQUE LESSA VIEIRA OLIMPIO
  • FORMAÇÃO DO ARQUITETO E URBANISTA PARA A PRESERVAÇÃO DE ÁREAS E EDIFÍCIOS DE VALOR PATRIMONIAL: DIÁLOGOS ENTRE A TEORIA E O EXERCÍCIO PROJETUAL

  • Orientador : NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA PAULA FARAH
  • CLAUDIO VARAGNOLI
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
  • Data: 08/05/2020

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho visa elaborar uma matriz de conhecimentos essenciais que promova a capacitação do estudante de arquitetura e urbanismo, no Brasil, para a prática projetual em áreas e edifícios de interesse patrimonial. Acredita-se que é necessária uma constante discussão sobre perfis e padrões que assegurem a qualificação do profissional – arquiteto e urbanista – à altura dos desafios sociais, culturais e econômicos vivenciados atualmente. Entres esses desafios, destaca-se, neste trabalho, a questão da conservação de uma preexistência de valor patrimonial. O objeto de estudo desta pesquisa corresponde a uma análise do ensino da preservação patrimonial (no âmbito dos cursos de graduação em Arquitetura e Urbanismo) e à construção de um suporte teórico-metodológico para a formação dos futuros profissionais (no âmbito da graduação) que venham a desenvolver projetos de intervenção arquitetônica em edifícios e áreas de valor patrimonial. Parte-se da premissa que o ensino de Arquitetura e Urbanismo só possibilitará uma formação profissional que revele competências e habilidades para a preservação do patrimônio edificado mediante uma clara relação entre aprofundamento teórico e exercício projetual. Logo, para o alcance do objetivo, foram definidas duas estratégias de pesquisa: 1) pesquisa bibliográfica sobre temas relacionados à preservação e à intervenção arquitetônica em edifícios e áreas de reconhecido valor patrimonial, destacando alguns dos principais modelos teórico-operativos, fruto de anos de reflexão; 2) pesquisa empírica (estudos de casos), que propõe investigar e analisar criticamente como se dá o processo de ensino-aprendizagem para preservação patrimonial nos cursos de Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), no Brasil, e na Università degli Studi “Gabriele d’Annunzio” di Chieti-Pescara (Ud’A), na Itália. A matriz proposta parte da reflexão teórica, das análises dos estudos de caso e da sua validação por meio de professores especialistas na temática e foi definida com base em quatro perguntas fundamentais: “por que preservar?” “O que preservar?” “Como preservar?” e “Estou preservando?”, todas relacionadas a princípios teórico-operativos que influenciam diretamente a fase propositiva do projeto.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis aims to establish a grid of essential knowledges to prepare Architecture and Urbanism students in Brazil for project practice in areas and buildings with heritage, historical and cultural interest. We believe it is necessary to constantly discuss the profiles and patterns that make sure the professional – architect and urbanist – is qualified to face the current social, cultural e and economic challenges. Among these challenges, this thesis highlights the preservation of preexistent heritage value. In relation to Brazil, it is important to emphasize that some of the recent reflections about this specific kind of architectural project point out to a professional behavior that is frequently arbitrary and devoid of methodological rigour. This debate is, to a large extent, related to the lack of qualification of professionals that work in this area (especially architects and urbanists). Thus, it is also connected to the formation of these professionals. For these reasons, this research´s study object corresponds to an analysis of the teaching of heritage preservation (within the scope of Architecture and Urbanism graduation courses), and to the creation of a theoretical-methodological framework to the formation of the future professionals (within the scope of graduation) that will eventually develop projects of architectural intervention on buildings and areas with heritage value. The starting point is the premise that Architecture and Urbanism´s teaching will only enable a professional formation that reveals abilities and competencies for the preservation of built heritage if there´s a clear relationship between theory and projectual practice. Thus, to achieve our goals, two research strategies have been defined: 1) Bibliographical research on themes related to preservation and architectural intervention on buildings and areas of recognized heritage value, highlighting some of the main theoretical-operative models, which are the result of years of reflection 2) Empirical research (case studies) to critically investigate and analyse the process of teaching-learning of heritage preservation in the courses of Architecture and Urbanism of Brazil´s Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) and Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), and in Italy´s Università degli Studi “Gabriele d’Annunzio” di Chieti-Pescara (Ud´A). The hypothesis is that the study of these institutions – in which theoretical contents are studied, as well as those related to project practice for heritage preservation – will allow, together with the theoretical-methodological framework, the creation of the grid of essential knowledges to prepare Architecture and Urbanism students for professional practice in this specific field. The research´s first results indicate that, despite the relevance of contents currently studied at these universities, some theoretical-methodological adaptations are required to provide a more adequate formative path considering the theme´s inherent complexity. Thus, we hope that this research may contribute to the deepening of the studies about projects of intervention on buildings of recognized heritage value, and specially to the reflection about a cohesive academic formation, able to prepare the future professionals to work in this area.

3
  • CLARA OVÍDIO DE MEDEIROS RODRIGUES
  • A RELAÇÃO ENTRE PROJETISTAS E CONSULTORES NO PROCESSO PROJETUAL DE EDIFÍCIOS VISANDO O BAIXO IMPACTO AMBIENTAL E O ATENDIMENTO DE METAS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO CONTEXTO BRASILEIRO
  • Orientador : MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • ALDOMAR PEDRINI
  • HEITOR DE ANDRADE SILVA
  • SOLANGE VIRGINIA GALARCA GOULART
  • CLÁUDIA NAVES DAVID AMORIM
  • PAULO AFONSO RHEINGANTZ
  • Data: 20/05/2020

  • Mostrar Resumo
  • Esta tese se dedica ao processo projetual de edifícios que visam o atendimento de metas de desempenho ambiental, permeando as áreas de projeto de arquitetura e tecnologia da construção com ênfase no desempenho ambiental. A obrigatoriedade de atendimento dessas metas vem se popularizando nos países que adotaram estratégias de redução de impacto ambiental, influenciando os processos projetuais de várias formas, sobretudo demandando interação entre arquitetos e consultores. No entanto, há alguns descompassos na relação entre esses profissionais. O consultor precisa repassar informações ao projetista durante as fases iniciais do projeto, quando o impacto no desempenho é maior, embora aquele profissional só consiga avaliar o projeto com dados pormenorizados, normalmente, obtidos ao fim do processo projetual. Além disso, não está claro como os fluxos dessas informações se adequam ao processo e como é feita a tomada de decisões pelos projetistas, diante dos diversos requisitos que lhes são impostos. Assim sendo, a questão de pesquisa é “No atendimento de metas de eficiência energética em projetos que visam o baixo impacto ambiental, que tipo de condução do processo projetual facilitaria a relação entre projetistas e consultores, sem desconsiderar as demais variáveis que incidem sobre as decisões projetuais?” A hipótese é que a condução do processo projetual que visa o atendimento de metas de desempenho ambiental seria facilitada se, desde suas fases iniciais: (I) houvesse uma intensa colaboração entre projetistas e consultores e (II) a tomada de decisões fosse fundamentada na adoção de uma visão sistêmica de todo o processo. O objetivo desta tese é identificar e analisar como a atuação conjunta do projetista e do consultor pode facilitar os processos projetuais arquitetônicos com vistas ao atendimento de metas de desempenho ambiental, como definidas no âmbito deste estudo. Os procedimentos metodológicos fazem uso de quatro abordagens analíticas: a primeira foca na caracterização das formas de interação e diálogo entre consultor e projetista nos processos projetuais visando atendimento de metas de desempenho ambiental no Brasil, sob o ponto de vista do consultor; a segunda é relativa ao primeiro estudo de caso, cuja consultoria se iniciou na fase de estudo preliminar e se aproxima de um caso controlado, com uso intensivo de ferramentas de simulação de desempenho ambiental; a terceira é um estudo de caso na escala de um bairro já concluído, com a consultoria iniciando na fase de programação arquitetônica e se inserindo na prática projetual; e a quarta se dedica a um estudo de caso de escala intermediária, igualmente já finalizado, onde a consultoria começou apenas na fase de anteprojeto, sendo também relativo à prática projetual. Para a primeira abordagem, analisaram-se dois questionários e, para as três últimas, utilizou-se avaliação de conteúdo para dar lastro a uma análise descritiva/exploratória e à outra baseada em proposições teóricas. Assim, foi possível caracterizar o projeto, identificar as tomadas de decisão com impacto no atendimento de metas de EE, os principais problemas e potencialidades, bem como a pertinência das proposições testadas, a saber: a consideração de questões de EE desde as primeiras fases do processo, a existência de colaboração entre os membros da equipe durante o processo de projeto e a existência de características relacionadas ao sistema, à interação e organização da visão sistêmica. A coleta das informações dos processos ocorreu, principalmente, por meio da análise de documentos e entrevistas com os arquitetos, consultores da equipe e empreendedor. Os resultados demonstram que os consultores respondentes dos questionários indicam que a maior parte dos projetos é desenvolvida em equipes multidisciplinares, com mais ocorrências de processos tradicionais ou com divisão de tarefas. No entanto, eles também identificam a integração de projetos e o início das consultorias nas primeiras fases do projeto como fatores potencializadores da interação. Também foi possível perceber que os formatos dos processos nos dois primeiros estudos de caso promoveram a interação, sendo a charrete, aplicada no segundo estudo, uma facilitadora do desenvolvimento da colaboração e da visão sistêmica, as quais auxiliaram no atendimento das metas de desempenho desde as primeiras fases do processo projetual. A principal contribuição desta tese foi identificar e demonstrar que a colaboração pode facilitar o processo de projeto para atendimento de metas ambientais, a depender da complexidade do problema e da proficiência do projetista sobre as metas a serem atendidas.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis is dedicated to the design process of buildings that aim to meet environmental performance goals, permeating the fields of architecture design and building technology with an emphasis on environmental performance. The mandatory compliance with these goals has become popular in countries that adopted environmental impact reduction strategies, influencing design processes in various ways, especially requiring interaction between architects and consultants. However, there are some mismatches in the relationship between these professionals. The consultant needs to give information to the designer during the initial phases of the project, when the impact on performance is higher, although that professional can only evaluate the project with detailed data, usually obtained at the end of the design process. However, it is not clear how the flows of this information fit to the process and how designers make decisions, in face of requirements that are imposed to them. Therefore, the research question is “In attending energy efficiency goals during design process which aim low environmental impact, what kind of conduction of the design process would facilitate the relationship between designers and consultants, without disregarding the other variables that affect design decisions?” The hypothesis is conducting the design process that aims environmental performance goals would be facilitated if, from its initial stages: (I) there was an intense collaboration between designers and consultants and (II) decision-making was based on the adoption of a systemic view of the entire process. The objective of this thesis is to identify and analyze how the joint work of the designer and the consultant can facilitate architectural design processes that aim to meeting environmental performance goals, as defined in the scope of this study. The methodological procedures make use of four approaches, the first focuses on the characterization of the forms of interaction and the dialogue between the consultant and the designer in the design processes aimed at meeting environmental performance goals in Brazil, from the consultant's point of view. The second is related to the first case study, whose consultancy started in the schematic design phase and it is close to a controlled case, with intensive use of building performance simulation tools. The third is a case study on a neighborhood scale that has already been completed, with the consultancy starting in the programming phase and it is about designed into the wild. And the fourth is dedicated to a case study of an intermediate scale, again already completed, where the consultancy started only in the preliminary design phase, and is also related to the design into the wild. For the first approach, two questionnaires were analyzed and, for the last three, content analyses was used to support a descriptive/exploratory analysis and other based on theoretical propositions. Thus, it was possible to characterize the project, identify the decision making with an impact on meeting EE goals, the main problems and potentialities, as well as the relevance of the tested proposals, namely: the consideration of EE issues from the first phases of the design process, the existence of collaboration between team members during the design process and the existence of characteristics related to the system, interaction and organization of the systemic view. The collection of information about the processes occurred mainly through the analysis of documents and interviews with architects, team consultants and entrepreneurs. The results show that the consultants who answered the questionnaires indicate that most of the projects are developed in multidisciplinary teams, with more occurrences of traditional processes or with division of tasks. However, they also identify the integration of projects and the beginning of consultancies in the first phases of the project as factors that enhance interaction. It was also possible to perceive that the formats of the processes in the first two case studies promoted interaction, with the charrete, applied in the second study, a facilitator of the development of collaboration and the systemic vision, which helped in meeting the performance goals since the first phases of the design process. The main contribution of this thesis was to identify and demonstrate that collaboration can facilitate the design process to meet environmental goals, depending on the complexity of the problem and the proficiency of the designer on the goals to be met.

4
  • ANA CAROLINA GUILHERME COÊLHO
  • MORAR por direito:

    locação social no Brasil

  • Orientador : MARCIO MORAES VALENCA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MARCIO MORAES VALENCA
  • MARIA FLORESIA PESSOA DE SOUZA E SILVA
  • SARA RAQUEL FERNANDES QUEIROZ DE MEDEIROS
  • SIMONE FERREIRA GATTI
  • Data: 29/09/2020

  • Mostrar Resumo
  • A tese se propõe a analisar a locação social como uma alternativa de provisão habitacional no Brasil. Considerando que a carência de moradias ainda é uma realidade no país, vislumbra-se no cenário da habitação novas possibilidades que não contemplem a aquisição definitiva, permitindo que o direito à moradia seja garantido por políticas públicas habitacionais de locação social. A partir da análise sobre o significado da casa, do morar e do habitar e suas derivações, da perspectiva jurídica sobre direito à moradia e direito à propriedade e as implicações legais do aluguel no cenário brasileiro e a leitura de algumas experiências nacionais e internacionais, assim como o sistema jurídico brasileiro que ampara a possibilidade de aplicação desse tipo de provisão de moradia, esta tese contempla a possibilidade da locação social como uma forma de provisão habitacional. Para realização dessa pesquisa, de natureza eminentemente qualitativa, teve como vértice da pesquisa a análise documental de legislação e políticas habitacionais brasileiras, assim como análise de algumas experiências internacionais de políticas de locação social a partir de bibliografia, consulta de sítios eletrônicos e fontes oficiais. O trabalho se caracteriza por uma leitura conceitual sobre direito à moradia, contemplando a viabilidade de implementação de política pública de locação social como uma forma de acesso à moradia, mas com as garantias jurídicas que assegurem ao morador a efetiva contemplação de seu direito.


  • Mostrar Abstract
  • The thesis proposes to analyze the viability of social renting housing as a possibility of housing provision in Brazil. Considering that housing shortage is still a reality in the country, new housing policies are envisioned that do not include permanent acquisition,but rent as state-managed alternatives to provide the appropriate housing population, which the cases of public policies for social renting. From the analysis of the meaning of the house and its derivations, the legal perspective on the dichotomy between right to housing and right to property and the legal implications of rent in the Brazilian scenario and the reading of some national and international experiences, as well as the Brazilian legal system that supports the possibility of applying this type of housing provision, this thesis contemplates the possibility of social renting as a form of housing provision. In order to carry out this research, of an eminently qualitative nature, it had as its research corner the documentary analysis of Brazilian housing legislation and policies, as well as the analysis of some international experiences of social rental policies from bibliography, consultation of electronic websites and official sources. The work is characterized by a conceptual reading on the right to housing and new forms of housing provision, contemplating the feasibility of implementing social rental policy as a means of access to housing, but with the legal guarantees that ensure the resident the effective contemplation of housing. your right.

5
  • JULIANA PORTELA VILAR DE CARVALHO
  • O IMPACTO DO OFUSCAMENTO NO (DES) USO DA LUZ NATURAL EM AMBIENTES DO TIPO DE ESCRITÓRIO EM BAIXA LATITUDE

  • Orientador : ALDOMAR PEDRINI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ROSANGELA TENÓRIO
  • ALDOMAR PEDRINI
  • BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • EDUARDO GRALA DA CUNHA
  • SOLANGE MARIA LEDER
  • Data: 26/10/2020

  • Mostrar Resumo
  • O aproveitamento da luz natural em ambientes do tipo escritório requer sistemas de aberturas adequados ao clima e, em baixa latitude, elementos de sombreamento externos são necessários para evitar o ofuscamento causado pela luz direta e o os ganhos térmicos indesejados. Mesmo assim, constata-se que os dispositivos de sombreamento internos, como cortinas e venezianas, são frequentemente fechados pelos usuários, à exemplo de edificações em Natal/RN (Latitude -5,8; Longitude -35,3). Essa tendência compromete as funções básicas da abertura, como iluminação e ventilação naturais, conexão com o exterior, além de influenciar a qualidade ambiental interna e a eficiência energética da edificação. Nessa tese são investigadas as causas para o fechamento dos dispositivos de sombreamento interno a partir da caracterização do ofuscamento e preferências dos usuários em salas de escritórios de quatro edificações, recentemente projetadas e construídas com vistas ao conforto ambiental e eficiência energética. A pesquisa se baseou em pesquisa de opinião, walkthrough de especialistas, medições de iluminância e luminância, aferição dos índices de avaliação de ofuscamento com a opinião do usuário. Probabilidade de ofuscamento em luz natural (DGP), índice de ofuscamento em luz natural (DGI) e razão de luminância foram obtidos por meio de imagens HDR, e os programas Photosphere, HDR Scope, Glare Analysis/Diva, e Wxfalsecolor. Os resultados indicaram que a principal causa para o bloqueio das aberturas foi o brilho de céu, que causou ofuscamento ao coincidir com o campo de visão do usuário e causar o contraste excessivo do monitor. A interação do usuário com os dispositivos de sombreamento interno e a luz artificial apresentou dependência quanto à causa de ofuscamento: usuários incomodados pelo brilho de céu fazem poucos ajustes, que são definitivos porque o desconforto varia pouco ao longo do tempo; usuários incomodados pela entrada de luz direta (reflexão externa ou limitações dos elementos de sombreamento) fazem muitos ajustes (quando ativos) ou bloqueiam completamente o dispositivo interno e ligam a luz artificial definitivamente (quando inativos) porque a causa do desconforto varia ao longo das horas e/ou dos meses. O intenso brilho de céu vem sendo subestimado nos critérios de ofuscamento, que não corresponde à percepção dos usuários, e evidencia as particularidades do comportamento luminoso em baixa latitude.


  • Mostrar Abstract
  • Low latitude office rooms often feature closed curtains, activated by the users as an adaptive behavior to the detriment of daylight and outdoor connection. Such loss of fenestration basic functions may compromise the indoor environment quality and the mental and physical health, and increase the artificial lighting electric energy consumption. In Natal-RN (Brazil), curtains are recurrently closed in the office room with air conditioning, despite the external shading device properly designed and the users' autonomy and preference. This thesis focuses on reseraching the reasons why users of these building close their curtains, based on user preferences and daylight performance in four newly designed buildings. The first part of the survey assessed users' preferences regarding the use of natural light, activation of shading and electric light systems, and identification of the main causes for shading system closure through questionnaires and auditing, The second part of the research investigated the nature of the causes of glare through a questionnaire, auditing, and illuminance and luminance measurements with HDR images. DGP and DGI indices were calculated using HDR images and Photosphere applications (WARD, 2019b), plug-ing Glare Analysis (WIENOLD, 2018) and WxFalsecolor (BLEICHER, 2015). The research resulted in the identification of the drivers of ther user's actions to close the systems and three recurring profiles, as well as the causes of the obfuscation. The inhibition of fenestration function and the benefits of daylight is a consequence of the nature of visual discomfort, which may be aggravated by the user's profile. Visual glare discomfort occurs due to the brigthness of the sky combined with a high sky visible fraction and improper layout, causing nuisance during the whole day that leads to the users to maintain the curtains closed, with little variation. Visual discomfort due to direct solar radiation has a temporal variation (hourly or yearly), influencing the user's interactioon dynamics with the internal shading system.

6
  • MARCELLA VIANA PORTELA DE OLIVEIRA CUNHA
  • CONDOMÍNIOS PÚBLICOS PARA IDOSOS: O caso do “Cidade Madura” na Paraíba.

  • Orientador : GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AMIRIA BEZERRA BRASIL
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • HEITOR DE ANDRADE SILVA
  • NIRCE SAFFER MEDVEDOVSKI
  • SIVA ALVES BIANCHI
  • Data: 12/11/2020

  • Mostrar Resumo
  • Em resposta ao envelhecimento de sua população e como estratégia para suprir a demanda por moradias das pessoas nessa faixa etária, o Governo da Paraíba está implantando empreendimentos habitacionais horizontais, públicos e fechados, exclusivos para idosos, denominados de Condomínios Cidade Madura (CCM). Destinados a pessoas com mais de 60 anos e faixa salarial máxima de três salários mínimos, os CCMs têm sido implantados na periferia de cidades de médio ou grande porte. Esta tese se propôs a compreender tais condomínios, tendo como perguntas de partida: o modelo adotado pelo CCM/Paraíba é adequado ao idoso? Qual(is) o(s) impacto(s) da proposta arquitetônica/urbanística adotada para a vida dos moradores? Como os usuários/moradores percebem o condomínio em que vivem? A hipótese do trabalho é que, apesar de garantir moradia a idosos de baixa renda, algumas características da tipologia “condomínios horizontais públicos fechados” (como o CCM) impactam negativamente a vida dos seus moradores, refletindo-se espacial e socialmente em dificuldades para o desenvolvimento de suas atividades cotidianas. Diante disso, o objetivo geral do estudo foi analisar os impactos que a tipologia adotada pelos CCMs/Paraíba tem sobre os idosos moradores, a fim de propor diretrizes para futuros projetos. Para tanto, a atividade empírica teve como recorte espacial os CCMs das cidades de João Pessoa e Campina Grande, na Paraíba, tomados como estudos de caso. Metodologicamente, além de estudo bibliográfico e análise documental, a atividade empírica recorreu à abordagem Multimétodos, promovendo o confronto da análise técnica do pesquisador (obtida por sintaxe espacial e vistoria) com o ponto de vista do usuário (por meio de questionários e grupo focal). A pesquisa mostrou que, embora existam características dos CCMs consideradas positivas por seus usuários (sobretudo o baixo aluguel social envolvido), há vários problemas associados a eles (em especial: sua localização, o afastamento da área conhecida da cidade e da família, a insegurança na permanência no local, a dissociação entre a programação arquitetônica e as necessidades dos moradores, o dimensionamento das unidades). Diante dessas evidências, recomenda-se que o modelo não seja reproduzido do modo como foi observado, sendo apontadas diretrizes que facilitariam a implantação de habitações para idosos a partir de outros parâmetros.


  • Mostrar Abstract
  • In response to the aging process of its population and as a strategy to meet the demand for homes meant for this age group, Paraiba's Government is implementing, in several cities, closed public horizontal housing developments, exclusive for the elderly: the ‘Cidade Madura Condominiums’ (CCM). Intended for people above 60 years and maximum salary range of three minimum wages, the CCMs are usually installed in the outskirts of medium or large cities. In this context, this thesis had as starting questions: Is this housing model fit for its target audience? Which impacts architectural/urban proposal represents in the life of the elderly residents? How its users/ residents see the program and the condominium in which they live? Provisionally answering these questions, the hypothesis of this paper supposes that, despite the guarantee of housing to low–income seniors, the public horizontal housing developments (such as CCM) have problems that can reflect in difficulties in the deployment of daily activities of the residents, causing them inconveniences that need to be circumvented. In light of that, the general objective of the study was to analyze the impacts that the typology adopted by the CCM / Paraíba has on the elderly residents in order to propose guidelines for future projects. To this end, the empirical activity had as spatial cut out the CCM of the cities of João Pessoa and Campina Grande, in Paraíba. Methodologically, in addition to bibliographic study and document analysis, the thesis resorted to empirical activity through case studies using a multi-method approach –confrontation of the researcher´s technical analysis (obtained by spatial syntax and survey) with the user´s point of view (through questionnaires and focus group). The research has shown that, although there are features of the CCMs considered positives by its users (especially the low cost regarding its social rent), there are also several problems associated with them (in particular: their location, their distance from the known part of the city and from the users' family, insecurity to stay in the CCMs, the dissociation between the architecture and the residents' needs, as well as the dimensioning of the units). In light of the evidence, it's recommended that the model isn't copied as observed, pointing out guidelines that would improve housing solutions for the elderly from different parameters.

7
  • DIMITRI COSTA CASTOR
  • O PROJETO URBANO ENQUANTO PROCESSO PROJETUAL: Compreensão, prática e especificidades

  • Orientador : HEITOR DE ANDRADE SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GEOVANY JESSÉ ALEXANDRE DA SILVA
  • HEITOR DE ANDRADE SILVA
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MIRIAM DE FARIAS PANET
  • NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
  • Data: 19/11/2020

  • Mostrar Resumo
  • Esta tese trabalha como objeto de estudo, o processo de projeto urbano, desenvolvido por estudantes de graduação em arquitetura e urbanismo da UFPB, em eventos de workshops de projeto ofertados especificamente para este fim. Parte da questão de pesquisa: Quais as especificidades do projeto urbano enquanto processo projetual; como os projetistas compreendem e praticam o projeto urbano; e ainda, como estes se posicionam sobre a própria prática de projeto; considerando o contexto adotado? Assumindo como hipótese, que há especificidades no processo projetual de projeto urbano; que, no recorte adotado, os projetos, predominantemente, são elaborados mais com base em experiências e resultados precedentes do que em estratégias metodológicas no sentido de instrumentalizar os processos de projeto, voltados à solução e produtos finalizados, e não à definição dos problemas e aos processos; ou seja, uma prática pouco reflexiva, sem a devida clareza de conceituação, tema e contextos inerentes ao projeto urbano, e com abordagens mais tecnocráticas que metodológicas. O objetivo geral é identificar quais as especificidades do projeto urbano através do confronto entre, de um lado, as abordagens teórico-metodológicas da solução racional do problema e da reflexão em ação, e de outro, a análise de processos de projeto desenvolvidos em eventos de workshops de projeto com projetistas em formação, especificamente os estudantes de graduação em arquitetura e urbanismo da Universidade Federal da Paraíba, visando compreender a prática do projeto urbano, utilizando a comparação entre projeto urbano e projeto arquitetônico; e de forma secundária, como esses projetistas se posicionam em relação ao próprio processo de projeto, e como compreendem e praticaram o projeto urbano. A pesquisa se estrutura através de três Eixos de Investigação, sendo: Eixo 1 - Posicionamento dos projetistas sobre o próprio processo de projeto; Eixo 2 - Compreensão e prática do projeto urbano; Eixo 3 - Comparação entre a prática de projeto urbano e do projeto arquitetônico. O método toma como base, a solução racional do problema (SRP) de Simon (2019), com contraponto no modelo da reflexão-em-ação de Schön (1983), ambos como tratados por Dorst e Dijkhuis (1995); associados ao workshop de projeto e grupo focal como estratégias de coleta de dados. A tese fundamenta-se a partir de discussões teórico-analíticas em relação ao projeto urbano, ao processo de projeto de forma geral, aos métodos de mapeamento, e ao workshop como facilitador da prática projetual. Como resultados, são apresentadas algumas especificidades do projeto urbano enquanto processo de projeto, tomando como parâmetro comparativo a prática de projeto arquitetônico. Este possui caráter mais analítico, estratégico, metodológico, construtivo e mais imaterial; enquanto o segundo é mais sintético, direcionado à solução, prático e material. No recorte adotado percebem-se práticas reflexivas de projeto, domínio do conceito e aspectos envolvidos na prática do projeto urbano, bem como, os projetistas se posicionam de forma crítica ao próprio processo.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis works, as investigation object, the urban design process, performed by architecture and urbanism graduation course students of Universidade Federal da Paraíba, during project workshops, offered for this purpose. Adopt as research question: Which are the urban design specificities, as design process; how designers understand and practice the urban design; still, how they seen their own desgin experience; considering the adopted context? Assumes as hypothesis, that urban design process has specificities; that, in adopted cutout, designs, are predominantly, generated taking previous experiences, than methodological strategies that aim tools for design process, looking for solution and final products, instead design problem and process; so, a less reflexive practice, without knowing clearly the concept, topics and contexts inherent to urban design, and with most technocratic approach than methodological. The goal is to identify which are the urban design specificities through confrontation, in one side, theoretical-methodological approach of rational problem solving and reflection in action, and in other side, design process analysis developed in project workshops with training designers, specifically the architecture and urbanism graduation course of Universidade Federal da Paraíba, aiming to understand the urban design practice, using comparison of urban and architectural designs; and secondly, how this designers approaches their own project process, and how they understand and experience urban design. The research is structured by three Investigation Axis, to know: Axis 1 – Positioning of designers about their own project process; Axis 2 – Understanding and practice of urban design; Axis 3 – Comparison between practices of urban and architectural design. The method gets backing in the rational problem solution by Simon (2019), with counterpoint in reflection in action by Schön (1983), both as argued by Dorst & Dijkhuis (1995); in association with design workshop and focal group as data collect strategies. The thesis is based in theoretical-analitical discussions about urban design, design process in general, mapping methods, and design workshop as design practice facilitator. As outcomes, some specificities of urban design, as design process, are presented, from the comparison of architectural design practice. This has a more analytical, strategic, methodological, constructive and immaterial character; meanwhile the second one, has a more analytical, solution aimed, practical and material. In adopted outcut, is possible to identify reflexive practices of design, knowing of concept and aspects of urban design practice, also as, the designers approaches their own design process critically.

2019
Dissertações
1
  • UGO DANTAS DE SANTANA
  • CADA PEÇA EM SEU LUGAR: RECORRÊNCIAS E PARTICULARIDADES NA CONFIGURAÇÃO ESPACIAL DE CASAS MODERNAS EM FORTALEZA – 1960 A 1976

  • Orientador : EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • LUIZ MANUEL DO EIRADO AMORIM
  • NELCI TINEM
  • Data: 22/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa envolve identificar como os princípios do Movimento Moderno afetaram a configuração espacial de projetos de residências unifamiliares realizados entre 1960 e 1976, em Fortaleza, revelando expectativas de mudanças em certas práticas sociais domésticas. A teoria da Sintaxe do Espaço (Hillier e Hanson, 2005 [1984]) foi aplicada em um conjunto de 36 casas modernistas com áreas variando entre 159m2 e 643m2. Estes edifícios – projetados por cinco arquitetos – representam o período em que arquitetos começam a ser contratados para projetos de residências em Fortaleza. São localizados em áreas de expansão urbana que atraiam investimentos das classes socais mais altas. O recorte temporal abrange a chegada de arquitetos formados em outras cidades para iniciar sua prática profissional em Fortaleza, onde ajudaram a criar o primeiro curso de Arquitetura e Urbanismo do estado. Quatro dos arquitetos nasceram em Fortaleza e apenas um foi formado na primeira turma dessa escola. Apesar das casas possuírem tamanhos variados, ter sido construídas em um período de 16 anos, e projetadas por arquitetos com formações diferentes, apresentam muitas semelhanças quanto à configuração espacial, indicando que códigos sociais foram cristalizados na forma construída. Apresentam características espaciais recorrentes na arquitetura doméstica brasileira – especialmente a nordestina – que misturam relações espaciais tradicionais e atuais, apontando para um processo contínuo de transformação. Entretanto, foram identificadas características relacionadas a decisões autorais e do lugar, que não estão presentes em conjuntos de outros autores. Mais marcante que a separação de setores influenciada pela lógica da arquitetura funcionalista, é a separação dos espaços ocupados por moradores de diferentes classes sociais, refletindo a profunda desigualdade da sociedade brasileira dentro do espaço doméstico.


  • Mostrar Abstract
  • This research aims to identify how principles of the Modern Movement affected the spatial configuration of single-family houses designed between 1960 and 1976, in Fortaleza, revealing expectations of change concerning certain domestic codes. Space Syntax theory (Hillier and Hanson, 2005 [1984]) was applied to a sample of 36 modernist houses with built areas between 159m2 and 643m2. These buildings – designed by five architects – exemplify a time period architects started being commissioned to design residences. They are located in urban expansion areas that were attracting middle and upper-classes investments. The period also coincides with the arrival of professionals graduated in other cities to start their practices in Fortaleza, where they helped to create the first course in Architecture and Urban Planning in the state. Four of the architects that designed the houses used as case studies in this dissertation were born in Fortaleza, one of whom graduated in the first class of the local school. Although the houses have varied sizes, have been built in a 16-year period and have been designed by architects with different backgrounds, they show similarities in their spatial configuration, indicating that social codes have been crystallized in the built form. The houses present recurring spatial characteristics found in the Brazilian domestic architecture – especially in its north-eastern guises – that amalgamate traditional and current spatial relations whereas pointing out to a continuous transformation process. Design trends that may be related to authorial decisions as well as local characteristics, not present in samples explored by other researchers elsewhere, were also unveiled. However, more emphatic than the clear delimitation and separation of sectors, affiliated to the logic of functionalist architecture, is the separation of spaces occupied by dwellers of different social status, reflecting within the domestic realm, the deeply unequal character of the Brazilian society.

2
  • LORENA PETROVICH PEREIRA DE CARVALHO
  • Arquitetura de Grife: Profissionais e práticas contemporâneas

  • Orientador : MARCIO MORAES VALENCA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BEATRIZ HELENA NOGUEIRA DIÓGENES
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • MARCIO MORAES VALENCA
  • Data: 12/04/2019

  • Mostrar Resumo
  • A partir da segunda metade do século XX, a arquitetura e o urbanismo assistiram a mudanças de cenário que repercutiram na prática profissional. O pensamento modernista recebeu críticas severas, despertando o repensar sobre questões como o racionalismo e o funcionalismo excessivos e o distanciamento das artes. Somando-se a isso, a reconfiguração econômica global estimulou a transposição do planejamento estratégico corporativo para a esfera urbana. Trata-se de uma nova maneira de gerir a cidade, que conferiu nova centralidade para os ícones urbanos e arquitetônicos. Ambas as conjunturas são admitidas neste trabalho como influências sobre a consolidação da arquitetura contemporânea de grife – e o seu reconhecimento público –, caracterizada por aspectos de exclusividades que permeiam todas as etapas de sua produção. Apesar das bibliografias sobre o tema estarem em constante renovação, atualizando conceitos, apontando nomes de arquitetos e as suas obras que promovem o espetáculo e, ainda, analisando os desdobramentos urbanos subsequentes à construção das mesmas, persiste a carência no estudo acerca dos responsáveis pela produção em questão, especificamente, no que diz respeito aos aspectos de formação e características que definem a prática desenvolvida por esses profissionais, sobre os quais, questiona-se: quais elementos comuns se destacam no processo de formação e nas estratégias de atuação dos responsáveis pela espetacularização da arquitetura contemporânea que nos permitem compreender a conduta que adotam diante das transformações observadas no pensamento sobre os projetos e no mercado? O principal objetivo deste estudo é, portanto, verificar elementos comuns nas experiências de formação e estratégias de atuação de arquitetos de grife, que contribuam para assimilação do papel que desempenham diante das mudanças mais recentes na disciplina de arquitetura e urbanismo. Para isso, os procedimentos metodológicos realizados foram principalmente as pesquisas bibliográfica e documental, das quais foram extraídos os nomes dos 37 escritórios de arquitetura que embasam as análises, bem como as informações sobre os mesmos; em sequência, a elaboração de um banco de dados permitiu comparar todas as trajetórias, evidenciando suas semelhanças e diferenças.


  • Mostrar Abstract
  • From the second half of the twentieth century, architecture and urbanism watched to scenery changes that reverberated into professional practice. The modernist thought received severe critics, awakening the rethinking on issues like the rationalism and the excessive functionalism, as well as the distancing from the arts. In addition, the global economic reconfiguration has stimulated the transposition of corporate strategic planning into the urban sphere. A new way of city management, which gave a new centrality to the urban and architectural icons. Both conjunctures are admitted in this research as influences on the consolidation of the contemporary branding architecture – and its public recognition –, characterized by aspects of exclusivity that permeate all the stages of its production. Although the bibliographies on the theme are in constant renewal, updating concepts, pointing out the name of the architects and their works that promote the urban spectacle, as well as analyzing the urban developments that followed their construction, there is still a lack in the study of those responsible for the production in question, specifically to the aspects of education and the characteristics that define the practice developed by them, about which, we ask: what common elements stand out in the formation processes and in the performance strategies of those responsible for the spectacularization of contemporary architecture that allow us to understand the conduct they adopt in the face of the changes observed in projects thinking and in the market? The main objective of this study is to verify common elements in the education experiences and performance of brand architects that contribute to the assimilation of the role they undertake in the face of the most recent changes in the discipline of architecture and urbanism. For this, the methodological procedures performed were mainly bibliographical and documentary research, from which the names of the 37 architecture offices that support the analyzes, as well as the information about them, were extracted; in sequence, the elaboration of a database allowed comparing all trajectories, showing their similarities and differences.

3
  • NICHOLAS SARAIVA MARTINO
  • Legados Urbanos e Suburbanos: Analisando indicadores morfológicos de vitalidade urbana em duas Vilas Olímpicas certificadas pelo selo LEED-ND

  • Orientador : EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
  • LUCAS FIGUEIREDO DE MEDEIROS
  • MARCIO MORAES VALENCA
  • Data: 26/04/2019

  • Mostrar Resumo
  • As Vilas Olímpicas construídas para os jogos do Rio de Janeiro (Condomínio Ilha Pura, CIP, 2016) e Vancouver (Southeast False Creek, SFC, 2010) receberam a certificação LEED-ND para desenvolvimento de vizinhança sustentável com base em critérios de avaliação pensados para promover comunidades habitáveis e sustentáveis. Considerando que a obtenção dessas qualidades é parcialmente dependente das propriedades morfológicas e funcionais que facilitam movimento, visibilidade e encontros entre sujeitos nos espaços públicos – ingredientes considerados como favorecedores da vitalidade urbana – o objetivo dessa pesquisa foi verificar se o desenho dessas Vilas Olímpicas certificadas pelo LEED-ND facilita ou dificulta essa vitalidade nos espaços públicos, avaliando a incidência de indicadores morfológicos em múltiplas escalas espaciais. Primeiramente analisou-se a relação entre configuração da malha viária e destinos diários (bancos, farmácias, escolas, etc.) em Vancouver e no Rio de Janeiro a fim de entender como essas Vilas Olímpicas estão inseridas no todo urbano em termos do uso do caminhar como um meio de locomoção. Indicadores de acessibilidade, densidade e diversidade, relacionados ao conceito de caminhabiliade, foram agregados em um raio de 800m a partir de cada segmento de rua das vizinhanças e seu entorno imediato. Em segundo lugar, mapas de usos e integração dos espaços abertos foram graficamente justapostos, na tentativa de responder como o desenho de cada empreendimento integra ou segrega diferentes usos. Por fim, mapas de constitutividade de fachadas (acessos aos edifícios), mobiliário e vegetação foram justapostos a modelos georreferenciados de visibilidade e permeabilidade espacial que indicam movimento potencial de pedestres. Padrões que representam um alto potencial de movimento em SFC surgem da sua relação com o todo urbano, da diversidade de usos do solo e da integração entre edifícios, espaços públicos, corredores de transporte e orla. Enquanto isso, o CIP é segregado tanto da cidade do Rio de Janeiro como do seu entorno imediato, resultando em uma distribuição desigual de espaços verdes e de lazer, altamente integrados àqueles que vivem dentro do condomínio e pouco integrados às comunidades do entorno. As diferentes intenções subjacentes aos planos das vizinhanças estão “impressas” na forma urbana em ambos os casos. Enquanto SFC foi construído em terras públicas para conectar a cidade à orla e reabilitar uma área industrial abandonada, o CIP foi construído em terras privadas como uma “ilha” verde e de lazer que pouco contribui para a vitalidade urbana do entorno, deficiente de infraestrutura e cercado por comunidades informais. Os resultados levantam questões sobre a necessidade de aplicar processos de acreditação dispendiosos (como o LEED-ND) com o objetivo de avaliar conceitos amplos e subjetivos de "sustentabilidade" e "smart growth".


  • Mostrar Abstract
  • The Olympic Villages built for the Olympic games in Rio de Janeiro (Ilha Pura Condominium, IPC, 2016) and Vancouver (Southeast False Creek, SFC, 2010) were both granted LEED-ND certification  for  sustainable neighbourhood developments based on evaluation criteria devised to foster walkable, livable and sustainable communities. Considering that the attainment of these qualities is partially dependent on morphological and functional properties that facilitate movement, visibility and encounters among people in public spaces – ingredients deemed to favour urban vitality and liveliness – the purpose of this research was to verify how the design of these LEED-ND certified Olympic villages facilitates or hinders the vitality of public spaces, by assessing the incidence of urban vitality indicators across multiple spatial scales. Firstly, the relation between the configuration of the street network and the presence of daily destinations (banks, pharmacies, schools, etc.) were analyzed in Rio de Janeiro and Vancouver in an attempt to to understand how these Olympic Villages are inserted in the urban whole in terms of the use of walking as a mean of transport. Indicators of accessibility, density and diversity, related to the concept of walkability, were aggregated within a radius of 800m of each street segment within the neighborhoods and their immediate surroundings. Secondly, maps of land use and spatial integration were graphically juxtaposed, in an attempt to respond if the design of each development integrates or segregates different uses. Finally, maps of the constitutivity of façades (access to buildings), furniture, and vegetation were compared to potential pedestrian movement patterns, expressed through georeferenced models based on measures of spatial visibility and moveability. Patterns that indicate a high potential of pedestrian movement in SFC arise from its relationship with the urban whole, diversity of land uses and integration among buildings, public transport, transportation corridors and waterfront. Meanwhile, the IPC is segregated both from the city of Rio de Janeiro and from its immediate surroundings, resulting in an unequal distribution of green and leisure spaces, highly integrated to those living inside the condominium and little integrated to the surrounding communities. The different intentions underlying each neighborhood plan are "printed" in their urban form in both cases. While SFC was built on public lands to connect the city to the waterfront and rehabilitate an abandoned industrial area, IPC was built on private land as a green and leisure "island" that barely contributes to the urban vitality of its surroundings, composed of poor infrastructure and informal communities. The results raise questions about the need to apply expensive accreditation processes (such as LEED-ND) to evaluate broad and subjective concepts such as "sustainability" or "smart growth".

4
  • RUI ALEXANDRE RAMOS DUARTE DO ROSÁRIO
  • ANÁLISE DA APLICABILIDADE DO MÉTODO DE GERENCIAMENTO SCRUM NO PROCESSO DE PROJETO DE ARQUITETURA

  • Orientador : MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HEITOR DE ANDRADE SILVA
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MÁRCIO MINTO FABRICIO
  • Data: 29/04/2019

  • Mostrar Resumo
  • Essa pesquisa de mestrado busca compreender como um método de gerenciamento de projetos considerado ágil (Scrum) pode ser aplicado no processo de projeto na Arquitetura. Pretende-se, a partir de uma pesquisa aplicada, identificar os princípios e elementos de gerenciamento que possam servir de base para o desenvolvimento futuro de uma ferramenta que auxilie a gestão do processo projetual dos arquitetos, a fim de reduzir e evitar possíveis falhas durante o projeto e, por conseguinte, a execução da obra. Esse estudo surge da necessidade de compreender melhor o processo de projeto como um todo, não se atendo somente à representação e aos produtos finais do projeto, mas também à documentação do processo de modo a decompor e registrar cada etapa. Com isso, a pesquisa visa contribuir para melhorias na coordenação dos processos e resultados de projetos de arquitetura em contexto profissional, o que implica em melhorias na qualidade do edifício construído. Além da revisão de literatura, a pesquisa aplicada foi estruturada inicialmente em uma investigação exploratória junto a arquitetos de estados da região Nordeste do Brasil. A partir dos resultados obtidos nessa etapa, foram selecionados alguns escritórios para estudos de caso diretos, com a aplicação do Scrum no processo de projetação arquitetônica. Os resultados indicam que os principais problemas enfrentados pelos arquitetos durante o processo de projeto estão relacionados à definição de escopo, cronograma e habilidades relacionadas à coordenação do processo de projeto


  • Mostrar Abstract
  • This master’s research aims to understand how a fast project management method (Scrum) can be applied in architectural design process. Based on an applied research, the work seeks to identify project management principles and elements that could be used in the development of a tool to be used by architects in their design process, with the ultimate goal of reducing errors in the project and construction phases. This study stems from the need to better understand the design process as a whole, not only the graphic presentation and final products, but also the documentation of the process in order to decompose and register every step. Thus, the research aims to contribute to an improvement of the coordination of the design process and results in a professional context, which implies a betterment of the built environment. Besides the literature review, the methodology was structured through an exploratory research among architects acting professionally in northeast Brazil. From the results obtained in this initial research, a few companies were selected as case studies for the direct application of Scrum in their design process. Results show that the main issues faced by architects during the design process are related to scope definition, scheduling and project management skills.

5
  • RENATA DE OLIVEIRA ARAUJO
  • MODELO DE ESTUDO COMO PROCESSO DE PROJETO EM ARQUITETURA

  • Orientador : MARCIO MORAES VALENCA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MARCIO MORAES VALENCA
  • RICARDO ALEXANDRE PAIVA
  • Data: 29/04/2019

  • Mostrar Resumo
  • A ideia criativa, que gera um partido arquitetônico, contém o princípio básico do projeto, ainda na etapa de formulação imaterial, na mente do projetista. É do encontro entre a mente e os meios de representação que o projeto se torna visível para o mundo. Dentre as formas de representação, encontram-se os modelos de estudo. Alguns dos materiais e ferramentas utilizados para confeccionar tais modelos são: papelão, papel cartão, cartolina e reciclados. O objetivo geral deste estudo consiste em analisar o modelo de estudo como ferramenta de concepção projetual e de suporte à criatividade. O presente trabalho tem caráter de investigação qualitativa e experimental e se desenvolverá da pesquisa bibliográfica, realização de duas oficinas de criatividade com modelos, em 2018, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e na Universidade Federal do Ceará (UFC). As oficinas tiveram duração aproximada de 4h, com exposições teóricas e atividades práticas; contaram com a participação de estudantes de graduação em arquitetura, estudantes de pós-graduação, arquitetos e professores. Os modelos produzidos foram classificados em Diagramas de Organização Espacial e Protótipos Arquitetônicos. Nos primeiros, o espaço surge na dobra do papel durante o processo de geração de volume e é percebido e transformado em ‘espaço de verdade’, não ainda como um possível edifício, mas podendo acomodar um programa abstrato. O modelo também poderá apresentar uma ideia criativa. Os protótipos arquitetônicos são Diagramas de Organização Espacial que adquiririam matéria arquitetônica, como parâmetros de materialidade, programa e contexto, etc. Os modelos produzidos funcionaram como ferramentas de suporte à exploração projetual. Os Protótipos Arquitetônicos podem continuar a serem desenvolvidos para fases seguintes de exploração criativa.


  • Mostrar Abstract
  • The creative idea, which generates an architectural parti, contains the basic principle of design, in the stage of immaterial formulation, in the mind of the designer. It is from the encounter between the mind and the means of representation that the project becomes visible to the world. Among the forms of representation are the study models. Some of the materials and tools used to make such models are: cardboard, paper and recycled. The objective of this study is to analyze the study model as a tool for designing and supporting creativity. The present work has the character of qualitative and experimental research and will be developed from the bibliographic research, two creative workshops with models, in 2018, at the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN) and at the Federal University of Ceará (UFC). The workshops lasted approximately 4 hours, with theoretical expositions and practical activities; with the participation of undergraduate students in architecture, postgraduate students, architects and professors. The models produced were classified in Spatial Organization Diagrams and Architectural Prototypes. In the former, space appears in the fold of paper during the process of volume generation and is perceived and transformed into “real space”, not yet as a possible building, but can accommodate an imaginary program. Architectural prototypes are Spatial Organization Diagrams that acquired architectural matter, such as parameters of materiality, program and context, etc. The models produced served as tools to support the project exploration. Architectural Prototypes can continue to be developed for subsequent phases of creative exploration.

6
  • NAYANA HELENA BARBOSA DE CASTRO
  • AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO TÉRMICO E LUMÍNICO, CONSIDERANDO O NÍVEL DE SATISFAÇÃO DOS USUÁRIOS: O CASO DE UM EDIFÍCIO DE ESCRITÓRIO COM ESTRATÉGIAS BIOCLIMÁTICAS.

  • Orientador : SOLANGE VIRGINIA GALARCA GOULART
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SOLANGE VIRGINIA GALARCA GOULART
  • ALDOMAR PEDRINI
  • RENATA DE VECCHI
  • Data: 26/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • As características arquitetônicas das edificações, como sua qualidade ambiental interna, interferem na saúde, bem-estar e produtividade de seus usuários. Além disso, essas características também interferem no consumo energético dos edifícios, sendo o uso de sistemas ativos, como ar-condicionado, aquecimento artificial e iluminação artificial alguns dos principais responsáveis pelo aumento desse consumo. Esse impacto negativo poderia ser reduzido com o uso de estratégias bioclimáticas para promover conforto térmico e lumínico aos usuários. As contribuições dessas estratégias podem ser avaliadas durante a etapa de projeto (por meio de simulações) e na fase de uso de uma edificação. Avaliar essas contribuições durante a fase de uso permite identificar as características positivas e negativas das soluções arquitetônicas adotadas e consequentemente aprender com os acertos e evitar repetições de erros. Portanto, este trabalho tem o objetivo de investigar os impactos de estratégias bioclimáticas de projeto no desempenho termo-lumínico, e no nível de satisfação dos usuários de um edifício de escritório em sua fase de uso. Como estudo de caso, foi selecionado um edifício em operação localizado em uma região litorânea de baixa latitude, com clima quente e úmido, e que teve suas soluções arquitetônicas bioclimáticas simuladas e avaliadas na etapa de projeto. O procedimento utilizado para alcançar o objetivo definido foi uma avaliação pós-ocupação realizada por meio de: observações diretas; coleta de dados quantitativos, com medições de variáveis ambientais in loco; e coleta de dados qualitativos, mediante pesquisa de satisfação com os usuários.  Os dados coletados foram comparados com parâmetros de referência definidos com base na literatura e nos que haviam sido utilizados na etapa de projeto. Como resultado, foi verificado que as soluções arquitetônicas bioclimáticas utilizadas proporcionaram um bom desempenho térmico ao edifício, tanto do ponto de vista técnico, quanto do ponto de vista dos usuários. Porém, o mesmo não ocorreu com o desempenho lumínico, que teve seu desempenho comprometido por alterações realizadas nas soluções propostas durante a fase de construção e de uso. Dentre as conclusões, destaca-se que o desempenho pretendido e simulado na etapa de projeto pode ser impactado pelo modo como as soluções arquitetônicas são construídas e utilizadas.


  • Mostrar Abstract
  • Architectural features of buildings, such as the indoor environmental quality, interfere in health, well-being and productivity of their users. In addition, these characteristics also interfere in energy consumption of buildings, and the use of active systems, such as air conditioning, heater and lighting are some of the main responsible for this consumption. One aspect that contributes to this high consumption is the architecture design not integrated to the local climate. This negative impact could be reduced with the use of bioclimatic design strategies to promote users’ thermal and lighting comfort. The contributions of these strategies can be evaluated during the design stage (by computational simulations) and in the use phase of buildings. Evaluating these contributions during the use phase allows identifying the positive and negative aspects of the architectural solutions applied and learning from the correct answers and avoid repetition of errors. Therefore, the objective of this research is to investigate the impacts of bioclimatic design strategies on the thermo-luminous performance and on the satisfaction level of users of an office building during its use phase. As a case study, a building in operation located in a low latitude coastal area with a hot humid weather, was selected. The bioclimatic design strategies of this building were simulated and evaluated during the design stage. The proceedings to achieve the objective defined was a post-occupancy evaluation realized by: direct observations; collection of quantitative data, through environmental measurements in loco; and collection of qualitative data, through satisfaction survey with users. The data collected were compared with reference parameters defined on the literature review and those used in the design stage. As a result, it was verified that the bioclimatic design strategies used provided a high thermal performance to the building, from the technical and from the users’ point of view. However, the same did not occur with the daylight performance, which was compromised by changes in the proposed solutions during the construction and use phase. Among the conclusions, it is emphasized that the intended and simulated performance in the design stage can be impacted by the way the architectural solutions are constructed and used.

7
  • DAYANY BARRETO VASCONCELOS
  • Avaliação das condições de conforto ambiental em escolas da rede pública: estudo de caso em Arapiraca-AL

  • Orientador : BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RICARDO VICTOR RODRIGUES BARBOSA
  • BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • VIRGINIA MARIA DANTAS DE ARAUJO
  • Data: 15/08/2019

  • Mostrar Resumo
  • As escolas devem ser capazes de oferecer a seus alunos ambientes seguros, acessíveis, criativos e, sobretudo, confortáveis. São dentro desses ambientes que os estudantes passam grande parte de seus dias, em muitos casos, tendo aulas em tempo integral, o que, por si só, já leva a um desgaste psicológico ao longo do dia. Logo, verificar aspectos relacionados à promoção do bem-estar e saúde dentro das salas de aula dos alunos, que se refletem no conforto ambiental, se faz determinante para a adequação da relação ensino-aprendizagem. Diante disto, esta pesquisa teve como objetivo avaliar o conforto ambiental das salas de aula localizadas em três escolas da rede pública de ensino da cidade de Arapiraca/AL, edificadas na década de 1960, a fim de entender a influência que a arquitetura dessas edificações exerce quanto ao conforto de seus usuários. Os levantamentos ocorreram em duas épocas do ano distintas, uma condizente ao verão e outra ao inverno na região, e, para se obter resultados mais abrangentes e representativos da avaliação, foram aplicados múltiplos métodos da Avaliação Pós-Ocupação (APO). A partir dos métodos utilizados nesta pesquisa, foram analisados: os dados de medições das variáveis de conforto térmico, conforto acústico, conforto lumínico, aplicação de questionários com os usuários, walkthrough e matriz de descobertas, seguido de recomendações projetuais. Tendo em vista que as escolas foram edificadas na década de 1960 e apresentam similaridades construtivas, buscou-se estabelecer correlações entre os resultados, onde foi percebido que escolas que não apresentam estratégias bioclimáticas obtiveram um maior registro de desconforto térmico; enquanto as avaliações de conforto acústico e lumínico apresentaram parâmetros medidos não condizentes com os exigidos por normas técnicas nas três instituições. Em relação à avaliação subjetiva dos usuários, foi verificada, em relação ao conforto térmico e acústico, correlação entre os dados registrados nas medições e os do questionário, enquanto os dados lumínicos foram avaliados positivamente pelos usuários, apesar de estarem em desacordo com os parâmetros normativos. Por fim, as observações realizadas no walkthrough, dispostas na matriz de descobertas, foram analisadas com o objetivo de propor soluções a serem adotadas pelas escolas, para que os parâmetros estudados pudessem se adequar aos valores normatizados e, assim, garantirem o conforto necessário aos seus usuários.


  • Mostrar Abstract
  • Educational buildings must be capable to offer safe, accessible and creative places to the users, especially comfortable spaces. Students spend great part of their days in this environment, in many cases having full time classes which, per se, takes to mental fatigue throughout the day. Thereby, verify features related to the promotion of well-being within the classrooms is crucial to the adequacy of the learning-teaching's relations. Facing this conjecture, this research aimed to explore the main environmental variables and the main physical components in three public schools located at the municipality of Arapiraca/AL/Brazil. The collected data happened in two different periods, one related to the summertime and the other to the winter, and in order to obtain broader and representative results a range of methods of Post Occupancy Evaluation (POE) were applied as: data of thermal, acoustic and lighting comfort, questionnaire with the users, walkthrough and the matrix of discoveries and recommendations. Having in mind that these educational buildings were built in the 60’s, with similar features of construction, the research aims to establish correlations within the results, where is observed that: schools with no bioclimatc strategies have a higher thermal discomfort, whilst the acoustical and lighting evaluations present different values from the required norms in the three schools. About the users’ subjective evaluation is verified the correlation between the collected environmental data and the questionnaires only over the thermal and acoustic relations, while the lighting aspect is positively assessed by the users. About the functional safety, is observed problems related to the lacks of resources and negligence, with potentially dangerous places to the students. Finally, the walkthrough observations, arranged in the matrix of discoveries, were analyzed with the objective of proposing solutions to be adopted by the schools, so that the studies parameters could be adjusted to the normalized values and, thus, guarantee the necessary comfort for their students users.

8
  • DOROTHEU XIMENES DE FARIAS
  • DESEMPENHO TÉRMICO DA COBERTURA DE HABITAÇÃO DO TIPO FITA EM CLIMA QUENTE E ÚMIDO E MEIO URBANO ADENSADO

  • Orientador : ALDOMAR PEDRINI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SAULO GÜTHS
  • ALDOMAR PEDRINI
  • EDNA MOURA PINTO
  • Data: 28/08/2019

  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa apresenta uma avaliação do potencial de resfriamento natural por meio da cobertura, em habitações do tipo fita e meio urbano adensado em clima quente e úmido. Apesar da alta radiação solar na cobertura neste clima, a sua função resfriativa pode ser avaliada para melhorar o baixo desempenho térmico de coberturas convencionais de telhado cerâmico vermelho e forro de gesso, recorrentes em habitações de interesse social ou autoconstruídas no Brasil. Habitações em fita ou geminadas têm a cobertura como a maior parte de sua envoltória exposta ao clima externo, e a ventilação natural por ação dos ventos é prejudicada por sua planta alongada, principalmente em meio urbano adensado. Para o caso dessas restrições, a pesquisa objetiva a otimização do desempenho térmico da cobertura, a partir de características recorrentes na arquitetura vernacular e contemporânea. Um modelo de referência de habitação em fita no clima de Fortaleza-CE foi utilizado em simulações térmicas do software EnergyPlus para quantificar a influência de cinco diferentes características de coberturas: tipo da telha; isolamento térmico; presença de ático e sua ventilação; ventilação pela cobertura por efeito chaminé com saídas de ar no telhado e no forro; e aumento do pé-direito. Com base no critério de ocorrência de conforto ou desconforto térmico de modelos adaptativos (ASHRAE, 2017; DE DEAR; BRAGER, 2002), a pesquisa mostrou que a combinação de estratégias de baixa absortância solar, com cores claras ou superfície metálica, baixa transmitância térmica, com presença de ático ou camada de isolamento, e ventilação pela cobertura, podem reduzir para 0% a ocorrência de desconforto por calor no ano, devido a baixos fluxos de calor e baixas temperaturas internas do ar e superficial. A ventilação do ático trouxe benefícios ao desempenho nos casos sem ventilação pela cobertura e com o telhado de alta absortância ou alta transmitância. O telhado cerâmico colonial permite a renovação do ar da câmara formada pela sobreposição das telhas, e tem desempenho superior à telha romana quando há ventilação pela cobertura e o telhado possui altas absortância e transmitância térmicas. O pé-direito alto não influenciou significativamente o desempenho térmico da cobertura.


  • Mostrar Abstract
  • This work presents an analysis of passive cooling potential of dwellings through the roof, in a low latitude warm and humid climate. Despite high solar radiation on the horizontal plane in this climate, conventional roofs of red ceramic tiling and plaster ceiling or concrete slabs have low thermal performance, which can be improved by passive cooling techniques. Therefore, the work aims to determine roof strategies that provide thermal comfort. A reference model of a row house in the climate of Fortaleza-CE was used in dynamic computer simulations with the EnergyPlus algorithm through the Grasshopper/Ladybug platform. It was analyzed flat roof strategies, of green or cool roof, and five diferent strategies of tiled roofs: change of tiles with external surface characteristics of high solar reflectivity and thermal emittance; thermal insulation; ventilated attic; ventilation through the roof with air outlets on tilings and ceiling; and high ceiling height. Based on the criteria of thermal comfort or discomfort occurrence of adaptative models (ASHRAE, 2017; DE DEAR; BRAGER, 2002), the green or cool insulated flat roof or the combination of at least two of the tiled roof strategies, with the exception of high ceiling height, reduce the annual period in heat to zero and requiring air movement on people in few hours by the capacity of lowering indoor temperatures.

     

9
  • CLEYTON SANTOS DE MEDEIROS
  • Avaliação do conforto térmico em edificações escolares no semiárido potiguar: estudo aplicado em escolas de Ensino Médio na cidade de Caicó/RN.

  • Orientador : VIRGINIA MARIA DANTAS DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • MIRIAM DE FARIAS PANET
  • VIRGINIA MARIA DANTAS DE ARAUJO
  • Data: 30/08/2019

  • Mostrar Resumo
  • O conforto térmico é considerado uma exigência humana no campo da arquitetura, uma vez que este faz parte de um conjunto de aspectos necessários para prover bem-estar dos indivíduos nas edificações. Em edificações escolares a preocupação com o conforto térmico se faz ainda mais presente, pois os usuários exercem atividades de longa duração e esforço mental de concentração para o aprendizado. Diante dessas premissas, a observação empírica sobre as edificações escolares da região do semiárido nordestino levantou a atenção de pesquisa sobre ambientes que podem apresentar-se como espaços de desconforto aos usuários, uma vez que o clima semiárido apresenta características climáticas mais hostis e que demandam cuidados especiais na produção arquitetônica desta região, na intenção de criar ambientes de proteção para aqueles que ali habitam. Portanto, o objetivo da pesquisa é avaliar as condições de conforto e desempenho térmico de ambientes escolares de Ensino Médio dentro de um recorte representativo do semiárido potiguar: o município de Caicó/RN. A avaliação do conforto térmico foi desenvolvida em duas escolas públicas do município: CEJA e EECCAM e se apoiou em estudos precedentes como aporte teórico-metodológico, tendo a abordagem dinâmica do conforto adaptativo como caminho adotado para fundamentar a avaliação e seus processos de levantamento e tratamento dos dados. Os procedimentos metodológicos compreenderam a coleta de variáveis ambientais e humanas tendo como foco a correlação entre o comportamento térmico dos ambientes e as sensações de conforto dos usuários. Dentre os resultados principais, tem-se que as salas de aula da escola CEJA apresentam melhor desempenho na correlação entre a zona de conforto e os votos de sensação térmica, enquanto a escola EECCAM apresenta maior tempo de temperaturas operativas em situação de desconforto térmico e diferenciações entre o resultado da zona de conforto e os votos dos usuários, caracterizando um menor desempenho térmico do ambiente construído. As porcentagens de horas em conforto ratificam essas considerações. A gama de levantamentos de variáveis ambientais e subjetivas permitiu a elaboração de “indicativos de conforto térmico”.  A faixa de conforto definida a partir da correlação entre as variáveis ambientais e os votos dos usuários apresenta forte concordância em valores numéricos com a faixa definida pela norma de referência.


  • Mostrar Abstract
  • Thermal comfort is considered as a human requirement in the architecture field, once it is part in a set of necessary aspects that provides well-being to the users inside buildings. In educational buildings the concerning with the thermal comfort is even more emphasized, because the users participate in long term activities that requires mental effort for learning. Facing this conjecture, the empirical observation about educational buildings in Brazil’s northeastern semiarid region arises the attention of research about the inner spaces that may deliver thermal discomfort to the users, once the semiarid climate presents: low rainfall indexes, high insolation levels, elevated maximum temperatures annually and low relative humidity of the air. Such hostile climatic features demand special care on the architectural production in order to create spaces of protection to the inhabitants. Thus, the goal in this research is to evaluate the conditions in thermal comfort and thermal performance in high school’s educational spaces inside a semiarid representative region: the municipality of Caicó, Rio Grande do Norte state. The evaluation of thermal comfort was developed in two public schools in the city: CEJA and EECCAM, and it was based in previous studies as the theoretical and methodological support, having the dynamic approach from the adaptive comfort as the guide to assess the classrooms and process the collected data. The methodological procedures comprise environmental and human data, focusing the correlation between the thermal behavior of the classrooms and the comfort sensations form the users. Within the main results: the CEJA’s school presents better performance in the correlation between the comfort zone and the thermal sensations votes. While the EECCAM’s school presents larger time of operative temperatures in situations of thermal discomfort and differentiations between the comfort zone and the users’ votes, and this can feature a lower thermal performance of the built environment. The percentages of hours in comfort can ratify these considerations. The large collection of environmental and subjective data enabled the formulation of “thermal comfort indicatives”. The defined comfort range from the correlation between environmental data and the user’s votes shows a strong concordance in numerical values from Standard 55 (ASHRAE,2017).

Teses
1
  • DANIEL PAULO DE ANDRADE SILVA
  • SINALIZAÇÃO DE EMERGÊNCIA: PARÂMETROS DE VISIBILIDADE E APRIMORAMENTO DO PROCESSO DE PROJETO

     
  • Orientador : EDNA MOURA PINTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
  • EDNA MOURA PINTO
  • ALMIR MARIANO DE SOUSA JUNIOR
  • ROSARIA ONO
  • TIAGO ANCELMO DE CARVALHO PIRES DE OLIVEIRA
  • Data: 09/04/2019

  • Mostrar Resumo
  • O projeto de sinalização de emergência tem um papel fundamental no processo de abandono de uma edificação. Neste trabalho essa temática é abordada com vistas ao projeto baseado no desempenho, dentro do contexto normativo e projetual. Projetos complexos estão se tornando cada vez mais frequentes e tais edificações podem se configurar em um verdadeiro problema quando analisadas do ponto de vista da necessidade de orientação e deslocamento em situações de emergência. A avaliação e a identificação de possíveis aperfeiçoamentos no processo de projeto de sinalização de emergência, vislumbrando a possibilidade de inserção de parâmetros de desempenho se configura como o objetivo desta tese. Para tanto, foi realizada uma revisão e análise de normas e regulamentações nacionais e internacionais, comparando as diversas abordagens dos instrumentos reguladores. Foram empregados também recursos de simulação computacional, considerada como a avaliação empírica do impacto do uso da sinalização de emergência na edificação por meio de simulações de abandono realizadas com auxílio do software buildingEXODUS (versão 6.3) e da Análise Sintática do Espaço como ferramenta de projeto para avaliar e auxiliar no desenvolvimento de projetos de sinalização de emergência. Foram realizados e discutidos sete estudos de caso em quatro edificações distintas. Os resultados da análise de normas e regulamentações propiciou o levantamento de questões relevantes ainda não contempladas nas normas brasileiras, como por exemplo a área de visualização do sinal no projeto de sinalização e critérios de análise do cenário de projeto. Já os resultados dos estudos de caso mostram a viabilidade e validade do uso da análise sintática do espaço como ferramenta de projeto, podendo servir também como parâmetro de avaliação da eficiência do sistema de sinalização de emergência. É considerado, como conclusão, que a norma brasileira pode ser acrescida de informações e métodos que auxiliem positivamente o processo de projeto e que permitam aos projetistas avaliarem a eficiência das suas proposições, porém no atual momento não cabe a adoção de uma metodologia de projeto baseada no desempenho para o projeto de sinalização.


  • Mostrar Abstract
  • The emergency signalling project has a key role in the process of exiting a building. In this work, this topic is approached with interest in the performance-based design, within the normative and design context. Complex buildings are becoming more and more frequent and these buildings can become a real problem when viewed from the point of view of orientation and movement in emergency situations. The evaluation and identification of possible improvements in the emergency signalling design, looking at the possibility of insertion of performance parameters, is the objective of this thesis. For that, has been made a review and analysis of international and national regulations and comparing the different approaches of these regulatory instruments. It was used computer simulation, considered as the empirical evaluation of the impact of the use of emergency signalling in the building through abandonment simulations made with the help of the buildingEXODUS software (version 6.3) and the Space Syntax as a design tool to evaluate and assist in the development of emergency signalling projects. Were performed and discussed seven case studies in four separate buildings. The results of the analysis of norms and regulations showed relevant issues not yet contemplated in the Brazilian standards, such as the area of signal visualization in the signalling project and criteria analysis of the project scenario. The results of the studies show the possibility and validity of the use of the Space Syntax as a design tool and can also serve as a parameter to evaluate the efficiency of the emergency signalling system. It is considered, as a conclusion, that the Brazilian standard can be added information and methods that positively aid the design process and allow designers to evaluate the efficiency of their propositions, but now it’s not possible to adopt a methodology of performance-based design for the signalling project.

2
  • RODRIGO COSTA DO NASCIMENTO
  • Quanto custa a cidade após um megaevento esportivo? Configuração espacial, obras da Copa de 2014 e efeitos na precificação imobiliária na região metropolitana de Natal/Brasil.

  • Orientador : GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • ALEXSANDRO FERREIRA CARDOSO DA SILVA
  • EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
  • JEFERSON CRISTIANO TAVARES
  • VALÉRIO AUGUSTO SOARES DE MEDEIROS
  • Data: 27/05/2019

  • Mostrar Resumo
  • Nas cidades as inter-relações entre localizações, proximidades entre setores funcionalmente variados, atratores e satisfações de demandas populacionais, viabilizados pelo conjunto barreiras e permeabilidades, se apresentam como fatores de precificação imobiliária, representação monetária do valor e da circulação do capital no ambiente urbano (ABRAMO, 2007; MARX, 1991 e LEFEBVRE 2001, BOTELHO, 2015). Como sistema articulado entre objetos, ações e fluxos o espaço assume propriedades configuracionais que se tornam protagonistas e/ou coadjuvantes de interesses econômicos transformando a cidade em mercadoria (SANTOS, 1996; CARLOS, 2018 E HARVEY, 1996). Seus potenciais de acessibilidade – propriedade da configuração que independe de atratores (HILLIER e HANSON, 1984; HILLIER, 1996) e que permite superar barreiras ao intercâmbio de bens serviços e informações (CAMAGNI, 2004) - se impõem como atração ao mesmo tempo que pode protagonizar processos de recomposição de preções imobiliários por vezes sujeitos a influência de grandes infraestruturas de impacto urbano. Nesse contexto se inserem as intervenções de megaeventos - os Grandes Projetos Urbanos (GPUs) - que trazem profundas rupturas espaciais em grandezas escalares (CUENYA, et al. 2013; NOBRE, 2017; DANTAS et al., 2014;). Em Natal/RN, assim como em outras cidades brasileiras, a Copa de 2014 gerou alterações configuracionais a ponto de redefinir níveis de acessibilidade bem como preços imobiliários desde pelo menos 2007 em áreas centrais ou de expansão (SILVA, 2014; SANTOS JR. ET AL, 2015). Este estudo busca compreender a influência da configuração e acessibilidade espaciais sobre a os preços imobiliários em áreas atingidas por obras da Copa de 2014 na zona urbana e RMNatal. Apresenta a premissa de que relações entre acessibilidade espacial e localização interferem mais na precificação imobiliária em áreas de intensa centralidade do que a implantação de obras de impacto urbano – caso da Arena das Dunas no bairro de Lagoa Nova. Já em áreas de expansão, preços do solo parecem responder à combinação entre acessibilidade espacial e obras de grande impacto – caso do Aeroporto Aluízio Alves, na área de expansão de São Gonçalo do Amarante/RN. Pesquisas em escrituras imobiliárias resultaram no levantamento de valores de avaliação (preços) de apartamentos, casas e terrenos (Lagoa Nova) e lotes (São Gonçalo do Amarante) observando entre os anos de 2012 e 2016. Considerando o espaço como variável independente (atuante) e dependente (resultante), recorre-se a Lógica Social do Espaço (LSE) – ramo da morfologia dedicado às relações entre espaço e sociedade - e a Análise Sintática do Espaço (ASE) - técnicas de leituras gráficas e quantitativas para análise espacial - para compreender relações entre acessibilidade topológica da configuração espacial, obras de grande impacto (atratores) e precificação imobiliária, aplicando medidas de integração e choice (escolha) em representações lineares axiais e de segmentos (HILLIER e HANSON, 1984; HILLIER, YANG e TURNER, 2012). Integração referem-se à centralidade de um conjunto de eixos acessíveis (HILLIER, 1996 e 1993) e choice ao quão escolhido é um fragmento de linha, entre uma origem e um destino (TURNER, 2001, 2008). Tais variáveis ajudaram a interpretar se a preços elevados estão melhor relacionados à conjuntos de vias mais acessíveis (integração) em rotas de origem-destino e/ou se atreladas às mais intersticiais com elevados potenciais de atravessamento (choice), porém não muito distantes das obras de impacto. Resultados confirmam precificação nos apartamentos e casas entre 01 e 03 dormitórios em Lagoa Nova, e terrenos, relacionadas à sobreposição entre rotas origem-destino (movimento “para” como integração) e de atravessamento (movimento “entre” como escolha ou choice) das principais rotas da trama viária, eventualmente proximas à Arena. Em São Gonçalo do Amarante, lotes padrões de 200 m² - de faixas médias - parecem se precificar em loteamentos próximos ao principal eixo de integração e choice (BR 406) que confere acesso entre Natal e aeroporto, ao passo que lotes mais caros tendem a se localizar nesses loteamento em sistemas de intenso atravessamento, ou em setores muito reservados (de intermediárias e baixas integrações e atravessamentos) em loteamentos mais distantes do eixo mais integrado que conecta o aeroporto e Natal.


  • Mostrar Abstract
  • Great Urban Projects (GUPs) require the transformation of city space, a capitalist strategy to guarantee the circulation fronts and accumulation of capital - through creative destruction - especially in cities hosting mega-events (HARVEY, 1996 AND 2005 AND LEFEBVRE 2001).The sport megaevents works have benefited the real estate sector (CUENYA, NOVAIS, VAINER 2013, NOBRE, 2017) that aims to profit from business opportunities - expressed in real estate or land subdivisions - stimulated by the spatial changes and the implantation of impact structures, in consolidated centralities or expansion areas. As a system of objects and actions (SANTOS, 1996), space becomes the stage and product of economic interests that reconfigure cities, assuming properties that become the object of monetization (CARLOS, 2018). As part of this system, mega-events projects are capable of influencing valorization because they monetize the space guaranteed or reached by accessibility potential (VILLAÇA, 2001, HILLIER, 1996, HILLIER and HANSON 1984, HILLIER 1996 and PENN 2001) wich, acting as a mechanism of contacts, represents added land value (LEFEBVRE, 1991). In the urban area and the Metropolitan Region of Natal / Brazil, the implementation of impact works, at the 2014 World Cup, seems to confirm the gradual real estate valuation since at least 2007 (SILVA, 2014) in areas of intense centrality and potential of expansion, with high and increasing accessibilities, respectively (MEDEIROS and TRIGUEIRO, 2007; CARMO JÚNIOR, 2014; DANTAS, VIEIRA-DE-ARAÚJO and NASCIMENTO, 2014; SANTOS JÚNIOR et al, 2015 and NOBRE, 2017). This thesis aims to understand the influence of the spatial configuration and accessibility of real estate valuation in areas affected by the works of the 2014 World Cup in the urban area and RMNatal. It presents the premise that works of GUPs of mega-events, as magnets, respond to the real estate valuation, acting in the recomposition of values, when in areas of configuration and accessibility consolidated. On the other hand, they impact on the spatial configuration, when in expansion areas, from the formation of new installments to receive real estate products that are gradually appreciated. Considering the projective landmarks of the Arena das Dunas and the Aluízio Alves International Airport, the spatial cut-offs of the Lagoa Nova (Natal / RN) neighborhood and the São Gonçalo do Amarante / RN municipal expansion were adopted. Considering projective landmarks Arena das Dunas and Aluízio Alves International Airport, were adopted spatial cutouts of the Lagoa Nova neighborhood (Natal / RN) and the municipal expansion of São Gonçalo do Amarante / RN. The analysis is based on desk research of notarial deeds of sale of real estate, categorized between apartments, houses and land (Lagoa Nova) and lots (São Gonçalo do Amarante) observing the useful assessment values for pickup ITBI (Tax Transmission of Real Estate) between the years of 2012 and 2016. The analysis is based on the documentary research of property purchase and sale documents, categorized between apartments, houses and land (Lagoa Nova) and lots (São Gonçalo do Amarante), observing the valuation values useful for the collection of (ITBI sobre Imposto de Transmissão de Bens Imóveis) between the years of 2012 and 2016. Considering the space as an independent and dependent variable, refers to Social Logic of Space and Space Syntax Analysis (HILLIER and HANSON, 1984), searching relations between topological accessibility generated by the spatial configuration, urban works of great impact (attractors) and real estate valuation, applying quantitative measures of integration and choice in linear and segmental representations (HILLIER, YANG and TURNER, 2012). Integration refers to the centrality of a set of more accessible lines (HILLIER, 1996 and 1993) and choice to how chosen a line fragment is, between an origin and a destination (TURNER, 2001, 2008). Both variables help to interpret if there are situations in which the valuation is better related to the more accessible routes (integration) throughout the system, and / or if they are linked to the most interstitial with high potential of crossing, but not too far from the roads where the impact works are located. Partial results confirm the valuation tendencies, especially among the apartments between one and three dormitories in Lagoa Nova, related to the centrality of any other point of the road ("to" movement) structure (integration), as well as ("Between" movement) of the main access routes (choice) through the road network, very close to Arena, a strong magneto to spatial valorization.

3
  • GABRIELA DE ANDRADE LIRA MOTA ASSUNCAO
  • Imagens dissolventes da narrativa de modernidade: Interpretações sobre a tradição a partir de casos de demolições em Recife e Salvador (1909-1933).

  • Orientador : GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FERNANDO DINIZ MOREIRA
  • FRANCISCO SALES TRAJANO FILHO
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • JULIANA CARDOSO NERY
  • Data: 17/06/2019

  • Mostrar Resumo
  • De meados do século XIX a início do XX, os primeiros planos urbanísticos de modernização são implantados, ocasionando a paradigmática remodelação de Paris e posteriormente atingindo cidades brasileiras. No processo de transformação da imagem das capitais, as demolições ocuparam papel estratégico, apagando partes selecionadas dos núcleos de formação através da abertura de monumentais avenidas. A percepção da transformação e de compressão do tempo marcou o imaginário coletivo, fazendo aflorar um grande interesse pela cidade, expresso em discursos de intelectuais, nas falas de técnicos, na literatura, em fotografias e ilustrações de época. Com o aporte teórico metodológico da história cultural urbana, propõe-se fazer uma leitura da modernidade a partir dos seus escombros, daquilo que foi varrido pela tempestade do progresso ou mais especificamente, de alguns dos casos de demolições entre os casarões, taperas, quarteirões inteiros e símbolos arrasados pelos ciclos de modernização. No contrapelo da crença no novo, há uma série de falas ligadas às velhas pedras do passado que foram pouco estudadas pelas narrativas postas. Utilizamos a estratégia metodológica de recontar os processos, a partir das vozes que acompanharam as transformações de Recife e Salvador, cidades com expressivo acervo edilício herdado dos seus três primeiros séculos. Nessas urbes, já na década de 1920, observam-se debates em defesa da tradição e dos remanescentes dos seus núcleos coloniais, formando contextos propícios à criação de instituições locais de proteção as edificações antigas. Contribui-se, assim, para a compreensão do processo histórico de reconhecimento de valor de exemplares, principalmente coloniais, como representativos da identidade nacional, que serviu de referência à construção da política federal de preservação do patrimônio (fundada oficialmente no Brasil em 1937).


  • Mostrar Abstract
  • From the mid-nineteenth to the beginning of the twentieth century, the early urban plans of modernization were implemented, leading to the paradigmatic remodeling of Paris and later reaching Brazilian cities. In the process of transforming the image of capitals, the demolitions occupied a strategic paper, erasing selected parts of the formation cores through the opening of monumental avenues. The perception of transformation and time compression marked the collective imaginary, bringing up a great interest for the city, expressed in speeches of intellectuals, in speeches of technicians, in literature, in photographs and illustrations of the time. With the methodological theory of urban cultural history, it is proposed to make a reading of modernity from its wreckage, of what was swept away by the storm of progress, or more specifically, from some of the demolitions between old houses, blocks of urban mesh and symbols devastated by modernization cycles. Against the belief in the new, there are a number of speeches linked to the old stones of the past that have few studied by the existing narratives. We used the methodological strategy to recount the processes, from the voices that accompanied the transformations of Recife and Salvador, cities with an expressive urban heritage from its early three centuries. There, already in the 1920s, we observe debates in defense of tradition and of the remnants from colonial cores, forming contexts favorable to the creation of local institutions to protect some old buildings. It contributes to the understanding of the historical process of recognizing the value of exemplars, mainly from the colonial period, as representative of the national identity, which served as reference to the construction of the federal preservation policy (officially founded in Brazil in 1937).

4
  • ALINE DANTAS DE ARAUJO DAMORE
  • PROJETA-SE HABITAÇÃO SOCIAL: a abordagem do tema em cursos de Arquitetura e Urbanismo

  • Orientador : GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SIMONE BARBOSA VILLA
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • HEITOR DE ANDRADE SILVA
  • JOSÉ JORGE BOUERI FILHO
  • MARCIO MORAES VALENCA
  • Data: 01/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • Amplo, multidisciplinar e com especificidades próprias, o tema “Habitação Social” (HS) tem estado presente nas políticas públicas brasileiras desde a década de 1930. Dada a sua importância para o cenário do país, entende-se ser esperável sua presença também nos Cursos de Arquitetura e Urbanismo (CAUs). Diante desse entendimento, questiona-se: de que forma(s) o ensino de projeto de habitação social é abordado nos cursos de Arquitetura e Urbanismo brasileiros na atualidade? Que fatores foram relevantes para esta forma de abordagem? Como esse ensino é percebido pelos professores diretamente envolvidos? Nesse campo, a hipótese defendida indica que a introdução da temática da habitação social nos CAUs brasileiros não é derivada da organização curricular dos cursos, geralmente se relacionando a iniciativas individuais dos docentes e privilegiando os grandes conjuntos habitacionais como enfoque de projeto. Partindo desse entendimento, a pesquisa teve como objetivo geral caracterizar o panorama atual do ensino do projeto de habitação social nos CAUs brasileiros. Foram objetivos específicos: (1) compreender a relação dos docentes que atuam no ensino do projeto de HS com a temática:  suas trajetórias profissionais, perfis e opiniões; (2) verificar as principais estratégias de ensino empreendidas para atender às especificidades da temática; (3) identificar modos como o tema está sendo abordado no ensino de projeto na graduação brasileira em AU. Teoricamente, a pesquisa apoiou-se em quadro conceitual abrangendo discussões sobre habitação, habitabilidade e habitação social. A fase empírica recorreu à estratégia multimétodos, sendo a coleta de dados realizada por meio de cinco estudos independentes entre si: (i) para compreensão do modo como os CAUs brasileiros abordam o tema HS foi elaborado o levantamento de documentação dos CAUs (estudo A); (ii) para entendimento da percepção dos docentes sobre o ensino de habitação social na graduação brasileira foram feitos levantamento de artigos sobre seu ensino (estudo B), aplicação de questionários (estudo C) e entrevistas (estudo D); (iii) para contato com instituições que se destacam na área, aconteceram visitas de campo e contato por telefone (estudo E). Os resultados obtidos foram agrupados em quatro temas gerais  (ponto de vista institucional, abordagens e estratégias de ensino, os docentes, casos de destaque) e, contrariando parcialmente a hipótese enunciada,  mostram que: (1)embora nem sempre explícito em Projetos de Curso ou Grades Curriculares, o projeto de HS está presente em grande parte dos cursos brasileiros, seja explicitamente ensinado em disciplinas, seja através de projetos de pesquisa e extensão; (2) muitas vezes a opção pelo tema é iniciativa docente, mesmo que a temática não esteja determinada no ementário, havendo inclusive um curso de graduação cuja proposta curricular tem a HS como alicerce; (3) os grandes conjuntos habitacionais não são a principal temática enfocada. Constata-se que, tendo passado por discussões mais técnicas, econômicas e pragmáticas na primeira metade do século XX, atualmente os debates acadêmicos no campo incidem principalmente sobre: impactos dos empreendimentos na cidade e no meio ambiente; modos de projetar levando em consideração os futuros usuários; intervenções em preexistências urbanas (requalificação de favelas e similares); tipos de programas e tipologias existentes; incorporação de avanços tecnológicos à construção. Observa-se, ainda, que a temática propicia integração entre disciplinas de AU e mesmo com outros cursos de graduação, bem como a participação/colaboração de outros profissionais (mercado), de agentes governamentais e da comunidade, oportunizando aos estudantes grande contato com a realidade urbana e social que os envolve.


  • Mostrar Abstract
  • Social Housing is a broad and multidisciplinary theme that has its own specificities. It has been present in Brazilian reality since 1930s. Given its value to the country scenery, it is natural to find the topic in Architecture and Urbanism courses. With that knowledge, came the questions: How is Brazilian Architecture and Urbanism courses addressing Social Housing teaching? What factors were relevant for that ways of approach? How do professors involved with social housing project field perceive this teaching? In this field, the hypothesis adopted was that, in the Brazilian Architecture and Urbanism courses, the introduction of the social housing issue is in most cases related to individual initiatives of the teachers. In other words, it is not derived from the curricular organization. Other hypothesis was that project approach given in graduation still privileges large housing estates. Starting from this stand, this research main goal was to characterize the current panorama of Social House design teaching in Brazilian Architecture and Urbanism courses. Specific goals were: (1) to understand the relationship between professors who teach social housing project and  the theme: their professional trajectories, profiles, points of view and opinions; (2) to verify main teaching strategies undertaken to answer to the subject specificities; (3) to identify ways of the theme approach in Brazilian Architecture and Urbanism Courses. The theory research is bases on a conceptual framework that involves debates about housing, habitability and social housing. The empirical survey used multi-method strategy, and data collection was performed through five independent studies: (1st) a documentary researching based on an online survey of the material available at the courses’ webpages, to comprehend how Brazilians courses approaches the Social Housing subject (study A); (2nd) In order to understand the professors’ perception about the teaching of social housing in Brazilian undergraduate courses, it was undertaken a collection of articles about the theme (study B), application of online questionnaires (study C) and conduction of interviews (study D); to contact institutions that stand out in the area, there were field visits and phone calls. The results were grouped into four general themes (institutional bias, teaching approaches and strategies, teachers and good practices) and,
    partially counteracting the hypothesis stated, shows that: (1) although not always explicit at pedagogical projects or curriculum framework, Social Housing subject is present in most researched courses, either inside disciplines or at research projects and extension programs; (2) oftentimes the option to work on the Social Housing topic is a professor’s personal initiative, even if its summary does not predefine Social Housing as its main subject; (3) large housing estates are not the main focus. And there is also an undergraduate course whose curricular proposal has social housing as foundation. It was verified that having gone through more technical, economical and pragmatic discussions in the 20th century, currently the academic debate on the field focus mainly on: urban and environmental impact of housing enterprises; Social Housing modes of design considering future users issues and necessities; intervention at urban preexisting areas (such as shantytowns or similar places); architectonical and building programs and types; technological advancements incorporation to building process. It is noticed also that the way this issue is treated reflect on the integration of Architecture and Urbanism disciplines and even involving other courses ones, as well as the participation/collaboration from outsiders such as market professionals, government agents and mainly members from the community. That gives the students the opportunity to interact with the social and urban reality. 

5
  • JESONIAS DA SILVA OLIVEIRA
  • A LEGISLAÇÃO URBANÍSTICA e as dificuldades de preservação DA arquitetura modernista nos bairros de Petrópolis e Tirol, em Natal/RN – uma análise dos planos diretores de 1984 a 2007.

  • Orientador : JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FILIPA ALEXANDRA GOMES DA SILVA OLIVEIRA ANTUNES
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • MARIA BERTHILDE DE BARROS LIMA E MOURA FILHA
  • RUTH MARIA DA COSTA ATAIDE
  • Data: 25/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa investiga a descaracterização das edificações modernistas, componentes do cenário urbano dos espaços compreendidos pelos bairros de Petrópolis e Tirol, na região Leste de Natal/RN, local onde se verifica a maior concentração de projetos de linhas modernistas das décadas de 1950 e 1960. O espaço em questão corresponde às reminiscências do plano da chamada “Cidade Nova”, desenvolvido entre os anos de 1901 e 1904, que foi o responsável pela implantação do traçado de largas avenidas, em reticulado regular, padrão esse que permanece com o “Plano Geral de Sistematização da Cidade de Natal”, de 1929, definindo o partido urbanístico que vem sendo mantido até hoje nos bairros da Petrópolis e Tirol. A partir dos anos 1940 e 1950, intensifica-se na área a implantação de edificações modernistas, assim caracterizadas por apresentar nova relação com o lote, traduzida pela adoção dos recuos laterais, além dos frontais e uma nova linguagem estilística que apresenta um considerável conjunto de elementos que se identificam com a arquitetura modernista. Os sucessivos planos induziram o crescimento da área, mas não alteraram a configuração espacial, marcada pelo traçado viário e edificações com as características modernistas, que vêm sofrendo um desmonte progressivo, sobretudo pelo deslocamento do centro ativo do núcleo original da cidade e a crescente valorização da área, fomentando a intensificação e inovação de usos e também contribuem para a descaracterização da arquitetura patrimonial produzida em meados do século XX. Investiga-se a influência da legislação urbanística na descaracterização estilística original das edificações modernistas da área, entendendo que os instrumentos urbanísticos associados aos planos tais como, alterações da taxa de adensamento, possibilidade de remembramento e desmembramento, hierarquia de vias, outorga onerosa, entre outros, possibilitaram modificações isoladas nas edificações que contribuíram para a alteração do conjunto edilício caracterizado como modernista. Mesmo considerando o voraz fenômeno da dilapidação de edifícios mais antigos, que no universo de estudo correspondem aos modernistas, admite-se a possibilidade de desenvolver perspectivas futuras de preservação desse tipo específico de patrimônio cultural. O trabalho objetiva estruturar possibilidades de ações relacionadas ao reconhecimento e à preservação do conjunto de edificações modernistas remanescentes nos bairros considerados, compreendendo a influência da legislação urbanística, sobretudo dos Planos Diretores de 1984, 1994 e 2007, sobre a transformação dessas edificações. Procura analisar os processos que contribuem para a transformação desses espaços, reconhecendo a volta do uso residencial em condomínios verticalizados e a diversificação da mudança de uso, seja para fins comerciais ou prestação de serviços. O referencial teórico inclui uma revisão bibliográfica de aportes teórico-metodológicos que afirmam a arquitetura modernista como patrimônio a ser preservado e analisa os aspectos conceituais, qualitativos e quantitativos dos instrumentos presentes na legislação urbanística. Na sequência, foi definido um setor, abrangendo os dois bairros em estudo, para a investigação das intervenções sofridas pelas edificações da área sob os efeitos desses instrumentos e parâmetros nele contidos, de forma a conhecer os aspectos mais relevantes que têm contribuído para o desmonte da arquitetura modernista nos bairros considerados. Compreendendo essa influência, aponta-se para a possibilidade de desenvolvimento de novas ações de salvaguarda a serem incorporadas aos instrumentos reguladores.


  • Mostrar Abstract
  • The research investigates the modernist edifications’ mischaracterization, composing the space’s urban scenario within the Petropolis and Tirol neighborhood, Natal/RN East zone, a place where lies the major concentration of modernist project lines from the 1950`s and 60`s. The aforementioned space corresponds to the reminiscences of the plan “Cidade Nova” [New City], developed between the years 1901 and 1904, which was responsible for the implementation of tracing of large avenues, in regular reticulate, a standard that remains as the “Plano Geral de Sistematização da Cidade de Natal” [General Systematic Masterplan of Natal], from 1929, defining the urbanistic party that has been in upkeep until nowadays upon the neighborhoods of Tirol and Petropolis. Since 1940´s and 1950´s, there has been an intensified implementation of modernist edifications, characterized by presenting a new relation with the lot, translated by the adoption of lateral recesses, besides the frontals and a new stylistic language that displays a considerable set of elements that identify themselves with the modernist architecture. The successive plans induced the area’s growth, but did not alter the special configuration, marked by the pathway tracing and edifications with modernist characteristics, that have been under a progressive dismount, mostly because the displacement of the active center of the original city nucleus and the ascending valorization of the space, nurturing  the intensification and innovation of uses and also contributes to the mischaracterization of the patrimonial architecture produced in the mid-20th century. The influence of the urbanistic legislation has been investigated on the original stylistic mischaracterization of the area’s modernist edifications, acknowledging that the urbanistic instruments associated to the plans such as the change in the density ratio, possibility of terrain reassembly and dismemberment, pathways hierarchy, onerous grant, among others, allowed isolated modifications on edifications that contribute to the alteration of the building conjoint characterized as modernist. Considering even the voracious phenomenon of old building’s dilapidation, which upon the universe of study correspond to the modernists, it is admitted the possibility of developing future perspectives of preservation of this specific kind of cultural heritage. The study aims at The objective of this work is to structure possibilities for actions related to the recognition and preservation of the set of modernist buildings remaining in the districts considered, including the influence of urban planning legislation, especially the 1984, 1994 and 2007 Master Plans on the transformation of these buildings. It seeks to analyze the processes that contribute to the transformation of these spaces, recognizing the return of residential use in verticalized condominiums and the diversification of the usage transition, either by commercial purpose or provision of services. The theoretical reference includes a bibliographic review of theoretic-methodological contributions that quote the modernist architecture as heritage to be preserved and analyze the conceptual aspects, quantitative and qualitative of the tools presented on the urbanistic legislature. Following up, a sector has been defined, embracing both neighborhoods in study to investigate the interventions suffered by the local edifications under the effect of these instruments and parameters there contained, in a way to recognize the most relevant aspects that has contributed to the modernist architecture dismount on the considered neighborhoods. Understanding this influence, looking forward to the possibility of development of new safekeeping actions to be introduced on the regulatory instruments.

6
  • GIORDANA CHAVES CALADO TIMENI
  • MUITO MAIS QUE O ESCURO: a vivência espacial dos cegos como base para a compreensão sensível da cidade.

  • Orientador : GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANGELINA DIAS LEAO COSTA
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • KATIA CRISTINA LOPES DE PAULA
  • ZILSA MARIA PINTO SANTIAGO
  • Data: 26/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa se desenvolveu a partir de uma pergunta inicial: em que aspectos o entendimento do espaço urbano por pessoas que não dispõem do sentido da visão pode contribuir para o planejamento de uma cidade mais acessível? Como resposta preliminar a essa questão foi definida a hipótese que o reconhecimento da percepção sensível da cidade pelas pessoas cegas possibilita o entendimento de elementos menos evidentes para os demais usuários, o que permite a utilização consciente dessas informações pelos profissionais que intervém no espaço, favorecendo o desenho urbano. Conduzida por um paradigma de análise espacial fundamentado no ser humano e na relação pessoa-ambiente, a investigação analisou a percepção de pessoas cegas durante a sua movimentação pela cidade, tendo como alicerce os aspectos sociais e físicos da deficiência visual, as condições de orientação/mobilidade do corpo cego e os conceitos de ambiência urbana, experiência ambiental, affordance e wayfinding. Nesse contexto, o objetivo geral do estudo empírico foi compreender os principais elementos que compõem a percepção do espaço urbano pelas pessoas cegas e que possam subsidiar ideias favoráveis ao desenho urbano. A fim de provocar a discussão sobre estratégias multissensoriais utilizadas na compreensão do espaço urbano, evocando sentidos como o olfato, audição, tato e o paladar, a metodologia da pesquisa empírica foi desenvolvida em dois momentos: (i) visita a centros de treinamento de orientação e mobilidade; (ii) experimento planejado com participação de pessoas cegas dispostas a contribuir com a pesquisa e que apresentassem condições para mobilidade autônoma pela cidade. Essa última etapa ocorreu em um setor urbano adjacente ao Instituto de Educação e Reabilitação dos Cegos do Rio Grande do Norte, no bairro do Alecrim, Natal-RN, e incluiu entrevistas individualizadas, percurso comentado e com o uso de recursos tecnológicos, e desenho-estória. Ressaltando a percepção, cognição e memória das pessoas cegas, os resultados mostram que os nossos sentidos é a base do conhecimento e entendimento do espaço, constatação que reforça a sua importância dos estímulos no planejamento ambiental. As informações coletadas subsidiaram a confecção de uma versão inicial de mapas sensoriais da área urbana escolhida. Conclui-se que, confirmando a hipótese, a análise do movimento do corpo cego no espaço possibilita a definição de subsídios multissensoriais para o projeto de arquitetura e urbanismo, não apenas proporcionando mais inclusão espacial a estes indivíduos, mas que podem representar maior qualidade ambiental para todas as pessoas.


  • Mostrar Abstract
  • This research have been developed from an initial question: How can the understanding of the urban space by blind people contribute to the planning of a more accessible city? As a preliminary answer to this question was defined the hypothesis that the recognition of the sensitive perception of city by the blind people have enabled the understanding of less obvious elements for the other users, which have allowed the conscious use of this information by professionals who intervene in space, favoring the urban design. Based on a paradigm of spatial analysis grounded by human being and the people-environment relationship, the research analyzed the perception of blind people during their movement through the city, according to the social and physical aspects of visual impairment, orientation/blind body mobility and the concepts of urban ambience, environmental experience, affordance and wayfinding. In this context, the general aim of empirical study was to understand the main elements that have composed the perception of the urban space by blind people and that can subsidize favorable ideas to urban design. In order to provoke the discussion about multisensorial strategies used in the understanding of the urban space, evoking senses such as smell, hearing, touch and taste, the empirical research methodology was developed in two moments: (i) and mobility; (ii) planned experiment with participation of blind people willing to contribute to the research and who presented conditions for autonomous mobility by the city. This last stage occurred in an urban sector adjacent to the Institute of Education and Rehabilitation of the Blind of Rio Grande do Norte, in the district of Alecrim, Natal-RN, and was included individualized interviews, commented course and the use of technological resources, and story. It has been emphasizing the perception, cognition and memory of blind people, so results have shown that our senses are the basis of knowledge and understanding of space, a finding that has reinforceed the importance of stimuli in environmental planning. The information collected subsidized the preparation of an initial version of sensory maps of the chosen urban area. It is concluded that, confirming the hypothesis, the analysis of movement of the blind body in space has allowed the definition of multisensorial subsidies for the architecture and urbanism project, not only providing more spatial inclusion to these individuals, but also may represent higher environmental quality for all people. 

7
  • MARIA CÂNDIDA TEIXEIRA DE CERQUEIRA
  • Reconstituindo o desenho do habitat de reforma agrária: Legados e Possibilidades para o Estado

  • Orientador : AMADJA HENRIQUE BORGES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AMADJA HENRIQUE BORGES
  • RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • IRENE ALVES DE PAIVA
  • AKEMI INO
  • KARLA EMMANUELA RIBEIRO HORA
  • Data: 21/08/2019

  • Mostrar Resumo
  • Qual o legado do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) quanto à produção do desenho do habitat de reforma agrária? Em busca desta resposta decorre esta tese. O seu objetivo consiste em analisar o processo da produção do desenho do habitat dos assentamentos de reforma agrária exercida pelo Estado de modo a contribuir com sua atuação no país. Parte-se da hipótese que “a produção exclusiva do INCRA quanto ao desenho do habitat de reforma agrária em nosso país respondeu mais quantitativa do que qualitativamente, haja visto que os habitats implementados não atendem as necessidades e expectativas dos assentados”. Assim, no contexto de transformações que modificaram o modo do habitat e de habitar da sociedade, sobretudo no campo - este entendido como um espaço não oposto à cidade, mas complementar - têm-se os habitats de reforma agrária: lugar onde o indivíduo habita e desenvolve sua vida cotidiana (BORGES, 2002). Quanto ao seu desenho, em relação à responsabilidade pelas ações de planejamento, concepção e demarcação no espaço físico; e implementação da infraestrutura básica, a atuação do Estado acontece através do INCRA. Criado em 1970, desde então vem contribuindo para o desenho do nosso território. De 1970 a 1985 através da política de colonização, implantava os projetos integrados de colonização (PIC), utilizando o Urbanismo Rural para o desenho dos habitats. Já nos últimos 30 anos, delimita-se ao desenho do habitat de reforma agrária. Esta política, no entanto, não se fez prioritária para os vários governos pós-Constituinte de 1988, apesar da luta dos movimentos sociais para sua efetivação. Com as mais diversas limitações inerentes às questões do habitat – normativos; recursos financeiros e humanos; dentre outros – o INCRA continua desenhando, ocupando e transformando o nosso território. Esta tese, portanto, configura-se como a relação entre o desenho do habitat de reforma agrária e a atuação do Estado. Para atingir os objetivos propostos, parte-se do método dialético regressivo-progressivo, criado por Marx e desenvolvido por Lefebvre, sendo outros postulados desse filósofo também referência metodológica, assim como os de Borges (2002). O campo empírico corresponde aos 286 assentamentos rurais criados pela política nacional de reforma agrária situados no território do RN no recorte temporal estudado: 1985 a 2013. Neste intervalo sucederam os governos: Sarney (1985-1989); Collor (1990-1992); Itamar (1992-1995); FHC (1995-2002); Lula (2003-2010); Dilma (2011-2013). A materialidade do campo empírico limita-se aos habitats de 1 assentamento de cada um dos 6 períodos. Assim, partindo da situação atual do habitar o campo no Brasil, reflete-se sobre o presente e o passado na produção do habitat: habitar e habitat na reforma agrária e desenho do habitat de reforma agrária. Na sequência, aborda-se acerca da prática do Estado e o desenho do habitat de reforma agrária e, posteriormente é realizado o estudo de sua produção no RN. Constata-se que apesar das diferenças entre o maior e o menor quantitativo criado – em FHC foram 202 assentamentos, enquanto em Itamar apenas 2 – o legado do INCRA/RN é composto por um padrão de desenho do habitat de reforma agrária. Na Escala do Assentamento há 1 habitat concentrado, localizado na extremidade do assentamento, acessado por via vicinal. Já na Escala do Habitat prevalece a tipologia Ortogonal/Tabuleiro para configuração física. Quanto ao processo de efetivação, resulta da correlação de forças entre os agentes atuantes: técnicos do INCRA; assentados e movimentos sociais (sindicalizados ou não). Ausências também são identificadas. Por fim, possibilidades são apontadas a fim de otimizar as políticas e gestão do Estado para o desenho do habitat de reforma agrária.


  • Mostrar Abstract
  • What is the legacy of the National Institute of Colonization and Agrarian Reform (INCRA) regarding the production of the habitat design for agrarian reform? In pursuit of this answer follows this thesis. Its objective is to analyze the process of producing the habitat design of agrarian reform settlements carried out by the State in order to contribute to its performance in the country. It is hypothesized that "the exclusive production of INCRA regarding the design of the agrarian reform habitat in our country responded more quantitatively than qualitatively, since the habitats implemented do not meet the needs and expectations of the settlers." Thus, in the context of transformations that have modified the way of habitat and habitation of society, especially in the countryside - this is understood as a space not opposed to the city, but complementary - habitat of agrarian reform: place where the individual lives and develops their daily lives (BORGES, 2002). Concerning its design, in relation to the responsibility for the actions of planning, design and demarcation in the physical space; and implementation of the basic infrastructure, the State's actions take place through INCRA. Created in 1970, it has since contributed to the design of our territory. From 1970 to 1985 through the colonization policy, it implemented integrated colonization projects (PIC), using Rural Urbanism for the design of habitats. Already in the last 30 years, it is delimited to the design of the habitat of agrarian reform. This policy, however, did not become a priority for the various post-Constituent governments of 1988, despite the struggle of social movements for its effectiveness. With the most diverse limitations inherent to habitat issues - normative; financial and human resources; among others - INCRA continues to design, occupy and transform our territory. This thesis, therefore, is the relationship between the design of the agrarian reform habitat and the state's performance. In order to reach the proposed objectives, it is based on the regressive-progressive dialectical method, created by Marx and developed by Lefebvre, being also other postulates of this methodological reference, as well as those of Borges (2002). The empirical field corresponds to the 286 rural settlements created by the national policy of agrarian reform located in the territory of the RN in the temporal cut studied: 1985 to 2013. In this interval the following governments succeeded: Sarney (1985-1989); Collor (1990-1992); Itamar (1992-1995); FHC (1995-2002); Lula (2003-2010); Dilma (2011-2013). The materiality of the empirical field is limited to the habitats of 1 settlement of each of the 6 periods. Thus, based on the current situation of inhabiting the countryside in Brazil, it is reflected on the present and the past in habitat production: habitat and habitat in agrarian reform and habitat design for agrarian reform. In the sequence, it is approached about the practice of the State and the design of the habitat of agrarian reform and, later, the study of its production in the RN is carried out. Despite the differences between the largest and the smallest amount created - in FHC were 202 settlements, while in Itamar only 2 - the legacy of INCRA / RN is composed by a pattern of agrarian reform habitat. In the Settlement Scale there are 1 concentrated habitats, located at the end of the settlement, accessed by vicinal. In the Habitat Scale, the Orthogonal / Tray typology prevails for physical configuration. As for the process of effectiveness, it results from the correlation of forces between the actuating agents: INCRA technicians; settlers and social movements (unionized or not). Absences are also identified. Finally, possibilities are pointed out in order to optimize the State's policies and management for the design of agrarian reform habitat.

8
  • MARINA GOLDFARB DE OLIVEIRA
  • Da escola prisão à escola parque: O movimento Escola Nova e a modernização da arquitetura escolar no Brasil (anos 1930).

  • Orientador : EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
  • FRANCISCO SALES TRAJANO FILHO
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • LUIZ MANUEL DO EIRADO AMORIM
  • MARCIO COTRIM CUNHA
  • Data: 22/11/2019

  • Mostrar Resumo
  • A década de 1930 foi marcada pelos anseios de implementação da modernização do Brasil. Nesse contexto, no âmbito da pedagogia, o movimento Escola Nova buscava modernizar a educação, e suas ideias resultaram em reformas do ensino público em vários estados do país. Para implantar a pedagogia de ensino almejada foram projetados novos modelos de edifícios escolares, sob a recomendação de serem construídos segundo os princípios da arquitetura moderna, em um momento em que essa arquitetura ainda não estava consolidada no Brasil. Nossos estudos de caso são os edifícios escolares que resultaram das reformas educacionais para aplicação das ideias da Escola Nova no Rio de Janeiro (1934-1937), em São Paulo (1936-1939) e na Paraíba (1936-1939). Assim, pretendemos verificar se estes edifícios escolares apresentam indícios de atendimento às expectativas sociais acerca da modernização da arquitetura escolar para implantação da Escola Nova. Para isso, confrontamos o conteúdo arquitetônico dos discursos sobre essas escolas, encontrados em documentos oficiais e periódicos da época (1930-1945), com a análise dos edifícios escolares selecionados, realizada em dois âmbitos da arquitetura: a configuração espacial, pela análise sintática do espaço, e a fisionomia, através da comparação de fotografias da época dos edifícios escolares com o que foi recomendado. Os resultados indicam que os projetos atendem em vários aspectos os discursos em defesa de uma nova arquitetura para abranger os métodos da Escola Nova. A análise da configuração espacial mostra que houve um atenuamento do padrão conservador do edifício escolar tradicional, ao apresentar o exterior integrado e acessível; espaços de fácil acesso à comunidade (como o ginásio-auditório); ao facilitar a interação e diminuir a hierarquia entre professores e alunos. A fisionomia das escolas, atrelada aos discursos de racionalidade e economia, não faz referência a estilos do passado: apresenta formas geometrizadas, elementos padronizados como as janelas basculante em ferro e vidro, e marquises em concreto armado. Mas as escolas nem sempre atingiram a simplicidade preconizada pelo discurso, sugerindo que apresentar uma imagem moderna também era um recurso importante dos novos projetos escolares, que deveriam se diferenciar dos edifícios anteriores.


  • Mostrar Abstract
  • The 1930s ware distinguished by the yearnings for implementing Brazil's modernization. In this context, within the scope of pedagogy, the Escola Nova movement sought to modernize education, and its ideas resulted in reforms of public education in various states of the country. To implement the aimed teaching pedagogy, new models of school buildings were designed, under the recommendation of being built according to the principles of modern architecture, at a time when this architecture was not yet consolidated in Brazil. Our case studies are the school buildings that resulted from educational reforms to apply the ideas of the Escola Nova in Rio de Janeiro (1934-1937), São Paulo (1936-1939) and Paraíba (1936-1939). Thus, we intend to verify if these school buildings present signs of meeting social expectations about the modernization of school architecture for the implementation of Escola Nova. To do so, we confront the architectural content of the discourses about these schools, found in official documents and newspapers of the time (1930-1945), with the analysis of the selected school buildings, carried out in two architectural areas: the spatial configuration, by the syntactic analysis of the space, and physiognomy, by comparing photographs of the time of the school buildings with what was recommended. The results indicate that the projects meet in several aspects the discourses in defence of a new architecture to encompass the methods of Escola Nova. The analysis of the spatial configuration shows that there was an attenuation of the conservative pattern of the traditional school building by presenting an integrated and accessible exterior; easily accessible spaces to the community(such as the auditorium gym); by facilitating interaction and diminishing the hierarchy between teachers and students. The physiognomy of the schools, linked to the discourses of rationality and economics, makes no reference to styles of the past: it presents geometrized shapes, standardized elements such as the iron and glass windows, and reinforced concrete marquees. But schools did not always achieve the simplicity advocated in the discourse, suggesting that presenting a modern image was also an important feature within the Escola Nova design plans.

2018
Dissertações
1
  • LUCIANA DA ROCHA ALVES
  • TODOS ENTENDERAM?:

    Compatibilização das características arquitetônicas e qualidade acústica em salas de aula nas instituições federais de ensino superior de Natal/RN

  • Orientador : BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • VIRGINIA MARIA DANTAS DE ARAUJO
  • MARIA LÚCIA GONDIM DA ROSA OITICICA
  • Data: 15/01/2018

  • Mostrar Resumo
  • Escolas são lugares de aprendizagem em que comunicação é primordial para que seja cumprida a sua função, porém a maioria das escolas brasileiras não possuem condições acústicas adequadas para tal. Quando a mensagem falada não é claramente escutada pelos alunos, a compreensão do discurso é afetada e, consequentemente, o processo de aprendizagem é prejudicado. Boas condições acústicas em salas de aula tornam o processo de aprendizagem mais fácil e menos estressante para professores e alunos. Os recursos investidos em melhoria, a fim de promover conforto acústico, ainda são vistos apenas como despesas e não como investimento em educação. A questão de pesquisa levantada é: as salas de aula de instituições de federais de ensino superior em Natal/RN possuem acústica arquitetônica adequada? O principal objetivo deste estudo é avaliar a qualidade acústica de salas de aulas teóricas em instituições federais de ensino superior em Natal, em que um ou mais modelos de sala de aula são replicados em toda a instituição, a fim de propor diretrizes básicas para projetos de tais salas de aula no que concerne ao condicionamento acústico. Foram apresentados parâmetros acústicos considerados pertinentes para este tipo de pesquisa, como o Tempo de Reverberação (T20), o Tempo de Decaimento Inicial (EDT) e o Índice de Transmissão da Fala (STI), além de outros parâmetros importantes para a análise da inteligibilidade da fala. Os procedimentos metodológicos consistem na pesquisa bibliográfica sobre o tema, bem como na aplicação de pesquisa de campo, a fim de averiguar a real qualidade acústica das salas de aula estudadas e possibilitar proposições de possíveis soluções. Foram realizadas medições acústicas nas salas de aula do Instituto Federal do Rio Grande do Norte e na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, havendo sito constatada baixa qualidade acústica em todos os padrões de salas de aula. A partir disso, foram simuladas propostas de melhoramento da qualidade acústica das salas, encontrando-se que 50% de área de material absorvente no forro melhora significativamente o condicionamento acústico da sala para fala, havendo melhores resultados com 100% da área de forro em material absorvente e distribuição mais homogênea dos parâmetros ao longo da sala quando adicionado material absorvente em 25% da área da parede posterior. Além disso, encontrou-se melhores resultados na sala de aula com largura maior que a profundidade, dentre as salas analisadas.


  • Mostrar Abstract
  • Schools are places of learning in which communication is essential for the fulfillment of their function, but most Brazilian schools do not have adequate acoustic conditions. When the spoken message is not clearly heard by the students, the understanding of the speech is affected and, consequently, the learning process is impaired. Good acoustic conditions in classrooms make the learning process easier and less stressful for teachers and students. The resources invested in improvement, in order to promote acoustic comfort, are still seen only as expenses and not as investment in education. The research question raised is: do the classrooms of federal higher education institutions in Natal/RN have adequate architectural acoustics? The main objective of this study is to evaluate the acoustic quality of theoretical classrooms in federal institutions of higher education in Natal, where one or more classroom models are replicated throughout the institution, aiming to propose guidelines for such classrooms with regard to acoustic conditioning. Acoustic parameters were found for this type of research, such as Reverberation Time (T20), Initial Decision Time (EDT) and Speech Transmission Index (ITS), as well as other important controls for speech intelligibility analysis. The methodological procedures consist of the bibliographic research on the subject, as well as the application of field research, in order to ascertain a true acoustic quality of the classrooms studied and to make possible solutions proposals. Acoustic measurements were performed in the classrooms of the Federal Institute of Rio Grande do Norte and the Federal University of Rio Grande do Norte, where low acoustic quality was found in all classroom standards. From this, we proposed to improve the acoustic quality of the rooms, finding that 50% of area of absorbent material in the lining significantly improves the acoustic conditioning of the room for speech, with better results with 100% of the area of liner material in absorbent and more homogeneous distribution of parameters throughout the room when absorbent material is added to 25% of the posterior wall area. In addition, we found better results in the classroom with a width greater than the depth, among the analyzed rooms.

2
  • VINÍCIUS BEZERRA DE MORAES GALINDO
  • DA CIDADE GENÉRICA AO JUNKSPACE

    O pensamento de Rem Koolhaas sobre a cidade contemporânea

  • Orientador : JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • MARCIO MORAES VALENCA
  • ANA CAROLINA DE SOUZA BIERRENBACH
  • Data: 26/02/2018

  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa tem como objetivo realizar uma análise da cidade contemporânea, com base no pensamento de Rem Koolhaas e com foco na relação entre edifício e cidade, por meio de questionamentos apontados ao referido pensamento, utilizando-se em particular do suporte de conceitos e considerações de David Harvey e Henri Lefebvre. Destaca-se ainda outras duas particularidades na presente pesquisa: a dialética existente entre o desenvolvimento da cidade e o sistema capitalista; e a relação entre a teoria e a prática da arquitetura no contexto em questão. Trata-se de uma análise teórico-conceitual que utiliza o método dialético de abordagem, precisamente devido ao caráter dialético: do próprio objeto de estudo; da forma como Koolhaas enxerga tal objeto, na qual o contraditório é aspecto fundamental (e dialético); da relação entre cidade e capitalismo; e das conceituações de Harvey e Lefebvre utilizadas. Dessa forma, esta pesquisa se divide em duas partes, sendo a primeira delas dedicada a entender o pensamento de Koolhaas sobre a cidade contemporânea como um todo, extraindo dele uma base sobre a qual a discussão é promovida, na segunda parte. Assim, aborda-se o contraditório como aspecto fundamental na formação do pensamento de Koolhaas e, portanto, como chave de leitura para a presente análise; para em seguida analisar a construção de seu entendimento sobre a cidade contemporânea. Como resultado, aponta-se a cultura da congestão e a atividade do consumo como sendo os aspectos fundamentais para a discussão realizada na segunda parte, apresentando-lhes questionamentos e utilizando-se do suporte de Harvey e Lefebvre. Assim, aborda-se a relação entre o que Koolhaas entende na cultura da congestão e o que Lefebvre enxerga na formação do urbano e da sociedade urbana, a fim de questionar o papel da arquitetura nesse contexto e que consequências ela traz, para as cidades e para a sociedade. Tal questionamento envolve também o cotidiano a que se refere Lefebvre, com sua dialética da produção do espaço em conjunto com a sociedade. Finalmente, fazendo uso das considerações de Harvey a respeito da dialética entre o capitalismo e o processo urbano, discute-se a cidade contemporânea em função da atividade do consumo, apontando ainda o impacto das alterações na dinâmica espaço-tempo da condição pós-moderna apresentadas por Harvey; e novamente o cotidiano de Lefebvre, representado pela sociedade burocrática de consumo dirigido. Ao longo de toda essa análise, identifica-se uma transformação da cidade e da sociedade (representada no pensamento de Koolhaas pela transição da cidade genérica para o junkspace) a partir da qual questiona-se o papel exercido pela arquitetura e suas consequências.


  • Mostrar Abstract
  • The aim of this work is to do an analysis of the contemporary city, based on Rem Koolhaas’s thought and focusing the relation between city and building, by questioning that thought, making particular use of concepts and considerations pointed by David Harvey and Henri Lefebvre as a support. Two other particularities are pointed out on the present research: the existing dialectics between capitalism and city development; and the relation between theory and practice of architecture on the context at hand. It is a theoretical-conceptual analysis that makes use of the dialectical approach method, precisely due to the dialectical nature: of the study object; of the way Koolhaas sees this object, in which the contradictory is a fundamental (and dialectal) aspect; of the relation between city and capitalism; and of Harvey and Lefebvre’s conceptualizations utilized. In that way, this research is divided into two parts, the first of which being dedicated to understand Koolhaas’s thought about the contemporary city as a whole, extracting a basis from it, on which the discussion is promoted at the second part of this study. Thereby, the contradictory is approached as a fundamental aspect in Koolhaas’s thought formation and, therefore, as a reading key to the present analysis; in order to analyze the construction of his understanding about the contemporary city. As a result, it is pointed out the culture of congestion and the consumption activity as the fundamental aspects to the discussion realized at the second part, by presenting them questions and making use of Harvey and Lefebvre’s support. Thus, the relation between Koolhaas’s understanding of the culture of congestion and Lefebvre’s vision on the formation of urban and urban society is approached, in order to question the role of architecture in this context and which consequences it brings out, to cities and to society. This question embraces Lefebvre’s everyday life too, with it’s dialectical production of the space, together with society. Finally, making use of Harvey’s considerations about the dialectic between capitalism and the urban process, the contemporary city is discussed related to the consumption activity, also pointing the impact of the changes on the space-time dynamics in the post-modern condition presented by Harvey; and Lefebvre’s everyday life yet again, represented by the bureaucratic society of controlled consumption. Throughout all this analysis, it is identified a transformation of the city and the society (represented on Koolhaas’s thought by the transition from the generic city to the junkspace), from which it is questioned the role of architecture and its consequences.

3
  • PRISCILA FERREIRA DE MACEDO
  • “Apertamento”: um estudo sobre dimensionamento e funcionalidade na produção imobiliária de habitações mínimas verticais em Natal (RN)

  • Orientador : RUTH MARIA DA COSTA ATAIDE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RUTH MARIA DA COSTA ATAIDE
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • HEITOR DE ANDRADE SILVA
  • LOURIVAL LOPES COSTA FILHO
  • Data: 14/03/2018

  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa tem como objetivo caracterizar a produção de apartamentos de dois dormitórios do mercado imobiliário na sua relação com o dimensionamento e a funcionalidade dos espaços das habitações, através da análise do programa, do dimensionamento e da distribuição da planta, utilizando para tanto variáveis quantitativas, geométricas e topológicas. Nesse sentido, seu objeto de estudo consiste da análise de projetos habitacionais de unidades com áreas entre 45m² e 60m² das cinco principais empresas de construção civil da cidade de Natal (RN), entre os anos de 2005 e 2015, período de elevada produção habitacional na cidade. Como ferramenta de análise, propõe-se uma adaptação do método de valoração das plantas, desenvolvido por Alexander Klein (1980), cujos critérios de análise são: a) exame preliminar; b) redução dos projetos a uma mesma escala; c) organização das áreas de passagem e percursos; d) concentração das superfícies livres; e) relação entre os elementos da planta. Os resultados demonstram que, apesar de variações nos layouts, as unidades analisadas apresentam um padrão relativamente hegemônico de áreas e padrões topológicos, com variações apenas em algumas geometrias de cômodos e disposições de mobiliário. A partir do exposto, espera-se contribuir para a discussão sobre a qualidade habitacional na sua relação com o ambiente construído, especialmente no que tange ao dimensionamento e à funcionalidade dos seus espaços.


  • Mostrar Abstract
  • This research aims to characterize the production of apartments produced by the real estate market from the viewpoint of dimensioning and functionality of the housing spaces, from analysis of the architectural program, dimensioning and spaces distribution, which also considers the users’ ergonomic needs and housing functions. In this sense, our study object consists of the analysis of housing plans’ from the five main builders’ companies of the city of Natal (RN) with areas between 45sqm and 60sqm and between 2005 and 2015, a period of high housing production in the city. For that, our analysis method proposes an adaptation of Alexander Klein’s methodological research, which criteria are: a) preliminary examination; b) reduction of projects to the same scale; c) organization of circulation and movement areas’; d) concentration of empty areas; e) relation between the plan’s elements. The results reveal in that the standard of living offered by the real estate market has similar areas and topological patterns, although some geometries and furniture layout may vary. In this sense, our contribution is to expand the discussion about housing quality in it relation with the built environment especially in the sense of dimensional e functional quality.

4
  • ANA THEREZA FARIA DE MEDEIROS
  • PROJETANDO NO SILÊNCIO: ESTRATÉGIAS PARA PARTICIPAÇÃO DE PESSOAS SURDAS EM PROJETOS DE ARQUITETURA RESIDENCIAL

  • Orientador : GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CÉSAR IMAI
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • HEITOR DE ANDRADE SILVA
  • Data: 26/03/2018

  • Mostrar Resumo
  • No Brasil o tema da inclusão social e ambiental de pessoas com deficiência vem sendo discutido em diversas áreas. Dentro da arquitetura, tal debate tem sido atrelado ao conceito de Desenho Universal (entendido como base para a garantia de acessibilidade ao ambiente físico e à busca de soluções adequadas à diversidade humana) e as estratégias que promovam a maior participação dos usuários no processo projetual. Nesse sentido destaca-se a necessidade de o profissional dominar técnicas para o desenvolvimento e a apresentação de propostas que sejam facilmente compreendidas pelos clientes, sejam quais forem as limitações dessas pessoas. Inserindo-se nesta questão, esta pesquisa investiga um modo para facilitar a comunicação entre o projetista e o usuário surdo (cujas maiores limitações são justamente no campo da comunicação interpessoal), a fim de possibilitar que: (i) o primeiro compreenda a relação das pessoas surdas com o ambiente construído; (ii) o segundo entenda a proposta projetual e participe ativamente do processo de sua elaboração. O trabalho se apoia, teoricamente, em alguns conceitos de Comunicação e DeafSpace. Empiricamente, foram realizadas simulações de alguns ambientes residenciais com um modelo físico tridimensional manipulados por pessoas surdas, acompanhadas por entrevistas e observações. A experiência ocorreu na cidade de Mossoró/RN entre os meses de outubro e novembro de 2017 e contou com a participação de 12 surdos de ambos os gêneros. Os resultados apontam para a eficácia da metodologia, que facilitou o processo de comunicação entre as partes e permitiu a compreensão de alguns conceitos de arquitetura, de acessibilidade e do próprio Deaf Space, todos dificilmente identificados por meio de metodologias mais utilizadas na área, como entrevistas e questionários. Destaca-se a importância do uso de protótipos no desenvolvimento de futuras pesquisas relacionadas a ambientes para pessoas surdas.


  • Mostrar Abstract
  • In Brazil, the theme of social and environmental inclusion of people with disabilities has been discussed in several areas. In architecture, such debate has been linked to the concept of Universal Design (understood as the basis for ensuring accessibility to the physical environment and the search for adequate solutions to human diversity) and strategies that promote greater participation of users in the design process. In this sense, it is important to emphasize the need for the professional to master techniques for the development and presentation of proposals that are easily understood by the clients, regardless of their limitations. In this question, this research investigates a way to facilitate communication between the designer and the deaf user (whose major limitations are precisely in the field of interpersonal communication), in order to enable: (i) the first one to understand the relation of deaf people with built environment; (ii) the second understands the design proposal and actively participates in the process of its design. Theoretically the work is based on some concepts of Communication and DeafSpace.  Empirically, simulations were performed of some residential environments with a three-dimensional physical model manipulated by deaf people, accompanied by interviews and observations. The experience occurred in the city of Mossoró/RN between October and November of 2017 and had the participation of 12 deaf people of both gender. The results point to the effectiveness of the methodology, which facilitated the communication between the parties and allowed the understanding of some concepts of architecture, accessibility and Deaf Space, all hardly identified through methodologies used in the area, as interviews and questionnaires. We highlight the importance of using prototypes in the development of future research related to environments for deaf people.

5
  • FRANCISCO BERNARDO SALES DE AGUIAR
  • Impactos econômicos e desempenho energético de alternativas arquitetônicas em um projeto padrão de creche pública no clima de Natal/RN

  • Orientador : SOLANGE VIRGINIA GALARCA GOULART
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALDOMAR PEDRINI
  • ROBERTO LAMBERTS
  • SOLANGE VIRGINIA GALARCA GOULART
  • Data: 27/03/2018

  • Mostrar Resumo
  • Estima-se que o potencial de conservação de energia em prédios novos pode atingir 50% (PROCEL, 2015). Diversos estudos realizados para o clima de Natal-RN reforçam essa tendência e têm demonstrando um vasto potencial de redução do consumo energético em edifícios, além de identificar a significativa influência das características arquitetônicas (LIMA, 2007a; SIMAS, 2009; RODRIGUES, 2014). Contudo, uma escolha de soluções arquitetônicas com base somente no potencial de redução do consumo energético é muito restrita. O respaldo em critérios econômicos e a observância dos regulamentos vigentes, tais como o RTQ-C, torna o processo de tomada de decisão mais abrangente e adequado. Essa dissertação analisa a implantação de alternativas arquitetônicas em um projeto de uma obra pública no clima de Natal/RN a partir do confronto dos seus impactos econômicos e desempenho energético. Por meio de simulações computacionais, foi analisada a implantação de 8 (oito) recorrentes alternativas em dois edifícios parcialmente condicionados do projeto tipo B do programa PROINFÂNCIA/FNDE. Foram verificados os impactos na redução do consumo para resfriamento, no nível de eficiência energética da envoltória pelo RTQ-C e a viabilidade econômica. Quase todas as alternativas demonstraram eficácia em minimizar o consumo de energia para resfriamento, com um potencial de redução de até aproximadamente 26%. Contudo, somente quatro delas conseguem elevar o nível da etiqueta para “A”. Quanto à viabilidade, somente quatro foram viáveis, o que se deu muito mais em decorrência da substituição de materiais por outros mais baratos do que pelo benefício financeiro com a redução do consumo. Os resultados evidenciam que as alternativas com melhores desempenhos energéticos podem não representar as melhores soluções de um projeto. Em ambos os edifícios, a solução que mais impactou positivamente a eficiência energética em relação ao consumo e etiquetagem (alternativa “b”: Telha cerâmica colonial clara com forro de laje pré-moldada) resultou inviável economicamente. A alternativa “c” (Telha cerâmica colonial clara com forro de gesso) foi a única que, além de viável, também reduziu o consumo de ambos os edifícios e alcançou etiqueta nível “A”, o que também contribuiu para evidenciar a eficácia do uso de cores claras na cobertura.


  • Mostrar Abstract
  • It is estimated that the energy saving potential in new buildings can reach 50% (PROCEL, 2015). Several studies carried out for the Natal-RN climate reinforce this trend and have demonstrated a vast potential for reducing energy consumption in buildings, in addition to identifying the significant influence of architectural features (LIMA, 2007a; SIMAS, 2009; RODRIGUES, 2014). However, a choice of architectural solutions based only on the potential of reducing energy consumption is very restricted. The support in economic criteria and the adherence to existing regulations, such as RTQ-C, make the decision-making process more comprehensive and appropriate. This dissertation analyzes the implementation of architectural alternatives in a public building project in the Natal/RN climate, based on the comparison of its economic impacts and energy performance. By means of computational simulations, the implementation of 8 (eight) recurrent alternatives in two partially conditioned buildings of the type B PROINFÂNCIA / FNDE program project was analyzed. The impacts on the reduction of the consumption of cooling energy, on the level of energy efficiency of the envelope by the RTQ-C and the economic feasibility were verified. Almost all alternatives showed efficiency in minimizing the consumption of cooling energy, with a reduction potential of up to approximately 26%. However, only four of them are able to raise the label level to "A". As for viability, only four were feasible, which occurred much more due to the substitution of materials for cheaper ones than for the financial benefit of reducing energy consumption. The results show that the alternatives with better energy performance may not represent the best solutions of a project. In both buildings, the solution that most positively impacted the energy efficiency in relation to consumption and labeling (alternative "b": Clear colonial ceramic tile with precast slab lining) proved economically unfeasible. The alternative "c" (clear colonial ceramic tile with plaster lining) was the only alternative that, in addition to being feasible, also reduced the consumption of both buildings and reached level "A" label, which also contributed to highlight the effectiveness of the use of light colors on the roof.

6
  • VIVIANE DINIZ HAZBOUN
  • Desempenho da luz natural em ambientes com aberturas voltadas para Leste considerando a influência dos usuários

  • Orientador : ALDOMAR PEDRINI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALDOMAR PEDRINI
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • SOLANGE VIRGINIA GALARCA GOULART
  • SOLANGE MARIA LEDER
  • Data: 09/05/2018

  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa avalia o potencial de aproveitamento da luz natural em escritórios com sistemas de aberturas voltados para Leste considerando o comportamento dos usuários. Apesar dos benefícios e da grande disponibilidade de radiação solar em regiões de baixa latitude, é recorrente a subutilização da luz natural em função da relação entre o sistema de abertura e o comportamento do usuário. O ofuscamento e contraste com o monitor induzem o fechamento das cortinas, gerando insuficiência de luz natural, obstrução do contato com o exterior e aumento do consumo de energia elétrica. Os sistemas de aberturas sombreados são determinados por meio de máscaras de sombra, variados parametricamente quanto ao tamanho da abertura e fator de céu visível (FCV), e simulados para quantificação do desempenho na plataforma integrada Rhinoceros/Grasshopper/DIVA. O comportamento dos usuários é identificado por meio de pesquisa de campo com aplicação de questionários, e categorizado em ativo, passivo e intermediário. A avaliação do desempenho luminoso em função dos usuários é feita por meio de planilhas eletrônicas e os resultados são traduzidos em recomendações projetuais simplificadas. Há potencial de aproveitamento da luz natural e menor influência dos usuários para ambientes com grandes aberturas e sistemas externos móveis. Recomenda-se o aumento do tamanho da abertura e redução do FCV para sistemas de proteção fixos, associados ao comportamento ativo dos usuários para o aumento da profundidade de vão iluminado. Devem ser evitados sistemas sem sombreamento eficaz, pequenas aberturas e alto FCV.


  • Mostrar Abstract
  • This work evaluates the daylight potential in office rooms with fenestration systems oriented to East considering occupant behavior. Despite the benefits and great availability of solar irradiance in low-latitude zones, it is common to underuse daylight due to the relationship between fenestration systems and occupant behavior. The glare and VDT contrast leads occupants to close the blinds, generating insufficient daylight, obstructed outside view and increasing energy consumption. The shaded systems are determined by shading masks with parametrical variation of window size and visible sky factor (VSF), and  are simulated for performance analysis on Rhinoceros/Grasshopper/DIVA platform. The occupant behavior is identified through field research with application of questionnaires, and it is categorized as active, passive and intermediate. The daylight performance considering occupant behavior is evalueted through spreadsheets and the results are translated into simplified design recommendations. There is a potential use of daylight and less influence of occupant behavior for the cases with large windows and mobile external devices. It is recommended to increase the window size and reduce the VSF to fixed shading devices, associated with active users to increase daylight depth. Systems with no shading devices, small windows and high VSF should be avoided.

7
  • MARIANA BARBOSA CARLOS DE ALMEIDA
  • Uma análise da implantação e da funcionalidade dos projetos padrão do FNDE: a experiência das escolas infantis tipo “B” do Proinfância em Natal/RN

  • Orientador : MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GISELLE ARTEIRO NIELSEN AZEVEDO
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • Data: 15/05/2018

  • Mostrar Resumo
  • A educação das crianças de 0 a 5 anos em instituições de educação infantil tem sido cada vez mais valorizada nas últimas décadas, tanto em função da necessidade dos pais que trabalham fora de casa, quanto por razões relacionadas ao desenvolvimento da criança. Dessa forma, a universalização da educação infantil passou a ser uma meta imprescindível para o aprendizado efetivo no ensino fundamental e médio, reduzindo a repetência e aumentando o sucesso na educação básica. O Programa Proinfância foi criado nesse contexto, buscando ampliar a oferta de educação infantil, além de oferecer apoio para aquisição de equipamentos e mobiliário. O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) disponibiliza, por meio desse programa, vários projetos padrão para a construção das escolas financiadas pela União, uma prática muito comum no Brasil. Os projetos padronizados necessitam de certa flexibilidade para permitir ajustes às condições do local e produzir uma arquitetura de qualidade; no entanto, nesse caso, não há margem para alterações. Sendo assim, a pesquisa busca compreender a implantação dos projetos padrão das escolas infantis do FNDE e a adequação desse espaço construído no contexto da cidade de Natal/RN. A primeira etapa consistiu na revisão da literatura, em seguida, na análise técnica do projeto “tipo B”, e depois, na realização de estudos de caso em duas instituições infantis, contemplando, além de visitas técnicas, entrevistas com os funcionários das escolas e com arquitetos da Secretaria Municipal de Educação (SME). Os resultados das análises demonstram que o projeto precisa de revisões em diversos aspectos para melhorar seu desempenho, principalmente, no programa de necessidades, nos dimensionamentos de diversos ambientes, no conforto ambiental em geral, na valorização das áreas externas, entre outras questões. Além disso, os espaços projetados precisam de maior flexibilidade para alterações de layout e de usos.


  • Mostrar Abstract
  • The education of children aged 0 to 5 years in day care and preschool has been increasingly valued in recent decades, as related the need of parents working outside as to reasons for the development of the child. By the way, the universalization of primary education has become an essential point for an effective learning in primary and secondary education, reducing repetition and increasing success in basic education. The Proinfância Program was created in this context, searching to expand the offer of basic education, besides offering support for the acquisition of equTherefore, the research seeks to understand the implementation of day care's standard projects provided from FNDE and the adjustments for this building in the city's contextipment and furniture. The FNDE provides, through this program, several standard projects for the construction of schools financed by the Union, a practice very common in Brazil. The point is that standard designs demands flexibility to allow adjustments to the site's unique conditions and produce a better architecture quality than nowadays, however, in this case, there is no space for changes. Therefore, the research seeks to understand the implementation of day care's standard projects provided from FNDE and the adjustments for this building in the city's context. The first step was the literature review, then, the technical analysis of the "type B" project, then the case studies in two institutions, including technical visits, interviews with school staff and with Municipality Education Secretary’s (SME) architects. The results of the school analysis shows that the standard design needs several revisions in order to improve your performance, mainly in many room areas, the appreciation of outsides areas, general environmental comfort, etc. In addition, the spaces needs more flexibility for layout and usability changes.

8
  • MARIA HELOÍSA ALVES DE OLIVEIRA
  • Meio Século de Arquitetura: Um panorama da produção modernista natalense de 1930 a 1980

  • Orientador : EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • NELCI TINEM
  • SONIA MARIA DE BARROS MARQUES
  • Data: 13/06/2018

  • Mostrar Resumo
  • Desde os anos 1930 a cidade de Natal-RN assiste a disseminação da linguagem moderna na arquitetura. Porém, a partir da década de 1980, presencia-se um feroz fenômeno de dilapidação de edifícios mais antigos, sobretudo os modernistas, localizados, na maioria, em áreas economicamente valorizadas que vem sendo intensamente verticalizadas. Esse processo suscitou a construção de um repositório de registros sobre arquitetura potiguar, resultante de trabalhos disciplinares desenvolvidos por alunos de graduação e abrigados nos arquivos do grupo de pesquisa MUsA (Morfologia e Usos da Arquitetura) – UFRN, desde os anos 1980.  São fragmentos iconográficos, contendo informações – textuais e imagéticas – sobre edifícios modernistas e pré-modernistas,  que vêm dando margem ao desenvolvimento de pesquisas ao longo dos anos. Esta dissertação se insere nesse esforço. Diante da oportunidade de reunir os fragmentos compilados pelo grupo de pesquisa objetivando apresentar um panorama da arquitetura modernista produzida em Natal entre os anos 1930 e 1980, aqui se constrói e se classifica um acervo reunindo dados, alguns dispersos em vários trabalhos, sobre os edifícios registrados. Adotando-se como procedimento a ficha catalográfica, capaz de contemplar, em formato padrão, diversos tipos de registro (137 trabalhos disciplinares deram origem a 222 fichas), foi possível a análise morfológica individual de cada caso seguida de sua classificação. Esta se fez a partir de quadros de critérios valorativos construídos segundo um cânon formal derivado dos entendimentos de autores que abordam o tema da arquitetura moderna, com enfoque na região Nordeste. Os critérios circunscrevem seis categorias: (1) Relação do edifício-lote-quadra-entorno; (2) caixa mural/ volumetria; (3) estrutura/ aspectos construtivos; (4) aspecto espacial; (5) soluções/ adaptações climáticas; e (6) outros elementos.  Delineia-se, assim, um panorama da arquitetura moderna natalense em quatro grupos morfológicos: o primeiro (1930-1950), apresenta a produção protomoderna, e traz à luz os primeiros sinais de renovação arquitetônica verificados na cidade; o segundo (1950-1960) exibe o momento de disseminação do léxico formal moderno em Natal, caracterizado por explorar as possibilidades plásticas do concreto armado; o terceiro (1960-1970) assiste a disseminação do emprego de materiais aparentes e de fachadas que evidenciam a separação entre estrutura e vedação. O quarto, e último, recorte apresenta a produção dos anos 1970 e 1980, destacando afinidades com as manifestações brutalistas, e apontando a adoção de elementos formais tomados de empréstimo ao estilo colonial brasileiro.


  • Mostrar Abstract
  • Natal, capital city of the state of Rio Grande do Norte has witnessed the spreading of the modern architecture language since the 1930s. However, from the 1980 decade, there has been a fierce phenomenon of dilapidation of older buildings, especially modernist ones, mostly located within economically valuable areas, which have been intensely subject to high-rise constructions. This process has motivated the assemblage of iconographical records – textual and imagetic information concerning modernist and pre-modernist buildings – about local architecture, collected from course work carried out by undergraduate students since the 1980s, which have been housed in the archives of the research group on Morphology and Use of Space (MUsA - Morfologia e Usos da Arquitetura – UFRN). This dissertation is part of such effort. In view of the opportunity to bring together those iconographic fragments in order to compose a panorama of the architecture produced in Natal between the years 1930s and 1980s, a repository of data concerning the recorded buildings, some of which scattered from different sources, was constructed and organised in file cards (137 academic work pieces originated 222 cards), which enabled the morphological analysis of each case, and its classification.  This was accomplished in the light of valuation criteria tables based on a formal canon derived from the views expressed by authors who approach the subject of modern architecture, focusing on the Northeast region. The criteria include three categories: (1) the building-plot-block-surroundings relationship; (2) built shell; (3) structure/construction aspects; (4) spatial aspects; (5) environmental/climatic adaptations and (6) other elements. A panorama of modern architecture in Natal was, therefore, outlined and classified into four morphological groups: the first (1930-1950) comprises the proto-modern production that displays the first signs of architectural renovation in Natal; the second (1950-1960) reflects the dissemination period of the modern formal lexicon in Natal, when the plastic possibilities of reinforced concrete were being highly explored; the third (1860-1970) witnesses the diffusion of exposed natural materials and façades in which structure and sealing elements are distinguished. The fourth, and last group, contains the architectural production that prevailed in the 1970s and 1980s, stressing affinities with brutalist manifestations, and the adoption of formal elements borrowed from Brazilian colonial style.

9
  • FLÁVIA MONALIZA NUNES SECUNDO LOPES
  • COMO ERA NA FAVELA? COMO É NO CONJUNTO?

    Relações entre Propriedades Espaciais e Modos de Uso no Caso do Reassentamento da Favela do Maruim em Natal/RN. 

  • Orientador : RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AMADJA HENRIQUE BORGES
  • CIRCE MARIA GAMA MONTEIRO
  • EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
  • RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • Data: 15/06/2018

  • Mostrar Resumo
  • Nesta dissertação foram investigadas relações entre forma e usos da arquitetura visando identificar efeitos que alterações morfológicas nos espaços abertos de uso coletivo possam ter exercido sobre modos de uso desses espaços. Especificamente, buscou-se compreender se, e como, usos preexistentes foram modificados após o reassentamento de uma população de uma favela, assentamento orgânico, autoconstruído – Favela do Maruim – para um conjunto habitacional, planejado pelo estado – Conjunto São Pedro.  Com base no referencial teórico da Sintaxe do Espaço (HILLIER; HANSON, 1984), partiu-se do pressuposto que a forma da Arquitetura – resultante do arranjo de cheios (massas construídas) e vazios (permeabilidades) – estrutura possibilidades e restrições ao ir e vir estar e enxergar, as quais definem campos potenciais de copresença e movimento de indivíduos no espaço. Neste caso, a hipótese foi de que a natureza morfológica do conjunto é oposta à da favela, sendo assim, alterou tipos de relações espaciais, da micro à macro escala, e possivelmente modificou padrões de copresença, uso do lugar e interação entre os diferentes indivíduos no espaço – moradores locais e estranhos (não locais). O conjunto subverteu a lógica autodefensiva e de proximidade entre os moradores da Favela para um movimento mais similar ao da cidade de maneira global – onde há maior potencial de encontro entre diferentes. A abertura para a cidade aproximou a população reassentada do discurso do medo, da reclusão dentro de casa e da criação de muros e barreiras para o espaço público. Na busca de comprovar a hipótese, foi realizado um estudo comparativo de instâncias potenciais e episódios reais de encontro através da representação e análise do espaço e da observação in loco dos usos reais na favela e no conjunto. Técnicas da Análise Sintática do Espaço (ASE) caracterizaram a inserção de cada assentamento na malha da cidade na perspectiva de entender acessibilidades “ao pé” e “ao olho” por meio de instrumentos que exploram relações topológicas e distâncias métricas. Para entender a relação entre a massa construída e a estrutura de espaços abertos foram examinados usos locais e relações entre espaços públicos e privados. Em busca de compreender os usos reais do espaço, foram observados o movimento peatonal e traços físicos do espaço; ainda foram realizadas entrevistas semiestruturadas com a população. Os resultados mostram que a configuração da favela, desordenada e menos integrada ao tecido urbano da cidade, delineava um enclave que diminuía a interface de encontros entre diferentes (moradores e estranhos).  Internamente, uma forte hierarquia e coesão entre acessibilidades (local e vicinal “ao pé” e “ao olho”), privilegiava o uso de certos espaços abertos pelos moradores. Estes funcionavam como extensão da casa dos habitantes locais, como pontos de confluência de encontros, passagem de pedestres e de atividades com forte ligação público/privado. O conjunto, por sua vez, com uma ordem de acessibilidade e visibilidade mais homogênea, pouco hierárquica, com ligações público/privado frequentemente interrompidas, ainda que mais integrado à cidade, estimula a interface de encontros entre diferentes, enquanto restringe potenciais encontros entre moradores. Em um esforço de contornar as limitações da forma da arquitetura, moradores persistem em estar nos espaços coletivos do conjunto, ocupação aparentemente consubstanciada na presença dos tapumes, uma vez que estes contribuem para aproximar o conjunto da lógica de enclave da Favela, apartando-o do contínuo espacial da cidade e consolidando barreiras que vem, de resto, se tornando recorrentes na construção de residências em cidades brasileiras nos últimos anos.


  • Mostrar Abstract
  • This study addresses relations between form and use of architecture with the aim of investigating whether morphological changes regarding open spaces shared by a housing community might have exerted over the way people use those spaces. It aims to shed light on whether and how the reallocation of a self-built organic settlement – Favela do Maruim – to a regularly schemed, state-funded housing estate – Conjunto São Pedro – led to alterations in the way people used common open spaces in their previous environs. Guided by the Space Syntax theory (HILLIER; HANSON, 1984), the investigation approach stems from the assumption, that architectural form is structured by masses (buildings) and voids (permeability) that offer possibilities and restrictions concerning moving, being and seeing, and, therefore, define potential fields of co-presence and movement by individuals in space. The hypothesis underlying the case study was that because the morphological nature of the housing estate diverges from that of the Favela settlement, spatial relations are altered from the micro to the macro scale, thus prompting changes in patterns of co-presence, use of communal areas and interaction among diverse individuals in space – inhabitants, visitors and strangers (insiders and outsiders). In the Housing Estate the self-defensive logic of nearness among residents that existed in the Favela was subverted and replaced by another more similar to that which prevails in the city as a whole, with a higher potential of encounter fields. The less enclosed arrangement appears to threat the resettled population, bringing about the discourse of fear, which enforces reclusion inside an area severed from the public space by walls and barriers. In the search to test the hypothesis, comparative studies of potential and real instances of encounter were carried out by means of spatial representation and analysis and of in loco observations regarding actual use in the Favela and the Housing Estate. Space syntax analysis was applied to quantify the insertion of each settlement in the city grid, in topological and metric distances, to gauge accessibilities “by foot” and “to the eye”. In order to understand the relation between the built mass and the structure of open spaces, local uses and relations between public and private spaces were analysed. To understand the real uses of space, the data gathering process included the observation of pedestrian movement and physical traces of space; and enquiries about the ways people use common areas, by means of semi-structured interviews. The results show that the Favela configuration, disorderly and less integrated with the city urban grid, outlined an enclave that decreased the potential encounter field between insiders and outsiders. Internally, a stronger hierarchy and cohesion concerning diverse accessibility catchment levels (local, vicinal, to the feet or the eyes) privileged the use of certain open spaces by the inhabitants. Those points that showed strong public/private connections, worked as extensions to the houses and as confluence points for encounter, pedestrian flows and activities. In the Housing Estate, on the other hand, a homogeneous, less hierarchical internal structure, with low cohesion concerning accessibility levels, less openings connecting closed/open spaces and higher integration to the city grid, stimulate the interface between insiders and outsiders, whereas restraining the potential encounter field amongst inhabitants. On an effort to overcome the limitations of the architectural spatial form, inhabitants persist on being in the Housing Estate common areas, an occupation apparently consubstantiated by the presence of construction fences that approximates the Estate’s spatial structure to the Favela’s enclave logic, setting it apart from the city continuous space and consolidating barriers, which at any rate, are becoming the norm, concerning residential premises in Brazilian cities.

10
  • FLÁVIA COSTA DE ASSIS
  • A cidade encontra o rio: Características da ocupação e conflitos de uso do solo na Bacia Hidrográfica do Rio Pitimbu, na Região Metropolitana de Natal.

  • Orientador : MARCIO MORAES VALENCA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALEXSANDRO FERREIRA CARDOSO DA SILVA
  • Cristina Pereira de Araújo
  • MARCIO MORAES VALENCA
  • Data: 27/07/2018

  • Mostrar Resumo
  • Os rios são importantes elementos de estruturação do tecido urbano, mas também sofrem muito nesse processo. A urbanização coloca sérias ameaças aos seus próprios mananciais, gerando uma relação conflituosa em que, ao mesmo tempo que a cidade necessita fundamentalmente da água para sobreviver, ela polui, canaliza e impermeabiliza seus rios e leitos de cheia, desmata as zonas ripárias e destrói as possibilidades de reinfiltração da água no solo. O processo de recarga dos mananciais não consegue acompanhar o aumento contínuo da demanda por água nas cidades, causando rebaixamentos sistemáticos nos reservatórios e, por consequência, escassez. A Região Metropolitana de Natal, por sua vez, apresenta um relacionamento ambíguo com seus rios, colocando-os como importantes fontes de abastecimento e desenvolvimento enquanto, por outro lado, deixa-os sofrer com um processo de ocupação incompatível com o suporte de infraestrutura urbana existente e com as características ambientais do território, sendo receptores de dejetos de atividades industriais e agrícolas e de inúmeras ligações clandestinas de esgoto ao longo de seus cursos. O Rio Pitimbu mostra-se para a cidade de Natal já em meados do século XX, quando seu crescimento no sentido sul alcança então esta nova barreira natural. O que acontece, então, quando a cidade encontra esse Rio? Com características rurais e de crescimento lento, o avanço da urbanização na região tomou fôlego a partir da década de 1970. O Rio Pitimbu corta ao longo de seu curso parcelas do território dos municípios de Natal, Parnamirim e Macaíba, integrantes da Região Metropolitana de Natal (RMN); e sua microbacia, integrante da bacia do Rio Pirangi, constitui-se em uma importante área de recarga de um dos principais mananciais de abastecimento de água potável para a RMN – contudo, o fenômeno de ocupação urbana compromete o desenvolvimento das funções ambientais do Rio, sendo evidentes o desmatamento, a erosão, a poluição e o assoreamento em vários pontos de seu curso, além da pressão do mercado imobiliário e da ocupação informal na área. Neste ponto, cabe-nos perguntar: como as características da ocupação e do desenvolvimento urbano interferem na capacidade de recarga de seus mananciais? É possível conciliar o processo de desenvolvimento urbano com a preservação dos corpos d’água e mananciais, ou dos rios com suas margens e matas? Ao considerar, por um lado, a bacia hidrográfica como unidade básica de planejamento territorial (dada a sua capacidade de integração entre os aspectos naturais, socioeconômicos e culturais do território), e, por outro, o conjunto de políticas públicas e instrumentos urbanísticos existentes atualmente, este estudo visa analisar o processo de desenvolvimento urbano na perspectiva do ciclo da água, a partir da observação do relacionamento entre a configuração da ocupação do território e as características biofísicas do meio. Assim, busca-se contemplar o sítio urbano como um todo, incluindo os aspectos naturais e a sua articulação com a ação humana. Para tanto, a análise integrada do território é possível graças à espacialização do fenômeno analisado e à integração dos dados pelo mapeamento temático. Procura-se, com este estudo, fornecer subsídios para o planejamento territorial da região, servindo de base e orientação para a formulação de políticas públicas adequadas à capacidade de suporte do ambiente e das condições de infraestrutura instaladas ou previstas; tendo em mente uma ocupação fundada em critérios urbanísticos-ambientais que busquem conciliar as necessidades de crescimento e desenvolvimento das cidades com a preservação dos seus estoques de água e a manutenção do equilíbrio ecológico.


  • Mostrar Abstract
  • Rivers are important structural elements of the urban fabric, but they also suffer greatly in this process. Urbanization poses serious threats to its own springs, creating a conflictive relationship where, while the city essentially needs water to survive, it pollutes, channels and waterproofs its rivers and floodplains, deforests riparian zones and destroys possibilities of reinfiltration of the water in the soil. The process of recharge of the water sources can not keep up with the continuous increase in the demand for water in the cities, causing systematic lowering in the reservoirs and, consequently, scarcity. The Metropolitan Region of Natal, on the other hand, presents an ambiguous relationship with its rivers, placing them as important sources of supply and development while, on the other hand, it leaves them to suffer with an occupation process incompatible with the support of urban infrastructure existing and with the environmental characteristics of the territory, receiving waste from industrial and agricultural activities and numerous clandestine sewage connections throughout their courses. The Pitimbu River shows itself to the city of Natal already in the middle of century XX, when its growth in the south direction reaches then this new natural barrier. What happens, then, when the city meets this Rio? With rural characteristics and slow growth, the advance of urbanization in the region took hold from the 1970s. The Pitimbu River cuts along its course parcels of territory of the municipalities of Natal, Parnamirim and Macaíba, members of the Metropolitan Region of Natal (NMR); and its microbasin, which is part of the Pirangi River basin, is an important recharge area for one of the main sources of drinking water for NMR - however, the phenomenon of urban occupation jeopardizes the development of Rio's environmental functions, with deforestation, erosion, pollution and silting evident at various points along its course, as well as the pressure of the real estate market and informal occupation in the area. At this point, we must ask: how do the characteristics of occupation and urban development interfere with the capacity of recharge of its sources? Is it possible to reconcile the process of urban development with the preservation of water bodies and springs, or rivers with their banks and forests? Considering, on the one hand, the hydrographic basin as a basic unit of territorial planning (given its capacity for integration between the natural, socioeconomic and cultural aspects of the territory); and on the other hand the set of public policies and urban planning instruments currently in existence, this study aims to analyze the urban development process from the perspective of the water cycle, from the observation of the relationship between the configuration of the occupation of the territory and the biophysical characteristics of the environment. Thus, it is sought to contemplate the urban site as a whole, including the natural aspects and its articulation with human action, and for this reason the integrated analysis of the territory is possible thanks to the spatial analysis of the phenomenon analyzed and the integration of the data by thematic mapping. The aim of this study is to provide subsidies for the territorial planning of the region, serving as the basis and orientation for the formulation of public policies appropriate to the capacity to support the environment and the installed or planned infrastructure conditions; bearing in mind an occupation based on urban-environmental criteria that seek to reconcile the growth and development needs of the cities with the preservation of their water supplies and the maintenance of the ecological balance.

11
  • ANA LUÍZA SILVA FREIRE
  • Junkspace: palavra, imagem e experiência na cidade contemporânea

  • Orientador : GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRIANA MATTOS DE CAÚLA E SILVA
  • ALEXSANDRO FERREIRA CARDOSO DA SILVA
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • Data: 30/07/2018

  • Mostrar Resumo
  • O ensaio Junkspace (2001), de autoria de Rem Koolhaas, traz à mente de quem o lê uma paisagem contemporânea genérica, preenchida de mensagens subliminares e ideológicas, diluídas em uma amálgama caótica a qual é ordenada aparentemente através da ubiquidade da globalização. O texto, circular em sua estrutura, procura descrever através de operações alegóricas de retórica os espaços que, em suas formas, expressam o processo de modernização contemporâneo. É com base nessas constatações que torna-se possível utilizar Junkspace como uma lente de leitura e compreensão do fenômeno urbano, através da qual pode-se vislumbrar as lógicas da atualidade inscritas na formas espaciais de nossas cidades. Tem-se, portanto, o objeto de estudo desta dissertação: Junkspace como conceito e linguagem e a compreensão do fenômeno urbano, suas questões e lógicas, atualmente. Em consequência, parte-se do uso do ensaio supracitado como fonte primária de pesquisa, configurando um caráter teórico-metodológico para este trabalho: por um lado, procuramos indagar as possibilidades de questionar, sob a luz de um debate cultural urbano, a cidade contemporânea através de chaves de leitura encontradas em Junkspace e, por outro, de ancorar, a partir da discussão engendrada pelo ensaio e de sua relação com os marcos teóricos selecionados para a construção do debate, uma visão que identifique e problematize a produção espacial Junk. Portanto, o objetivo geral deste trabalho é compreender Junkspace sob o prisma de uma discussão teórica e prática acerca das cidades contemporâneas, com vistas a contribuir ao debate acadêmico sobre a lógica espacial vigente ao apagar das luzes do século XX e nas primeiras duas décadas do século XXI. Para alcançar esse objetivo, foi construída uma crítica que elucida conflitos e paralelos existentes no fenômeno urbano contemporâneo a partir de Junkspace, fundamentada em autores como Walter Benjamin, Fredric Jameson, Hal Foster, Susan Buck-Morss, Gilles Lipovetsky e Vladimir Safatle, entre outros. Além disso, foram realizadas explorações de método de apreensão de Junkspace no meio urbano, pela elaboração de oficinas e por um exercício de percepção sobre dimensão factual das cidades contemporâneas. Ao final, este trabalho pretende contribuir ao campo teórico da arquitetura e do urbanismo, bem como oferecer outras maneiras de discussão e apreensão da questão urbana atual.


  • Mostrar Abstract
  • The essay Junkspace (2001), by Rem Koolhaas, brings to the mind of those who read it a generic contemporary landscape filled with subliminal and ideological messages and diluted in a chaotic amalgam which is apparently ordered through the ubiquity of globalization.The essay, circular in its structure, seeks to describe through allegorical operations of rhetoric, the spaces that, in their forms, express the process of contemporary modernization - therefore, Junkspace is adopted in this investigation not only as a concept, but as a theoretical piece that emulates a specific language related to the spatial production of the 21st century. It is on the basis of these findings that it becomes possible to use Junkspace as a reading and understanding lens, through which one can glimpse the logics of the present time inscribed in the spatial forms of our cities. There is, therefore, the object of study of this thesis: Junkspace as concept and language and the understanding of the urban phenomenon, its questions and logics, currently. As a consequence, the aforementioned essay is used as the primary source of this research, setting up a theoretical and methodological nature for this work: on the one hand, we try to investigate the possibilities of questioning, in the light of an urban cultural debate, the contemporary city through the reading keys found in Junkspace and on the other hand, to anchor, from the discussion engendered by the essay and its relationship with the selected theoretical frameworks, a vision that identifies and problematizes the existing Junkspace. Therefore, the general objective of this work is to understand Junkspace under the prism of a theoretical and practical discussion about contemporary cities in order to contribute to the academic debate on the theme of spatial dynamics, related to the end of the twentieth century and the beginning of the twenty-first. To achieve this goal, a critic was built in a way that clarifies conflicts and parallels in the contemporary urban phenomenon from Junkspace, based on authors such as Walter Benjamin, Fredric Jameson, Hal Foster, Susan Buck-Morss, Gilles Lipovetsky and Vladimir Safatle, among others. In addition, Junkspace's method of reading the urban environment was carried through the elaboration of workshops and with an exercise of perception about the factual dimension of contemporary cities. In the end, this paper intends to contribute to the theoretical field of architecture and urbanism, as well as offer other ways of discussing and apprehending the current urban question.

12
  • HELIANA LIMA DE CARVALHO
  • ARQUITETURA MODERNA DO CAMPUS CENTRAL DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

  • Orientador : NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
  • JULIANA CARDOSO NERY
  • NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
  • Data: 30/07/2018

  • Mostrar Resumo
  • A criação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) faz parte de um processo de implantação de unidades de ensino superior em diversos estados brasileiros, ocorrido no início do século XX. Nos primeiros anos de funcionamento, suas atividades eram desenvolvidas nos prédios que sediavam as antigas faculdades isoladas, dispersos em vários endereços dos bairros centrais da cidade. Só após 1968, com a Reforma Universitária, iniciou-se um processo de mudança de paradigma, estruturando os cursos dentro de um campus universitário. A concentração das atividades e edifícios universitários dentro de um campus representava o ideal de modernidade, em contraposição ao modelo de universidade tradicional, fragmentada, atendendo aos princípios de eficiência e racionalidade da organização universitária. Todas essas intervenções se basearam no Manual produzido em 1970 pelo consultor norte-americano Rudolph Atcon, o qual propõe diretrizes como o zoneamento funcional e hierarquização das vias de circulação, que juntamente com os princípios de racionalização, flexibilidade, expansão e integração, coincidem com o ideal de cidade moderna preconizado na Carta de Atenas. O resultado da aplicação desses princípios foi a criação de um extenso campus universitário, afastado da malha urbana da cidade e com uma estrutura viária que privilegiava o automóvel. A materialização desta proposta ocorreu com a proposição de edifícios flexíveis, modulados e com componentes construtivos padronizados, com uma composição estética notadamente brutalista. Por se tratar de uma instituição de ensino de grandes dimensões, sua dinâmica de funcionamento está constantemente passando por mudanças e modernizações, tanto do ponto de vista pedagógico quanto de sua infraestrutura física. Desta forma, ao longo dos anos, há uma demanda permanente por espaços disponíveis para a ampliação de departamentos, construção de novas edificações e modernização das instalações com acréscimo de novos equipamentos. A falta de reconhecimento por parte da comunidade (alunos, professores, técnicos e demais moradores da cidade) acerca do valor cultural do acervo modernista do campus central da UFRN dificulta ainda mais a preservação desses exemplares. Diante disso, esta dissertação inicia o processo de conhecimento e reconhecimento deste conjunto, a partir da identificação dos atributos da arquitetura moderna presentes em seus exemplares mais significativos.


  • Mostrar Abstract
  • The creation of Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) belongs to a process that set up higher education units in many Brazilian states in the beginning of the 20th Century. During its early functioning years, the university’s activities took place in buildings that had hosted former independent colleges, distributed in many addresses along the city’s central neighborhoods. Only after 1968, with the Reforma Universitária (University Reformation), a paradigm shift started, structuring courses in a university campus. Concentrating activities and buildings inside a university campus represented a modernity ideal, opposing the traditional university model, fragmented and complying with principles of efficiency and rationality of university organization. These interventions were based on the Manual produced in 1970 by American consultant Rudolph Atcon, which proposes guidelines such as functional zoning and street hierarchy, which alongside rationalization, flexibility, expansion and integration principles coincide with the ideal of a modern city preconized by the Athens Charter. Employing these principles resulted in a broad university campus, distant from the city’s urban network and with a street structure that privileged automobiles. This idea was materialized trough the proposition of flexible, modulated buildings with standardized constructive components, with a notably brutalist aesthetic composition. As a large educational institution, its functional dynamics constantly goes through changes and modernizations, both by pedagogical and infrastructure perspectives. Therefore, throughout the years, there is a permanent free space demand for extending departments, building new structures, and renewing premises with new equipment. The community’s (students, docents, technical employees and city’s residents) lack of recognition on the cultural value of UFRN’s Central Campus modernist ensemble makes preserving these buildings even more difficult. Therefore, this study starts a process of knowledgement and recognition to this modern ensemble lesser known nationwide, identifying modern architecture attributes in its most significant exemplars.

13
  • MAURICIO PEREIRA MARTINS
  • Forma da arquitetura que anima a Praia da Pipa: nexos entre configuração espacial, movimento e interfaces edifícios-rua em uma vila costeira no nordeste do Brasil

  • Orientador : EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
  • MARCIO MORAES VALENCA
  • LUCY DONEGAN
  • Data: 30/07/2018

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação aborda relações entre forma da arquitetura e animação urbana, tendo como estudo de caso a Praia da Pipa, RN, Brasil, um assentamento costeiro consagrado como destino por visitantes nacionais e internacionais. Verificou-se que o arranjo espacial das vias públicas afeta o potencial de movimento e encontro de pessoas com intensidades distintas nas várias localidades do município de Tibau do Sul, no qual se insere o distrito da Pipa; e que trechos da Avenida Baía dos Golfinhos, via localizada na Pipa, mas afastada da praia — sem vista para o mar e estreita — atraem o movimento de pedestres em maior proporção que qualquer outro ponto da malha viária de Tibau do Sul. Propõe-se aqui que, para além dos atributos naturais privilegiados da Pipa e entorno, a estrutura de acessos explica essa afluência. Os parâmetros de acessibilidade no tocante ao potencial de movimento inerente à animação nas ruas aqui explorados têm como base a teoria da Lógica Social do Espaço (HILLIER; HANSON, 1984), que relaciona o arranjo da estrutura espacial com fenômenos sociais, econômicos e ambientais. Discutiu-se em que medida a estrutura espacial favorece a animação na malha viária e se relaciona à permeabilidade da ocupação privada lindeira ao passeio público. Os resultados apontam que na Avenida Baía dos Golfinhos – célebre ponto de animação e encontro de pedestres – os trechos mais concorridos são topologicamente privilegiados e fartos de recintos privados não residenciais que se abrem para a rua, enquanto trechos altamente acessíveis, mas com baixa permeabilidade ao pedestre para recintos que margeiam as vias, apresentam pouco ou nenhum indício de animação. Sugere-se que o movimento pedonal é favorecido pelo modo de ocupação informal do solo, predominante nos povoados do município de Tibau do Sul, que configura uma malha viária segmentada e um parcelamento denso, com construções diretamente permeáveis às vias, enquanto que a ocupação de maior porte — geralmente impermeável à rua — ou os terrenos deixados vazios como estoque de terras, inibem a atividade pedestre. Este modo de ocupação, comum às áreas de expansão, tende a um movimento suportado pelo automóvel, mais pobre em animação de rua, cujas nuances se propõe explicar por determinadas combinações entre parâmetros distintos de acessibilidade da malha viária e de permeabilidade das interfaces entre espaços públicos e privados. A construção de um anel viário – também investigada – impactou pouco a estrutura de acessos, embora pareça contribuir para estender a área de movimento preponderantemente veicular. Conclui-se que a forma dos vazios da arquitetura, o espaço, carrega a animação para onde a forma dos cheios da arquitetura, a permeabilidade dos edifícios, a acolhe.


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation addresses relations between architectural form and urban animation, founded on a case study of Praia da Pipa, RN, Brazil, a costal settlement well-established as a national and international visitor destination. It was seen that the spatial arrangement of public roads affects differently the potential for movement and encounter in the various localities that comprise the municipality of Tibau do Sul, of which the district of Pipa is one. It was also seen that some sections of Baía dos Golfinhos avenue, a narrow street situated in Pipa but away from the beach and with no view to the sea, attracts pedestrian movement in a greater proportion than any other point on the road grid of Tibau do Sul. It is here proposed that over and above the privileged natural attributes of Pipa and its surroundings, the overall access structure explains that inflow. Accessibility parameters regarding movement potential and human activity on the streets, as explored here, are based on the theory of The Social Logic of Space (HILLIER, HANSON, 1984), which relates the spatial structure to social, economic and environmental phenomena. It has been examined the extent to which the spatial structure encourages street animation and how it relates to the permeability of private premises alongside the public realm. Results indicate that in the notoriously animated and popular meeting spots of Baía dos Golfinhos Avenue, the busiest areas are the ones topologically privileged, sided by non-residential buildings which open onto the street, whereas tracts that are highly accessible but offer poor building-street interfaces, show little or no animation. It is thus suggested that the informal occupation pattern prevalent in most settlements of the Tibau do Sul’s municipality – a segmented road grid coupled to a dense land parcelling filled with buildings directly permeable to the roads – favours pedestrian movement, whereas bulky plot occupation – usually impervious to the roadways – or the grounds left empty as land stock, inhibit pedestrian activity. This kind of occupation, mostly found in expansion areas, tends to a vehicle-dependent movement mode, which is poorer in animation, whose nuances may be explained by the combination of diverse levels of road accessibility and of public-private interface patterns. The construction of a road ring – also investigated – has had little impact on the access structure, while apparently contributing to extend the area of vehicle-dependent circulation. As a conclusion it is proposed that the architectural form of voids, the space, carries animation to where the architectural form of solids, the building interface, welcomes it.

14
  • JOSÉ VALDIVAN MARTINS JÚNIOR
  • PROCESSOS COLABORATIVOS E INTEGRAÇÃO DE PROJETOS COM AUXÍLIO DA PLATAFORMA BIM: Uma análise no meio profissional de Natal/RN

  • Orientador : HEITOR DE ANDRADE SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • EDNA MOURA PINTO
  • HEITOR DE ANDRADE SILVA
  • JOSYANNE PINTO GIESTA
  • Data: 31/07/2018

  • Mostrar Resumo
  • Dentre as tecnologias digitais usadas no processo de projeto de arquitetura destaca-se atualmente o BIM. Conforme Kowaltowski et al. (2013), o BIM traz a ideia de uma prática de projeto integrado, a partir das primeiras fases de projeto. Os diversos projetistas envolvidos no projeto participam de forma colaborativa desde o início da concepção, compatibilizando os projetos em um único modelo. Apesar de estudos sobre o uso do BIM no Brasil, percebe-se a necessidade de avanço em pesquisas sobre o tema, como estudos que reflitam as atuais dinâmicas do processo colaborativo e da integração de disciplinas com o auxílio das tecnologias BIM entre escritórios de arquitetura e engenharia. Nessa perspectiva, o objetivo geral deste trabalho é caracterizar processos colaborativos visando à integração de projetos, decorrentes da implantação de tecnologias BIM em escritórios de arquitetura de Natal/RN, enquanto os objetivos específicos são: compreender conceitualmente a tecnologia BIM, processos colaborativos e integração de projetos de arquitetura e complementares; levantar e compreender processos colaborativos que visam à integração de projetos com uso da tecnologia BIM entre escritórios de arquitetura e engenharia, considerando-se os contextos internacional, nacional e de Natal/RN; identificar categorias de processos colaborativos que visam a integração de projetos, considerando os casos analisados; e explorar o meio profissional de uso do BIM em Natal e no estado do Rio Grande do Norte (RN). Considerando os objetivos elencados, a pesquisa é do tipo exploratória. Como procedimentos metodológicos adotou-se o estudo de multicasos de processos de projeto colaborativos entre escritório de arquitetura e engenharia, levantados a partir de entrevistas semiestruturadas, e em seguida realizou-se a análise de conteúdo, conforme Bardin (2011). Paralelamente ao estudo de multicasos, realizou-se consulta online por meio de formulário eletrônico com os arquitetos do RN visando compreender o uso do BIM no processo de projeto.

    Os resultados apontam que, em relação aos casos analisados, Natal-RN apresenta dois cenários de colaboração: no primeiro os projetos complementares são modelados a partir de vínculos com a proposta de arquitetura, e em seguida faz-se a verificação de interferências, que não são realizadas automaticamente com ferramenta específica de revisão, mas no próprio software de modelagem com base na observação visual. Nesse cenário há maior possibilidade de inconsistência e redundância de dados. No segundo cenário, o processo colaborativo embora apresente semelhanças em relação ao anterior, quanto ao processo de modelagem e aos profissionais envolvidos, o uso de ferramentas específicas de coordenação e revisão durante a integração das disciplinas contribui para redução de inconsistências dos dados. Considerando-se a consulta online os resultados apontam que dois terços aproximadamente dos arquitetos do RN ainda usam aplicativos CAD no processo de projeto. Porém, a maioria pretende utilizar ferramentas BIM, o que configura uma tendência de crescimento no uso do BIM em Natal-RN. Desse modo, a partir dos resultados, conclui-se que há necessidade de avanços no meio profissional de Natal-RN quanto ao uso do BIM, tanto no aproveitamento dos recursos tecnológicos que potencializam os processos colaborativos dos escritórios, como nas práticas projetuais voltadas à colaboração com auxílio do BIM.


  • Mostrar Abstract
  • Among the digital technologies used in the architecture design process, BIM stands out. According to Kowaltowski et al. (2013), BIM brings the idea of an integrated project practice from the early stages of design. The various designers involved in the project participate in a collaborative way from the beginning of design, making the projects compatible in a single model. In spite of studies on the use of BIM in Brazil, it is necessary to advance in research on the subject, such as studies that reflect the current dynamics of the collaborative process and the integration of disciplines with the aid of BIM technologies between architecture and engineering. In this perspective, the overall objective of this work is to characterize collaborative processes aimed at the integration of projects, resulting from the implementation of BIM technologies in Natal/RN architecture offices, while the specific objectives are: to conceptually understand BIM technology, collaborative processes and integration of architectural and complementary projects; to raise and understand collaborative processes aimed at integrating projects using BIM technology between architecture and engineering offices, taking into consideration the international, national and Natal/RN contexts; identify categories of collaborative processes that aim to integrate projects, considering the cases analyzed; and explore the professional environment of use of BIM in Natal and in the state of Rio Grande do Norte (RN). Considering the objectives listed, the research is exploratory. As methodological procedures, the study of multiples of collaborative design processes between architecture and engineering offices, based on semi-structured interviews, was carried out, and content analysis was carried out, according to Bardin (2011). Parallel to the study of multicasos, an online consultation was done through an electronic form with the architects of the RN in order to understand the use of BIM in the design process. The results show that, in relation to the analyzed cases, Natal-RN presents two scenarios of collaboration: in the first, the complementary projects are modeled from links with the architecture proposal, and then the interference is verified, which does not are performed automatically with specific revision tool, but in the modeling software itself based on visual observation. In this scenario there is greater possibility of data inconsistency and redundancy. In the second scenario, the collaborative process, although presenting similarities to the previous one, regarding the modeling process and the professionals involved, the use of specific coordination and revision tools during the integration of the disciplines contributes to the reduction of data inconsistencies. Considering the online consultation the results indicate that approximately two-thirds of RN architects still use CAD applications in the design process. However, most intend to use BIM tools, which is a growing trend in the use of BIM in Natal-RN. Thus, from the results, it is concluded that there is a need for advances in the professional environment of Natal-RN regarding the use of BIM, both in the use of the technological resources that enhance the collaborative processes of the offices, and in the project practices aimed at collaboration with the help of BIM.

15
  • MARIANA FERNANDES DE MOURA MEDEIROS
  • Influência da temperatura de cor da luz no desempenho e sensações de alunos em baixa latitude

  • Orientador : ALDOMAR PEDRINI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALDOMAR PEDRINI
  • BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • GEORGE SANTOS MARINHO
  • RICARDO CARVALHO CABUS
  • Data: 31/07/2018

  • Mostrar Resumo
  • Essa pesquisa avalia a influência da temperatura de cor da luz artificial e sua integração com a luz natural no desempenho e sensações de alunos universitários, em clima quente em baixa latitude (5,84 S, 35,20 O). O tema foi motivado pela literatura quanto à interferência da iluminação artificial no ciclo circadiano das pessoas, que regula o sono, alerta, apetite, entre outras condições. Esse relógio biológico está relacionado às mudanças da temperatura de cor da luz natural ao longo do dia, de cor amarelada no nascer e pôr do sol, luz direta branca e azulada de céu durante o dia. A luz artificial não acompanha a temperatura de cor da luz natural e por isso se registra alterações no desempenho cognitivo, atenção, conforto visual e bem-estar. Como a literatura está concentrada em regiões de média e alta latitude, nessa pesquisa se questiona se essas influências da temperatura de cor da luz artificial também podem ocorrer em lugar com luz natural abundante, típica de baixa latitude. Os procedimentos da pesquisa consistiram em submeter voluntários adultos, alunos universitários, a teste de desempenho e questionário nos três turnos: manhã, tarde e noite. O Teste de Toulouse-Pierón foi escolhido para avaliar atenção e percepção por meio do número de acerto e índice de erro. O questionário foi aplicado em seguida ao teste para que os voluntários quantificassem, de 0 a 5, suas sensações de conforto luminoso, atenção, relaxamento e conforto ambiental. O ambiente foi iluminado com três tipos de lâmpadas fluorescentes: branca quente (3000K, amarelada), branca (4000K, neutra), e branca fria (6500K, azulada), e foram consideradas duas variações pela manhã e à tarde: integração com a luz natural e sem luz natural, por meio de obstruções nas janelas, sendo a noite estudado somente o efeito da luz artificial. Os registros foram analisados estatisticamente utilizando as técnicas de análise de variância (ANOVA) e regressão logística ordinal. O turno matutino foi o mais sensível às mudanças de iluminação, e constatou-se a tendência da lâmpada de cor azulada, de 6500K, ser a melhor opção para melhorar o desempenho, principalmente quando associada à luz natural, entre os três turnos, porque proporciona melhoria no nível de acerto e maior contribuição para o conforto em geral, atenção, e relaxamento.


  • Mostrar Abstract
  • This research assesses the influence of correlated color temperature (CCT) of artificial light and the integration with daylighting on academic students’ performance and sensations, in warm climate in low latitude (5,84 S, 35,20 W). The issue was motivated by the fact artificial light interferes in person's circadian cycle, which regulates sleep, alert, appetite, and other conditions. Such biologic clock is related to the daylight CCT hourly changes, from yellow at sunrise and sunset, to white direct sunlight and light-blue overcast daylight. The artificial light does not to match the sun’s own color shifts throughout the day and consequently disturbs the cognitive performance, attention, visual comfort and wellbeing sense. This research questions similar effect in low latitude, with abundant daylight availability, acknowledging the fact the literature regards, majority, light conditions in medium and high latitudes. The research procedures consist in assessing performance and sensations of volunteers, academic students, through test and questionnaire, during three periods: morning, afternoon and evening. Toulouse-Piéron's Test assessed attention and perception, measuring the speed and accuracy of a simple task. A following questionnaire was applied in order to quantify the self-declared sensations of lighting comfort, attention, relaxing and environment comfort, varying from null to five scale. Three different CCT fluorescent lamps available in the market were tested in a classroom, yellowish white (3000K, warm), bright white (4000K, neutral), blueish white (6500K, cold), integrated and non integrated with daylighting during morning and afternoon. The registers were statistically analyzed using the analysis of variance (ANOVA) and ordinal logistic regression, identifying morning as the only period influenced by CCT variations. The comparison among the three periods resulted in a tendency of blueish white light (6500K, cold), mainly when integrated to daylight, improving performance and comfort, attention and relaxing. 

Teses
1
  • RICARDO FERREIRA DE ARAUJO
  • A POÉTICA DA ECONOMIA NA ARQUITETURA: De um relato histórico da modernidade brasileira às perspectivas para a contemporaneidade.

  • Orientador : NELCI TINEM
  • MEMBROS DA BANCA :
  • NELCI TINEM
  • EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • ANA PAULA KOURY
  • GERMANA COSTA ROCHA
  • MARCIO COTRIM CUNHA
  • Data: 30/01/2018

  • Mostrar Resumo
  • A experiência construtiva em Sérgio Ferro, Rodrigo Lefèvre e Flávio Império, do Grupo Arquitetura Nova (GAN), ligada ao cenário político, cultural e artístico brasileiro dos anos 1960-1970, contribuiu para renovação da arquitetura moderna brasileira com uma proposta chamada de “poética da economia”. A proposta do GAN, se embasou no conhecimento técnico-construtivo trazidos de sua formação profissional – a influência de João Batista Vilanova Artigas e da Escola Paulista, herdando particularmente suas abordagens construtivas e o forte vínculo que ambos estabeleciam entre atuação política e prática profissional – e da experiência do operário, o trabalho executado no canteiro de obras, no qual o “esforço coletivo” apontava soluções econômicas, de baixo custo, o uso de tecnologias construtivas alternativas, não convencionais, livres de elementos supérfluos. A qualidade arquitetônica era resultado da aplicação sistemática de decisões pautadas na economia de meios. As experimentações baseavam-se na pré-moldagem de elementos construtivos que foram inicialmente empregados em projetos de residências destinadas à burguesia, mas que revelavam uma proposição inovadora à ser direcionada à habitação popular. A poética da economia no GAN levou alguns anos e somente encontramos o seu sentido, os fundamentos que a determina, quando observadas os escritos e reflexões do grupo em sua atuação profissional, a crítica ao canteiro de obras e as estratégias políticas para uma abordagem construtiva baseada nos fatores de economia: mínimo útil, mínimo construtivo e mínimo didático. O objetivo deste trabalho é investigar a origem destes três fatores econômicos no GAN e conceituá-los. Mostrar que a poética da economia, uma expressão arquitetônica ligada à modernidade brasileira também pode ser identificada em arquitetos contemporâneos ao grupo; e apresentar quais são as perspectivas para uma poética da economia na produção arquitetônica contemporânea.  


  • Mostrar Abstract
  • The experience in Sérgio Ferro, Rodrigo Lefèvre and Flávio Império, from the Arquitetura Nova Group, based on the Brazilian political, cultural and artistic context of the years 1960-1970. They contributed to renewal within the modern Brazilian architectural production by the "poetic and economics in architecture”. The proposal considered the technical knowledge of the academic formation. Artigas exerts influence on the group, as well as other São Paulo architects and their constructive approaches, the political position and the experience of the worker. The objective was to propose economic solutions, low cost, the use of alternative constructive technologies, unconventional, without superfluous elements. Architecture was the result of the systematic application of economic decisions. Their experiments were pre-molding, initially employed in projects of rich residences. However, it was an innovative proposition aimed at popular housing. The poetics of the economy took a few years to appear. We find its meaning when we observe the writings and reflections of the group in the professional performance, the critique of the construction site and the political strategies for a constructive approach focused on the minimum useful, minimum constructive and minimum didactic. This work will investigate the origin of these three economic factors. Show poetics and economy, an architectural expression linked to the Brazilian modernity identified in contemporary architects of the group; and present the perspectives for a poetic and economic architecture in the contemporary world.

2
  • DÉBORA NOGUEIRA PINTO FLORÊNCIO
  • AVALIAÇÃO DO MAPA SONORO DE TRÁFEGO VEICULAR NO MUNICIPIO DE NATAL/RN

  • Orientador : VIRGINIA MARIA DANTAS DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • VIRGINIA MARIA DANTAS DE ARAUJO
  • BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • RUTH MARIA DA COSTA ATAIDE
  • LUIZ ALESSANDRO PINHEIRO DA CAMARA DE QUEIROZ
  • ELCIONE MARIA LOBATO DE MORAES
  • MARIA LYGIA ALVES DE NIEMEYER
  • Data: 19/02/2018

  • Mostrar Resumo
  • A poluição sonora já é considerada, pela Organização Mundial de Saúde (OMS) a segunda maior causa de poluição no mundo. Num contexto geral, o desenvolvimento urbano foi acompanhado pelo crescimento acelerado das cidades e pelo aumento da circulação de veículos automotores, causando maiores níveis de poluição sonora. Os ambientes urbanos apresentam cenários acústicos complexos e seus estudos precisam considerar a participação de várias fontes sonoras. Ao avaliar possíveis soluções, os modelos computacionais se tornam facilitadores, uma vez que possibilitam a realização de rápidos cálculos, análises e relatórios. Com tal recurso, é possível conhecer os níveis de pressão sonora em qualquer ponto de uma área modelada, por meio de leitura direta no mapa sonoro. O problema da pesquisa consistiu em: de que forma se espacializa o ruído de tráfego no sistema viário no município de Natal? Para isso, levanta-se como hipótese que no município de Natal/RN, as vias definidas como arteriais e coletoras encontram-se em níveis de pressão sonora acima dos recomendados pela legislação. Portanto, esta pesquisa tem como objetivo geral avaliar a qualidade do ambiente sonoro e sua relação com a malha viária no município de Natal/RN, a partir do mapeamento do ruído de tráfego com auxílio de modelo computacional. Os procedimentos metodológicos consistiram na coleta e análise dos dados de tráfego, acústicos e mapas dos condicionantes físico-ambientais. Em seguida, foram elaborados os mapas sonoros processados através do software de simulação computacional. Tais mapas foram calibrados com base em dados quantitativos de medição acústica in loco. Como resultados, constatou-se que o fluxo veicular segue um padrão de crescimento com base em variáveis como largura e comprimento da via. E que existe forte correlação entre o fluxo veicular e os níveis de pressão sonora. O nível equivalente médio de ruído (LAeq, 7-22h) no município do Natal/RN apresenta 75.4% acima dos 55dB recomendado pela NBR 10151 (ABNT, 2000) e 15.3% excedente a 65dB, recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS, 1999). Na faixa lindeira (meio fio a 100m) 95.8% extrapolam os 65dB em vias arteriais. Por fim, a partir do diagnóstico dos atributos envolvidos, elaboraram-se as diretrizes para planejamento na acústica ambiental, com a finalidade de minimizar o impacto em relação ao ruído.


  • Mostrar Abstract
  • Sound pollution is already considered by the World Health Organization (WHO) to be the second largest cause of pollution in the world. In a general context, urban development was accompanied by the accelerated growth of cities and the increase in the circulation of motor vehicles, causing higher levels of noise pollution. Urban environments present complex acoustic scenarios and their studies need to consider the participation of various sound sources and their impact on the population of the city. When evaluating possible solutions, the computational models become facilitators, since they make possible quick calculations, analyzes and reports. With this feature, it is possible to know the sound pressure levels at any point in a modeled area by means of direct reading on the noise map. The research problem consisted of: in what way is the traffic noise spatialized in the road system in the municipality of Natal? For this, it is hypothesized that in the municipality of Natal / RN, the arterial and collector routes are found at sound pressure levels above those recommended by the legislation. Therefore, this research has as general objective to evaluate the quality of the sound environment and its relation with the road network in the city of Natal / RN. The methodological procedures consisted of the collection of traffic data (light and heavy vehicle flow), paving maps, gauge, densely green areas and road works. After the data collection, acoustic maps processed through the SoundPLAN® Software were elaborated and analyzed. These maps were calibrated based on quantitative acoustic measurement data in loco. When analyzing the results, it was verified that the vehicular flow follows a pattern of growth based on variables such as width and length of the track. The increase in the vehicular flow generates an increase in the sound pressure levels, and consequently almost the entire municipality is above the values recommended for comfort by the current legislation

3
  • RAFAELA SANTANA BALBI
  • A Poética do Projeto: A expressão tectônica de projetos arquitetônicos desenvolvidos em Trabalhos Finais de Graduação em Escolas Brasileiras de Arquitetura e Urbanismo

  • Orientador : MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GERMANA COSTA ROCHA
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MARCOS OSMAR FAVERO
  • NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
  • RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • Data: 17/04/2018

  • Mostrar Resumo
  • Nesta tese, questiona-se se os projetos arquitetônicos desenvolvidos em trabalhos finais de graduação em Arquitetura e Urbanismo expressam a preocupação com o lugar no que se refere à relação edifício-sítio e à escolha de materiais e sistemas construtivos, ou seja, se apresentam expressão tectônica no sentido framptoniano. O objeto de estudo desta tese é, então, a inserção da tectônica nos projetos de arquitetura desenvolvidos nos Trabalhos Finais de Graduação (TFG) de escolas de Arquitetura e Urbanismo do Brasil, entre os anos de 2009 e 2013. Como universo de análise foram utilizados TFG de quatro instituições de ensino selecionadas para análise, onde procurou-se compreender como os projetos de arquitetura desenvolvidos pelos discentes concluintes se expressam tectonicamente, no que diz respeito às dimensões topográfica e cultural do lugar considerando, especialmente, a importância da materialidade construtiva da arquitetura, sua expressão tectônica enquanto construção, assim como dos trabalhos acadêmicos de final de curso como fonte de investigação da formação profissional na área. A hipótese é que parte significativa dos estudantes dos cursos de Arquitetura e Urbanismo não explicita claramente, nos projetos arquitetônicos desenvolvidos em seus Trabalhos Finais de Graduação, o papel das particularidades do sítio/local de implantação na definição do partido e desenvolvimento das ideias iniciais, nem a influência do contexto cultural para a escolha dos materiais e sistemas construtivos adotados, o que se deve principalmente à prevalência de uma cultura projetual mais alicerçada na forma e na função, relegando as dimensões tectônicas a um segundo plano. A pesquisa utilizou procedimentos metodológicos analíticos e interpretativos por meio de observação direta e da análise dos Trabalhos Finais de Graduação na área de Projeto Arquitetônico de quatro escolas consideradas de referência nesse campo no Brasil. Os cursos de arquitetura e urbanismo (CAU) analisados se inserem nas seguintes instituições: Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Universidade Federal da Paraíba, Universidade de São Paulo e Universidade Estadual de Campinas. Foram realizados procedimentos técnicos de estudo de casos múltiplos, sendo a abordagem essencialmente de cunho qualitativo. Percebeu-se que há uma disparidade no formato de desenvolvimento dos Trabalhos Finais de Graduação das quatro escolas e que isto se deve em grande parte às normas específicas dos TFG em que são fixadas as diretrizes para o seu desenvolvimento. Além disto, os resultados obtidos nas análises dos Trabalhos Finais de Graduação foram confrontados com a bibliografia trabalhada, indicando a pertinência da análise destes projetos sob a ótica da tectônica framptoniana, que leva em consideração um grupo de características relativas ao sítio de implantação as quais, de acordo com o autor, são imprescindíveis ao exercício projetual. Os resultados obtidos permitiram, também, a comprovação da hipótese de pesquisa.


  • Mostrar Abstract
  • In this thesis, the question is if the architectural projects developed in final undergraduate works express the concern with the place, regarding the relation building-site and the choice of materials and constructive systems. In other words, what is the tectonic expression of the final undergraduate works in the framptonian sense. The thesis  subject of study is the insertion of the tectonics in the architecture projects developed in the final undergraduate works of Architecture and Urbanism schools of Brazil in the last five years. These universities were selected by their tradition in academic research and critical reflection in the area of architectural design, the recognition in teaching quality, the existence of a Post- Graduation in architecture project and the tradition in research and teaching in the area of technology. The purpose of the study is to understand how the architectural projects developed in the final undergraduate works of Architecture and Urbanism schools of  Brazil are expressed tectonically, considering the topographical and cultural dimensions of the place, especially, the importance of the constructive materiality of the architecture and the tectonic expression while Construction. The hypothesis is: a significant part of the students of the Architecture and Urbanism courses does not clearly demonstrated , in the architectural projects developed in their Graduation Final Work ,the consideration for the particularities of the site / place where the build will be placed to define the architectonic party and in the incial development of ideas. They also does not consider the cultural context before choosing materials and the constructive systems that it will be adopted. It happens , mainly because of the design culture more grounded in form and function, relegating the tectonic dimensions to a secondary plane. The research used, as a methodological procedure, the analytical and interpretative research by direct observation and analysis of the Final Work of Graduation, in the area of Architectural Design, of architecture and urbanism schools considered as reference in this field in Brazil. The work used technical procedures for multiple case studies, the approach being essentially of a qualitative nature. It has been realized that there is a disparity in the format of development of the Graduation Final Works from the schools and that this is due to the specific norms on the Final Works in which the guidelines are established for the development of the Works. In addition, it is believed that comparing what was perceived in the Graduation Final Works with the bibliography worked helped to perceive the pertinence of the analysis in these projects from the perspective of framptonian tectonics, taking into account a group of characteristics related to the implantation site that, according to the author, are essential, to the design exercise. The results obtained also allowed the confirmation of the research hypothesis.

4
  • CÍNTIA CAMILA LIBERALINO VIEGAS
  • EM BUSCA DE UMA AMBIÊNCIA HISTÓRICA: Transformações na forma urbana e percepção da historicidade do Sítio Histórico de Natal RN

  • Orientador : RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • CARMEN MARGARIDA OLIVEIRA ALVEAL
  • ANDRÉA QUEIROZ DA SILVA FONSECA REGO
  • MARIA BERTHILDE DE BARROS LIMA E MOURA FILHA
  • Data: 22/05/2018

  • Mostrar Resumo
  • O núcleo inicial da Cidade do Natal, classificado atualmente como Sítio Histórico Urbano pelo IPHAN, pouco modificou sua configuração espacial durante boa parte de sua história, começando a passar por modificações mais evidentes somente a partir do final do século XIX e se estendendo até a primeira metade do século seguinte, no contexto do processo de modernização urbana que se verificou em muitas cidades brasileiras. Essas modificações, no entanto, não foram capazes de alterar a forte carga historicista presente e inerente ao referido núcleo, diferentemente das alterações posteriores, ainda em curso, que parecem progressivamente interferir na percepção da historicidade do lugar. Diante desta problemática, na presente tese se questiona de que maneira as mudanças espaciais no Sítio Histórico de Natal (SHN) a partir da segunda metade do século XX afetam a historicidade que se faz presente na ambiência local, de acordo com a percepção dos residentes da cidade. Considera-se a hipótese de que a ambiência do Sítio Histórico de Natal está se distanciando de sua qualidade histórica, na medida em que suas características físicas, sociais, econômicas e culturais foram alteradas de maneira mais intensa nas últimas décadas. Toma-se, portanto, as transformações na forma urbana e a percepção da historicidade do SHN como objeto de  estudo, com o objetivo geral de compreender a historicidade do SHN na ótica de quem mora ou já morou na cidade e conhece o lugar. A pesquisa se desenvolve em torno de duas linhas teórico-metodológicas – a morfologia urbana e a percepção do ambiente – ambas em uma perspectiva histórica, e contempla os seguintes procedimentos: análise bibliográfica, documental e fotográfica; análise morfológica e estilística (auxiliada por inventário); questionários online acompanhados de fotografias e percursos sensíveis pelo SHN registrados em diário de campo da pesquisadora. Os resultados confirmam as muitas transformações na forma urbana do SHN e o reconhecimento delas pelos participantes da pesquisa, acompanhado de lamentações e insatisfações com o poder público, apontado como responsável pelo problema. Como consequência destas transformações, as opiniões dos participantes da pesquisa indicam que a historicidade local vem sendo prejudicada, apesar de ainda se sentirem envolvidos em uma ambiência histórica gerada por mínimos detalhes das fachadas das edificações e dos monumentos encontrados nos espaços públicos, que em alguns casos, confundem e transmitem de maneira equivocada o legado cultural local. As sensibilidades negativas se apresentaram sempre em contraste com as positivas e as materialidades da forma urbana se sobressaem em relação aos aspectos imateriais, circunstâncias que demonstram a necessidade de investimentos em uma efetiva Conservação Integrada do patrimônio cultural natalense.


  • Mostrar Abstract
  • The initial urban nucleus of the City of Natal, classified as Urban Historic Site by IPHAN (National Institute of Historical and Artistic Heritage), changed little its spatial configuration during most of its history, but started to undergo more significant changes since the end of the 19th century, extending into the first half of the following century, in the context of the urban modernization process that occurred in many Brazilian cities. These modifications, however, were not able to alter the strong historicist atmosphere which is both present and inherent in this nucleus, unlike subsequent modifications, still ongoing, that seem to be increasingly interfering in the perception of the historicity of the place. Having this issue as a starting point, this thesis raises the question of how the spatial changes in the Historical Site of Natal (SHN) that took place from the second half of the 20th century onwards have affected the historicity that is still part of the local ambience, as perceived by the city residents. The hypothesis put forward is that the ambience of the Historical Site of Natal is distancing itself from its historical quality, as its physical, social, economic and cultural features have been altered more intensively over the last decades. The thesis object matter is, therefore, the urban form transformations and the SHN historicity perception; its general objective is to understand the SHN historicity from the standpoint of those who live or have already lived and know the place. The research follows two theoretical and methodological paths – urban morphology and environmental perception – both of them within a historical approach. It also considers the following procedures: bibliographical and photographic analysis and the analysis of documents; morphological and architectural styles analysis (with the support of an inventory); online questionnaires containing photographs and sensitive walking itineraries taken in the SHN and noted down by the researcher in a field diary.  The results confirm the many transformations of the SHN urban form and their perception by those who took part in the survey, who regret and display dissatisfaction with the local government, seen as responsible for the problem. As a consequence of such transformations, the research participants opinions indicate that the local historicity has been threatened, even if they still feel involved in a historical ambience produced by minimal details visible on the buildings facades and on the monuments found in the public space which in some cases confuse and transmit the local cultural heritage improperly. The negative feelings are always presented in contrast with the positive ones and the materiality of the urban form is perceived better than the immaterial aspects. Such elements show the need for investment towards an effective Integrated Conservation policy for the cultural heritage of Natal.

5
  • ANDREA DE ALBUQUERQUE VIANNA
  • TURISMO, PROPAGANDA E PATRIMÔNIO:

    um encontro à luz de fragmentos da correspondência política de Oswaldo Aranha durante a Era Vargas (1930-1945).

  • Orientador : FRANCOISE DOMINIQUE VALERY
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DENIO SANTOS AZEVEDO
  • FRANCOISE DOMINIQUE VALERY
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • JOVANKA BARACUHY CAVALCANTI SCOCUGLIA
  • LUDIMILLA CARVALHO SERAFIM DE OLIVEIRA
  • Data: 25/07/2018

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho, desenvolvido a partir de pesquisa bibliográfica e documental, adotando como metodologia a Análise de Discurso, investiga a relação existente entre Turismo, Propaganda e Patrimônio e o Governo Federal, durante a Era Vargas (1930 a 1945), com o propósito de identificar o uso destas três áreas como ferramentas de suporte político e ideológico para o grupo varguista, então no poder. A partir de cartas selecionadas do arquivo da correspondência política de Oswaldo Aranha, disponíveis na base Access do Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil – CPDOC-, Escola de Ciências Sociais da Fundação Getulio Vargas – FGV, foi traçado um panorama do entrelaçamento da tríade Turismo-Propaganda-Patrimônio com os objetivos políticos de Getúlio Vargas naquele período. Observa-se o desenvolvimento turístico a partir da evolução dos meios de transportes, cuja expansão está ligada à chegada de companhias aéreas estrangeiras no Brasil, destacando-se as presenças alemã e norte-americana. Da propaganda identificam-se os artifícios utilizados para divulgar o Brasil no exterior por meio do apoio a publicações de livros (inglês e espanhol) e revistas (inglês), distribuídos apenas internacionalmente, da participação em eventos internacionais, da organização de exposições de arte, da abertura de agências de informações, agências de turismo e propaganda, agências de comércio do Brasil no exterior. Ainda neste item, observa-se a atuação do Departamento de Imprensa e Propaganda – DIP, no controle da propaganda interna, dos eventos e do turismo. Do patrimônio, percebe-se a busca por uma identidade nacional que pudesse, não apenas ser adotada como a essência dos brasileiros, e por isso mesmo, pudesse uni-los, mas seu uso para atender a públicos e objetivos diversos: internamente, deveria atender aos grupos hegemônicos - as elites -, e à população trabalhadora; externamente deveria despertar o interesse de empresários, investidores, políticos e da própria população estadunidense, apresentando o Brasil como um país cuja história vai além de tribos indígenas, negros, favelas e mocambos. Neste tópico, aborda-se a classificação de Ouro Preto como monumento nacional, a criação do SPHAN e seu propósito de defesa do patrimônio urbano-arquitetônico nacional. A ideia, presente na bibliografia estudada, nas matérias de jornais e revistas, e nas cartas de/para Aranha, era construir uma imagem positiva do Brasil, e seu governante, de maneira a conquistar a confiança internacional, não apenas de seus governantes, mas da população em geral, como forma de obter recursos financeiros e apoio político que garantissem o crescimento econômico do país, e sua segurança.


  • Mostrar Abstract
  • This work, developed from a bibliographical and documentary research, adopting as a methodology Discourse Analysis, investigates the relation between Tourism, Propaganda and Heritage and the Federal Government, during the government of Getúlio Vargas (1930 to 1945) in Brazil, with the purpose of identifying the use of these three areas as tools of political and ideological support for the group in power by the time. Based on selected letters from Oswaldo Aranha's political correspondence archive, available at the Access database of the Center for Research and Documentation of Contemporary History of Brazil (Centro para Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil - CPDOC), School of Social Sciences of the Getúlio Vargas Foundation (Escola de Ciências Sociais da Fundação Getúlio Vargas - FGV), an overview of interlacing of the triad Tourism-Propaganda-Patrimony with the political purposes of Getúlio Vargas in that period. The development of tourism was observed from the evolution of the means of transport, whose expansion is connected to the arrival of foreign airlines in Brazil, especially the German and North American. The advertising resources used to publicize Brazil abroad were the aid for publishing books (English and Spanish) and magazines (English) distributed only internationally, participation in international events, organization of art exhibitions, opening of information agencies, tourism and advertising agencies, Brazilian commercial agencies abroad. Also in this item, the Department of Press and Propaganda – (Departamento de Imprensa e Propaganda - DIP) in the control of internal advertising, events and tourism, stands out. In the field of Heritage, there was a perceive of a national identity that could be adopted as the essence of Brazilian and, furthermore, could unite them, but its use to meet the public and several objectives: internally, should meet to the hegemonic groups - the elites - and to the working population; externally it should arouse the interest of businessmen, investors, politicians and the US population itself, presenting Brazil as a country whose history goes beyond indigenous tribes, blacks, favelas and mocambos. In this topic, the classification of Ouro Preto as a national monument, the creation of SPHAN and its purpose of defense of the national urban-architectural patrimony are examined. The bibliography reflects the intentions of build a positive image of Brazil, and its governor, aiming to gain international confidence, from its rulers until the population in general, as a way to obtain financial resources and political support to guarantee the country's economic growth and security.

6
  • CAMILA FURUKAVA
  • ZONAS DE PROTEÇÃO AMBIENTAL E PROJETOS RODOVIÁRIOS: PRESSÕES E TRANSFORMAÇÕES ENTRE A ZONA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL 9 E O PROJETO RODOVIÁRIO DA AV. MOEMA TINOCO DA CINHA LIMA, NATAL/RN.

     

     

  • Orientador : MARIA DULCE PICANÇO BENTES SOBRINHA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA DULCE PICANÇO BENTES SOBRINHA
  • ALEXSANDRO FERREIRA CARDOSO DA SILVA
  • RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • LUCIANA ANDRADE DOS PASSOS
  • SILVANA FERRACCIU MAMERI
  • Data: 26/07/2018

  • Mostrar Resumo
  • A presente tese aborda o tema dos atributos socioambientais das zonas de proteção ambiental que afetam e são afetados por projetos rodoviários inseridos em dinâmicas metropolitanas. A motivação pelo referido tema se colocou a partir da observação de recorrentes ocupações nas Zonas de Proteção Ambiental – ZPA, por projetos rodoviários que implicaram na supressão de atributos socioambientais relevantes. Mais precisamente, identificou-se na década de 2000 que a ZPA 9, localizada na Zona Norte de Natal, no Rio Grande do Norte, ao recepcionar frações do projeto rodoviário da Av. Moema Tinoco da Cunha Lima, com incidência metropolitana, gerou diversos conflitos socioambientais possíveis de comprometer os objetivos de sua proteção. Diante dessa problemática, questionou-se como os atributos socioambientais foram considerados em instrumentos de planejamento urbano e em projetos rodoviários que tiveram algum tipo de incidência sobre zonas de proteção ambiental? Admitiu-se como pressuposto que, embora se verificassem avanços na proteção de ZPAs no âmbito do planejamento territorial, os atributos socioambientais de tais Zonas eram desconsiderados quanto a sua dimensão urbanística, não sendo reconhecidas nem as suas especificidades no nível do projeto rodoviário, nem os seus respectivos efeitos no processo de transformações socioespaciais impulsionados pelo referido projeto. Isso resultava no comprometimento dos objetivos de proteção das ZPAs e no êxito da implementação dos projetos de mobilidade urbana. Considerando o exposto, o objeto de estudo que norteia a presente tese é delimitado pelos atributos socioambientais da ZPA9 relacionados ao traçado do projeto rodoviário, ao marco legal e à dinâmica urbana. O objetivo é compreender a abordagem dos atributos socioambientais da ZPA 9 no projeto rodoviário da Av. Moema Tinoco, a partir da dimensão urbanística do projeto rodoviário, legislação urbana e ambiental e transformações no uso e ocupação do solo da ZPA 9. No campo teórico-metodológico, são referências principais os estudos de Raquel Tardin (2008), como suporte a análise dos atributos socioambientais, e Jan Gehl (2013) como base para a análise do projeto rodoviário em sua dimensão humana. Ambos analisam o espaço a partir da relação homem/natureza. A tese está estruturada em três capítulos e conclusão. O primeiro capítulo apresenta as referências teórico-metodológicas que fundamentaram as análises da tese. O segundo, apresenta a caracterização dos atributos socioambientais e o processo de reconhecimento da ZPA 9. O terceiro capítulo aborda o projeto rodoviário sobre a ZPA 9, discutindo notadamente, efeitos e tendências de transformação do uso e ocupação do solo da ZPA 9 influenciados pelo projeto rodoviário. Por fim, à guisa de conclusão apresenta que mesmo frente aos avanços na proteção de ZPAs no âmbito do planejamento territorial, os atributos socioambientais continuam a ser pouco reconhecidos para a concepção de projetos rodoviários fragilizando tanto a proteção ambiental, quanto o funcionamento do próprio projeto rodoviário.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis approached the theme of the socioenvironmental attributes of environmental protection zones which affect and are affected by road projects inserted in metropolitan dynamics. The motivation for this work came from observing recurring occupations in environmental protection zones (EPZs) by road projects, which implied in the suppression of relevant socioenvironmental attributes. More precisely, it was identified in the 2000s that the EPZ 9, located in the northern zone of Natal, Rio Grande do Norte, when receiving fractions of the road project for the Moema Tinoco da Cunha Lima avenue, with metropolitan incidencies, generated many socioenvironmental conflicts with potential to compromise the objectives of its protection. In the face of this problem, it was questioned: how were the socioenvironmental attributes considered in instruments of urban planning and in road projects which had some kind of incidence over environmental protection zones? It was assumed that, even though advances were observed in the protection of EPZs in the scope of territorial planning, the socioenvironmental attributes of these zones were not taken in consideration regarding their urbanistic dimension, with their specific aspects at road project level, nor their respective effects in the process of sociospatial transformations impulsed by the reffered project being taken into consideration. This resulted in the compromising of the protection objectives of those EPZs and the success of implementing urban mobility projects. Considering what was exposed, the object of study of this thesis was delimited by the socioenvironmental attributes of the EPZ 9 related to the strokes of the road project, legal framework and urban dynamic. The objective was to comprehend the approach towards the socioenvironmental attributes of the EPZ 9 in the road project of the Moema Tinoco avenue, starting from the urbanistic dimension of the road project, urban and environmental legislation and the transformations in soil occupation and use in the EPZ 9. In the theoretic-methodological field, the main references are the studies of Raquel Tardin (2008), as to support the analysis of the socioenvironmental attributes, and Jan Gehl (2013) as a basis for the analysis of the road project in its human dimension. Both analyze the space from the relation between man and nature. This thesis is structured in three chapters and a conclusion. The first chapter shows the theoretic-methodological  references which lay foundation for its analysis. The second shows the characterization of the socioenvironmental attributes and the process of the social recognition of the EPZ 9. The third chapter approaches the road project over the EPZ 9, discuting notoriously the effects and tendecies in the transformation of the use and occupation of the soil in the EPZ 9, influenced by the road project. Lastly, the conclusion shows that, even in the face of the advances in the protection of EPZs in the scope of territorial planning, the socioenvironmental attributes are still not being recognized enough in the conception of road projects, weakening both environmental protection and the functioning of road projects. 

7
  • ANA GOMES NEGRÃO
  • Painel compósito de fibra da folha do abacaxizeiro e resina vegetal para uso na arquitetura

  • Orientador : EDNA MOURA PINTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDNA MOURA PINTO
  • EDVALDO AMARO SANTOS CORREIA
  • LUCINEIDE BALBINO DA SILVA
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MARCOS SILVA DE AQUINO
  • VIRGINIA MARIA DANTAS DE ARAUJO
  • Data: 27/07/2018

  • Mostrar Resumo
  • Observa-se, atualmente, a retomada de pesquisas, nos âmbitos nacional e internacional, que buscam materiais alternativos aos convencionalmente utilizados pela indústria, com destaque para os resíduos da biomassa, como as fibras e resinas vegetais, na busca por minimizar os problemas causados ao meio ambiente e substituir produtos nocivos ao ser humano. Esta pesquisa teve como objetivo principal confeccionar materiais compósitos com fibras da folha do abacaxizeiro, neste trabalho também denominada de PALF, e o poliuretano bi-componente derivado do óleo de mamona, destinados à produção de componentes arquitetônicos e mobiliários. Em relação ao abacaxizeiro, o Brasil é um dos maiores produtores e exportadores no cenário mundial, sendo que os estados da Paraíba e do Rio Grande do Norte estão entre os maiores produtores nacionais. Portanto, para o desenvolvimento desta pesquisa, procurou-se organizá-la em três etapas, Etapa I: Aprofundamento e atualização do conteúdo teórico e documental relacionado ao tema em estudo, e sistematização e análise do material coletado; Etapa II: Procedimento experimental – moldagem dos compósitos e realização dos ensaios; e Etapa III: Análise da viabilidade de uso dos compósitos para confecção de componentes arquitetônicos. Para a confecção dos compósitos foram consideradas quatro variações do teor de fibras – 0%, 15%, 30% e 40%. Após o processo de moldagem, que ocorreu por compressão e à temperatura ambiente, foram realizados os ensaios físicos – teor de umidade, absorção de água e inchamento em espessura –, ensaios mecânicos – flexão, tração e impacto – e análise térmica – TGA/DTA. Como resultados, deve-se apontar que se verificou uma crescente nos valores encontrados, quando considerados os teores de PALF nos compósitos, ou seja, compósitos com maiores quantidades de fibras apresentaram maiores resistências mecânicas, porém, maiores índices de retenção de umidade, absorção de água e inchamento em espessura. Os resultados dos ensaios mecânicos mostraram-se acima dos estipulados como mínimos pelas normativas e especificações técnicas analisadas, e aproximados das pesquisas correlatas, e os físicos atenderam aos valores definidos pelos documentos citados. A densidade dos compósitos variou entre 610 kg/m3 e 800 kg/m3, mostrando-se possível a classificação como painéis compósitos, conforme o documento ANSI A208.1/2006. Os compósitos com os teores de 30% e 40% de PALF foram os mais recomendados para uso na arquitetura. A modelagem paramétrica mostrou-se importante para enfatizar a possibilidade do uso de painéis compósitos de PALF e resina vegetal para a confecção de componentes arquitetônicos e mobiliários, confirmando a coerência da análise comparativa entre os resultados das caracterizações físicas e mecânicas, e as normativas vigentes nos âmbitos nacional e internacional para painéis compósitos. A partir do conteúdo exposto, pode-se destacar a abrangência de pesquisas relacionadas com o desenvolvimento de novas tecnologias e materiais alternativos, com foco da aplicação na arquitetura e engenharias.


  • Mostrar Abstract
  • Nowadays is possible to observe the return of research, even in national or international context, that seeks alternative materials instead conventional ones, in industrial uses, with emphasis in biomass residue, as fibers and vegetal resin, looking to minimize the problems caused to natural environment and to substitute harmful products to human been. This research aims to produce composite materials with pineapple leaf fiber, designed in this work as PALF, and bi-component polyurethane derived from Castor Oil, destined to architectonical components and furniture production. Brazil is one of the biggest world producers and exporter of pineapple, and the states of Paraíba and Rio Grande do Norte are the largest producers in the country. So, to develop this work, the research was organized in three steps: Step I – Analysis of theoretical and documental contend related to study theme, and systematization and analysis of collected material; Step II – Experimental procedure: composite modelling and essay; Step III – Use viability analysis of composites to architectonical components manufacture. To produce these composites was tested four fiber concentrations variations, 0%, 15%, 30% and 40%. After modelling process, that was done by compression at room temperature, the physical essays was accomplished – humidity content, water absorption, and thickness grow; mechanical essays – flexion, tension, and impact – and thermal analysis – TGA/DTA. As results, must be said that the values increases when considered the PALF concentrations in composites, so, composites with bigger quantity of fibers shows better mechanical resistance, however, higher humidity content, water absorption and thickness grow. The results of mechanical essays are above of the minimal standards defined by technical specifications used, and very similar of the correlates researches; the physical essays comply with these standards mentioned. The composites varies from 610 kg/m3 to 800 kg/m3, showing to be possible to classify as composites panels, as standard ANSI A208.1/2006. The panels made with concentrations of 30% and 40% of PALF was the most appropriate for use in architecture. The parametrical modelling shows itself important to emphasize the possibility of the use of composite panels from PALF and Castor Oil to manufacture architectonical components and furniture, confirming the coherence of the comparative analysis between physical and mechanical results, the actual standards in national and international scenery for composites panels. Must be highlighted the extend of related researches with the develop of new technologies and alternative materials, aiming architectural and engineering applications.

8
  • HUDA ANDRADE SILVA DE LIMA
  • INCORPORANDO A METRÓPOLE FUNCIONAL: a produção imobiliária empresarial em Natal e nas cidades do entorno, período de 2011 a 2016.

  • Orientador : ANGELA LUCIA DE ARAUJO FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANGELA LUCIA DE ARAUJO FERREIRA
  • ALEXSANDRO FERREIRA CARDOSO DA SILVA
  • MARIA DULCE PICANÇO BENTES SOBRINHA
  • LUIZ ALESSANDRO PINHEIRO DA CAMARA DE QUEIROZ
  • MARIA BEATRIZ CRUZ RUFINO
  • NORMA LACERDA GONÇALVES
  • Data: 08/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • Os sítios afastados da intensa dinâmica imobiliária da Região Metropolitana de Natal (RMN)/ Brasil – como os municípios de Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba e Extremoz – revelam transformações do solo rural (ou semirrural) em urbano a partir do espraiamento da oferta de novos lotes, casas e apartamentos; consolidando padrões de expansão da periferia e da ampliação do estoque de imóveis residenciais em ocupações com ausência de qualificação de equipamentos urbanos, redes de infraestrutura urbana e serviços compatíveis a demanda dos usuários. Já, nas regiões com ativo processo de verticalização como as áreas centrais da cidade do Natal e as suas localidades limítrofes aos municípios referidos anteriormente – os trechos de transbordamento entre eles – intensificam a densidade populacional e sobrecarregam o sistema de infraestrutura/ serviços urbanos. Ao longo dos últimos 15 anos, o desenho resultante da atuação dos agentes imobiliários – construtores, investidores, usuários e poder público – potencializa e repercute na ocupação do tecido urbano por novos empreendimentos imobiliários residencial da RMN e gera o debate sobre a questão: de que maneira as recentes atuações dos agentes imobiliários conduzem e concretizam as tomadas de decisões locacionais dos incorporadores envolvidos no arranjo do processo de produção em massa de domicílios da Metrópole Funcional (MF) de Natal – composta pelos municípios de Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Extremoz e Macaíba – entre os anos de 2011 e 2016? Tem-se, portanto, como objetivo geral compreender a participação atual da dinâmica imobiliária empresarial na configuração socioespacial da Área Metropolitana de Natal, capital do Rio Grande do Norte. Para alcançar tal propósito, parte-se da análise de dados empíricos coletados em Registros de Incorporações nos Cartório de Imóveis – inscritos entre anos de 2011 a 2016, das cidades citadas anteriormente –, referentes à caracterização do empreendimento; da natureza do incorporador; e, dos agentes financeiros.  A partir das contribuições teórico-metodológicas, evidencia-se que a quantificação de oferta de empreendimentos residenciais estrutura a MF por ritmos acentuados em Parnamirim e São Gonçalo do Amarante e pela tendência da expansão urbana com descontinuidade territorial em direção a Macaíba. O panorama geral é de repetições de padrões de preços do solo e da oferta e do faturamento dos incorporadores, conforme a localização dos empreendimentos no território. A pesquisa sustenta o argumento de que quanto mais se aproxima ao eixo imobiliário-turístico da MF – orla marítima e Zonas Sul e Leste da cidade de Natal – os incorporadores investem elevados recursos financeiros e alcançam demasiadas taxas de lucratividades.


  • Mostrar Abstract
  • The places away from the intense dynamic real estate of Metropolitan Region of Natal (RMN)/ Brazil – as the municipalities of Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba and Extremoz – reveal transformations of the rural (or semi rural) land in urban from the spreading from the spreading of the supply of new plots, houses and apartments; consolidating standards of expansion of the periphery and of the increase in the stock of residential real estate in occupations with no qualification of urban equipment, urban infrastructure networks and services compatible with user demand. In regions with intense verticalization process by the center city of Natal and their localities bordering the municipalities referred to above – in parts of overflow between them – intensifying the population density and overloading the infrastructure/ urban services system. In the last 15 years, the resulting design of the action of real estate agents - builders, investors, users and public authorities – strengthens and repercussions on the occupation of urban land for new residential real estate enterprise of RMN and generates the debate on the issue: how do the recent actions of real estate agents lead and concretize the locational decisions of the incorporators involved in the arrangement of the mass production process of domiciles from Functional Metropolis (MF) of Natal – composed of the municipalities of Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Extremoz e Macaíba – between the years 2011 and 2016? Therefore, the general objective is to understand the current participation of the real estate business dynamics in the socio-spatial configuration of Metropolitan Area of Natal, capital of Rio Grande do Norte. To achieve this purpose, part of the analysis of empirical data collected in Incorporation Register – registered between years from 2011 to 2016, of the cities mentioned – , such as those related to the characterization of the enterprises; of the incorporator; of the legal structure of real estate incorporation; and, of financial agents. From the theoretical-methodological contributions, it is evident that the quantification of supply of residential enterprises structure the MF by accented rhythms in Parnamirim and São Gonçalo do Amarante and the tendency of urban expansion with territorial discontinuity toward Macaíba. The general panorama is of pattern repetitions of land prices and of offer and of billing of incorporators according to the localization of the enterprises in the territory. The research supports the argument that the closer it gets to the real estate-tourist axis of MF – seafront and South and East Zones of the city of Natal – the incorporators invest large financial resources e and reach high profit rates.

     

9
  • MIRIAM DE FARIAS PANET
  • UM FUTURO CONFORTÁVEL:  Modelagem preditiva de sensação térmica de pessoas idosas em localidade do semiárido paraibano

  • Orientador : VIRGINIA MARIA DANTAS DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • VIRGINIA MARIA DANTAS DE ARAUJO
  • ALDOMAR PEDRINI
  • JULIANA MARIA GAZZOLA
  • ANTÔNIO SOUTO COUTINHO
  • LEONARDO MARQUES MONTEIRO
  • Data: 23/11/2018

  • Mostrar Resumo
  • O tema da sensação térmica de pessoas idosas, analisado em ambientes residenciais, tem sido pouco explorado no país. A maioria dos estudos desenvolvidos tem como objeto o conforto térmico de pessoas jovens em edificações escolares. Apesar disso, sabe-se que o número de pessoas idosas está aumentando em muitos países e, no Brasil, estima-se que em 2050 essa população passará do triplo daquela existente em 2010, representando 29,75% dos brasileiros. Com o envelhecimento do corpo humano acontecem algumas alterações fisiológicas, que comprometem a ação dos mecanismos de regulação térmica, influenciando negativamente a sensação térmica do indivíduo. Em clima quente, o calor extremo pode afetar a saúde dessa população que tem, como fator agravante, os riscos com a hipertermia e a desidratação. Desse modo, objetiva-se construir um modelo preditivo para determinar o índice de conforto térmico para pessoas idosas em região de clima quente, considerando sua sensibilidade na percepção das alterações climáticas na cidade de Campina Grande/Paraíba. Para tanto, realizou-se o estudo observacional durante os meses de abril a dezembro de 2016, com 340 pessoas (com idade superior a 60 anos, não acamadas e saudáveis) no interior de suas residências, na cidade objeto de estudo, localizada no semiárido paraibano. Os dados coletados foram analisados por técnicas estatísticas inferenciais, e as respostas das unidades amostrais (pessoas idosas) às categorias de sensação térmica (quente, confortável e frio) foram transformadas em estimativas de probits para a determinação dos parâmetros de conforto térmico. Com a técnica estatística de modelagem multivariada (correlação canônica) foi determinado o índice de conforto térmico para pessoas idosas (ICTI). Os resultados do ICTI comprovaram a hipótese de que as pessoas idosas são mais sensíveis ao frio e mais tolerantes ao calor, em regiões de clima quente. Por fim, conclui-se que o ICTI representa, com 95% de confiança dentro das condições estudadas, o comportamento da sensação térmica de pessoas idosas residentes em Campina Grande/PB.


  • Mostrar Abstract
  • The thermal sensation of elderly people in their home environment has not been explored much in Brazil. Most studies focus on the thermal comfort of young people. However, the number of elderly people is growing in many countries, and in Brazil this population is estimated to more than triple by 2050 in relation to 2010, which will mean 29.75% of the entire Brazilian population. The ageing of the human body entails a number of physiological changes that impair the body's thermal regulation mechanisms and exert a negative influence over the individual's thermal sensation. In hot climates regions, extreme heat may have an impact on the health of this population, who are exposed to aggravating risks of hyperthermia and dehydration. Our objective is to build a predictive model to determine the index of thermal comfort for the elderly in a hot climate zone, taking into account their perception of weather variations in the city of Campina Grande city, situated in Paraíba State, Brazil. For that purpose, an experimental study was carried out between April and December 2016 with 340 not bedridden, healthy people aged over 60 inside their homes, in the subject city located in the semi-arid region of the State of Paraíba.  The analytical study was based on inferential statistical analyses, and the responses of the sample units (elderly people) to thermal sensation categories (hot, comfortable and cold) were transformed in Probit estimations to elaborate thermal sensation graphs and determine thermal comfort parameters. Then, by applying the statistical technique of multivariate analysis (canonical correlation analysis) the thermal comfort index for elderly people (TCIEP) was determined. The results confirmed the hypothesis that elderly people are more sensitive to cold and more tolerant to heat in hot climate regions.  Finally, it was concluded that the TCIEP represents, with a 95% confidence level, the thermal sensation behavior of elderly people in the city of Campina Grande.

2017
Dissertações
1
  • TAMÁRIS DA COSTA BRASILEIRO
  • Mapeamento Sonoro: Estudo do ruído urbano no bairro Castelo Branco, em João Pessoa/ PB.

  • Orientador : BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • ELCIONE MARIA LOBATO DE MORAES
  • VIRGINIA MARIA DANTAS DE ARAUJO
  • Data: 25/01/2017

  • Mostrar Resumo
  • As fontes sonoras propagadas no espaço urbano, em especial o ruído gerado pelos veículos automotivos, têm elevado os índices de poluição sonora nas grandes cidades. Para avaliação e controle do ruído ambiental, surgem os mapas sonoros, que permitem representar, mediante as curvas isofônicas, os níveis de pressão sonora atuantes no espaço urbano. Nesse contexto, o presente estudo objetiva avaliar o impacto sonoro provocado pelo ruído de tráfego no bairro Castelo Branco, em João Pessoa/ PB, por meio de simulações computacionais no software SoundPLAN®. Foram analisadas três situações sonoras distintas: cenário atual no período de férias, cenário atual no período de aulas e cenário hipotético de predição para o ano de 2026. Como resultado, observou-se que o bairro está fragmentado em duas áreas acústicas: a primeira, com índices sonoros mais amenos, é representada pelo campus da UFPB; a segunda, com níveis sonoros mais intensos, é a área de uso predominantemente residencial. Os níveis sonoros resultantes, nos três cenários, nos períodos diurno e noturno, encontram-se acima dos valores recomendados pela legislação. Houve pouca diferença sonora entre o cenário atual de férias e o de aulas. A morfologia urbana do bairro, em especial a vegetação densa e os acentuados desníveis topográficos, desempenha importante papel de atenuação sonora. Os pontos críticos de ruído urbano presentes no Castelo Branco, atingindo 83dB(A), são encontrados nas margens da Rodovia BR 230, nas rotatórias e nas vias arteriais.


  • Mostrar Abstract
  • The sound sources propagated in the urban space, in particular the noise generated by automotive vehicles, have raised the levels of noise pollution in big cities. For the evaluation and control of the environmental noise, sound maps have appeared, which allows to represent, through the isophonic curves, the sound pressure levels active in the urban space. In this context, the present study aims to evaluate the noise impact caused by traffic noise in the Castelo Branco neighborhood, in João Pessoa / PB, through computational simulations in SoundPLAN® software. Three different sound situations were analyzed: current scenario in the vacation period, current scenario in the class period and hypothetical scenario of prediction for the year 2026. Three different sound situations were analyzed: current scenario in the vacation period, current scenario in the class period and hypothetical scenario of prediction for the year 2026. As a result, it was observed that the neighborhood is fragmented into two acoustic areas: the first one, with smoother noise levels, is represented by the UFPB campus; The second one, with more intense sound levels, it is the area of predominantly residential use. The resulting sound levels in the three scenarios during the day and night periods are above the values recommended by the legislation. There was little sound difference between the current holiday and classroom settings. The urban morphology of the neighborhood, especially the dense vegetation and the accentuated topographic differences, plays an important role of sound attenuation. The urban noise critical points, in Castelo Branco, reaching 83dB (A), are found on the edges of the BR 230 highway, in the rotations and in the arterial ways.

2
  • BARBARA GONDIM LAMBERT MOREIRA
  • Belos Panoramas, Matizes Imaginários: A cidade oitocentista das províncias do norte na obra de Charles Landseer e William Burchell (1825-1830)

  • Orientador : GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • PAULO JOSE LISBOA NOBRE
  • JOSE TAVARES CORREIA DE LIRA
  • Data: 30/01/2017

  • Mostrar Resumo
  • A representação da paisagem brasileira das primeiras décadas do século XIX configurou-se como um importante tema para a construção da identidade imagética do Império; inserido neste corpus iconográfico, destaca-se a produção de viajantes europeus que, sob as mais distintas insígnias, relataram à bico de pena, aquarelas e tintas, as mudanças na colônia recém alçada à condição de sede do Império português. Esta produção pictórica auxiliou na construção do que se convencionou como paisagem urbana brasileira do Oitocentos, permeou pelos estudos e foi consolidada e legitimada pela historiografia ao longo da primeira metade do século XX. Esta dissertação propõe analisar as representações iconográficas da paisagem urbana das províncias de Pernambuco, da Bahia e do Grão-Pará realizadas no primeiro quartel do século XIX por dois viajantes ingleses: William John Burchell e Charles Landseer.  Pretende-se observar nas perspectivas que se abrem a partir da leitura que os manuseios dessas imagens oferecem, o vislumbre de uma via de acesso distinta para interpretar o complexo quadro da paisagem urbana das vilas e cidades brasileiras da primeira metade do século XIX. Membros da Missão Diplomática Inglesa, chefiada por Sir Charles Stuart e cujo objetivo era a negociação do reconhecimento por parte de Portugal do recente império brasileiro, foram designados a retratar e documentar o trajeto em solo brasileiro da comitiva. A análise fundamentou-se na revisão bibliográfica, com enfoque na problematização do material iconográfico produzido por Burchell e Landseer como fonte historiográfica sobre o assunto e na análise da iconografia elencada por meio de sua leitura formal e interpretativa.  O material iconográfico revela transformações históricas vividas pela sociedade ao qual pertence; contudo, há mais neste discurso: obras de arte não são espelho, nos transmitem aspectos da realidade a partir de estratagemas: ora deslocando ou desfocando elementos, ora redimensionando aspectos do real. Investidas de caráter documental desde a sua produção, a obra dos dois viajantes relativas às paisagens urbanas das províncias mostrou-se permeada por esquemas figurativos, cujo emprego adiciona camadas de significação ainda pouco exploradas.


  • Mostrar Abstract
  • The representation of the Brazilian landscape of the early nineteenth century set up as an important issue for the construction of imagery identity of the empire; inserted in this iconographic corpus, there is the production of European travelers who, under the most distinctive insignia, reported to pen and ink, watercolors and inks, changes in the colony just heave the seat condition of the Portuguese Empire. This pictorial production helped in the construction of what is as Brazilian urban landscape of the nineteenth century, permeated the studies and has been consolidated and legitimized by historiography during the first half of the twentieth century. This thesis aims to analyze the iconographic representations of the urban landscape of the provinces of Pernambuco, Bahia and the Grand Para held in the first quarter of the nineteenth century by two English travelers: William John Burchell and Charles Landseer. It is intended to observe the perspectives that open from reading the handlings of these images offer the glimpse of a different approach for interpreting the complex picture of the urban landscape of Brazilian towns and cities in the first half of the nineteenth century. Members of the Diplomatic English Mission, headed by Sir Charles Stuart, whose goal was the negotiation of the recognition by Portugal of the recent Brazilian Empire, were designed to depict and document the path on Brazilian soil of the entourage. The analysis was based on the literature review, focusing on questioning the iconographic material produced by Burchell and Landseer as a historiographical source on the subject and analysis of iconography selected through formal and interpretative reading. The iconographic material reveals historical transformations experienced by the society to which it belongs; however, there is more in this speech: works of art are not mirror, give us aspects of reality from stratagems: either shifting or blurring elements, now resizing aspects of the real. documentary character of investees from its production, the work of two travelers on urban landscapes of the provinces proved to be permeated by figurative schemes whose job adds layers of meaning still little explored.

3
  • RAFAEL OLIVEIRA FERNANDES
  • DESEN.P.A.C.A. – Desenvolvimento de programação arquitetônica de conforto ambiental: uma experiência acadêmica utilizando jogo de tabuleiro.

  • Orientador : BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MARCELLA SAVIOLI DELIBERADOR
  • Data: 13/03/2017

  • Mostrar Resumo
  • Com o desenvolvimento de novos produtos e tecnologias e o surgimento de novas demandas ambientais, econômicas e sociais, os edifícios e sistemas prediais estão cada vez mais complexos, e os projetistas cada vez mais interessados em entender a concepção dessas construções. Nas primeiras fases do processo de desenvolvimento de projeto o controle é maior, as alterações apresentam menores demandas de tempo, o que resulta em soluções mais eficientes. Assim posto, é essencial - por parte do projetista - uma compreensão clara das atividades, problemas, necessidades e condicionantes do projeto envolvidas nessa etapa inicial, evitando confusões e erros. Os métodos de “programação arquitetônica” têm a função de fornecer ao projetista um olhar sistemático acerca dos reais problemas envolvidos na concepção de espaços projetados, preocupação que deve ser introduzida aos profissionais durante a sua formação nos cursos de graduação. Posto isso, o presente trabalho tem como foco o estudo do programa de necessidades com ênfase nos fatores de conforto ambiental - dos espaços externos à edificação. Como uma forma de abordagem de treinamento eficiente, foi utilizada uma técnica denominada “gameficação”, utilizando jogos para tornar as atividades mais divertidas e engajadoras. Nessa perspectiva, esse trabalho tem como objetivo geral desenvolver um jogo como ferramenta de ensino de arquitetura baseado na programação arquitetônica. A proposta foi desenvolvida em forma de jogo de tabuleiro e vislumbrou a capacitação dos alunos na definição de diretrizes projetuais de conforto ambiental a partir da análise cruzada das variáveis de conforto térmico, lumínico e acústico. O jogo possibilitou uma dinâmica diferenciada em sala de aula, estimulando os alunos no trabalho em equipe e propiciando a eles uma visão completa dos reais problemas de conforto ambiental a serem trabalhados durante o desenvolvimento do projeto. 


  • Mostrar Abstract
  • The development of new products and technologies and the emergence of new environmental, economic and social demands, buildings and buildings systems are even more complexes and the designers even more interested in understanding the conception of it. This control is more effective at the initial phase of the process of project design, where the changes have less costs of time, resulting in better solutions. Then, an clear understanding of activities, problems, need and project requirements involved at this phase is required by the designer, avoiding confusion, mistakes and misunderstandings. In order to help this control, there are methods such as “architecture programing”, that provides to designers a systematic overview above the real problems involved in the conception of designed spaces, concern that should be introduced to professionals during their professional formation. Among all the complexity involved in project design, the present work focuses on factors of environmental comfort from external areas of buildings. The gamification techniques were used as an efficient training approach, by integrating games concepts to transform the activities more fun and engaged. In this perspective, this work aims to develop a game as a teaching tool for architecture based on architectural programming. The game was designed as a board game, with the main objective to training the students about project guidelines definition of environmental comfort by the crossed analysis of thermal, lighting and acoustic comfort. The game enabled to introduce a different dynamic at the classroom, engaging the students in teamwork and providing them an overview of the real problems of environmental comfort to be solved during the design of building projects. 

4
  • LAURA BARROS GARCIA HERNANDES
  • ENTRE O PROJETADO E O CONSTRUÍDO:

    UMA ANÁLISE SOBRE MODIFICAÇÕES DOS PROJETOS ARQUITETÔNICOS DO CAMPUS CENTRAL DA UFRN, DURANTE O PROCESSO DE EXECUÇÃO (2008 – 2016)

  • Orientador : MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MÔNICA SANTOS SALGADO
  • Data: 28/04/2017

  • Mostrar Resumo
  • O projeto de arquitetura e suas prescrições nem sempre são fielmente executados. Através de observações baseadas na prática da profissão, notou-se que há frequentemente modificações nos projetos arquitetônicos executivos durante a etapa da construção. Muitas vezes, tais modificações ocasionam diversos entraves, como alteração de projetos complementares para compatibilização com a nova arquitetura, interrupção da execução até a resolução definitiva do projeto, desperdício de material, trabalho extra da mão-de-obra, aditivos nos contratos de execução, dentre outros. Assim sendo, formulamos a seguinte questão-problema: Por que projetos arquitetônicos executivos são modificados com frequência durante a execução da obra, especialmente no setor público, e que fatores são responsáveis por estas modificações? Como possível resposta a este questionamento, formula-se a hipótese de que fatores de ordem técnica, financeira e temporal, de modo geral relacionados à gestão dos processos de projeto, explicam os motivos pelos quais os projetos arquitetônicos executivos são modificados durante a construção. O campus central da UFRN, localizado no município de Natal, foi escolhido como recorte espacial pela quantidade e diversidade de novas edificações, uma vez que, a partir do ano de 2008, a ampliação da infraestrutura física da universidade foi intensificada pelos recursos do REUNI (Reestruturação e Expansão das Universidades Federais). O recorte temporal (2008 a 2016) foi definido de acordo com os tipos de obras encontradas nesse período, projetos arquitetônicos elaborados e modificados na construção, excluindo os projetos modificados posteriormente (reformas). Durante as análises, desenvolvidas com base na literatura pertinente ao tema, em dados fornecidos em entrevistas com os profissionais envolvidos na elaboração dos projetos arquitetônicos e na construção dos edifícios e, também, através da comparação do projeto arquitetônico executivo com o projeto as built, foi possível identificar os principais fatores geradores de modificações, nos projetos arquitetônicos, ocorridos na execução da obra, permitindo a comprovação da hipótese de pesquisa.


  • Mostrar Abstract
  • The architectural design and its guidelines are not always faithfully executed. Through observations based on practical field of the profession, it was noted that there are often changes in executive architectural designs during the stage of construction. Often, such changes cause many obstacles, such as: change of complementary projects for compliance with the new architecture, interrupting execution until the final resolution of the design, material waste, extra work of hand labor, execution contractual amendments, among others. Thus, we formulate the issue: Why are executive architectural designs often modified during execution stages, especially in the public sector, and what factors are responsible for these changes? As a possible answer to this question, a hypothesis has been formulated that technical order, financial and temporal factors, generally related to the management of the design process, explain the reasons why executive architectural designs are modified during construction. The central campus of UFRN, located in Natal, was chosen as spatial area cutout by the amount and diversity of new buildings, REUNI’s resources (Restructuring and Expansion of Federal Universities) have intensified the expansion of the physical infrastructure of the university since 2008. The time frame (2008-2016) was defined according to the types of worksites found in this period, elaborated and modified architectural designs in construction, excluding projects later modified (remodeling). During the analysis, developed based on the literature concerning the matter, on data provided in interviews with professionals involved in the development of architectural design and construction of buildings and also by comparing the executive architectural design with the as built project, it was possible to identify the main factors causing changes in architectural designs, occurred during construction, allowing confirmation of the research hypothesis.

5
  • CAMILA BEZERRA NOBRE DE MEDEIROS
  • Entre o rural e o urbano: relações socioambientais da AEIS do Gramorezinho e implicações na sua regulamentação

  • Orientador : RUTH MARIA DA COSTA ATAIDE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RUTH MARIA DA COSTA ATAIDE
  • AMADJA HENRIQUE BORGES
  • DORALICE SÁTYRO MAIA
  • Data: 19/07/2017

  • Mostrar Resumo
  • O processo global de urbanização tem provocado diversos impactos, estando entre eles o avanço do tecido urbano sobre as áreas rurais, não apenas na sua dimensão territorial, mas também através de valores e costumes associados ao modo de vida urbano. Apesar disso, ilhas de ruralidade resistem dentro ou nas proximidades das cidades e as recentes discussões sobre o papel da Agricultura Urbana e Periurbana (AUP) têm reforçado a permanência de espaços que desenvolvam essa atividade nas cidades ou em seu entorno, objetivando a promoção da justiça socioespacial, a proteção ao meio ambiente ou o aumento da qualidade de vida na urbe. O presente trabalho tem como universo de estudos uma área que se apresenta traços de ruralidade no município de Natal, o Gramorezinho, que foi definido como uma Área Especial de Interesse Social (AEIS) pelo Plano Diretor de Natal em 2007 sem, contudo, ter sido delimitada e regulamentada até o momento atual. Este trabalho parte, portanto, do seguinte questionamento: quais as especificidades socioeconômicas e físico-ambientais da comunidade agrícola de Gramorezinho que fundamentam a sua efetivação como AEIS de Segurança Alimentar, conforme estabelece o Plano Diretor de Natal? Objetiva-se, nesse sentido, compreender as Áreas de Segurança Alimentar inseridas no Plano Diretor de Natal a partir da análise do contexto do Gramorezinho, visando estabelecer diretrizes para sua regulamentação.


  • Mostrar Abstract
  • One of the many impacts of the global urbanization process is the urban fabric the spreading above rural areas, not only on its territorial dimension, but also through values and habits related to the urban way of life. However, rurality islands have survived inside or along cities and the recent debates about the role of Urban and Periurban Agriculture (UPA) has reinforced the permanence of spaces devoted to this activity inside or next to cities, aiming the promotion of social and spatial justice, the protection of the natural environment or the improvement of quality of life inside cities. This research studies an area called Gramorezinho, which has rural characteristics inside the urban limits of Natal. Gramorezinho was defined as an Especial Area of Social Interest (AEIS) by Natal’s masterplan of 2007, although this area was not delimeted nor regulated. This research is driven by the following question: which are the socioeconomical and physical-environmental specificities of Gramorezinho that base its effectuation as an AEIS of Food Safety according to Natal’s Masterplan? Its main objective is to comprehend the Food Security Areas inside Natal’s Masterplan, through the analysis of Gramorezinho’s context, aiming to establish guidelines to its regulation.  

6
  • JANYFFER CAVALCANTE DE MORAIS
  • UMA SOLUÇÃO TÉCNICA, ARTÍSTICA E SANITÁRIA:
    OS PARQUES URBANOS E EQUIPAMENTOS SANITÁRIOS NOS PROJETOS URBANÍSTICOS DE SATURNINO DE BRITO (RECIFE/PE, JOÃO PESSOA, PB, NATAL/RN)
  • Orientador : GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • CRISTINA DE CAMPOS
  • Data: 27/07/2017

  • Mostrar Resumo
  • Durante a passagem do século XIX ao XX, as mudanças na sociedade repercutiram evidentemente na paisagem, com a superpopulação e a insalubridade. Nesse contexto surge a necessidade de repensar as estruturas urbanas, o que leva ao surgimento de diversos profissionais preocupados com a produção de novas técnicas no contexto social e cultural para transpor os desafios da expansão das áreas urbanas. Um desses profissionais, o engenheiro Francisco Saturnino de Brito (1864-1929) se destacou por sua atuação em Planos de Saneamento, Melhoramento e Expansão para várias cidades brasileiras, contribuindo para mudanças significativas no pensamento urbanístico nacional, no tocante à propagação de boas práticas higienistas acessíveis à coletividade e no enfrentamento de problemas como a necessidade de saneamento, o agravamento dos problemas urbanos e a urgência de expansão das cidades. Dentre os planos elaborados pelo Escritório Saturnino de Brito, o Plano Geral de Obras para Natal, RN (1935-1939) se destaca ao trazer a concepção de parques circundando os equipamentos sanitários, como reservatórios e estações elevatórias. A associação entre estruturas para o saneamento e parques públicos, no entanto, é algo que já vinha sendo feito há algum tempo, como pode ser observado em projetos de Olmsted nos Estados Unidos, como o Central Park e Emerald Necklace. O interesse nesse tipo de associação tem sido resgatado em projetos recentes. Diante da retomada contemporânea da associação entre equipamentos sanitários e parques urbanos, parece fundamental entender qual a gênese desse tipo de relação. Objetiva-se, nessa dissertação, compreender o papel da associação entre equipamentos sanitários e parques nos projetos urbanísticos do Escritório Saturnino de Brito do início do século XX para algumas cidades brasileiras, com foco em Natal. Para esse estudo propõe-se a análise de casos concretos, optando-se pela obra do Escritório Saturnino de Brito para algumas cidades do Nordeste brasileiro: Natal (RN), Recife (PE) e João Pessoa (PB).


  • Mostrar Abstract
  • During the passage from the nineteenth to the twentieth century, changes in society evidently had repercussions on the landscape, with overpopulation and insalubrity. In this context, there is a need to rethink urban structures, which leads to the emergence of several professionals concerned with the production of new techniques in the social and cultural context to overcome the challenges of the expansion of urban areas. One of these professionals, the engineer Francisco Saturnino de Brito (1864-1929) stood out for his performance in Plans of Sanitation, Improvement and Expansion for several Brazilian cities, contributing to significant changes in national urban thinking, regarding the propagation of good hygienic practices accessible to the community and facing problems such as the need for sanitation, the aggravation of urban problems and the urgency of expanding cities. Among the plans elaborated by Saturnino de Brito's Office, the General Work Plan for Natal, RN (1935-1939) stands out in bringing the design of parks surrounding sanitary equipment, such as reservoirs and lift stations. The association between sanitation structures and public parks, however, is something that has been around for some time, as can be seen in Olmsted projects in the United States, such as Central Park and Emerald Necklace. Interest in this type of association has been salvaged in recent projects. Given the contemporary resumption of the association between sanitary equipment and urban parks, it seems fundamental to understand the genesis of this type of relationship. The objective of this dissertation is to understand the role of the association between sanitary equipments and parks in the urban planning projects of the Saturnino de Brito Office of the early twentieth century for some Brazilian cities, focusing on Natal. For this study we propose the analysis of concrete cases, choosing the work of the Saturnino de Brito Office for some cities in the Northeast of Brazil: Natal (RN), Recife (PE) and João Pessoa (PB).

7
  • MARCELA DE MELO GERMANO DA SILVA JANKOVIC
  • ESTUDO DE CASO DE UMA HABITAÇÃO DE BAIXO IMPACTO AMBIENTAL NA CIDADE DE NATAL/RN

  • Orientador : SOLANGE VIRGINIA GALARCA GOULART
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SOLANGE VIRGINIA GALARCA GOULART
  • BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • SERGIO FERNANDO TAVARES
  • Data: 28/07/2017

  • Mostrar Resumo
  • As habitações de baixo impacto ambiental conceitualmente apresentam consumo reduzido de recursos naturais não-renováveis, como materiais de origem e combustíveis fósseis, pouca produção e descarte de resíduos, máxima qualidade ambiental, e elevado desempenho térmico, lumínico e acústico. Busca-se a redução do consumo energético e de recursos por meio do seu uso racional com a incentivo da concepção de edificações com menor impacto ambiental e maior eficiência energética, através de políticas, emprego de novas tecnologias e investimentos em pesquisa. Na concepção de projetos com ênfase no baixo impacto ambiental, o processo projetual é essencial para orientar e integrar as considerações técnicas, ambientais, sociais e econômicas. A seleção de estratégias projetuais, materiais de construção, soluções de uso eficiente de água e energia deve ser abordado como um problema de decisão multicritérios. Dentro desse contexto, surgiram duas temáticas principais para o desenvolvimento da pesquisa, a relação entre as Habitaçoes de Baixo Impacto Ambiental e o Processo Projetual Integrado por meio da análise multicritério de sustentabilidade. O tema abordado contribuiu com a análise das Habitações de Baixo Impacto Ambiental para o clima quente e úmido com enfoque na cidade de Natal, o processo projetual integrado e o seu potencial de aplicação tendo o menor impacto ambiental como meta.  Neste estudo teve-se como objetivo analisar o processo de concepção e desempenho das soluções arquitetônicas empregadas no processo projetual de uma habitação de baixo impacto ambiental de pequena escala no clima quente e úmido. Foram adotados procedimentos de pesquisa bibliográfica e estudo de caso, a partir de uma abordagem multicritério da sustentabilidade e a sistemática de integração com as fases projetuais. Posteriormente, aplicou-se os multicritérios no estudo de caso. A análise da aplicação dos multicritérios contribuiu para a elaboração de recomendações projetuais e de viabilidade e potenciais do processo e das estratégias aplicadas.


  • Mostrar Abstract
  • The low environmental impact dwelling represents in terms of the concept the minimum use of the naturally non-renewable resources, such as both fossil materials and oils, low production and waste of garbage, maximum environmental quality, and improved thermic performances, acoustic and luminous. The objective is to reduce the use of energy and resource through its more rational use emphasizing the concept of the buildings of the lower environmental impact a better energy efficiency, through public policies, use of new technologies as well as investing in the researches. In the conception of the projects with emphasizes on the low environmental impact, the process of the project is essential for the orientation and integration of the technical, environmental, social and economic aspects. The selection of the strategies used in a project, construction materials, solutions for the efficient use of water and energy must be approached as a problem of the multi-criteria decision. In this context, two main thematic of the research development appear, the relation between low environmental impact buildings and the Integrated Project Process through the multicriteria analysis of the sustainability. The approached theme will give a great contribution to the analysis of the low environmental impact dwellings in hot and humid climate focusing on the city of Natal, the integrated project process and its potential of application having the lowest possible environmental impact as a goal. The aim of this study is to analyze the conception process and performance architectural solutions employees in the project process of a low environmental impact dwelling of a low scale in hot and humid climate. The methodological procedures of the bibliographic research and the study of the case were adopted, from a multicriteria approach of the sustainability as well as a systematic of integration with the project phases. Posteriorly, multicriteria we applied on the study of the case. The analysis of the application of the multicriteria contributed to the elaboration of the project recommendations and the viability and potentials of the process as well as the applied strategies.

Teses
1
  • FREDERICO AUGUSTO LUNA TAVARES
  • Uma Trajetória Des-viável. O percurso profissional de Arialdo Pinho entre Natal e Fortaleza.

    Uma Trajetória Des-viável. O percurso profissional de Arialdo Pinho entre Natal e Fortaleza.

  • Orientador : ANGELA LUCIA DE ARAUJO FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANGELA LUCIA DE ARAUJO FERREIRA
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • FERNANDO ATIQUE
  • MARIA DO SOCORRO SILVA DE ARAGÃO
  • WANI FERNANDES PEREIRA
  • Data: 30/01/2017

  • Mostrar Resumo
  • Parte significativa da produção arquitetônica das décadas de 1950 e 1960 está sendo destruída em Natal, atingindo não somente o acervo edilício, mas levando consigo testemunhos de reminiscências dessa época, incluindo-se os autores desses projetos, que muitas vezes sequer foram devidamente mencionados ou reconhecidos pelos estudos acadêmicos. Entre esses profissionais com distintas formações e procedências, veio à tona, na busca irrequieta pelo registro do ainda existente, Arialdo Pinho. Nascido no Rio de Janeiro, com o domínio da técnica laboral e o significativo aporte cultural, à margem da instrução formal, chega a Natal em 1951 e torna-se importante referência da escola modernista residencial. Em 1958, já em Fortaleza-CE, dá continuidade ao potencial conquistado à luz de suas funções intelectuais e às estreitas relações sociais. Ao custear as fendas atinentes a estas circunstâncias, pergunta-se: como os decursos pessoal, intelectual e profissional de Arialdo Pinho materializado nos empreendimentos nas duas cidades podem ser apreendidos na construção historiográfica dos bens culturais edificados? Acredita-se, assim, que o momento fazia-se favorável para a execução de seus projetos nestas capitais, que vivenciavam a insuficiência de profissionais com formação de nível superior, e cuja clientela composta pela elite, passava a exigir, entretanto, uma arquitetura diferenciada. Nesse delinear perceptivo, configura-se como ponto de partida as trajetórias e as vicissitudes profissionais e o conhecimento e registro da prática da arquitetura. Pretende-se, então, compreender a distinção dos caminhos traçados pelo profissional Arialdo Pinho na sua atuação entre Natal e Fortaleza, contribuindo para a construção de uma ferramenta que condense as informações e ao mesmo tempo estimule e publicize novas reflexões acerca da história da arquitetura e da cidade. Para abranger essas nuanças, os aportes teóricos basearam-se nas contribuições concernentes à memória, ao patrimônio e ao audiovisual. Os acervos estáticos experienciados pelo uso dos dispositivos na vivência de campo resultaram no encontro com Arialdo Pinho e no desfolhar de sua trajetória. A experiência empírica manifestou o documentário “Arialdo Pinho: Uma trajetória des-viável” como produto material, em livre criação argumentativa, da tese. Desses caminhos particulares esquecidos, muitas vezes alijados pela literatura especializada, evidenciou-se um retrato pouco compreendido e explorado das incursões da prática da arquitetura e, portanto, da história das cidades. 


  • Mostrar Abstract
  • A significant part of the architectural production of the 1950s and 1960s has being destroyed in Natal, reaching not only the building collection, but also bringing with it reminiscences of that time, including the authors of these projects, which were often not even mentioned or recognized in academic studies. Among those professionals with different formations and provenances, came up, in the restless search for the register of the still existing, Arialdo Pinho. Born in Rio de Janeiro, with the mastery of work technique and significant cultural contribution, on the edge of formal education, he arrives in Natal in 1951 and becomes an important reference of the residential modernist school. In 1958, already in Fortaleza-CE, continues the conquered potential in the light of his intellectual functions and to the narrow social relations. By supporting the gaps related to these circumstances, one wonders: how can the personal, intellectual and professional course of Arialdo Pinho materialized in the ventures of the two cities can be apprehended in the historiographical construction of edified cultural goods? It is believed, thus, that the moment was favorable for the execution of his projects in these capitals, which experienced the insufficiency of professionals with higher education, and whose clients composed by the elite, now demanded a differentiated architecture. In this perceptive outline, it is configured as starting point the trajectories and the professional vicissitudes and the knowledge and record of the architecture practice. It is intended, then, to understand the distinction of the paths traced by the professional Arialdo Pinho in his work between Natal and Fortaleza, contributing to the construction of a tool that condenses the information and at the same time stimulate and publicize new reflections about the architectural history of the city. To embrace these nuances, the theoretical contributions were based on the contributions concerning memory, patrimony and audiovisual. The static collections experienced by the use of the devices in the field experience resulted in the encounter with Arialdo Pinho and in the unfolding of his trajectory. The empirical experience manifested the documentary "Arialdo Pinho: A nonviable trajectory" as a material product, in free argumentative creation, of the thesis. Of these forgotten private paths, often neglected by specialized literature, it was evidenced a little understood and explored portrait of the incursions of the practice of the architecture and, therefore, of the history of the cities.

2
  • MONICA MARIA FERNANDES DE LIMA
  • DOBRA E REDOBRA: um estudo exploratório da dobradura de papel no auxílio à visualização e à concepção da forma arquitetônica

  • Orientador : MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • GLAUCE LILIAN ALVES DE ALBUQUERQUE
  • AMELIA DE FARIAS PANET BARROS
  • RAFAEL ANTONIO CUNHA PERRONE
  • Data: 29/05/2017

  • Mostrar Resumo
  • No ensino universitário contemporâneo, a aprendizagem precisa ser vivenciada como fruto de um processo de construção contínuo, no qual o aprender ocorre por meio de processos dinâmicos de buscas, e é adquirido de forma integrada. A presente tese tem como base inicial a constatação de que parte significativa dos alunos ingressa nos cursos de Arquitetura e Urbanismo em geral e, em especial no da UFRN, com dificuldades de percepção formal e espacial, fato que tem prejudicado o aprendizado do projeto arquitetônico. Assim, para a otimização da relação ensino/aprendizagem, defendemos que tal assunto deveria ser debatido de maneira integrada a outros componentes curriculares, em especial associando, principalmente, o ensino de geometria ao de projeto, e usando métodos/técnicas condizentes com os avanços contemporâneos na área. A fim de buscar caminhos que pudessem facilitar o desenvolvimento da visualização e da concepção formal dos alunos, o objeto de estudo dessa tese foi a utilização de técnicas de dobradura em papel, como instrumento de auxílio ao desenvolvimento dessas habilidades no primeiro ano do curso de arquitetura e urbanismo. Pergunta-se: Como a geometria aplicada, mais especificamente as técnicas de dobraduras, influenciam a visualização e a concepção formal? Como utilizá-la para proporcionar uma melhor integração dos conteúdos da área de representação e linguagem e de projeto de arquitetura no primeiro ano do curso? Temos, como hipóteses que: 1) as técnicas de dobraduras são instrumentos capazes de colaborar com a apreensão do conhecimento da geometria e promover o desenvolvimento das habilidades relacionadas à visualização e concepção da forma; 2) a aplicação de exercícios baseados nestas técnicas em alunos do primeiro ano do curso será fundamental para o desenvolvimento dessas habilidades. O objetivo geral foi compreender a inserção de novos instrumentos da geometria aplicada às atividades de concepção formal em início de curso, apontando elementos para o exercício da integração de conteúdos entre as áreas de ‘Representação e Linguagem’ e ‘Projeto de Arquitetura’. Para subsidiar tal objetivo, estabeleceram-se três objetivos específicos: 1. Verificar a eficácia da utilização de técnicas de dobraduras no desenvolvimento da visualização formal; 2. Verificar a eficácia da utilização de técnicas de dobraduras no desenvolvimento da concepção formal de objetos arquitetônicos; 3. Estabelecer recomendações para a melhoria do ensino neste campo que possam subsidiar a criação ou reformulação de componentes curriculares a ele pertinentes. Além da pesquisa bibliográfica, o método para atingir os objetivos propostos envolveu a realização de experiências didáticas com estudantes de graduação em AU. Nessas oficinas, foram aplicadas técnicas de Paper Folding, Surface Development, Origami e tessellation. Verificamos o potencial da dobra como ferramenta de concepção, uma vez que permitiu: a exploração do conceito de continuidade e complexidade; o favorecimento do processo de criação e a otimização da relação ensino/aprendizagem. Os resultados do estudo empírico indicaram a potencialidade do uso da maquete de papel e a função das oficinas como experiências capazes de favorecer os processos de concepção. Além destes fatores, foi possível perceber a presença do mimetismo e da geometria nos momentos iniciais de concepção da forma, por meio de um exercício de integração, definido pela metodologia. Estes resultados fundamentaram as recomendações para o ensino de projeto de arquitetura voltado para os períodos iniciais.


  • Mostrar Abstract
  • In contemporary university education, learning must be experienced as the result of a process of continuous construction, in which learning occurs through dynamic search processes, and is acquired in an integrated way. The present thesis is based on the fact that a significant part of the students enters Architecture and Urbanism courses in general and, especially in UFRN, with difficulties of formal and spatial perception, a fact that has made impaired learning of the architectural project. Thus, to optimize the teaching / learning relationship, we argue that such a subject should be debated in an integrated way to other curricular components, especially associating geometry teaching with that of design, and using methods / techniques consistent with contemporary advances in the area. In order to find ways that could facilitate the development of visualization and the formal conception of the students, the object of study of this thesis was the use of paper folding techniques as a tool to aid the development of these skills in the first year of the architecture course and urbanism. Question: How do applied geometries, more specifically the folding techniques, influence the visualization and the formal conception? And how to use it to provide a better integration of the contents of the area of representation and language and architecture project in the first year of the course? It is hypothesized that, 1) the folding techniques are instruments capable of collaborating with the apprehension of the knowledge of geometry and promote the development of skills related to the visualization and conception of the form; 2) the application of exercises based on these techniques to students of the first year of the course, will be fundamental for the development of these skills. The general objective was to understand the insertion of new geometry instruments applied to formal design activities at the beginning of the course, pointing out elements for the integration of content between the Representation and Language and Architecture Design areas. To support this objective, three specific objectives were established: 1. To verify the effectiveness of the use of folding techniques in the development of formal visualization; 2. To verify the effectiveness of the use of folding techniques in the development of the formal design of architectural objects; 3. Establish recommendations for the improvement of teaching in this field that may subsidize the creation or reformulation of relevant curricular components. Besides the bibliographic research, the method to reach the proposed objectives involved the accomplishment of didactic experiences with undergraduate students in AU. Paper Folding techniques were used in these workshops; Surface Development; Origami and tessellation, fold creating repeating patterns that can be used in formal design. It was verified the potential of the fold as a tool of conception, since it allowed: the exploration of the concept of continuity and complexity; Favoring the creation process; The vitalization of geometry, and the optimization of the teaching / learning relationship. The results of the empirical study indicated the potentiality of the use of the paper model; They pointed out the workshops as experiences capable of favoring the conception processes. Besides these factors, it was possible to perceive the presence of mimicry and geometry in the initial moments of the design of the form, through an integration exercise, defined by the methodology. These results supported the recommendations for the teaching of architectural design focused on the initial periods.

3
  • BRUNA RAMALHO SARMENTO
  • A qualidade ambiental de espaços livres em campi: Um estudo na UFPB e UFRN sob a ótica da Avaliação Pós-Ocupação  

  • Orientador : GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • VIRGINIA MARIA DANTAS DE ARAUJO
  • PAULO JOSE LISBOA NOBRE
  • ANGELINA DIAS LEAO COSTA
  • GLAUCO DE PAULA COCOZZA
  • Data: 20/06/2017

  • Mostrar Resumo
  • Os campi de Instituições Federais de Ensino Superior (IFES)  brasileiras proliferam a partir da década de 1960/70, se desenvolveram lentamente durante a segunda metade do século XX e, na última década, passaram por intensas mudanças na estrutura física, as quais podem vir a incidir sobre sua qualidade ambiental (QA) e, consequentemente, sobre a qualidade de vida (QV) da população usuária. Considerando essa problemática, a tese tomou como objeto de estudo a relação dos usuários com o sistema de espaços livres (SEL) de campi de IFES da região Nordeste do Brasil, trabalhando, especificamente, duas instituições: a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Um olhar inicial sobre as IFES produziu a pergunta de partida que conduziu esta pesquisa: O SEL dos campi centrais dessas IFES oferece QA e, consequentemente, QV aos seus usuários? Respondendo a essa questão, as hipóteses trabalhadas foram: a) Após mais de 50 anos de criação dos campi, a crescente ocupação fez com que o SEL das IFES apresentem poucos e dispersos ELs; b) A QA do SEL dos campi das IFES pesquisadas não oferece características que contribuam para a QV dos usuários; c) A QA do SEL das IFES não atende aos anseios dos seus usuários, oferecendo ELs pouco atrativos à comunidade. A fim de empreender essa discussão, o objetivo geral do estudo foi compreender o SEL de duas universidades federais do Nordeste brasileiro (UFPB e UFRN), visando traçar diretrizes para contribuir com sua QA. Subsidiando a investigação, foram estabelecidos como recortes espaciais: o Campus I da UFPB e o Campus Central da UFRN, com relação aos quais foram delimitados cinco objetivos específicos: a) Verificar como se deu a ocupação do espaço nos campi em estudo e os seus ELs remanescentes; b) Caracterizar o SEL existente, seu uso atual e potencialidades; c) Analisar dimensões ambientais para a manutenção da QA do SEL; d) Identificar a compreensão dos usuários sobre os SEL das IFES pesquisadas, de modo a avaliar a adequação destes espaços às suas necessidades/aspirações; e) Traçar diretrizes de ordenação do sistema.  Nesse contexto, metodologicamente a investigação correspondeu a um estudo de caso múltiplo, utilizando como estratégia de pesquisa a Avaliação Pós Ocupação efetuada por meio de abordagem multimétodos, que, para além da geração de um vasto diagnóstico, promoveu uma reflexão sobre o SEL em ambiente universitário. Os resultados obtidos mostraram que, nas duas instituições investigadas, o número de ELs é considerável, no entanto, sua QA é questionável, de modo que parte deles não é percebida e, consequentemente, utilizada, pela comunidade. As diretrizes de ordenação do SEL em campi universitários, com vistas à promoção da QA do SEL e da QV dos usuários, priorizam dimensões de ordem Ambiental, Segurança, Mobilidade e Serviços de Apoio.


  • Mostrar Abstract
  • The campuses of Brazilian Federal Institutions of Higher Education (IFES) thrive from the decade of 1960/70, developed slowly during the second half of the XX century and, in the last decade, have undergone intense changes in the physical structure, which may affect their environmental quality (QA) and, consequently, the quality of life (QV) of the population. Considering this issue, the thesis took as the subject of study the relationship between users and open space system (SEL) in the Northeast region of Brazil, working specifically with two institutions: the Federal University of Paraíba (UFPB) and the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN). An initial look at the IFES produced the starting question that led to this research: Does SEL of the central campuses of these IFES offer QA and, consequently, QV to its users? Responding to this question, the hypotheses worked were: a) After more than 50 years of building the campuses, a growing occupation with which the SEL of the IFES presents few and dispersed ELs; b) The QA of SEL of the IFES campuses surveyed does not offer features that contribute to users' QV; c) The QA of SEL of the IFES does not answer to the yearnings of the users, offering ELs that are not attractive to the community. In order to undertake this discussion, the general objective of the study was to understand the SEL of two Federal Universities in the Brazilian Northeast (UFPB and UFRN), to establish guidelines to contribute to your QA. By subsidizing research, were established space clippings: the Campus I UFPB and the Campus Center UFRN, with respect to which five specific objectives were delimited: with regard to five specific objectives were defined: a) Verify how was the space occupation of the campuses under study and their remaining ELs; b) Characterize the existing SEL, the current use and potentialities; c) Analyze environmental dimensions for the maintenance of SEL QA; d) Identify the users' understanding of the SELs of the IFES researched, in order to assess the suitability of these spaces for their needs/aspirations; e) Draw system-ranking guidelines. In this context, the research methodologically corresponded to a multiple case study, using as a research strategy the Post-occupation evaluation carried out through a multi-method approach, which, in addition to the generation of a vast diagnosis, promoted a reflection on SEL in a university environment. The results obtained showed that, in the two investigated institutions, the number of ELs is considerable, however, their QA is questionable, so that some of them are not perceived and, consequently, used by the community. The SEL ordering guidelines on university campuses, with a view to promoting SEL QA and QV of users, prioritize Environmental, Security, Mobility and Support Services dimensions.

4
  • RENATO DE MEDEIROS
  • O ensino, a concepção do projeto de arquitetura e a aplicação dos conteúdos tecnológicos: análise em Instituições de Ensino Superior.

  • Orientador : MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • EDNA MOURA PINTO
  • SOLANGE VIRGINIA GALARCA GOULART
  • MARIA LUIZA MACEDO XAVIER DE FREITAS
  • NAIA ALBAN SUAREZ
  • Data: 26/06/2017

  • Mostrar Resumo
  • Esta tese tem como objeto a concepção do projeto no ensino de Arquitetura e sua integração com o conteúdo tecnológico-construtivo, tendo em vista a importância da compreensão da materialização do artefato arquitetônico desde as fases iniciais do projeto. As observações empíricas que deram origem à pesquisa, foram confirmadas pela literatura científica, que aponta para uma situação de distanciamento entre as disciplinas de projeto arquitetônico, seus processos e produtos e o conteúdo das disciplinas de tecnologia da construção e afins. O objetivo principal é compreender a inserção dos conhecimentos advindos das disciplinas de tecnologia da construção, na concepção de projeto no atelier de ensino de arquitetura, para promover uma melhor integração de conteúdos e gerar maior reflexão no processo projetual. Em nível de coleta primária, foram realizados estudos de caso com observação estruturada em ateliers de ensino de projeto de duas Instituições de Ensino Superior, uma no Brasil, outra em Portugal, além da realização de duas experiências didáticas. No campo da sala de aula, os estudos de caso demonstraram a importância do planejamento didático e clareza da definição de objetivos a serem alcançados. As experiências didáticas, por sua vez, mesmo com as suas diferenças de formato, demonstraram, com o direcionamento proposto, que foi possível alcançar o objetivo de fazer os alunos participantes refletirem sobre as questões construtivas no processo projetual, o que demonstrou a importância do estímulo do instrutor. Ao mesmo tempo, os resultados também expressaram que o aluno, devido a sua própria autonomia, não pode ser visto como mero receptor, configurando-se como agente ativo do processo de ensino-aprendizagem.  O trabalho é finalizado com indicações para o ensino de arquitetura e de projeto, a fim de colaborar, junto às discussões, quanto a um ensino capaz de gerar reflexão crítica e melhor integração entre o projeto e as questões tectônicas no projeto, buscando contribuir para minimizar o problema detectado.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis aims at the conception of the architectural design in the teaching and its integration with the technological-constructive content, considering the importance of understanding the materialization of the architectural artifact from the initial phases of the design. The empirical observations that gave rise to the research were confirmed by the scientific literature that points to a situation of distancing between the disciplines of architectural design, its processes and products, and the content of the disciplines of construction technology. The main objective is to understand the insertion of the knowledge coming from the disciplines of construction technology in the teaching of architectural design to promote a better integration of contents and generate greater reflection in the design process. At the primary collection level, case studies were carried out with structured observation in design teaching workshops of two education institutions, one in Brazil, the other in Portugal, as well as two didactic experiences. In the classroom, the studies demonstrated the importance of didactic planning and clarity of the definition of goals to be achieved. The didactic experiences, in turn, even with their differences in format, demonstrated with the proposed direction, that it was possible to achieve the objective of making the participating students reflect on the constructive issues in the design process, which demonstrated the importance of the stimulus of the instructor. At the same time, the results also expressed that the student, due to his own autonomy, cannot be seen as mere receiver, configuring himself as an active agent of the teaching-learning process. The work is finished with indications for the teaching of architecture and design, in order to collaborate with the discussions on a teaching capable of generating critical reflection and better integration between the project and the tectonic issues in the project and contribute to minimize the problem detected.

5
  • GABRIEL LEOPOLDINO PAULO DE MEDEIROS
  • A cidade interligada: Legislação urbanística, sistema viário, transportes urbanos e a posse da terra em Natal (1892-1930).

  • Orientador : ANGELA LUCIA DE ARAUJO FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANGELA LUCIA DE ARAUJO FERREIRA
  • DORALICE SÁTYRO MAIA
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • HELDER DO NASCIMENTO VIANA
  • PEDRO ALBERTO NOVO LÓPEZ
  • Data: 18/07/2017

  • Mostrar Resumo
  • Durante as primeiras décadas do século XX, em Natal, se consolidavam várias redes técnicas, entre essas a do transporte público, como as linhas de bonde. A cidade também ampliava seu traçado – e, portanto, sua oferta de terra urbana – a partir da criação de bairros e mais tarde planos de intervenção, da abertura de novos logradouros e da redefinição dos limites urbanos. Esse processo de modernização revelou diferentes articuladores da produção da cidade e da definição da legislação urbanística durante a República Velha (1889-1930). Esses indivíduos, ou grupos de indivíduos, atuaram, por meio do aforamento de glebas urbanas, como detentores do domínio útil de grandes frações de terra na capital potiguar. Nesse contexto, surge o questionamento: de que maneira a estruturação da malha viária e dos transportes urbanos se relaciona com o processo de concentração da posse da terra em Natal neste período? Partimos da hipótese de que essas estruturas contribuíram à materialização de padrões de concentração fundiária, por meio da ação de diversos agentes sociais – sobretudo, dos âmbitos político e comercial-mercantil –, regularizados pela legislação urbanística. Ou seja, esses padrões se relacionavam intrinsecamente com as dinâmicas de configuração da malha viária e dos transportes urbanos. O principal objetivo desta análise é compreender o papel desempenhado pelas redes técnicas viárias na constituição da emergente estrutura fundiária urbana. Destarte, busca-se contribuir não apenas em uma perspectiva histórica, mas também ao entendimento da cidade contemporânea, mapeando as formas de estruturação urbana favorecidas pelo processo histórico e suas continuidades. Buscou-se também aprofundar o estudo das engrenagens e estratégias utilizadas pelos diversos agentes. Utilizamos como fontes de dados primários as Cartas de Aforamento do Município de Natal (1903-1930), Atos, Decretos e Mensagens do Governo da Província e do Estado, Relatórios e Resoluções da Intendência Municipal do Natal e o Almanak Laemmert, além da cartografia da época. Os resultados da pesquisa permitiram a construção de uma periodização que evidencia definições no traçado viário como elementos determinantes da primeira disposição de padrões de concentração fundiária. Posteriormente, esses padrões atraem investimentos em infraestrutura de transportes e pavimentação. Consequentemente, essa atração estabelece valorações diferenciadas nas distintas frações urbanas, que, por sua vez, captam novos investimentos. Dessa forma, essa relação é dialética, cíclica e vai ao longo do tempo definindo valores hierarquizados de acesso à terra no contexto intraurbano. O processo de definição da legislação urbanística e limites intermunicipais, e do aforamento urbano, permitiu que agentes políticos, ligados ao capital mercantil-comercial, ampliassem seus investimentos na aquisição de domínio útil de grandes parcelas da terra no município de Natal. A concentração desses padrões de grandes glebas (acima de 01 hectare) ao longo do recorte em estudo (1892-1930) demonstrou que no início da década de 1930, cerca de 22% da superfície do patrimônio territorial de Natal (3.000 hectares) havia sido concedida em aforamento/enfiteuse.


  • Mostrar Abstract
  • During the first decades of the twentieth century, in Natal, several technical networks were consolidated, among them, public transportation, like the trolley lines. The city also expanded its routes - and thus its urban land supply – because of the foundation of new neighborhoods and later intervention plans, opening new streets and redefining urban boundaries. This modernization process revealed different articulators of the urban production, which intervened on the definition of urban planning legislation during the Old Republic (1889-1930). These individuals, or groups of individuals, acted through the development of urban areas, as holders of the useful domain of large fractions of land in the capital of the state. In this context, the question arises: in which way is the structuring of the roads network and urban transport related to the process of concentration of land tenure in Natal in this period? We start from the hypothesis that these structures contributed to the materialization of land concentration patterns, through the action of several social agents - mostly, from the political and commercial-mercantile spheres - regularized by urban planning legislation. That is, these patterns were intrinsically related to the dynamic configuration of the road network and urban transport. The main objective of this analysis is to understand the role played by road technical networks in the constitution of the emerging urban land structure. The aim is to contribute not only to a historical perspective, but also to the understanding of the contemporary city, mapping the forms of urban structure favored by the historical process and its continuities. It was also sought to deepen the study of the gears and strategies used by the various agents. We used as primary sources of information the Letters of Empowerment of the Municipality of Natal (1903-1930), Acts, Decrees and Messages of the Government of the Province and of the State, Reports and Resolutions of the Municipality of Natal and the Almanak Laemmert, moreover the cartography from that time. The results of the research allowed the construction of a periodization that evidences definitions in the road as determinants of the first disposition of land tenure patterns. Subsequently, these standards attract investment in transport infrastructure and paving. Consequently, this attraction establishes differentiated valuations in the different urban fractions, which, in turn, capture new investments. In this way, this relationship is dialectical, cyclical and goes over time defining hierarchical values of access to land in the intra-urban context. The process of defining urban legislation, intermunicipal limits and the emphiteusis, allowed political agents, linked to mercantile-commercial capital, to increase their investments in the acquisition of a useful domain of large parcels of land in the municipality of Natal. The concentration of these patterns of large areas (over 1 hectare) along the study cut (1892-1930) showed that at the beginning of the 1930s, about 22% of the area of Natal's territorial heritage (3,000 hectares) had been granted in emphiteusis.

6
  • NELIZA MARIA E SILVA ROMCY
  • Abordagem paramétrica e ensino de projeto: Proposição de diretrizes metodológicas, considerando estratégias curriculares e o atelier de projeto.

  • Orientador : MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • DANIEL RIBEIRO CARDOSO
  • FERNANDO JOSE DE MEDEIROS COSTA
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MARIA GABRIELA CAFFARENA CELANI
  • Data: 18/09/2017

  • Mostrar Resumo
  • O potencial gerador dos meios digitais e os avanços em fabricação estão abrindo novas dimensões no processo projetual. Porém, a partir do cenário nacional, percebe-se que o reflexo da aplicação dessas ferramentas e processos ainda não é amplamente identificado no ensino/aprendizado de projeto nos cursos de arquitetura e design. Nesse contexto, a presente pesquisa selecionou a modelagem paramétrica como meio digital abordado, devido às lacunas de conhecimento e por se tratar de uma das bases tecnológicas de outros sistemas, como o Building Information Modeling. O problema de pesquisa consistiu em: “Como introduzir no ensino de projeto o uso de processos e ferramentas computacionais que desenvolvam o objeto a partir de parâmetros”? O uso do modelo paramétrico se caracteriza pela programação das dependências entre componentes, por meio de variáveis (parâmetros), com foco na construção de regras e relações. Diferente de um modelo tridimensional estático, um modelo paramétrico pode ser considerado como um sistema dinâmico de relações entre objetos. Partindo de premissas que apontam que a questão está relacionada ao “pensamento sistêmico”, ao “ensino prático reflexivo” e à “aprendizagem baseada em problemas”, foi estabelecida a seguinte hipótese: considerando que o processo paramétrico de projeto exige do projetista tanto habilidades comuns ao processo geral de projeto quanto habilidades específicas da abordagem paramétrica, sua introdução no ensino extrapola o âmbito de uma única disciplina, trazendo a necessidade de ser pensada a partir de uma visão sistêmica, prevendo de modo integrado a estrutura curricular dos cursos e o modelo de atelier de projeto. O objeto de estudo compreendeu, assim, as possíveis relações entre o processo paramétrico de projeto e o ensino de projeto. O objetivo geral da pesquisa consistiu em compreender as especificidades do processo paramétrico de projeto, com o auxílio do pensamento sistêmico, e propor novas diretrizes metodológicas para a aplicação de suas ferramentas e processos no ensino de projeto, em cursos de arquitetura e design, considerando disciplinas e estruturas curriculares. Os objetivos específicos buscaram: 1. analisar as especificidades do processo paramétrico de projeto, considerando o pensamento sistêmico; 2. analisar as especificidades do ensino de projeto nos cursos de arquitetura e design; 3. caracterizar o atual cenário de aplicação da modelagem paramétrica no ensino nacional, a partir de amostra nos cursos de arquitetura e design, com ênfase nas disciplinas de projeto, buscando identificar as melhores práticas e os principais desafios; 4. propor e aplicar diretrizes metodológicas no ensino/aprendizado de projeto nos cursos de graduação de arquitetura e design, a partir de experimentações pedagógicas, no intuito de utilizar ferramentas e processos paramétricos dentro da atividade projetual. Para o delineamento do trabalho, foram considerados os passos característicos da pesquisa construtiva (constructive research), resumidos nas seguintes etapas: 1. compreensão do problema; 2. proposição (desenvolvimento e aplicação da proposta); 3. validação (discussão e reflexão). A compreensão incluiu levantamento bibliográfico (aprofundamento teórico), e levantamento empírico/pesquisa de campo com coleta de dados, para a caracterização do cenário nacional e cenário local. As etapas posteriores de proposição e validação foram realizadas no cenário local (Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN e Universidade Federal do Ceará – UFC). A proposição consistiu no desenvolvimento das diretrizes metodológicas para a utilização de ferramentas e processos paramétricos no ensino de projeto. Incluiu o estudo de uma proposta inicial e sua aplicação para possíveis ajustes, através de experimentos pedagógicos de curta e longa duração (curso de extensão de 20 h e duas disciplinas optativas, realizados na UFC). Por fim, a validação consistiu na revisão parcial da proposta e aplicação em novo experimento pedagógico (curso de extensão de 40 h, realizado na UFRN), além de sua apresentação, através de grupos focais, para professores/pesquisadores que participaram dos cursos e disciplinas (UFRN e UFC). Ao final da pesquisa, foi realizada uma revisão final das diretrizes propostas, durante a qual se percebeu a necessidade de vislumbrar as estruturas curriculares dos cursos e o modelo de atelier integrado, resultado coerente com a hipótese colocada inicialmente. Assim, considera-se que a abordagem paramétrica deva ser introduzida ao longo da estrutura curricular dos cursos, de maneira gradual e diluída, contribuindo junto às diversas Áreas de Conhecimento em suas respectivas especificidades. Nesse contexto, busca-se uma aproximação entre os processos de concepção e execução, além de uma visão processual do projeto, onde o espaço do atelier é colocado como ambiente de experimentação, colaboração e investigação de problemas e soluções.


  • Mostrar Abstract
  • The generating potential of digital tools and advances in manufacturing are introducing new opportunities in design process. However, considering the national scenario, the reflection of these tools and processes is still not widely identified in design teaching / learning, in architecture and product design courses. In this context, the present research selected parametric modeling as the discussed digital tool, due to gaps in knowledge and because it is one of the technological foundations of other systems, such as Building Information Modeling. The research problem is: “How to introduce in design education the use of digital processes and tools that consider objects based on their parameters?” The use of parametric models is characterized by programming the dependencies between components through variables (parameters), focusing on the construction rules and relationships. Unlike a static three-dimensional model, a parametric model is a dynamic system of relationships between objects. Although parametric modeling is related to the use of digital media, design and representation of objects based on their parameters emphasizes the understanding of the interaction between parts and their emerging potential, which characterizes the parametric design. Based on premises that indicate that the research question is related to "systems thinking", "reflective practice in teaching" and "problem-based learning", the following hypothesis was established: considering that parametric design demands from designers both general skills from any design process as well as skills specific to the parametric approach, its introduction into teaching extrapolates the scope of a single discipline. Thus, it must be thought from a systemic point of view and include both curriculum frameworks and the studio model in an integrated approach. The study object comprises possible relations between parametric design and design education. The overall objective of the research is to understand the specificities of parametric design, supported by systems thinking, and propose new methodological guidelines for the application of its tools and processes in design education, in architecture and product design courses, considering disciplines and curriculum frameworks. Specific objectives include: 1. analyze the specificities of parametric design, considering systems thinking; 2. analyze the specificities of design education, in architecture and product design courses; 3. characterize the current scenario of parametric modeling in national education, with an emphasis on design disciplines, in order to identify best practices and key challenges; 4. propose and implement methodological guidelines in design teaching / learning in architecture and product design undergraduate from pedagogical experiments, in order to use parametric tools and processes within design activity. The research outline was based on the characteristic steps of constructive research, summarized in the following stages: 1. understanding of the problem; 2. proposition (development and implementation of the proposal); 3. Validation (discussion and reflection). Understanding included literature (theoretical study), and empirical survey / site visit with data collection, to characterize the national scenario and the local scenario. The local scenario (Federal University of Rio Grande do Norte – UFRN – and Federal University of Ceará – UFC) hosted the proposition and validation steps. Proposition consisted in developing methodological guidelines for the use of tools and parametric processes in design education. It included the study of an initial proposal and its application to possible adjustments through pedagogical experiments of short and long term (extension course of 20h and two elective courses, held in UFC). Finally, validation was the partial revision of the proposal and the application of a new pedagogical experiment (extension course of 40 hours, held at UFRN), in addition to its presentation, during focus groups, to teachers /researchers who participated in the courses and the disciplines (UFRN and UFC). At the end of the research, the proposal was revised again, when including both curriculum frameworks and an integrated studio model proved to be necessary, a coherent result with the initially proposed hypothesis. As such, it can be affirmed that parametric design must be introduced throughout the curriculum frameworks, in a gradative and diluted approach, contributing along with the different Expertise Areas, in their respective specifications. In this context, an approximation between design and execution is sought, along with a procedural view of the project, where the design studio is applied as an environment for experimentation, collaboration and investigation of problems and solutions.

7
  • ANNA CRISTINA ANDRADE FERREIRA
  • CASA SEM PESSOAS PARA PESSOAS SEM CASA: REABILITAÇÃO DE ÁREAS HISTÓRICAS ATRAVÉS DO USO HABITACIONAL NA REALIDADE BRASILEIRA

  • Orientador : NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FLÁVIA BRITO DO NASCIMENTO
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • MARIA BERTHILDE DE BARROS LIMA E MOURA FILHA
  • NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
  • RUTH MARIA DA COSTA ATAIDE
  • Data: 08/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • O ato de habitar se relaciona com o sentimento de pertencimento que o indivíduo desenvolve em relação ao local que habita, sendo o tempo um fator primordial nesse processo. Grupos que ocupam o espaço por um longo período tenderão a encará-lo como seu, aplicando ali sua cultura, seu modo de viver e de construir. Quando se fala em projetos de reabilitação de áreas históricas, sobretudo as que se encontram degradadas, pode-se prever uma gama de usos que podem ser inseridos, mantidos ou restabelecidos nesses espaços, e dentre todos eles o que mais tem suscitado discussões é o uso habitacional. Essa pesquisa se focou em entender se, e como, ocorre a integração entre os programas nacionais de promoção da habitação e os de reabilitação urbana de áreas históricas, e se de fato pode-se verificar no Brasil a existência de uma política urbana efetiva para áreas históricas, considerando todos os problemas envolvidos, ou apenas a realização de ações pontuais que, além de não promoverem a recuperação áreas antigas degradadas, ainda dificultam o processo, por contribuir para a especulação imobiliária dessas áreas. A utilização do estoque construído dos centros antigos poderia auxiliar na diminuição do déficit habitacional, mas é preciso que os projetos se baseiem de fato na sustentabilidade continuada, e que a preocupação principal se desloque da exploração econômica para a recuperação socioeconômica das áreas antigas. O recorte temático dessa pesquisa foram os programas nacionais voltados a diminuir o déficit habitacional, desde o BNH até os dias de hoje com o Programa Minha Casa Minha Vida, e os programas de reabilitação de áreas históricas realizados a nível nacional a partir da década de 1970, quando as áreas urbanas históricas passam a ser consideradas de forma ampla, com todos os seus problemas. Um dos objetivos desta tese foi entender os direcionamentos definidos para as ações de recuperação de áreas históricas, a partir do enfoque do uso habitacional, e para que população se voltam, tendo como análise o caso do centro histórico de João Pessoa, onde se buscou entender como ocorreu a atuação dos programas de reabilitação, diante da diversidade de problemas que uma área urbana subutilizada pode apresentar, como a degradação das edificações, evasão de usos, infraestrutura obsoleta e comunidades de menor renda. E se em comparação com outras cidades, houve a percepção de erros cometidos e a mudança de postura, pois o entendimento desse processo pode auxiliar na proposição de novas possibilidades de atuação.


  • Mostrar Abstract
  • The act of dwelling is related to the consciousness of belonging that the individual develops in relation to the place where he lives; where time is the main factor in this process. Groups that occupy an area for a long time, tend to face it as their own, applying their culture, way of life and construction. When we refer to rehabilitation projects in historical areas, especially those that are degraded, we can visualize a set of uses that can be inserted, maintained and restored in these spaces, and among all the more controversial is the use of housing. This research was focused on the understanding of whether and how the integration between national housing promotion programs and those of urban rehabilitation of historical areas occurs, and if in fact, it is possible to verify in Brazil the existence of an effective urban policy for historical areas considering all the problems involved, or just the execution of punctual actions that, in addition to not promoting the recovery of old degraded centers, still hamper the process, for contributing to real estate speculation in these areas. The built stock of the old centers might help in the reduction of the housing deficit, but it is necessary that the projects are based in fact on the continued sustainability of these areas, and that the main preoccupation moves of the economical exploration for the recuperation socioeconomic of the ancient areas. The thematic clipping of this research were the national programs aimed at reducing the housing deficit, from the BNH to the present with the Minha Casa Minha Vida Program, and the rehabilitation programs of historical areas carried out at the national level from the 1970s when as historical urban areas are considered broadly, with all their problems. One of the objectives of this thesis was to understand the directions defined for the actions of recovery of historical areas, based on the focus of housing use, and for which population they converge, having as an analysis the case of the historical center of João Pessoa, where it was sought to understand rehabilitation programs, given the diversity of problems that an underutilized urban area can present, such as building degradation, use avoidance, obsolete infrastructure and lower income communities, and if compared to other cities, there were the perception of mistakes made and the change of posture, since the understanding of this process can help in the proposition of new possibilities of action.

8
  • IVANIZE CLAUDIA DOS SANTOS E SILVA
  • ÍNDICE AMBIENTAL URBANO (IAU): uma contribuição ao estudo do planejamento e do conforto térmico em espaços abertos.

  • Orientador : VIRGINIA MARIA DANTAS DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • VIRGINIA MARIA DANTAS DE ARAUJO
  • MARIA DULCE PICANÇO BENTES SOBRINHA
  • ADRIAO DUARTE DORIA NETO
  • ANTÓNIO MANUEL SARAIVA LOPES
  • LÉA CRISTINA LUCAS DE SOUZA
  • Data: 11/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • Os principais problemas associados à temática proposta nessa pesquisa apontam para os impactos que o crescimento e o adensamento das cidades vêm causando sobre o clima urbano. Alguns desses problemas vêm sendo minimizados com a utilização de diversas estratégias na escala urbana apontadas na literatura especializada, bem como podem ser abordados através de métodos prospectivos a partir de dados climáticos locais preliminarmente conhecidos e modelos de microescala. Estudar o microclima e o conforto térmico urbano requer entender como esses conceitos se relacionam com a forma da cidade. Essa pesquisa contribui com a discussão sobre o conforto térmico urbano com ênfase no usuário de espaços abertos, e tem como objetivo elaborar um índice numérico a fim de definir a melhor relação entre as variáveis ambientais, a morfologia urbana e o conforto térmico urbano na cidade de João Pessoa/PB, localizada em clima quente e úmido e de baixa latitude. Os valores das variáveis ambientais foram adquiridos através de pesquisas realizadas anteriormente com medições in loco em espaços urbanos abertos. O estudo morfológico foi realizado por meio da identificação de um conjunto de indicadores urbanos relevantes a partir de um modelo de Sistema de Informação Geográfica (SIG). A distribuição espacial e a análise multivariada ajustaram e avaliaram os dados. A análise do conforto térmico em espaços abertos foi alcançada através do cálculo da temperatura equivalente fisiológica (Physiological Equivalente Temperature – PET) com o programa ENVI-met©. Com os dados levantados, se utilizou técnica de inteligência computacional, no caso específico, redes neurais artificias (RNA), para estimar os valores do índice PET e das variáveis microclimáticas no nível urbano. Por fim, foi elaborado um índice numérico através de análise multivariada, em particular, análise de componentes principais (ACP). Esse índice foi aplicado às frações urbanas da cidade de João Pessoa/PB, bem como em cenários futuros construídos a partir dos dados adquiridos com a projeção das variáveis microclimáticas. Os resultados obtidos demonstram que as frações urbanas observadas não possibilitam sensação de conforto durante o período estudado. Do mesmo modo, o índice proposto quando aplicado nessas áreas, evidencia um distanciamento da relação adequada entre as variáveis morfológicas e as variáveis ambientais, possibilitando ao usuário desconforto térmico. A aplicação dessa pesquisa permite subsidiar a tomada de decisão no que diz respeito à escolha da melhor relação entre às prescrições urbanísticas e o conforto térmico de usuários em ambientes externos.


  • Mostrar Abstract
  • The main issues associated with the research proposal is the city density impact on urban climate. Some of these problems have been minimized with the use of several urban scale strategies addressed for the specialized literature, as well as can be approached through prospective methods from previous local climatic data and microscale models. The microclimate study and urban thermal comfort requires understanding how these concepts relate with the city form. This research contributes to the discussion about urban thermal comfort with emphasis on the open spaces user, aiming to elaborate a numerical index in order to define the best relationship between environmental variables, urban morphology and urban thermal comfort in the city of João Pessoa/PB, located in hot and humid climate and low latitude. The values of the environmental variables were acquired through previous surveys with measurements in loco in open urban spaces. Morphological study was carried out by means of relevant urban indicators from a Geographic Information System (GIS) model. Data were treated through spatial distribution and multivariate analysis. Thermal comfort analysis in open spaces was performed by Physiological Equivalent Temperature (PET) with the ENVI-met© program. Artificial intelligence (RNA) was used to estimate the PET index values and the microclimatic variables at the urban level. Finally, a numerical index was elaborated through multivariate analysis, in particular principal component analysis (PCA). Index was applied in several points at João Pessoa/PB city, as well as in future scenarios constructed from the data acquisition by the microclimatic variables prediction. Results demonstrate which the urban points didn’t allow comfort sensation during the studied period. Index shows a distance of an adequate relationship between morphological and environmental variables allowing thermal discomfort to user when it is applied in this areas. The application this research helps the decision of choicing the best relationship between urban prescriptions and thermal comfort of outdoor users.

9
  • HELIO TAKASHI MACIEL DE FARIAS
  • ATIVIDADES DE INTEGRAÇÃO DE FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS NO ENSINO DE PLANEJAMENTO URBANO

  • Orientador : ANGELA LUCIA DE ARAUJO FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANGELA LUCIA DE ARAUJO FERREIRA
  • BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • GIOVANA PAIVA DE OLIVEIRA
  • IANA ALEXANDRA ALVES RUFINO
  • MAURÍCIO COUTO POLIDORI
  • Data: 18/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • O Planejamento Urbano precisa lidar, neste início do século XXI, com espaços constituídos por uma tessitura de sistemas complexos, de ordem social, econômica, cultural, tecnológica e ecológica, interligados e interdependentes, cujo funcionamento é dependente de recursos naturais e humanos escassos e desigualmente distribuídos.  Tendo em consideração o contexto contemporâneo de transformação tecnológica e aprofundamento das relações globais, nos chama a atenção o descompasso entre, por um lado, o uso de tecnologias da informação avançadas dentro práticas e da pesquisa em Planejamento Urbano, e por outro, a integração destas ao ensino de Planejamento Urbano.  Este trabalho aborda o processo de formação profissional do planejador urbano – mais especificamente, o arquiteto e urbanista, titulação característica do sistema de ensino superior do Brasil – em sua relação com as ferramentas disponibilizadas pelas Tecnologias da Informação (TI). Buscou-se, neste estudo, compreender os mecanismos de inserção de tecnologias computacionais avançadas em práticas pedagógicas de arquitetura e urbanismo, de forma a orientar a construção de um instrumento de projeto instrucional, voltado para a integração de conhecimentos tecnológicos, pedagógicos e de conteúdo em atividades de ensino de Planejamento Urbano. Este estudo consiste de reflexões sobre a literatura que aborda a pedagogia no ensino superior, em particular no que diz respeito nas práticas de ensino de Arquitetura e Urbanismo; de um levantamento das tecnologias computacionais avançadas utilizadas na prática e pesquisa em Planejamento Urbano; da construção do instrumento para projeto instrucional de integração de conhecimentos tecnológicos, pedagógicos e de conteúdos em Planejamento Urbano; e no projeto, implementação e avaliação de dois experimentos de integração tecnológica realizados a partir do uso deste instrumento. Os experimentos constaram da modelagem procedural e paramétrica de uma fração urbana real, e da simulação urbana das transformações de uso do solo em uma situação hipotética. Estes modelos foram implementados na forma de intervenções transversais nos ateliers de Projeto Integrado do sexto e sétimo período do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, a partir de métodos pedagógicos de aprendizagem situada, com elementos derivados da teoria da aprendizagem experiencial e do construcionismo. As atividades foram avaliadas utilizando métodos mistos qualitativos e quantitativos organizados através de questionários aplicados com os participantes dos experimentos de integração tecnológica. Observamos que foi viável trabalhar no ensino de graduação com ferramentas tecnológicas que representam campos de inovação avançada nas práticas de planejamento urbano, sem a necessidade de deslocamento de recursos excepcionais ou de mudanças profundas na macroestrutura curricular vigente. O produto construído pelos alunos e os dados levantados em questionários demonstram que as ferramentas tecnológicas propiciaram boas condições de engajamento dos alunos nas atividades, forneceram auxílio de produção às tarefas propostas, e ao fazê-lo, suscitaram a construção de novas perspectivas, conhecimentos, e a emergência de novos paradigmas para o processo de planejamento e projeto. As metodologias de aprendizagem situada e experiencial tiveram maior sucesso na medida em que se aproximaram mais do contexto dos alunos e da realidade de planejamento e projeto sobre a qual pretendem agir. Consideram-se como possíveis desdobramentos da pesquisa a incorporação das atividades no curso de Arquitetura e Urbanismo, a extensão dos experimentos para outras tecnologias, o aprofundamento e revisão do instrumento de projeto instrucional, e sua disponibilização pública na forma de uma base de dados online.


  • Mostrar Abstract
  • Urban planning in the 21st century needs to manage spaces built on a network of interlinked and interdependent social, economic, cultural, technological and ecologic complex systems, which depend on scarce and unevenly distributed natural and human resources. Within the contemporary context of technologic change and strengthening global relations, we are challenged by the perception of a rift between the ubiquitous adoption of new technologies in urban planning practices and these technologies’ absence within urban planning education activities. This thesis takes on the process of professional training for urban planning – and specifically, the training of architect-urban planners, as produced by the Brazilian higher education curricula – and its relationship with Information Technology (IT) tools. We sought to understand the mechanisms of advanced computer technology insertion into pedagogical practices in architecture and urban planning, so as to guide the construction of an instructional design instrument, aimed at the integration of technologic, pedagogical and content knowledge in urban planning education activities. This study consists of reflections on the literature regarding higher education pedagogy, especially concerning teaching practices for architecture and urban planning; of a mapping effort directed at advanced computational technologies employed in urban planning practice and research; of the construction of the aforementioned instructional design instrument for the integration of technologic, pedagogical and content knowledge in urban planning; and in the design, implementation and assessment of two technologic integration experiments built on this instructional design instrument. The experiments consisted of the procedural and parametric modeling of an actual urban space, and the urban simulation of land use changes within a hypothetical situation. These models were implemented in the form of transversal interventions within integrated design studios pertaining to the sixth and seventh semesters of the architecture and urban planning program in Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal/Brazil. These were based on situated learning methods as well as elements of experiential learning and constructionism, The activities were assessed through mixed qualitative and quantitative methods, through written queries directed at the experiments’ participants. We observed the viability of working in a higher education context with advanced technological tools that represent innovations in the domain of urban planning, without needing to procure exceptional resources of effect deep changes in the existing curriculum framework. The student’s experimental product and the data collected from queries demonstrate that the IT tools provided good engagement levels among learners, offered production aids in task execution, and through this, brought about the construction of new perspectives and knowledge, and the emergence of new design and planning paradigms. Our applied situated and experiential learning methods achieved greater success as they approached the student’s actual context and their real planning and design targets. We envision the possibility for adoption of these activities into the Architecture and Urbanism teaching practices, for the extension of the experiments into applying other technologies, and for the revision and further development of the instructional design instrument, as well as its publication in the form of an openly accessible online database.

10
  • JULIANA CARVALHO CLEMENTE
  • Ruínas Urbanas no Centro Histórico de João Pessoa- PB: uma análise a partir da normativa de proteção do patrimônio 

  • Orientador : NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • MARIA BERTHILDE DE BARROS LIMA E MOURA FILHA
  • NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
  • ROMEU DUARTE JÚNIOR
  • RUTH MARIA DA COSTA ATAIDE
  • Data: 18/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • O objeto dessa tese é a relação entre a normativa inerente a perímetros de proteção de áreas centrais históricas e a permanência e o aumento de ruínas urbanas nessas áreas. A condição de ruína urbana relaciona-se com o conceito de Borde (2007) de “vazio arquitetônico” que, no que se refere à localização, está situada em área central histórica provida de infraestrutura, tombada pelos órgãos de patrimônio. No que se refere a sua condição de vazio, ter passado por um processo de imóveis em esvaziamento, e estar atualmente, sem uso, sem função, mas ocupando um lote urbanizado. E, no que se refere às suas características, configurar espaços ociosos, em estado de conservação precário ou em aspecto de ruína. Daí resulta a abordagem que permeia vazio urbano e ruína. A “normativa” aqui se alinha como o conceito de “norma” utilizado Sant’Anna(2004) e inclui Leis, Decretos, Planos e outros instrumentos. Utiliza-se aqui de uma abordagem cronológica sobre a normativa de proteção no Centro Histórico de João Pessoa que perpassa pelas várias delimitações de proteção desde os primeiros Planos diretores e Códigos de Urbanismo, até as normativas estaduais e federais de proteção e tombamento do Centro Histórico de João Pessoa, desde o ano de 1971 até o ano de 2015. O objetivo desse trabalho é entender como a normativa de patrimônio e urbana pode ter contribuído para a permanência e o aumento de ruínas urbanas na área central de João Pessoa. Essa discussão tem como plano de fundo o embate histórico entre o direito de propriedade e o instrumento do tombamento. 


  • Mostrar Abstract
  • The object of this thesis is the relationship between the norms inherent in the perimeters of protection of central areas and the permanence and the increase of urban ruins in these areas. The condition of urban ruin is related to the concept of Borde (2007) of "architectural empty”  with regard to the location, is situated in the historic central area provided with infrastructure, registered by the organs of heritage. In relation to its emptiness condition, have passed through a emptying process, and be currently without use, without function, but occupying a urban lot. And, with regard to their characteristics, configure idle spaces, in a state of precarious conservation or in aspect of ruin. It results the approach that permeates urban emptiness and ruin. The "normative" here is aligned with the concept of "norm" used by Sant'Anna (2004) and includes Laws, Decrees, Plans and other instruments. It is used here in a chronological approach on the normative of protection in the Historic Center of João Pessoa that permeates the various demarcations of protection since the first Master Plans and Codes of Urbanism, until the state and federal regulations of protection and register of the Historic Center of João Pessoa, since the year of 1971 until the year 2015. objective of this study is to understand how the norms of patrimony and urbanism may have contributed to the permanence and increase of urban ruins in the central area of João Pessoa. This discussion has as background the historical clash between the property rights and the instrument of listing.

     

     

2016
Dissertações
1
  • MARIA DE FÁTIMA TORRES JÁCOME
  • INTEGRAÇÃO E INTERDISCIPLINARIDADE NO PROCESSO ENSINO/APRENDIZAGEM DE PROJETO: O CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR DE MOSSORÓ/RN 

  • Orientador : NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AMELIA DE FARIAS PANET BARROS
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
  • Data: 29/01/2016

  • Mostrar Resumo
  • A formação em Arquitetura e Urbanismo com sua característica generalista envolve, em sua natureza, conhecimentos de diversas áreas (tecnologia, teoria, história, representação, projetação), sendo o espaço da concepção projetual o local onde a síntese destes conhecimentos se reflete de forma mais clara. Acreditamos que o trabalho integrado nos currículos de arquitetura pode proporcionar uma visão global do projeto, contribuindo assim para uma melhor formação do arquiteto. O presente trabalho se propõe a refletir sobre o papel da integração e a interdisciplinaridade no ensino de projeto de arquitetura. Este tema vem sendo trabalhado de forma recorrente por críticos na área de ensino de projeto e nos eventos da área como os seminários do Projetar, sendo destacada por vários autores a busca da integração como uma postura pedagógica essencial ao ensino de projeto. O trabalho pretende contribuir para uma reflexão e conscientização dos envolvidos na importância da integração nos processos de projetos do curso de arquitetura. Para isto analisamos as potencialidades e limites deste processo no Curso de Arquitetura e Urbanismo (CAU) da Universidade Potiguar (UnP) de Mossoró, que possui a integração e interdisciplinaridade  registrada desde o Projeto Pedagógico do Curso. Esta análise será realizada através da observação do desenvolvimento do “trabalho interdisciplinar” da quinta série durante o semestre de 2014.1. A pesquisa diz respeito a um estudo exploratório de natureza qualitativa que pretende investigar temas específicos sobre o ensino/aprendizagem de projeto de arquitetura e sobre a integração nos cursos de arquitetura, seguindo de uma observação não participativa nas aulas de projeto de arquitetura na quinta série do CAU/UnP/Mossoró e análise dos produtos finais, que seriam os trabalhos da última unidade do semestre, chamados de “trabalhos Interdisciplinares”. Foram também aplicados, via e-mail, e analisados, questionários com os professores que participaram do processo. A reflexão corrobora diversas outras já realizadas no sentido de identificar as dificuldades inerentes à aplicação destes princípios de forma satisfatória. Ressalta-se, contudo, que a interdisciplinaridade, de fato, vai muito além da integração e é ainda mais difícil de ser alcançada. Além de um projeto pedagógico que incorpore estes princípios, como é o caso do Curso de Arquitetura e Urbanismo da UNP-Mossoró, faz-se necessário a adesão completa por parte do corpo docente e discente desta filosofia de ensino.


  • Mostrar Abstract
  • A formação em Arquitetura e Urbanismo com sua característica generalista envolve, em sua natureza, conhecimentos de diversas áreas (tecnologia, teoria, história, representação, projetação), sendo o espaço da concepção projetual o local onde a síntese destes conhecimentos se reflete de forma mais clara. Acreditamos que o trabalho integrado nos currículos de arquitetura pode proporcionar uma visão global do projeto, contribuindo assim para uma melhor formação do arquiteto. O presente trabalho se propõe a refletir sobre o papel da integração e a interdisciplinaridade no ensino de projeto de arquitetura. Este tema vem sendo trabalhado de forma recorrente por críticos na área de ensino de projeto e nos eventos da área como os seminários do Projetar, sendo destacada por vários autores a busca da integração como uma postura pedagógica essencial ao ensino de projeto. O trabalho pretende contribuir para uma reflexão e conscientização dos envolvidos na importância da integração nos processos de projetos do curso de arquitetura. Para isto analisamos as potencialidades e limites deste processo no Curso de Arquitetura e Urbanismo (CAU) da Universidade Potiguar (UnP) de Mossoró, que possui a integração e interdisciplinaridade  registrada desde o Projeto Pedagógico do Curso. Esta análise será realizada através da observação do desenvolvimento do “trabalho interdisciplinar” da quinta série durante o semestre de 2014.1. A pesquisa diz respeito a um estudo exploratório de natureza qualitativa que pretende investigar temas específicos sobre o ensino/aprendizagem de projeto de arquitetura e sobre a integração nos cursos de arquitetura, seguindo de uma observação não participativa nas aulas de projeto de arquitetura na quinta série do CAU/UnP/Mossoró e análise dos produtos finais, que seriam os trabalhos da última unidade do semestre, chamados de “trabalhos Interdisciplinares”. Foram também aplicados, via e-mail, e analisados, questionários com os professores que participaram do processo. A reflexão corrobora diversas outras já realizadas no sentido de identificar as dificuldades inerentes à aplicação destes princípios de forma satisfatória. Ressalta-se, contudo, que a interdisciplinaridade, de fato, vai muito além da integração e é ainda mais difícil de ser alcançada. Além de um projeto pedagógico que incorpore estes princípios, como é o caso do Curso de Arquitetura e Urbanismo da UNP-Mossoró, faz-se necessário a adesão completa por parte do corpo docente e discente desta filosofia de ensino.

2
  • CAMILA MARIA NOGUEIRA DE SANTANA
  • O CENTRO DE FORTALEZA COMO LUGAR DE MORADIA

  • Orientador : JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • CLOVIS RAMIRO JUCÁ NETO
  • Data: 15/02/2016

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo tem como objetivo analisar como os modos de morar influenciam os usos e as apropriações funcionais e simbólicas do espaço urbano do Centro de Fortaleza, a partir da perspectiva dos habitantes e de suas relações com o lugar de moradia. O centro da cidade de Fortaleza é marcado por cenários de desenvolvimento e de degradação do seu espaço urbano. A  intensificação da ocupação comercial e de serviços promoveu ao longo dos anos, paradoxalmente, a valorização do preço da terra e a desvalorização do uso residencial. Assim, as ocupações residenciais se consolidaram de modo descontínuo, concentrando-se principalmente nos limites externos ao núcleo histórico do bairro. A pesquisa se estrutura a partir da delimitação de uma área do bairro e da seleção de edificações residenciais multifamiliares, construídas a partir da década de 1950, próximas ao núcleo central. A análise das configurações espaciais das edificações residenciais selecionadas, de suas relações com o entorno urbano e dos usos do solo, revela diferentes aspectos relacionados à vitalidade urbana, produzindo impactos sobre os modos de morar constituídos a partir do cotidiano dos habitantes. O estudo dos modos de morar envolve a compreensão de que o habitar está para além dos limites residenciais privados e da ocupação funcional. A base conceitual desta pesquisa é desenvolvida a partir da perspectiva de que o habitar representa um aspecto fundamental da condição humana, permitindo ao homem se relacionar com o espaço de modo essencial (HIEDEGGER,  2012). Nesta perspectiva do habitar, o espaço reúne o mental e o cultural, o social e o histórico, sendo marcado por lógicas simultâneas do concebido, do percebido e do vivido (LEFEBVRE, 2006). O desenvolvimento deste estudo, a partir do ponto de vista dos moradores do bairro, se insere na perspectiva do espaço vivido, que se relaciona ao conceito de lugar, entendido como um fenômeno qualitativo, que confere essência e identidade ao espaço. O lugar de moradia, marcado por coexistências, é um dos elementos estruturadores dos usos do solo urbano, e potencial para a reabilitação de áreas centrais de grandes metrópoles. Deste modo, o estudo parte da hipótese de que o processo de reabilitação urbana do Centro está vinculado à requalificação do habitar, que possibilita ao habitante sensibilizar os limites do abrigo e vivenciar o espaço urbano. A requalificação do habitar se contrapõe ao espaço residencial fundamentado na funcionalidade, na hierarquia, na autossuficiência, na padronização e na reprodução do solo urbano, materializado nos adensados empreendimentos residenciais contemporâneos, que se colocam de modo alheio à cidade. As etapas da pesquisa envolveram análises sobre a configuração espacial dos edifícios residenciais selecionados e de seus entornos, o mapeamento dos usos do solo e a aplicação de entrevistas com moradores. Os dados coletados permitiram verificar que os edifícios estão localizados em áreas marcadas pela heterogeneidade de usos, com elevado número de habitantes e de usuários. No entanto, estes aspectos não são suficientes para promover a vitalidade dos espaços públicos do bairro, uma vez que o movimento de pessoas nas ruas é regulado pelos horários de funcionamento do comércio, uso predominante na área. Os discursos dos moradores, coletados em entrevistas, indicam que as condições de conservação dos espaços públicos e a questão da insegurança influenciam suas relações cotidianas com o lugar de moradia, afetando aspectos fundamentais para requalificação do habitar na área central de Fortaleza.



  • Mostrar Abstract
  • O presente estudo tem como objetivo analisar como os modos de morar influenciam os usos e as apropriações funcionais e simbólicas do espaço urbano do Centro de Fortaleza, a partir da perspectiva dos habitantes e de suas relações com o lugar de moradia. O centro da cidade de Fortaleza é marcado por cenários de desenvolvimento e de degradação do seu espaço urbano. A  intensificação da ocupação comercial e de serviços promoveu ao longo dos anos, paradoxalmente, a valorização do preço da terra e a desvalorização do uso residencial. Assim, as ocupações residenciais se consolidaram de modo descontínuo, concentrando-se principalmente nos limites externos ao núcleo histórico do bairro. A pesquisa se estrutura a partir da delimitação de uma área do bairro e da seleção de edificações residenciais multifamiliares, construídas a partir da década de 1950, próximas ao núcleo central. A análise das configurações espaciais das edificações residenciais selecionadas, de suas relações com o entorno urbano e dos usos do solo, revela diferentes aspectos relacionados à vitalidade urbana, produzindo impactos sobre os modos de morar constituídos a partir do cotidiano dos habitantes. O estudo dos modos de morar envolve a compreensão de que o habitar está para além dos limites residenciais privados e da ocupação funcional. A base conceitual desta pesquisa é desenvolvida a partir da perspectiva de que o habitar representa um aspecto fundamental da condição humana, permitindo ao homem se relacionar com o espaço de modo essencial (HIEDEGGER,  2012). Nesta perspectiva do habitar, o espaço reúne o mental e o cultural, o social e o histórico, sendo marcado por lógicas simultâneas do concebido, do percebido e do vivido (LEFEBVRE, 2006). O desenvolvimento deste estudo, a partir do ponto de vista dos moradores do bairro, se insere na perspectiva do espaço vivido, que se relaciona ao conceito de lugar, entendido como um fenômeno qualitativo, que confere essência e identidade ao espaço. O lugar de moradia, marcado por coexistências, é um dos elementos estruturadores dos usos do solo urbano, e potencial para a reabilitação de áreas centrais de grandes metrópoles. Deste modo, o estudo parte da hipótese de que o processo de reabilitação urbana do Centro está vinculado à requalificação do habitar, que possibilita ao habitante sensibilizar os limites do abrigo e vivenciar o espaço urbano. A requalificação do habitar se contrapõe ao espaço residencial fundamentado na funcionalidade, na hierarquia, na autossuficiência, na padronização e na reprodução do solo urbano, materializado nos adensados empreendimentos residenciais contemporâneos, que se colocam de modo alheio à cidade. As etapas da pesquisa envolveram análises sobre a configuração espacial dos edifícios residenciais selecionados e de seus entornos, o mapeamento dos usos do solo e a aplicação de entrevistas com moradores. Os dados coletados permitiram verificar que os edifícios estão localizados em áreas marcadas pela heterogeneidade de usos, com elevado número de habitantes e de usuários. No entanto, estes aspectos não são suficientes para promover a vitalidade dos espaços públicos do bairro, uma vez que o movimento de pessoas nas ruas é regulado pelos horários de funcionamento do comércio, uso predominante na área. Os discursos dos moradores, coletados em entrevistas, indicam que as condições de conservação dos espaços públicos e a questão da insegurança influenciam suas relações cotidianas com o lugar de moradia, afetando aspectos fundamentais para requalificação do habitar na área central de Fortaleza.


3
  • ALICE RUCK DRUMMOND DIAS
  • ANÁLISE DO IMPACTO DO SOMBREAMENTO VEGETAL NO CONFORTO
    TERMO-LUMINOSO DE EDIFICAÇÕES NO CLIMA QUENTE E ÚMIDO
  • Orientador : ALDOMAR PEDRINI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALDOMAR PEDRINI
  • MARCELO BEZERRA DE MELO TINOCO
  • CLÁUDIO EMANUEL PIETROBON
  • Data: 25/02/2016

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho visa analisar o potencial do sombreamento vegetal no edifício para promover conforto térmico, luminoso e eficiência energética, a partir de simulações computacionais nos softwares DesignBuilder e Daysim. Foram simuladas diferentes combinações de fator de céu visível (FCV), transparência da copa vegetal e percentual de abertura da fachada (PAF) para edificação residencial térrea em Nata/RN, a fim de quantificar os impactos e propor recomendações projetuais. Os modelos foram analisados por meio do método de conforto adaptativo indicado pela ASHRAE Standard 55 (ASHRAE, 2010), classificação do nível de eficiência energética do Regulamento Técnico da Qualidade para o Nível de Eficiência Energética de Edificações Residenciais (RTQ-R), resultados de Daylight autonomy (DA) e uniformidade da luz natural para as exigências lumínicas de 100-300-500 lux. Os resultados demonstram grande potencial para integração da vegetação na edificação, principalmente para os fatores de céu médio e grande, e falta de coerência do RTQ-R para classificar as edificações da Zona bioclimática 08 pelo método de simulação.


  • Mostrar Abstract
  • Este trabalho visa analisar o potencial do sombreamento vegetal no edifício para promover conforto térmico, luminoso e eficiência energética, a partir de simulações computacionais nos softwares DesignBuilder e Daysim. Foram simuladas diferentes combinações de fator de céu visível (FCV), transparência da copa vegetal e percentual de abertura da fachada (PAF) para edificação residencial térrea em Nata/RN, a fim de quantificar os impactos e propor recomendações projetuais. Os modelos foram analisados por meio do método de conforto adaptativo indicado pela ASHRAE Standard 55 (ASHRAE, 2010), classificação do nível de eficiência energética do Regulamento Técnico da Qualidade para o Nível de Eficiência Energética de Edificações Residenciais (RTQ-R), resultados de Daylight autonomy (DA) e uniformidade da luz natural para as exigências lumínicas de 100-300-500 lux. Os resultados demonstram grande potencial para integração da vegetação na edificação, principalmente para os fatores de céu médio e grande, e falta de coerência do RTQ-R para classificar as edificações da Zona bioclimática 08 pelo método de simulação.

4
  • GIOVANI HUDSON SILVA PACHECO
  • DETERMINAÇÃO DE RECOMENDAÇÕES BIOCLIMÁTICAS PARA HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL DE QUATRO CLIMAS DO RIO GRANDE DO NORTE.
  • Orientador : ALDOMAR PEDRINI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALDOMAR PEDRINI
  • SOLANGE VIRGINIA GALARCA GOULART
  • FERNANDO SIMON WESTPHAL
  • Data: 11/03/2016

  • Mostrar Resumo
  • Recomendações projetuais baseadas no clima são fontes importantes de diretrizes para os arquitetos. Uma das formas de obtenção dessas recomendações é por meio de normas, como a NBR 15220 (ABNT, 2005), que agrupa as cidades em zonas homogêneas quanto as estratégias sugeridas. O zoneamento bioclimático brasileiro divide o território do Rio Grande do Norte em duas zonas, a ZB 7 e ZB 8, que possuem algumas recomendações distintas, como aberturas grandes e vedações leves para a região litorânea contra aberturas pequenas e vedações pesadas para a região semiárida. Entretanto, outras configurações climáticas estão presentes no RN e não possuem clara recomendação. Este é o caso das regiões serranas e das regiões intermediárias entre o litoral e a região semiárida. Em virtude disso, este estudo visa encontrar recomendações bioclimáticas para habitações de interesse social nessas quatro condições climáticas. Para tanto, utilizou-se ferramenta computacional para realização de simulações das condições térmicas de três tipos de habitações populares – alongada, ramificada e compacta – e das seguintes estratégias: presença ou ausência de ventilação natural e sombreamento, massa térmica leve ou pesada, e Fator de Calor Solar alto ou baixo. Essas simulações foram realizadas para quatro condições climáticas do estado. Foram analisados os desempenhos de cada caso para identificar as estratégias e tipos de habitação recomendados para cada clima. De maneira geral, nos climas deNatal, Mossoró e Caicó viu-se que habitações com FCS baixo e com presença de ventilação natural possuem os melhores desempenhos. No clima de Areia, a ausência de ventilação aliada ao baixo FCS é que produziu os melhores desempenhos. O sombreamento melhora o desempenho nas cidades de clima quente, mas aumenta as horas com desconforto ao frio em Areia. A massa térmica varia de acordo com as demais estratégias, tendo casos em que habitações com massa térmica alta possuem melhores desempenhos que outros casos com massa térmica baixa. Por fim, viu-se que as estratégias para Natal, Caicó e Mossoró são bem semelhantes, com a recomendação de ventilação natural, FCS baixo nas vedações e sombreamento. Para Areia, a recomendação é não ventilar, ter FCS baixo e massa térmica alta.


  • Mostrar Abstract
  • Recomendações projetuais baseadas no clima são fontes importantes de diretrizes para os arquitetos. Uma das formas de obtenção dessas recomendações é por meio de normas, como a NBR 15220 (ABNT, 2005), que agrupa as cidades em zonas homogêneas quanto as estratégias sugeridas. O zoneamento bioclimático brasileiro divide o território do Rio Grande do Norte em duas zonas, a ZB 7 e ZB 8, que possuem algumas recomendações distintas, como aberturas grandes e vedações leves para a região litorânea contra aberturas pequenas e vedações pesadas para a região semiárida. Entretanto, outras configurações climáticas estão presentes no RN e não possuem clara recomendação. Este é o caso das regiões serranas e das regiões intermediárias entre o litoral e a região semiárida. Em virtude disso, este estudo visa encontrar recomendações bioclimáticas para habitações de interesse social nessas quatro condições climáticas. Para tanto, utilizou-se ferramenta computacional para realização de simulações das condições térmicas de três tipos de habitações populares – alongada, ramificada e compacta – e das seguintes estratégias: presença ou ausência de ventilação natural e sombreamento, massa térmica leve ou pesada, e Fator de Calor Solar alto ou baixo. Essas simulações foram realizadas para quatro condições climáticas do estado. Foram analisados os desempenhos de cada caso para identificar as estratégias e tipos de habitação recomendados para cada clima. De maneira geral, nos climas deNatal, Mossoró e Caicó viu-se que habitações com FCS baixo e com presença de ventilação natural possuem os melhores desempenhos. No clima de Areia, a ausência de ventilação aliada ao baixo FCS é que produziu os melhores desempenhos. O sombreamento melhora o desempenho nas cidades de clima quente, mas aumenta as horas com desconforto ao frio em Areia. A massa térmica varia de acordo com as demais estratégias, tendo casos em que habitações com massa térmica alta possuem melhores desempenhos que outros casos com massa térmica baixa. Por fim, viu-se que as estratégias para Natal, Caicó e Mossoró são bem semelhantes, com a recomendação de ventilação natural, FCS baixo nas vedações e sombreamento. Para Areia, a recomendação é não ventilar, ter FCS baixo e massa térmica alta.

5
  • ADILSON OLIVEIRA DE MENEZES
  • O TRABALHO SOCIAL DESENVOLVIDO NO BAIRRO NOSSA SENHORA DA APRESENTAÇÃO / NATAL-RN, VISTO PELOS TÉCNICOS DA PREFEITURA DO NATAL

  • Orientador : FRANCOISE DOMINIQUE VALERY
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCOISE DOMINIQUE VALERY
  • LINCOLN MORAES DE SOUZA
  • LUDIMILLA CARVALHO SERAFIM DE OLIVEIRA
  • Data: 29/04/2016

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo pretende desvendar as modalidades e resultados do trabalho social desenvolvido, por diferentes técnicos pertencentes aos órgãos responsáveis pelo Programa Urbanização Integrada, Regularização e Integração de Assentamento Precário, realizado no bairro de Nossa Senhora da Apresentação em Natal, pincipalmente junto à comunidade da Rua do Riacho, com base nos depoimentos de técnicos que idealizaram e realizaram esse trabalho entre 2009 e 2015. Em levantamento preliminar realizado junto aos moradores da Rua do Riacho (Bairro de Nossa Senhora da Apresentação - região administrativa Norte doNatal), mediante visitas e observações em campo, foi detectado que um dos principais óbices ao Programa citado e ao Plano Social de Habitação previsto para o empreendimento selecionado foi a falta de eficiência, eficácia e efetividade do Trabalho Social que deveria ter acompanhado a realização do projeto, desde sua concepção até sua implantação e avaliação. O Trabalho Social (TS), no entendimento adotado no quadro do presente estudo, define-se como um conjunto de ações voltadas para a organização e desenvolvimento comunitário, com vista à promoção da melhoria das condições de vida da população, à urbanização de assentamento precário em atendimento ao interesse social, constituindo-se num dos eixos das ações educativas planejadas pelo Ministério das Cidades e executadas pela Prefeitura do Natal. Procurando promover e gerar a participação efetiva do público alvo e objetivando a inclusão social de famílias em situação de risco, desemprego e subemprego, falta de acesso à moradia, educação, saúde e serviços sociais, buscando-se a reversão das situações de precariedade nas relações familiares, através de programa inter-setoriais. Assim, o TS atua como um conjunto de ações educativas, procurando atender as demandas da população de baixa renda que reside em áreas segregadas e excluídas, como a da Rua do Riacho no bairro de Nossa Senhora da Apresentação, emNatal/RN, (1) garantindo a participação social dos habitantes da comunidade, a partir da implementação de mecanismos de envolvimento dos moradores com a realização dos projetos executivos integrados, assegurando uma intervenção transparente e democrática, e (2) possibilitando aos mesmos discutirem suas carências, demandas e anseios de tal maneira que as melhorias urbanas propostas, dentro das possibilidades técnicas sociais e econômicas existentes, atendam às suas expectativas e prioridades. Tendo em vista a característica do TS, decidiu-se ouvir os técnicos envolvidos no Projeto para que façam sua avaliação do TS realizado, desde a concepção até a realização do Projeto. Foram realizadas sete entrevistas com técnicos envolvidos no Projeto, entre maio e setembro de 2015. As entrevistas gravadas foram transcritas e seu conteúdo objeto de estudo, para extrair as principais categorias de análise. Delineando assim um projeto de investigação de tipo qualitativo, de natureza descritivo e explicativo, que visa favorecer a avaliação sob o olhar dos que realizaram o TS no referido projeto. 


  • Mostrar Abstract
  • The present study intends to reveal the modalities and results of the social work developed by different technicians belonging to the bodies responsible for the Integrated Urbanization, Regularization and Integration of Precarious Settlement Program, held in the neighborhood of Nossa Senhora da Apresentação in Natal, of Riacho, based on the testimonies of technicians who idealized and carried out this work between 2009 and 2015. In a preliminary survey carried out with the residents of Rua do Riacho (Neighborhood of Nossa Senhora da Apresentação - Norte do Natal administrative region), through visits and observations in field, it was detected that one of the main obstacles to the mentioned Program and to the Social Housing Plan foreseen for the selected project was the lack of efficiency, effectiveness and effectiveness of the Social Work that should have accompanied the realization of the project, from its conception until its implantation and evaluation O. Social Work (TS), in the understanding adopted in the framework of the present study, is defined as a set of actions aimed at community organization and development, with a view to promoting the improvement of the population's living conditions, the urbanization of precarious settlements in accordance with the social interest, constituting one of the axes of educational actions planned by the Ministry of Cities and executed by the City of Natal. It seeks to promote and generate effective participation of the target public and aiming at the social inclusion of families at risk, unemployment and underemployment, lack of access to housing, education, health and social services, seeking to reverse situations of precariousness in relationships through inter-sectoral programs. Thus, TS acts as a set of educational actions, seeking to meet the demands of the low-income population living in segregated and excluded areas, such as Rua do Riacho in the neighborhood of Nossa Senhora da Apresentação, in Natal / RN, (1) ensuring the social participation of the inhabitants of the community, through the implementation of mechanisms for involving the residents with the implementation of integrated executive projects, ensuring a transparent and democratic intervention, and (2) enabling them to discuss their needs, demands and desires Urban improvements proposed, within the existing social and economic technical possibilities, meet their expectations and priorities. Considering the characteristics of TS, it was decided to listen to the technicians involved in the Project so that they can make their evaluation of the TS performed, from conception to the realization of the Project. Seven interviews with technicians involved in the Project were carried out between May and September 2015. The recorded interviews were transcribed and their content was studied to extract the main categories of analysis. Outlining thus a research project of qualitative type, of descriptive and explanatory nature, that aims to favor the evaluation under the watchful eye of those who carried out the TS in said project.

6
  • CAMILA CAVALCANTI RESENDE
  • A concepção estrutural no processo de aprendizagem do projeto de arquitetura: uma análise a partir de duas experiências de ensino de projeto (UFRN e UFPE).

  • Orientador : MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • EDNA MOURA PINTO
  • RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • MARTA VIEIRA BOGÉA
  • Data: 06/05/2016

  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa investiga o ensino/aprendizagem da concepção estrutural dentro
    da didática do projeto de arquitetura. Considera primeiramente que a definição do tipo
    de estrutura, forma, locais de sustentação entre outras caraterísticas construtivas do
    projeto arquitetônico deve partir do profissional que cria a arquitetura. Esses aspectos
    precisam ser observados desde a fase de estudo preliminar uma vez que o sistema
    estrutural interfere intensamente na configuração espacial da obra. Do ponto de vista
    da formação profissional, o distanciamento entre ensino de sistemas estruturais e
    ensino do projeto traz como consequência a dificuldade de inserção da estrutura na
    concepção arquitetônica e, ainda, a falta de preparo dos arquitetos para lidarem com
    a concepção estrutural na sua vida profissional. A busca pela melhoria da didática do
    ateliê de arquitetura já é um tema recorrente no meio acadêmico, no entanto, ainda é
    escassa a literatura sobre a concepção estrutural como um elemento atuante no
    processo de projeto. Nesse sentido, esta dissertação tem como objetivo identificar
    como se dá a concepção estrutural no processo de aprendizagem de projeto
    arquitetônico, com base na análise de duas disciplinas dos cursos de Arquitetura e
    Urbanismo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e na
    Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Visa também sugerir melhorias para
    as propostas metodológicas de ensino nas disciplinas avaliadas, a fim de contribuir
    para o aprimoramento do ensino de arquitetura tendo em vista o desenvolvimento de
    habilidades e domínio da estrutura na formação dos arquitetos. Para tanto, foram
    feitos levantamentos e análise da bibliografia inerente aos temas da relação entre
    estrutura e arquitetura e ao ensino/aprendizado do projeto associado ao
    ensino/aprendizado da estrutura desde as fases iniciais do projeto. Para os casos
    estudados, foram feitos um breve histórico e o aprofundamento das estruturas
    curriculares atuais. A análise das disciplinas de cada universidade foi elaborada com
    base em dados coletados nos questionários aplicados, na observação em sala de aula
    e na análise de projetos arquitetônicos dos discentes. Por fim, espera-se que os
    resultados coletados, a discussão e sugestões delineadas no final do trabalho
    contribuam para a melhoria do ensino nesse campo.


  • Mostrar Abstract
  • Esta pesquisa investiga o ensino/aprendizagem da concepção estrutural dentro
    da didática do projeto de arquitetura. Considera primeiramente que a definição do tipo
    de estrutura, forma, locais de sustentação entre outras caraterísticas construtivas do
    projeto arquitetônico deve partir do profissional que cria a arquitetura. Esses aspectos
    precisam ser observados desde a fase de estudo preliminar uma vez que o sistema
    estrutural interfere intensamente na configuração espacial da obra. Do ponto de vista
    da formação profissional, o distanciamento entre ensino de sistemas estruturais e
    ensino do projeto traz como consequência a dificuldade de inserção da estrutura na
    concepção arquitetônica e, ainda, a falta de preparo dos arquitetos para lidarem com
    a concepção estrutural na sua vida profissional. A busca pela melhoria da didática do
    ateliê de arquitetura já é um tema recorrente no meio acadêmico, no entanto, ainda é
    escassa a literatura sobre a concepção estrutural como um elemento atuante no
    processo de projeto. Nesse sentido, esta dissertação tem como objetivo identificar
    como se dá a concepção estrutural no processo de aprendizagem de projeto
    arquitetônico, com base na análise de duas disciplinas dos cursos de Arquitetura e
    Urbanismo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e na
    Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Visa também sugerir melhorias para
    as propostas metodológicas de ensino nas disciplinas avaliadas, a fim de contribuir
    para o aprimoramento do ensino de arquitetura tendo em vista o desenvolvimento de
    habilidades e domínio da estrutura na formação dos arquitetos. Para tanto, foram
    feitos levantamentos e análise da bibliografia inerente aos temas da relação entre
    estrutura e arquitetura e ao ensino/aprendizado do projeto associado ao
    ensino/aprendizado da estrutura desde as fases iniciais do projeto. Para os casos
    estudados, foram feitos um breve histórico e o aprofundamento das estruturas
    curriculares atuais. A análise das disciplinas de cada universidade foi elaborada com
    base em dados coletados nos questionários aplicados, na observação em sala de aula
    e na análise de projetos arquitetônicos dos discentes. Por fim, espera-se que os
    resultados coletados, a discussão e sugestões delineadas no final do trabalho
    contribuam para a melhoria do ensino nesse campo.

7
  • MARIANA LIMA OLIVEIRA MONTENEGRO
  • ANÁLISE DE DESEMPENHO DAS SAÍDAS DE EMERGÊNCIA POR MEIO DE SIMULAÇÕES COMPUTACIONAIS -
    O caso de projetos de edifícios universitários.

  • Orientador : EDNA MOURA PINTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDNA MOURA PINTO
  • EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
  • SOLANGE VIRGINIA GALARCA GOULART
  • ROSARIA ONO
  • Data: 24/05/2016

  • Mostrar Resumo
  • Os parâmetros de segurança contra incêndio no Brasil são guiados por uma normalização prescritiva na qual os arquitetos baseiam seus projetos, visando o cumprimento da mesma para posterior aprovação dos órgãos fiscalizadores. Esses profissionais, muitas vezes, deixam de considerar as particularidades de cada edificação e de verificar se os requisitos normativos são, de fato, eficazes para prevenir e proteger o edifício e seus usuários contra uma situação de incêndio. A legislação necessita estar em constante revisão e atualização. Em vista à essa afirmação, o objetivo principal deste trabalho é identificar e analisar possíveis lacunas nas prescrições normativas sobre evacuação de incêndio por meio de edificações universitárias, visando contribuir para projetos mais eficazes. A questão problema a ser respondida ao final da pesquisa é se existem divergências e confluências de soluções entre as normas prescritivas sobre evacuação de emergência utilizadas no Rio Grande do Norte, quando comparadas aos resultados obtidos por meio de simulações computacionais. Para tanto, realizou-se, inicialmente, uma coleta de informações a partir de pesquisas bibliográficas e documentais a respeito do tema, do qual conceitos e informações pertinentes foram explicitados. Posteriormente, com base em critérios estabelecidos, foram realizadas simulações computacionais para avaliar o desempenho das saídas de emergência nas edificações adaptadas às prescrições. Essas simulações foram executadas por meio de dois softwares: o PATHFINDER® (2014), relacionado ao tempo de escape e à movimentação das pessoas durante a fuga; e o DEPTHMAP® (2004), de acordo com a Teoria da Sintaxe Espacial (SE), que diz respeito ao estudo da configuração espacial e da sua relação com o movimento dos usuários e o posicionamento das saídas de emergência nas edificações. Com os resultados das análises, ao final do desenvolvimento do trabalho, foi possível constatar a presença das divergências e confluências citadas na questão de pesquisa; discutir o proposto pelas prescrições normativas vigentes, dar indicações de melhoria às mesmas, assim como destacar seus pontos eficazes; e constatar a utilidade dos programas computacionais escolhidos. Espera-se que o trabalho realizado contribua com pesquisas futuras que tratem dos temas abordados ou que visem aprofundar o estudo aqui iniciado.


  • Mostrar Abstract
  • Os parâmetros de segurança contra incêndio no Brasil são guiados por uma normalização prescritiva na qual os arquitetos baseiam seus projetos, visando o cumprimento da mesma para posterior aprovação dos órgãos fiscalizadores. Esses profissionais, muitas vezes, deixam de considerar as particularidades de cada edificação e de verificar se os requisitos normativos são, de fato, eficazes para prevenir e proteger o edifício e seus usuários contra uma situação de incêndio. A legislação necessita estar em constante revisão e atualização. Em vista à essa afirmação, o objetivo principal deste trabalho é identificar e analisar possíveis lacunas nas prescrições normativas sobre evacuação de incêndio por meio de edificações universitárias, visando contribuir para projetos mais eficazes. A questão problema a ser respondida ao final da pesquisa é se existem divergências e confluências de soluções entre as normas prescritivas sobre evacuação de emergência utilizadas no Rio Grande do Norte, quando comparadas aos resultados obtidos por meio de simulações computacionais. Para tanto, realizou-se, inicialmente, uma coleta de informações a partir de pesquisas bibliográficas e documentais a respeito do tema, do qual conceitos e informações pertinentes foram explicitados. Posteriormente, com base em critérios estabelecidos, foram realizadas simulações computacionais para avaliar o desempenho das saídas de emergência nas edificações adaptadas às prescrições. Essas simulações foram executadas por meio de dois softwares: o PATHFINDER® (2014), relacionado ao tempo de escape e à movimentação das pessoas durante a fuga; e o DEPTHMAP® (2004), de acordo com a Teoria da Sintaxe Espacial (SE), que diz respeito ao estudo da configuração espacial e da sua relação com o movimento dos usuários e o posicionamento das saídas de emergência nas edificações. Com os resultados das análises, ao final do desenvolvimento do trabalho, foi possível constatar a presença das divergências e confluências citadas na questão de pesquisa; discutir o proposto pelas prescrições normativas vigentes, dar indicações de melhoria às mesmas, assim como destacar seus pontos eficazes; e constatar a utilidade dos programas computacionais escolhidos. Espera-se que o trabalho realizado contribua com pesquisas futuras que tratem dos temas abordados ou que visem aprofundar o estudo aqui iniciado.

8
  • BÁRBARA LAÍS FELIPE DE OLIVEIRA
  • EDIFICAÇÕES DE BAIXO IMPACTO AMBIENTAL EM MADEIRA PARA O CLIMA QUENTE ÚMIDO

  • Orientador : EDNA MOURA PINTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDNA MOURA PINTO
  • ALDOMAR PEDRINI
  • MARCELO BEZERRA DE MELO TINOCO
  • AKEMI INO
  • Data: 01/06/2016

  • Mostrar Resumo
  • Nessa dissertação é avaliado o emprego da madeira como uma alternativa para a redução do impacto de habitações em clima quente e úmido. O objetivo é elaborar e aplicar um método de avaliação multicritério para analisar as vantagens e desvantagens de sistemas construtivos de madeira, no sentido de subsidiar futuras decisões arquitetônicas. Foram selecionados quatro estudos de caso, sendo três estudos de edifícios construídos e uma edificação em processo de construção. Os casos foram escolhidos considerando o recorte da pesquisa, a disponibilidade dos projetistas para comentar suas obras, por meio de entrevistas, e a possibilidade de recuperar ou acompanhar informações dos projetos desde a fase de programação arquitetônica. Para analisar os estudos de caso, foram selecionados critérios de avaliação baseados na revisão bibliográfica. Essas características possibilitaram identificar os obstáculos no uso de sistemas construtivos em madeira, avaliar as decisões projetuais no desenvolvimento das construções e embasar as alternativas mais viáveis, tanto técnica quanto economicamente. Os resultados confirmam a viabilidade de edificações em madeira no clima quente úmido e diretrizes são identificadas com base nos aspectos que mais podem comprometer essa viabilidade, como preço da estrutura, qualidade da madeira (certificada, madeira plantada ou madeira nativa), condições de transporte (documentações necessárias, valores e tempo), o impacto ambiental e da relação de custo/benefício.


  • Mostrar Abstract
  • Nessa dissertação é avaliado o emprego da madeira como uma alternativa para a redução do impacto de habitações em clima quente e úmido. O objetivo é elaborar e aplicar um método de avaliação multicritério para analisar as vantagens e desvantagens de sistemas construtivos de madeira, no sentido de subsidiar futuras decisões arquitetônicas. Foram selecionados quatro estudos de caso, sendo três estudos de edifícios construídos e uma edificação em processo de construção. Os casos foram escolhidos considerando o recorte da pesquisa, a disponibilidade dos projetistas para comentar suas obras, por meio de entrevistas, e a possibilidade de recuperar ou acompanhar informações dos projetos desde a fase de programação arquitetônica. Para analisar os estudos de caso, foram selecionados critérios de avaliação baseados na revisão bibliográfica. Essas características possibilitaram identificar os obstáculos no uso de sistemas construtivos em madeira, avaliar as decisões projetuais no desenvolvimento das construções e embasar as alternativas mais viáveis, tanto técnica quanto economicamente. Os resultados confirmam a viabilidade de edificações em madeira no clima quente úmido e diretrizes são identificadas com base nos aspectos que mais podem comprometer essa viabilidade, como preço da estrutura, qualidade da madeira (certificada, madeira plantada ou madeira nativa), condições de transporte (documentações necessárias, valores e tempo), o impacto ambiental e da relação de custo/benefício.

9
  • MARIANA AZEVÊDO DE LIMA LEITE
  • A NBR 9050 E O DESIGN UNIVERSAL: um estudo sobre o banheiro

  • Orientador : GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • ANGELINA DIAS LEÃO COSTA
  • Data: 23/06/2016

  • Mostrar Resumo
  • Em face das múltiplas restrições de mobilidade permanentes ou temporárias vivenciadas pela população, entende-se que o Design Universal deve ser praticado em qualquer circunstância. Não obstante, no contexto brasileiro percebe-se que ele ainda está pouco incorporado à prática profissional, o que se torna ainda mais preocupante ao se verificar a existência de normas nesse campo há mais de dez anos. Diante desse paradoxo, questiona-se: as exigências da NBR 9050 em relação a banheiros públicos respondem às necessidades dos diversos possíveis usuários desse ambiente e, por conseguinte, atendem ao Design Universal? Partindo dessa indagação, o objetivo geral da dissertação é compreender como a NBR se relaciona com os princípios de Design Universal no que se refere às soluções adotadas em banheiros públicos. A escolha do banheiro público deveu-se à sua importância na satisfação de necessidades básicas e na manutenção da dignidade da pessoa humana, que só podem ser alcançadas caso haja garantia de autonomia, privacidade e usabilidade. A dissertação recorre ao estudo bibliográfico e ao trabalho de campo que, a partir de multimétodos, abrange o ponto de vista técnico/profissional e o ponto de vista perceptivo dos usuários. No estudo técnico foi aplicada uma matriz de avaliação de Design Universal, elaborada pela autora com base na bibliografia especializada. Para o estudo perceptivo recorreu-se à realização de tarefas acompanhadas, tendo como participantes dez pessoas com diferentes perfis (em cadeira de rodas, com cegueira total, baixa visão, ostomizado, muletante, idoso, obeso, anão, grávida e sem qualquer tipo de restrição) e à entrevista em grupo focal, para aprofundamento da análise. A análise dos resultados obtidos permitiu responder à questão de pesquisa e demonstra que, mesmo em banheiros totalmente adequados à norma técnica, algumas necessidades dos usuários ainda não são atendidas, evidenciando o distanciamento desses ambientes em relação ao Design Universal. Dada a importância da NBR 9050 como único instrumento técnico sobre o tema no Brasil, espera-se reforçar a importância de uma avaliação crítica acerca dos parâmetros por ela impostos e da sua eficácia na produção de ambientes inclusivos.

     


  • Mostrar Abstract
  • In light of permanent or temporary multiple mobility restrictions experienced by the population, it is understood that the Universal Design must be practiced under any circumstances. However, in Brazilian context is perceived that it is little incorporated to professional practice, what is even more worrying when verified the existence of standards in that field for more than twelve years. Faced with this paradox, we question: how requirements of NBR 9050 regarding to public toilets account the needs of different possible users in this environment and, therefore, meet the Universal Design? From this inquiry, the general purpose of the master dissertation is to understand how NBR relates to Universal Design principles referring to the solutions adopted in public toilets. The choice ofpublic toilet was due to its importance in basic needs satisfaction and maintenance of dignity of the human person, which can only be achieved if there are guarantees of autonomy, privacy and usability. The master dissertation uses the bibliographic study and the field research that, from multimethods, covers the technical/professional point of view and the users’ point of view. On technical study was applied an Universal Design evaluation matrix, developed by the author based on specialized bibliography. The perceptive study resorted to accompanied tasks and focus group interview, which had as participants ten people with different profiles (wheelchair user, total blindness, low vision, ostomy, crutches user, elderly, in obesity condition, short stature, pregnant and without any kind of mobility restriction). The analysis of obtained results allowed to answer the question of research and demonstrates that, even at toilets fully suited to technical standards, some users’ needs are not met, showing the distance between these environments in relation to the Universal Design. Given the importance of NBR 9050 as the single technical tool on theme in Brazil, is expected to reinforce the importance of a critical evaluation about parametersimposed by it and its efficiency in inclusive environments production.


10
  • MÁRCIO PEREIRA BARRETO
  • PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA EM MUNICÍPIOS DE PEQUENO PORTE: EFEITOS NA MICRORREGIÃO DE BAIXA VERDE/RN

  • Orientador : FRANCOISE DOMINIQUE VALERY
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCOISE DOMINIQUE VALERY
  • MARCIO MORAES VALENCA
  • LUDIMILLA CARVALHO SERAFIM DE OLIVEIRA
  • Data: 15/07/2016

  • Mostrar Resumo
  • Pretende-se com este estudo trazer à tona o Programa Minha Casa, Minha Vida em pequenos municípios com menos de 50 mil habitantes na Microrregião de Baixa Verde, no estado do Rio Grande do Norte. O lançamento do Programa, instituído pelo governo federal em 2009, foi cercado de expectativas e com muitos desafios em vista, tendo o propósito de diminuir o déficit habitacional no país, principalmente para as famílias com renda de até 3 salários mínimos. Com base na pesquisa de campo somada ao estudo bibliográfico-documental de fontes de informações que tratam de questões inerentes tanto à política habitacional quanto aos efeitos desta a nível municipal/microrregional e mediante construções cartográficas e aplicação de formulários de pesquisa buscou-se responder quais os principais efeitos que a implementação do PMCMV vem trazendo para as cidades da microrregião de Baixa Verde/RN. Dessa forma, objetivou-se avaliar os impactos do Programa Minha Casa, Minha Vida especificamente na referida microrregião, analisando os efeitos territoriais do programa nos espaços locais, identificando quem são os beneficiários em nível microrregional, verificando o grau de satisfação e a avaliação dos moradores em relação aos empreendimentos habitacionais do programa nessa microrregião, averiguando se a construção dessas moradias tem promovido à segregação sócioespacial dessa população. Os conceitos de território, cidade, habitação de interesse social, política urbana e o diálogo entre diferentes autores são utilizados como recursos metodológicos de análise. Como resultados obtidos, notou-se o acesso da parcela populacional de menor poder aquisitivo (faixa 1) a política habitacional local, bem como a integração dos empreendimentos habitacionais a urbanidade. Contudo a segregação também é presente, mesmo que em distintas escalas de apreensão, não havendo correlação entre a política urbana e habitacional com forma de amenização de tal fenômeno. Podemos entender essa pesquisa como certo avanço no que se refere as contribuições às análises referentes a habitação de interesse social, abrindo a possibilidade de novas investigações referentes a política habitacional, as pequenas cidades e como se dá os efeitos territoriais destas ações governamentais nesse espaço.


  • Mostrar Abstract
  • It is intended to bring out the effects of the Programa Minha casa, Minha Vida in small cities with less than 50,000 inhabitants in the micro-region of  Baixa Verde, in the state of Rio Grande do Norte. The launch of the Program, established by the federal government in 2009, was surrounded by expectations and with many challenges in view, with the purpose of reducing the housing deficit in the country, especially for families with income of up to 3 minimum wages. Based on field research added to the bibliographical and documentary study of information sources dealing with inherent issues both to the housing policy and for the effects of this at the municipal level / micro-regional and upon cartographic construction and application of research forms, sought to answer the main effects that the implementation of PMCMV has brought to the towns of micro-region of Baixa Verde/ RN. It was aimed to evaluate the impacts of the Programa Minha casa, Minha Vida specifically in the refer micro region, analyzing the social, economic and political effects of the program in the local spaces, identifying who are the beneficiaries of micro-regional level by checking the degree of satisfaction and Evaluation of the residents in relation to Housing Projects of this micro-region program, checking if the construction of these houses has promoted the socio-spatial segregation this population. The concept of territory, city, social interest habitation, urban politic and the dialog between different authors are used as methodological analysis capabilities. As results, it was noted the access of the population share of lower purchasing power to local housing policy and the integration of housing and urbanity projects. However the segregation is also present, although in distinguished scales of seizure, not having correlation between the urban and housing policy form of mitigation of this phenomenon. This research brings a certain advancement regarding the contributions to the analysis relating to social housing, opening the possibility of new investigations relating to housing policy, small towns and how is the territorial effects of government actions in this space.

11
  • EUDES RAONY SILVA
  • CENTRO ANTIGO DE JOÃO PESSOA: Forma, uso e patrimônio edificado

  • Orientador : JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • MARIA BERTHILDE DE BARROS LIMA E MOURA FILHA
  • Data: 01/08/2016

  • Mostrar Resumo
  • As transformações urbanas que a cidade de João Pessoa (PB) sofreu ao longo dos séculos trouxeram consigo uma série de consequências para seu núcleo inicial, universo de estudo desta pesquisa. Sua gradativa perda na relevância econômica para outras zonas da cidade veio acompanhada do surgimento de algumas patologias urbanas, usualmente vistas em muitas áreas centrais nas grandes cidades brasileiras: degradação e descaracterização do patrimônio edificado, imóveis vazios ou subutilizados, esvaziamento do uso residencial, sensação de insegurança, entre outros. Esta dissertação apresenta uma análise dessa realidade no Centro Antigo de João Pessoa, zona delimitada pelo perímetro de tombamento rigoroso estipulado pelo IPHAEP – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba. A partir da observação da morfologia urbana da cidade, do levantamento de usos e da conservação do patrimônio edificado no perímetro estudado, a dissertação teve como objetivo investigar as possíveis correlações entre essas três variáveis, diagnosticando, com isso, as incompatibilidades geradoras das patologias ali existentes – além de serem esboçadas possíveis soluções. O estudo morfológico se fundamentou na teoria descritiva conhecida como Sintaxe Espacial, onde se busca observar analogias entre a forma urbana e as relações sociais ali existentes, assumindo a proposição de que ambas podem ser mutuamente influenciadas.


  • Mostrar Abstract
  • The city of João Pessoa (Paraíba, Brazil) underwent urban transformations over the centuries that brought with them a number of consequences for its initial core, which is the study universe of this research. Its gradual loss of economic relevance to other parts of the city was accompanied by the emergence of some urban problems, usually seen in many downtown areas in large Brazilian cities such as degradation and mischaracterization of the built heritage, empty or underutilized buildings, residential emptying, feeling of insecurity, among others. This paper presents an analysis of this reality in Old Town João Pessoa, within the historic perimeter set by IPHAEP (Historical and Artistic Heritage Institute of the State of Paraíba). This thesis aimed the investigation of possible correlations among these three variables: observation of the city urban morphology, usage survey and conservation of the built heritage in the studied perimeter, thereby diagnosing the incompatibilities that generate the existing conditions - besides suggesting possible solutions. The morphological study was based on the descriptive theory known as Space Syntax, which seeks to observe analogies between urban form and its existing social relations, assuming the proposition that both can be mutually influenced.

12
  • REBECA GRILO DE SOUSA
  • Escombros e vestígios: os debates sobre os arrasamentos nas reformas urbanas das cidades brasileiras (RIo de Janeiro, São Paulo e Recife no início do século XX)

  • Orientador : GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • HELDER DO NASCIMENTO VIANA
  • RENATA CAMPELLO CABRAL
  • RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • Data: 26/08/2016

  • Mostrar Resumo
  • Processos de modernização urbana, amiúde, caminham lado a lado a eventos de destruição – parcial ou total - do acervo construído da urbe. A partir das representações em disputa em torno dos eventos de demolição empreendidos no tecido urbano tem-se o substrato para identificar as sensibilidades que afloram nestes casos. Os melhoramentos urbanos das cidades brasileiras executados no início do século XX compõem um horizonte já perscrutado dentro da História Cultural Urbana, no entanto, a pesquisa aqui engendrada propõe uma nova perspectiva e abordagem, voltada aos eventos de demolição do acervo colonial, intentando complementar o quadro de informações e reflexões sobre as representações oriundas destes casos com novos matizes. Deste modo, volta-se não apenas para colaborar para a História Cultural Urbana das cidades brasileiras, mas para apreender processos subjacentes, como a formação de sensibilidades hoje consolidadas (ou em processo de consolidação) em relação à preservação do acervo construído. Objetiva-se discutir as diferentes representações em disputa formuladas sobre os eventos de reforma e destruição do acervo construído das cidades brasileiras no início do século XX, momento em que se difundiam os princípios de modernidade e modernismo em contrapartida ao processo de elaboração da sensibilidade acerca do acervo construído das cidades e de sua preservação. Para tanto iluminam-se os casos de Recife, Rio de Janeiro e São Paulo, buscando compreender as especificidades destes processos assim como as mudanças de sensibilidades relacionadas ao conjunto edificado das cidades existentes. Dentro do contexto de pesquisa e análise dos eventos de demolição, a metodologia se baseia em duas principais vias: a primeira consiste na investigação de indícios à luz do Paradigma Indiciário de Carlo Ginzburg; a segunda se volta à apreensão técnica deste material, por meio da técnica de análise textual de Antônio Cândido. Os procedimentos realizados envolveram revisão bibliográfica acerca dos “eventos de reforma e destruição” sobre as cidades mencionadas, além da pesquisa documental empreendida em acervos físicos e digitais, onde foram compulsados documentos concernentes a estes eventos, tais como: leis, mensagens administrativas, decretos, portarias normativas, planos, projetos, fotografias, pinturas, periódicos e guias de viagem. Os resultados revelam que certos eventos de demolição tiveram seus debates silenciados enquanto outros envolveram mobilizações tais que transpunham os limites municipais e estaduais, apontando que a sensibilidade em torno dos elementos urbanos de feições coloniais crescia na medida em que seus últimos remanescentes eram passíveis esmorecer. 


  • Mostrar Abstract
  • Urban modernization processes are often related to partial or total destruction events of the constructed urbe estate. Through the representations in dispute regarding demolition events undertaken in the urban fabric appears the substrate to identify the sensibilities that flourish in these cases. The urban improvements of Brazilian cities executed in the beginning of the 20th century compose a horizon already examined within the Urban Cultural History. However, the research here engendered proposes a new perspective and approach, towards the demolition events of the colonial collection, attempting to complement the information board and reflections about the representations born from these cases with new shades. Thus, it focus not only to contribute to the Urban Cultural History of Brazilian cities, but to learn underlying processes such as the formation of currently consolidated sensibilities (or in consolidation processes) regarding the preservation of the constructed collection. The objective of this study is to discuss the different representations in dispute about the events regarding renovation and destruction of the constructed collection of the Brazilian cities in the beginning of the 20th century, period in which principles about modernity and modernism were broadcast in contrast to the sensibility development process towards the constructed collection from cities and their preservation. To achieve that, the cases from Recife, Rio de Janeiro and São Paulo are highlighted in order to comprehend specificities of these processes as well as sensibility changes related to constructions from existing cities. The methodology is based on two main approaches: the investigation of evidences in the light of the Evidential Paradigm from Carlo Ginzburg and the focus on the technical apprehension of this material using the textual analysis technique from Antonio Candido. This approach involved literature review about "renovation and destruction events" in the cities studied and documentary research conducted using physical and digital collections, analyzing documents regarding these events, such as: laws, administrative messages, decrees, regulatory ordinances, plans, projects, photographs, paintings, magazines and travel guides. The results, although only partial, disclose that certain demolition events had their debates silenced while others involved mobilizations that transposed municipal and state boundaries, indicating that the sensitivity towards urban elements with colonial features grew according to the notion that the last remnants were likely to falter.

13
  • SARAH DE ANDRADE E ANDRADE
  • A “PALAVRA DO HABITANTE” E AS POSSIBILIDADES DE APROPRIAÇÃO DO HABITAT EM LOCAÇÃO SOCIAL: O PROGRAMA DE LOCAÇÃO SOCIAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO.

  • Orientador : AMADJA HENRIQUE BORGES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AMADJA HENRIQUE BORGES
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MARIA DULCE PICANÇO BENTES SOBRINHA
  • ROSALIA DE FATIMA E SILVA
  • ROBERTO LUÍS DE MELO MONTE-MÓR
  • Data: 23/09/2016

  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa aqui desenvolvida, trata das possibilidades de apropriação do habitat concebido pelo Programa de Locação Social (PLS), implementado no âmbito da Prefeitura Municipal de São Paulo (PMSP), por seus habitantes. Orientada pelo referencial teórico-metodológico do filósofo e sociólogo francês Henri Lefebvre (1958; 1970; 1974; 2002; 2001, 2008; 2013) e pela aplicação do método de análise do discurso desenvolvido pelos pesquisadores do Instituto [francês] de Sociologia Urbana (ISU), investiga a relação entre a “palavra do habitante” (RAYMOND, 2001; HAUMONT, 2001, RAYMOND et. al, 2001) e a apropriação da locação social em São Paulo. O método aqui relido e aplicado faz uso de entrevistas abertas/não estruturadas – complementadas por nossa observação in loco e registro fotográfico - para a apreensão do espaço percebido pelos habitantes do referido programa, entendendo que esta ferramenta coloca em posição de centralidade e dá voz ao agente principal da pesquisa: o habitante. Assim, o recorte espacial de nosso campo empírico abrange quatro dos seis empreendimentos viabilizados pelo mesmo entre 2002 e 2015, sendo eles a Vila dos Idosos, o Residencial Olarias, o Edifício Senador Feijó e o Palacete dos Artistas. A utilização de uma abordagem qualitativa e, especificamente, a aplicação do método palavra do habitante possibilitou a formulação de diversas conclusões que extrapolam a hipótese inicialmente formulada de que a reafirmação do valor da propriedade privada pelas políticas habitacionais brasileiras, fragilizaria as possibilidades de apropriação do habitat de locação social. Essa questão se coloca como um dos entraves à apropriação do habitat fundamentado no aluguel e, do ponto de vista qualitativo e quantitativo, também estão presentes no discurso dos habitantes, os conflitos resultantes da descontinuidade no acompanhamento sócio educativo aos beneficiários do Programa e seu abandono pelas gestões que se sucedem na PMSP entre 2005 e 2013. Por outro lado, nos empreendimentos onde as famílias e indivíduos estão engajados em movimentos sociais de luta por moradia e estes atuam como uma ponte entre os habitantes e os órgãos públicos de gestão dos empreendimentos, se evidenciam as possibilidades de superação dos conflitos e condução à apropriação do habitat. Ao longo dos caminhos aqui trilhados, descortinamos também a apropriação dos idosos pelo habitat em locação social, que não compartilham do sonho da casa própria.


  • Mostrar Abstract
  • This research verses about the possibilities of habitat appropriation conceded by Social Tenancy Program (PLS), implemented in the sphere of the São Paulo City Hall, by its inhabitants. Oriented by the theories and methods of the french sociologist and philosopher Henri Lefebvre (1958; 1970; 1974; 2002; 2001; 2008; 2013) and by the application of the discourse analysis method developed by researches of the French Urban Sociology Institute (ISU), the current research investigates the relationship between the “inhabitant’s word” (RAYMOND, 2001; HAUMONT, 2001, RAYMOND et. al, 2001) and the appropriation of social tenancy in São Paulo. The method here employed and reviewed makes use of open and non-structured interviews – complemented by field observation and photographic registers – for the setting of the space perceived by those contemplated by the Program, understanding that this tool brings to the fore the main agent of this research: the inhabitant. Thus, the spatial limits of our empirical field embraces four of the six buildings contemplated by the program between 2002 and 2015, being the Vila dos Idosos, Residencial Olarias, Senador Feijó Building and the Palacete dos Artistas. The use of a qualitative and, specifically, the application of the method “inhabitant’s word, made possible the formulation of several conclusions that go beyond the initial hypothesis that said that the reaffirming of the private propriety value by brazilian habitational policies would bring frailty to the possibilities of social tenancy of habitat appropriation. This matter presents itself as one of the difficulties for the appropriation of habitat by rent and, from qualitative and quantitative points of view, they are also present in the inhabitants’ discourse, the resulting conflicts from the cancelling of the socio-educative accompaniment of the ones contemplated by the Program and its abandon by the successive terms in the City Hall between 2005 and 2013. On the other hand, in the buildings that there are families and individuals that are engaged in social movements for livelihood, they act as a bridge that links the inhabitants and the public management of the buildings, and is also noticed the possibilities of conflict solving and appropriation of habitat. Throughout this research we also verse about the appropriation of habitats by the elderly population in social tenancy, who share not the dream to own a house.

14
  • JESSICA MORAIS DE MOURA
  • PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA E PLANO DIRETOR: HABITAÇÃO E POLÍTICA URBANA NA REGIÃO METROPOLITANA DE NATAL

  • Orientador : MARIA DULCE PICANÇO BENTES SOBRINHA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LIVIA IZABEL BEZERRA DE MIRANDA
  • MARIA DO LIVRAMENTO MIRANDA CLEMENTINO
  • MARIA DULCE PICANÇO BENTES SOBRINHA
  • RUTH MARIA DA COSTA ATAIDE
  • Data: 26/10/2016

  • Mostrar Resumo
  • Articulando questões referentes às Políticas Habitacional e Urbana e considerando o contexto das pesquisas desenvolvidas sobre o Programa Minha Casa, Minha Vida – PMCMV, aborda-se na presente dissertação a produção recente da habitação social no Brasil e o seu diálogo com os instrumentos da Política Urbana. A pesquisa se coloca a partir dos estudos de avaliação sobre o PMCMV que atestam de forma predominante o distanciamento entre a implementação de projetos habitacionais e as definições da Política Urbana. A partir dessa problemática, investiga-se de que maneira a localização dos empreendimentos do Programa Minha Casa Minha Vida está referenciada nos Planos Diretores. Assim, o objeto de estudo se define pela localização dos empreendimentos do PMCMV relacionada às diretrizes do Macrozoneamento delimitadas nos Planos Diretores de seis municípios da Região Metropolitana de Natal, ou seja, Ceará-Mirim, Extremoz, Macaíba, Natal, Parnamirim e São Gonçalo do Amarante. Sob a ótica do Direito à Cidade, destacam-se, dentre os procedimentos metodológicos, a análise dos Planos Diretores municipais e dos normativos do PMCMV. Dados de localização dos empreendimentos e caraterísticas dos macrozoneamentos são sistematizados em mapas georeferenciados, através do software ArcGis. Como conclusão, identificam-se especificidades da implantação de empreendimentos do PMCMV em zonas que apresentam características diversas, a exemplo das zonas de expansão urbana, proteção ambiental, industriais, comerciais e turísticas. Verifica-se ainda a implantação de empreendimentos em área limites de municípios, evidenciando questões sobre a gestão metropolitana do território.


  • Mostrar Abstract
  • The dissertation discusses about the recent production of social housing in Brazil and its dialogue with the Urban Policy instruments articulating issues related to Housing Policies and Urban and considering the context of developed searches about the Minha Casa, Minha Vida Program (PMCMV),. The research develops from the evaluation studies about the PMCMV that evidence in predominant way the gap between the implementation of housing enterprises and definitions of Urban Policy. From this problematic, it is investigated how the housing enterprises localization from Minha Casa Minha Vida is referenced in the Master Plans. Therefore, the study subject is defined by the location of housing units PMCMV related to the macro-zoning guidelines defined by the six municipalities of the Metropolitan Region of Natal, which are Ceará Mirim, Extremoz, Macaíba, Natal, Parnamirim and São Gonçalo do Amarante. From the perspective of the Right to the City, it stands out among the methodological procedures, the analysis of the municipal Master Plans and regulations of PMCMV. Housing location data and macro-zoning characteristics are systematized in georeferenced maps through ArcGIS software. In conclusion, it identifies specificity in housing enterprises in the implementation of PMCMV in zones that present different characteristics, such as urban expansion, environmental protection, industries, commercial and tourist zones. It also notes the implementation of enterprises in the municipalities limit area, highlighting issues about the metropolitan territory management.

15
  • EMANUELLE ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA SOUZA
  • Da formação carioca à prática potiguar: estratégias projetuais na arquitetura residencial do arquiteto Moacyr Gomes na década de 1970.

  • Orientador : RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • MARCIO COTRIM CUNHA
  • NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
  • RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • Data: 26/10/2016

  • Mostrar Resumo
  • presente pesquisa investiga a produção arquitetônica do arquiteto potiguar Moacyr Gomes da Costa (1927), importante personagem na consolidação da Arquitetura Moderna no Rio Grande do Norte, com o objetivo de identificar características projetuais próprias do arquiteto, buscando paralelamente contextualizar essa obra no panorama regional e nacional, por meio da análise de um fragmento de sua produção – a arquitetura residencial. O estudo compreende uma coletânea de 10 projetos – construídos, não-construídos, ou já demolidos – projetados em Natal e em João Pessoa, no período compreendido entre 1955 e 1977, ainda que o foco central da pesquisa esteja voltado para as casas da década de 1970. Fazendo as devidas adaptações ao estudo em questão, partimos do conjunto de métodos organizados e aplicados por Amaral (2004) que, se baseia numa reinterpretação da tríade vitruviana (firmitas, vesnustas, utilitas) para definir seus elementos de análise. Agregamos a este método os aspectos referentes ao Lugar, conforme sugere Mahfuz (2003), o que leva aos aspectos considerados nesta análise: aspectos do lugar, aspectos funcionais, aspectos construtivos e aspectos da forma e espaço. As fontes primárias de pesquisa documental utilizadas neste estudo são compostas pelo material gráfico (pranchas, fotos e croquis) coletado em arquivos públicos e/ou particulares; os relatos do arquiteto, em entrevistas realizadas pela autora, ou registrados em periódicos e trabalhos acadêmicos; e, por último, depoimentos de alguns clientes, esclarecendo alguns pontos sobre as decisões projetuais adotadas nos referidos projetos. Os resultados apontam para um conjunto de estratégias e soluções projetuais que são adotadas de modo recorrente pelo autor (e seus parceiros) na concepção de seus projetos. Estas soluções estão, nos projetos analisados, relacionadas, principalmente, aos aspectos sócio-culturais (convenções, formas familiares e costumes) no contexto para o qual o arquiteto projeta e, ao mesmo tempo, decorrem de um a série de referências, experiências anteriores, assim como da bagagem cultural do arquiteto e seus parceiros de trabalho.


  • Mostrar Abstract
  • This research deals with the architectural production of the potiguar architect Moacyr Gomes da Costa (born 1927), an important personage in the consolidation process of Modern Architecture in the State of Rio Grande do Norte, Brazil, as it aims to identify his design characteristics as well as analyze his work in the Brazilian regional and national context, through the investigation of house designs, which represent a fragment of his production. The study comprehends a group of ten houses – built, never built or demolished - designed for the cities of Natal and João Pessoa, from 1955 to 1977, even if the research’s main focus are the houses of the 1970’s. We adapted, to the purposes of the present study, a number of methods which have been organized by Amaral (2004), who has based her study on the reinterpretation of the Vitruvian Triad (firmitas, vesnustas, utilitas) in order to define the elements of her analysis. We added the aspects related to the place to our method, as suggested by Mahfuz (2003), leading to the following aspects which are considered in our study: place, function, construction and form-space. Primary data used in this research include graphical material (drawings, photographs, sketches) collected in public and/or private archives; the author’s interviews with the architect or his views and opinions available in periodicals and other academic studies; and finally, testimonies of some of his clients, which helped clarify some points about the design decisions taken in the projects. The research findings indicate a set of design strategies and solutions that the author adopts regularly (as well as his partners) in the conception of his projects. The analyses of such projects show that his solutions are mainly related to sociocultural aspects (conventions, the families’ way-of-life and habits) in the context to which the architect designs. They also result, at the same time, from several references and previous experiences, as well as from his cultural background and from that of his work partners.

16
  • MISS LENE PEREIRA DA SILVA
  • OCUPAÇÕES EM RISCO: Um estudo urbanístico-ambiental das áreas de risco do bairro de Mãe Luiza. Natal/RN

  • Orientador : RUTH MARIA DA COSTA ATAIDE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RUTH MARIA DA COSTA ATAIDE
  • AMADJA HENRIQUE BORGES
  • LUIZ ANTONIO CESTARO
  • LIVIA IZABEL BEZERRA DE MIRANDA
  • Data: 27/10/2016

  • Mostrar Resumo
  • O município de Natal/RN, vêm enfrentando problemas que em alguns casos resultam em danos materiais e óbitos de pessoas, devido aos deslizamentos de terra e outros processos de Risco por ocupação em áreas impróprias do ponto de vista ambiental.  Seguindo determinações nacionais que orientam para a adoção de instrumentos aplicados a gestão de suas Áreas de Risco, o município elaborou, em 2008, o seu primeiro Plano Municipal de Redução de Risco (PMRR), cuja estrutura remete à metodologia proposta pelo Ministério das Cidades para o enfrentamento desses temas.  Este Plano, entretanto, limitou a sua área de atuação ao mapeamento dos diferentes processos e graus de risco existentes nos setenta e quatro assentamentos informais identificados pelos órgãos de gestão urbana no momento da sua elaboração e constante no documento/proposta da Política de Habitação de Interesse Social (PHIS), elaborado em 2005. No Plano consta a presença de quatro desses assentamentos no bairro e AEIS de Mãe Luiza, que apresentam constantes ocorrências de processos de risco. Nessa perspectiva, a presente dissertação parte da hipótese de que apesar da existência do PMRR (2008), o município de Natal ainda não desenvolveu as ações necessárias à efetivação do controle urbanístico e ambiental com vista à minimização dos processos e situações de risco existentes no bairro e áreas adjacentes. Como objetivo geral o trabalho se propôs a compreender as diversas situações de risco socioambientais no bairro de Mãe Luiza e o grau de efetivação das ações institucionais de prevenção e controle, previstas pelo PMRR (2008). Após uma ampla revisão bibliográfica sobre a temática do risco e dos assentamentos, foram realizadas visitas de campo, coleta de dados para caracterização das áreas e identificação de processos de risco, registros institucionais das ações realizadas pelo município após implementação do PMRR, análise do mapeamento de risco e abrangência no bairro de Mãe Luiza. Como resultado, o trabalho constatou a ocorrência de algumas lacunas, cuja discussão resultou na indicação de adaptações e atualizações no mapeamento do PMRR e na Lei que orienta o controle do Uso e Ocupação do sol da AEIS de Mãe Luiza (Lei 4.663/95). O estudo mais aprofundando das quatro áreas de risco consideradas pelo PMRR, especialmente nos aspectos relacionados com as suas características urbanísticas e ambientais, possibilitou a identificação de possíveis novas situações e processos de risco no seu interior, ou entorno, e em outras partes do bairro, não contempladas pelo Plano e avaliar as ações de planejamento e gestão ao controle do risco sobre o bairro em sua totalidade.


  • Mostrar Abstract
  • The city of Natal / RN is facing issues, that in some cases result in material damages and death of people due to landslides and other risky processes due to the occupation of areas that are inappropriate from an environmental point of view.  Following national norms that instruct the use of tools applied in the management of risk area, the city developed in 2008 its first Municipal Plan for Risk Reduction (MPRR), which structure is in accordance to the proposed methodology by the Ministry of Cities to address those issues. This plan, however, limited its field of action to the mapping of different processes and risk degrees that exists in the seventy-four informal settlements identified by the urban management entities at the moment of its elaboration, which appears in the document / proposal for Social Housing Policy (SHP), created in 2005.  The plan contains four of those settlements in the neighborhood of AEIS from Mãe Luiza, that reports constantly occurrences of risk processes. From this perspective, this thesis is based on the assumption, that despite the existence of the MPRR (2008), the city of Natal has not developed the necessary actions for an urbanistic and environmental control that focuses on the minimization of risk processes and existing risks in the neighborhood and adjacent areas. The general goal of this essay is to understand different situations of socioenvironmental risks in the neighborhood of Mãe Luiza and the level of realization of the institutional actions of prevention and control, outlined in the MPRR (2008). After a broad bibliographic review about the subject of risk and settlements, field visits have been realized, data collection to characterize the areas where risk processes have been identified, institutional register of the realized actions by the city of Natal after implementation of the MPRR, analyzes of the mapping of the risk in the neighborhood of Mãe Luiza.  As result, the essay concludes the occurrence of some gaps, which discussion results in the indication of adaptations and updates of the mapping of the MPRR and the law that guides the control of the Use and Occupation of soil of the AEIS from Mãe Luiza (Law 4.663/95). The deeper study of four risk areas considered by the MPRR, in special in the aspects related whit their urban and environmental characteristics, allowed the identification of possible new situations and risk processes in the interior or surrounding and other parts of the neighborhood, that are not covered by the plan and evaluates the planed actions and risk management regarding the whole neighborhood. 

17
  • DANIEL NICOLAU DE VASCONCELOS PINHEIRO
  • RECUPERAÇÃO DE MAIS-VALIAS FUNDIÁRIAS URBANAS EM NATAL: ESTUDO SOBRE A VALORIZAÇÃO DO SOLO E OS EFEITOS DOS INVESTIMENTOS PRÉ/PÓS COPA DO MUNDO 2014.

  • Orientador : MARCIO MORAES VALENCA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FERNANDA FURTADO DE OLIVEIRA E SILVA
  • MARCIO MORAES VALENCA
  • RUTH MARIA DA COSTA ATAIDE
  • Data: 06/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • As intervenções estatais financiadas com verba pública criam ambiências (externalidades), que valorizam alguns locais em detrimento de outros. Essa valorização (mais-valia fundiária), não é gerada com o esforço solitário de um único proprietário, mas sim, é construída socialmente com a evolução do espaço urbano das cidades ao longo do tempo. Torna-se justo que sejam implementadas ações e medidas que visem recuperar esta valorização, ou parte dela, e que esse valor seja reinsvestido em localidades menos favorecidas socialmente. Este trabalho buscou encontrar os lugares com maior valorização na cidade de Natal-RN, utilizando como ferramentas as análises dos dados de IPTU, ITIV e OODC, confrontadas com as obras estruturantes e equipamentos públicos da cidade, com fim de identificar se existe a implementação de ferramentas de recuperação de mais-valias fundiárias urbanas e se os recursos obtidos através delas, estão sendo aplicados de forma redistributiva.


  • Mostrar Abstract
  • Public investments in the city create urban features that add value to certain areas but not to others. This is a plus value collectively generated in the long run, in the production of urban space, not by specific individuals. Thus, it is only fair that individuals who benefit from this process have to pay back and contribute towards investments to develop less favoured, and poorer areas. This dissertation sought to identify the most valued areas in Natal, Brazil, using three data sets related to taxation on land transactions, property and use (IPTU, ITIV and OODC). The amount of taxes collected is seen in confrontation with structural developments and investments in new public equipments and services in the city. The idea is to evaluate if the taxation system has served as a means of income redistribution.

Teses
1
  • JULIEN VINCENT INEICHEN
  • O Workshop de Arquitetura e Urbanismo (W-AU) como dispositivo pedagógico para formação em concepção colaborativa.

  • Orientador : MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • ALAIN BAUDRIT
  • GUILHERME CARLOS LASSANCE DOS SANTOS ABREU
  • STÉPHANE HANROT
  • FILIPE LEBRE FIGUEIREDO
  • Data: 18/02/2016

  • Mostrar Resumo
  • A complexidade dos desafios que as sociedades contemporâneas enfrentam requer a concepção de soluções baseadas na mobilização das habilidades de múltiplos atores. Esta inteligência coletiva emerge da capacidade desses atores conduzirem projetos nos quais suas ações são altamente interdependentes. No entanto, o sistema tradicional de ensino, que está baseado em uma lógica disciplinar de avaliação individual, encontra dificuldades para formar estudantes a este tipo de práticas de concepção colaborativa.

    Na paisagem da educação de nível superior, o ensino da Arquitetura distingue-se da abordagem disciplinar universitária por utilizar o dispositivo do Atelier, que visa a aprendizagem de competências através de uma abordagem integrativa dos conhecimentos num processo de projeto. Este processo de aprendizagem por meio do projeto é também realizado em um ambiente particular, caracterizado por padrões espaciais, temporais, físicos e sociais singulares. Embora o sistema de avaliação seja feito da mesma forma que o modelo universitário tradicional, que é estruturado em função de um trabalho individual, este dispositivo pedagógico se difere em primeiro lugar, pela postura de autor que o aluno deve demonstrar, e em segundo lugar, pela dinâmica coletiva de aprendizagem que é implementado neste ambiente particular de formação. 

    A partir dessas constatações, defendemos a tese de que o Atelier de Arquitetura é um dispositivo pedagógico capaz de formar à concepção colaborativa, desde que alguns dos seus parâmetros sejam reconfigurados. Nesta perspectiva, nós identificamos o atelier intensivo de curta duração como uma evolução contemporânea do dispositivo do Atelier que, graças a uma concentração de alguns dos seus parâmetros (espaciais, temporais, físicos e sociais), tornou-se um lugar de experimentação concreta da prática e da aprendizagem da concepção colaborativa. Nessa pesquisa, nós usamos o acrônimo "W-AU" (Workshop de Arquitetura e Urbanismo) para falar do atelier intensivo de curta duração, a fim de distingui-lo de sua versão longa.


    Para defender esta tese, em primeiro lugar, nós definimos o atelier tradicional através de uma perspectiva histórica, além de analisarmos sua estrutura e seu funcionamento para então identificar como este dispositivo dialoga com a noção de concepção colaborativa. Em seguida, nós realizamos uma tipologia do W-AU, em função de suas diferentes práticas contemporâneas, para situar três estudos de caso a partir dos quais, nós descrevemos diferentes implementações da concepção colaborativa. Esta análise nos permite trazer à luz o papel-chave dos diferentes atores, da configuração da governança e da configuração dos parâmetros do ambiente, visando promover o processo de concepção colaborativa.


    Esta pesquisa consiste, portanto em identificar as potencialidades e limitações oferecidos pelo WAU para a formação à concepção colaborativa nos estudos de Arquitetura. Dada a diversidade das variáveis que estão em jogo na implementação deste ambiente colaborativo, a ambição desta contribuição não é propor um procedimento-padrão para a realização deste gênero de dispositivo, mas sim identificar e divulgar algumas ferramentas e estratégias suscetíveis de serem mobilizadas pelos atores da concepção colaborativa, visando facilitar e otimizar a sua abordagem.


  • Mostrar Abstract
  • A complexidade dos desafios que as sociedades contemporâneas enfrentam requer a concepção de soluções baseadas na mobilização das habilidades de múltiplos atores. Esta inteligência coletiva emerge da capacidade desses atores conduzirem projetos nos quais suas ações são altamente interdependentes. No entanto, o sistema tradicional de ensino, que está baseado em uma lógica disciplinar de avaliação individual, encontra dificuldades para formar estudantes a este tipo de práticas de concepção colaborativa.

    Na paisagem da educação de nível superior, o ensino da Arquitetura distingue-se da abordagem disciplinar universitária por utilizar o dispositivo do Atelier, que visa a aprendizagem de competências através de uma abordagem integrativa dos conhecimentos num processo de projeto. Este processo de aprendizagem por meio do projeto é também realizado em um ambiente particular, caracterizado por padrões espaciais, temporais, físicos e sociais singulares. Embora o sistema de avaliação seja feito da mesma forma que o modelo universitário tradicional, que é estruturado em função de um trabalho individual, este dispositivo pedagógico se difere em primeiro lugar, pela postura de autor que o aluno deve demonstrar, e em segundo lugar, pela dinâmica coletiva de aprendizagem que é implementado neste ambiente particular de formação. 

    A partir dessas constatações, defendemos a tese de que o Atelier de Arquitetura é um dispositivo pedagógico capaz de formar à concepção colaborativa, desde que alguns dos seus parâmetros sejam reconfigurados. Nesta perspectiva, nós identificamos o atelier intensivo de curta duração como uma evolução contemporânea do dispositivo do Atelier que, graças a uma concentração de alguns dos seus parâmetros (espaciais, temporais, físicos e sociais), tornou-se um lugar de experimentação concreta da prática e da aprendizagem da concepção colaborativa. Nessa pesquisa, nós usamos o acrônimo "W-AU" (Workshop de Arquitetura e Urbanismo) para falar do atelier intensivo de curta duração, a fim de distingui-lo de sua versão longa.


    Para defender esta tese, em primeiro lugar, nós definimos o atelier tradicional através de uma perspectiva histórica, além de analisarmos sua estrutura e seu funcionamento para então identificar como este dispositivo dialoga com a noção de concepção colaborativa. Em seguida, nós realizamos uma tipologia do W-AU, em função de suas diferentes práticas contemporâneas, para situar três estudos de caso a partir dos quais, nós descrevemos diferentes implementações da concepção colaborativa. Esta análise nos permite trazer à luz o papel-chave dos diferentes atores, da configuração da governança e da configuração dos parâmetros do ambiente, visando promover o processo de concepção colaborativa.


    Esta pesquisa consiste, portanto em identificar as potencialidades e limitações oferecidos pelo WAU para a formação à concepção colaborativa nos estudos de Arquitetura. Dada a diversidade das variáveis que estão em jogo na implementação deste ambiente colaborativo, a ambição desta contribuição não é propor um procedimento-padrão para a realização deste gênero de dispositivo, mas sim identificar e divulgar algumas ferramentas e estratégias suscetíveis de serem mobilizadas pelos atores da concepção colaborativa, visando facilitar e otimizar a sua abordagem.

2
  • LUCY DONEGAN
  • Qual é a sua praia? Arquitetura e Sociedade em praias de Natal-RN. 
  • Orientador : EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
  • FREDERICO ROSA BORGES DE HOLANDA
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • LUCAS FIGUEIREDO DE MEDEIROS
  • Data: 04/03/2016

  • Mostrar Resumo
  • Esta tese discute nexos entre arquitetura e sociedade em espaços públicos; especificamente em três praias urbanas de Natal-RN. Malgrado serem importantes espaços públicos de socialização e lazer em cidades brasileiras, as razões de escolha de grupos por certas praias são distintas – situação antagônica à mítica de serem arenas universalmente acessíveis, “democráticas”. Nossos estudos de caso em Natal, apesar de terem traços em comum – paisagens atraentes, com transporte público, estruturas de lazer e intensamente utilizadas – são descritas de modos contrastantes: a Redinha como remota e popular, a Praia do Meio como “decadente,” e Ponta Negra da classe média e turista. Entende-se que espaços públicos são bens essenciais de sociedades urbanas, e que a forma do espaço pode ajudar a unir ou apartar pessoas, favorecendo níveis distintos de vitalidade urbana, entendida aqui como cenários onde pessoas diversas convivem de maneira pacífica, e estabelecem vínculos com a área. Atributos arquitetônicos são investigados – de per si e em perspectiva comparada entre as praias – que foram referenciados na literatura como facilitadores da vitalidade urbana. A arquitetura é entendida como configuração espacial (o vazio) e conjunto construído (o cheio). Em cada praia, a estrutura do espaço, enquanto um sistema de limites e permeabilidades, é composta por diferentes rotas entre, ou para, lugares – mais locais ou mais abrangentes – que ora confluem, ora se dissociam, juntando ou separando fluxos. Isto gera padrões de movimento que caracterizam distintos conjuntos construídos e práticas sociais em cada praia, os quais influenciam também em costumes e visões. Deste modo, a forma na Redinha e na Praia do Meio acentua clivagens, ao passo que em Ponta Negra, minimiza separações, já que sua malha urbana se conecta melhor ao entorno. No geral, achados reforçam uma conhecida polaridade, entre menos e mais favorecidos economicamente; assim, limitadas vitalidades urbanas são expressas por arquiteturas que mais das vezes separam, cada qual na sua praia.

  • Mostrar Abstract
  • Esta tese discute nexos entre arquitetura e sociedade em espaços públicos; especificamente em três praias urbanas de Natal-RN. Malgrado serem importantes espaços públicos de socialização e lazer em cidades brasileiras, as razões de escolha de grupos por certas praias são distintas – situação antagônica à mítica de serem arenas universalmente acessíveis, “democráticas”. Nossos estudos de caso em Natal, apesar de terem traços em comum – paisagens atraentes, com transporte público, estruturas de lazer e intensamente utilizadas – são descritas de modos contrastantes: a Redinha como remota e popular, a Praia do Meio como “decadente,” e Ponta Negra da classe média e turista. Entende-se que espaços públicos são bens essenciais de sociedades urbanas, e que a forma do espaço pode ajudar a unir ou apartar pessoas, favorecendo níveis distintos de vitalidade urbana, entendida aqui como cenários onde pessoas diversas convivem de maneira pacífica, e estabelecem vínculos com a área. Atributos arquitetônicos são investigados – de per si e em perspectiva comparada entre as praias – que foram referenciados na literatura como facilitadores da vitalidade urbana. A arquitetura é entendida como configuração espacial (o vazio) e conjunto construído (o cheio). Em cada praia, a estrutura do espaço, enquanto um sistema de limites e permeabilidades, é composta por diferentes rotas entre, ou para, lugares – mais locais ou mais abrangentes – que ora confluem, ora se dissociam, juntando ou separando fluxos. Isto gera padrões de movimento que caracterizam distintos conjuntos construídos e práticas sociais em cada praia, os quais influenciam também em costumes e visões. Deste modo, a forma na Redinha e na Praia do Meio acentua clivagens, ao passo que em Ponta Negra, minimiza separações, já que sua malha urbana se conecta melhor ao entorno. No geral, achados reforçam uma conhecida polaridade, entre menos e mais favorecidos economicamente; assim, limitadas vitalidades urbanas são expressas por arquiteturas que mais das vezes separam, cada qual na sua praia.
3
  • LEONARDO JORGE BRASIL DE FREITAS CUNHA
  • O DESEMPENHO DA COMPARTIMENTAÇÃO HORIZONTAL SELETIVA NA PROMOÇÃO DA SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO EM EDIFICAÇÕES: Simulação computacional como instrumento de avaliação em edificações universitárias.

  • Orientador : EDNA MOURA PINTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDNA MOURA PINTO
  • GEORGE CAJATY BARBOSA BRAGA
  • GEORGE SANTOS MARINHO
  • SOLANGE VIRGINIA GALARCA GOULART
  • VALDIR PIGNATTA E SILVA
  • Data: 12/04/2016

  • Mostrar Resumo
  • No trabalho apresentam-se os resultados da pesquisa que aborda o desempenho da compartimentação horizontal seletiva na promoção da Segurança Contra Incêndio em Edificações – SCIE. A compartimentação horizontal é uma medida de proteção passiva de total controle por parte do arquiteto, passível de ser definida logo nas primeiras fases do processo projetual. Contudo, nota-se uma contínua reconfiguração dos ambientes em edificações acadêmicas, objetivando ajustá-los à demanda surgente por espaço. Assim, um determinado ambiente concebido inicialmente como uma ampla sala de aula pode se transformar em duas ou mais salas menores, por exemplo. Independentemente do momento em que ocorre a subdivisão, seja na fase de projeto ou durante a ocupação da edificação, as normas só consideram o ambiente compartimentado quando são empregados os elementos classificados como corta-fogo. Entretanto, considerando que os minutos iniciais de um incêndio são os mais importantes na proteção a vida, trabalhou-se a hipótese de que uma forma de particionamento ignorado pelas prescrições normativas é capaz de favorecer a evacuação e o resgate dos ocupantes ao promover exaustão da fumaça no ambiente incendiado. A partir de um modelo representativo de um ambiente acadêmico construído, utilizou-se a simulação computacional para testar o desempenho de um tipo de compartimentação horizontal seletiva com diferentes combinações de aberturas para exaustão da fumaça. Nos resultados obtidos demonstrou-se que a compartimentação horizontal seletiva é capaz de promover benefícios para os ocupantes durante a evacuação, tanto por promover maior altura da camada livre de fumaça, quanto por retardar o instante em que a temperatura limite para a sobrevivência humana é atingida.


  • Mostrar Abstract
  • No trabalho apresentam-se os resultados da pesquisa que aborda o desempenho da compartimentação horizontal seletiva na promoção da Segurança Contra Incêndio em Edificações – SCIE. A compartimentação horizontal é uma medida de proteção passiva de total controle por parte do arquiteto, passível de ser definida logo nas primeiras fases do processo projetual. Contudo, nota-se uma contínua reconfiguração dos ambientes em edificações acadêmicas, objetivando ajustá-los à demanda surgente por espaço. Assim, um determinado ambiente concebido inicialmente como uma ampla sala de aula pode se transformar em duas ou mais salas menores, por exemplo. Independentemente do momento em que ocorre a subdivisão, seja na fase de projeto ou durante a ocupação da edificação, as normas só consideram o ambiente compartimentado quando são empregados os elementos classificados como corta-fogo. Entretanto, considerando que os minutos iniciais de um incêndio são os mais importantes na proteção a vida, trabalhou-se a hipótese de que uma forma de particionamento ignorado pelas prescrições normativas é capaz de favorecer a evacuação e o resgate dos ocupantes ao promover exaustão da fumaça no ambiente incendiado. A partir de um modelo representativo de um ambiente acadêmico construído, utilizou-se a simulação computacional para testar o desempenho de um tipo de compartimentação horizontal seletiva com diferentes combinações de aberturas para exaustão da fumaça. Nos resultados obtidos demonstrou-se que a compartimentação horizontal seletiva é capaz de promover benefícios para os ocupantes durante a evacuação, tanto por promover maior altura da camada livre de fumaça, quanto por retardar o instante em que a temperatura limite para a sobrevivência humana é atingida.

4
  • SIMONE DA SILVA COSTA
  • PROVISÃO HABITACIONAL E A (DES) CONSTRUÇÃO DO DIREITO A CIDADE: UM OLHAR SOBRE A AÇÃO CIVIL PÚBLICA COMO INSTRUMENTO DE ANALISE DO PMCMV.

  • Orientador : FRANCOISE DOMINIQUE VALERY
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALEXSANDRO FERREIRA CARDOSO DA SILVA
  • FRANCOISE DOMINIQUE VALERY
  • JOVANKA BARACUHY CAVALCANTI SCOCUGLIA
  • LUDIMILLA CARVALHO SERAFIM DE OLIVEIRA
  • MARCIO MORAES VALENCA
  • Data: 28/04/2016

  • Mostrar Resumo
  • Com a constatação das distorções do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) presente na edificação dos empreendimentos em diversas cidades brasileiras, este trabalho de investigação procura responder as seguintes questões: as políticas federais de habitação implementadas no Brasil, após a década de 1940, se moveram em direção à efetivação do direito à cidade ou apenas atuaram no sentido de promover um empoderamento do setor privado? O PMCMV, atual modelo de provisão habitacional, segue os princípios e diretrizes que conduzem a concretização desse direito? Como a Ação Civil Pública (Lei 7.347/1985) pode contribuir para a construção de políticas habitacionais mais justas e democráticas, já que se constitui num instrumento de defesa dos interesses coletivos de uma sociedade? A fim de responder tais questões, faz-se uma revisão de literatura acerca do conceito de direito à moradia e à cidade, bem como dos modelos adotados pelas políticas habitacionais implementadas pelo governo federal a partir de 1940. Apresenta-se e crítica-se a estrutura adotada pelo PMCMV para a construção de moradias populares e, para tanto, utiliza a Ação Civil Pública como um instrumento de avaliação do PMCMV e de defesa do direito à cidade num momento de intensa provisão habitacional apoiada pelo sistema financeiro. Foi selecionada e analisada, dentre outras, a ACP nº 0012584-70.2011.403.6119, que tramita na 1ª Vara Federal de Guarulhos (SP). A referida ACP foi proposta pelo MPF em desfavor da União Federal e da Caixa Econômica Federal enfatizando mudanças nos critérios de seleção dos candidatos do referido programa, tendo em vista a comercialização de vagas e a cobrança indevida de taxas de inscrição das organizações não governamentais responsáveis pela sua execução. Neste sentido, a ACP surge como um relevante instrumento de defesa do direito à cidade aos beneficiários do PMCMV. As considerações finais têm por objetivo assinalar elementos de caráter pedagógico, educativo, preventivo, relacional e de esclarecimento sobre a relevância da construção de uma política habitacional que conduza a verdadeira justiça urbana, ainda que por meio da sua judicialização, ou seja, da intervenção direta do Poder Judiciário nos atos do Poder Executivo.


  • Mostrar Abstract
  • Com a constatação das distorções do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) presente na edificação dos empreendimentos em diversas cidades brasileiras, este trabalho de investigação procura responder as seguintes questões: as políticas federais de habitação implementadas no Brasil, após a década de 1940, se moveram em direção à efetivação do direito à cidade ou apenas atuaram no sentido de promover um empoderamento do setor privado? O PMCMV, atual modelo de provisão habitacional, segue os princípios e diretrizes que conduzem a concretização desse direito? Como a Ação Civil Pública (Lei 7.347/1985) pode contribuir para a construção de políticas habitacionais mais justas e democráticas, já que se constitui num instrumento de defesa dos interesses coletivos de uma sociedade? A fim de responder tais questões, faz-se uma revisão de literatura acerca do conceito de direito à moradia e à cidade, bem como dos modelos adotados pelas políticas habitacionais implementadas pelo governo federal a partir de 1940. Apresenta-se e crítica-se a estrutura adotada pelo PMCMV para a construção de moradias populares e, para tanto, utiliza a Ação Civil Pública como um instrumento de avaliação do PMCMV e de defesa do direito à cidade num momento de intensa provisão habitacional apoiada pelo sistema financeiro. Foi selecionada e analisada, dentre outras, a ACP nº 0012584-70.2011.403.6119, que tramita na 1ª Vara Federal de Guarulhos (SP). A referida ACP foi proposta pelo MPF em desfavor da União Federal e da Caixa Econômica Federal enfatizando mudanças nos critérios de seleção dos candidatos do referido programa, tendo em vista a comercialização de vagas e a cobrança indevida de taxas de inscrição das organizações não governamentais responsáveis pela sua execução. Neste sentido, a ACP surge como um relevante instrumento de defesa do direito à cidade aos beneficiários do PMCMV. As considerações finais têm por objetivo assinalar elementos de caráter pedagógico, educativo, preventivo, relacional e de esclarecimento sobre a relevância da construção de uma política habitacional que conduza a verdadeira justiça urbana, ainda que por meio da sua judicialização, ou seja, da intervenção direta do Poder Judiciário nos atos do Poder Executivo.

5
  • GIULIANO ORSI MARQUES DE CARVALHO
  • A INICIAÇÃO EM PROJETO DE ARQUITETURA: Um estudo com docentes e discentes em três escolas no Brasil e uma em Portugal

  • Orientador : GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLAUDIA DA CONCEIÇÃO GARCIA
  • FLAVIO DE LEMOS CARSALADE
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MARIA MADALENA AGUIAR DA CUNHA MATOS
  • NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
  • Data: 30/08/2016

  • Mostrar Resumo
  • Essa tese investiga elementos que possam subsidiar o ensino de projeto nos primeiros semestres do curso de Arquitetura e Urbanismo (AU), entendendo o conhecimento prévio do alunado iniciante como potencial ponto de partida para o processo educativo nesse campo. Com base na problematização de questões ligadas ao ensino em geral e ao ensino de AU em particular, pergunta-se: Como os conhecimentos prévios dos estudantes iniciantes (EIs), adquiridos por meio de suas experiências (espaciais, principalmente), são trabalhados nas disciplinas iniciais do curso? Quais os enfoques mais apropriados para realizar essas leituras? Como o ensino de projeto pode tirar proveito dessas informações incorporando-as ao processo de ensino-aprendizagem na área? Dada a amplitude destas questões, assumimos o caráter exploratório do estudo realizado, tomando como hipóteses de trabalho que: (i) os desenhos e textos produzidos pelo EI em AU refletem sua experiência anterior, notadamente seu lugar de procedência/vivência cotidiana, e permitem investigar as singularidades de grupos/turmas; (ii) atualmente as ementas de disciplinas introdutórias de projeto pouco contemplam tais singularidades; (iii) compreender as características/diversidade dos grupos/turmas a partir do conhecimento dos EIs pode funcionar como elemento didático para a formação na área de AU. Portanto, o objetivo principal desta tese é dar subsídios para a construção de diretrizes para disciplinas de introdução ao ensino de projeto de arquitetura em cursos de AU. São objetivos específicos: (i) entender como o estudo do conhecimento precedente dos EIs se insere nas ementas das disciplinas iniciais de projeto de cursos de AU brasileiros; (ii) compreender os olhares dos docentes de disciplinas iniciais de projetação sobre esse conhecimento; e (iii) investigar, a partir de análise de turmas iniciais de três escolas brasileiras e uma portuguesa, possíveis singularidades acerca dos conhecimentos prévios de EIs, por meio da compreensão de sua origem, ambientes de vivência, repertório e preferências arquitetônicas. Além da revisão bibliográfica nos campos do ensino de AU, da pedagogia e disciplinas suplementares, como psicologia ambiental, filosofia, sociologia e história, a tese se apoia na realização de dois estudos empíricos autônomos. O primeiro investigou 54 cursos públicos de AU brasileiros a fim de identificar o tipo de conteúdo trabalhado nas disciplinas de caráter introdutório, as qualificações/perfis e opiniões dos docentes sobre o background dos EIs e a utilização didática dessas informações. O segundo assumiu o formato de estudo-de-casos-múltiplos que investigou desenhos e textos elaborados pelos EIs em atelier, e foi realizado em quatro diferentes escolas de arquitetura: da Universidade de Lisboa (UL) e das Universidades Federais do Tocantins (UFT), do Rio Grande do Norte (UFRN) e de Juiz de Fora (UFJF). Os resultados obtidos comprovam parcialmente as hipóteses e dão subsídios iniciais para a construção de diretrizes pedagógicas direcionadas à promoção da relação dialógica entre o repertório trazido pelos alunos iniciantes e os conhecimentos que eles precisam dominar no começo do curso de AU.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis researches elements which can subsidize the teaching of design in the first semesters of Architecture and Urbanism (AU) course taking students’ previous knowledge into account and it is understood as starting potential point to education process at this field front to the importance of encouraging background extension from beginner students (BS). Based upon this premise, from questions linked to general teaching and to teaching of AU in particular, there are the following questions: How students’ previous knowledge, acquired throughout their own experiences (meanly spatial), are managed from initial subjects course? What are the most appropriate focuses to do these readings? Can the design teaching take advantage of the information embodying them into the teaching process? According to the extension of these questions, we assume that the exploratory way of this study, taking as work hypothesis that: (i) it is possible to investigate the existing singularities into groups of BS in AU, and they can be seen, meanly, by their perception from their places of living and their drafts/ texts done during this thesis; (ii) the design introductory subjects content nowadays do not behold (or behold just a little) such singularities; (iii) the contact to all this information can favor an adequate approach among students and professors. This way, our main goal is to subsidy the creation of guidelines of introductory subjects to design teaching of architecture at AU courses. As specifics goals: (i) to comprehend how the studying of BS previous knowledge insert themselves into the guidelines of introductory design subjects at Brazilian AU courses; (ii) to comprehend the professors point of view regarding to introductory design subjects; and (iii) to investigate BS previous knowledge from AU courses throughout the comprehension of their origin, living places, repertory and architectural preferences. In this context, this thesis methodologically supports itself into bibliographical review in the field of AU teaching, pedagogy and supplementary subjects such as environmental psychology, philosophy, sociology and history. Two autonomous studying were empirically done. The first one investigated 54 Brazilian AU public courses in order to identify relations among introductory design subjects, the qualification and profile of the professors and their opinion about BS background and the way to consider students’ knowledge into subjects of design initiation. The second one assumed the format of a multiple case study and it was done with BS from four different AU courses, in which the understanding about their living places and some products (drafts and texts) were taken in four different architecture schools: University of Lisbon (UL), Tocantins Federal University (UFT), Rio Grande do Norte Federal University (UFRN) and Juiz de Fora Federal University (UFJF). The data collected show partially the hypotheses and give initial subsidies to the construction of pedagogical guidelines towards to promote a dialogue relation between the repertoire brought by beginner students and the  knowledgment students need to master at the beginning of AU course.

6
  • SILVANA FERRACCIU MAMERI
  • PROJETO URBANO EM ASSENTAMENTOS DE ORIGEM INFORMAL: FORMA, AMBIENTE E INSTRUMENTOS DE ACESSO À TERRA URBANIZADA NO COTIDIANO DE MÃE LUIZA, NATAL/RN

  • Orientador : MARIA DULCE PICANÇO BENTES SOBRINHA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ENEIDA MARIA SOUZA MENDONÇA
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • MARIA DULCE PICANÇO BENTES SOBRINHA
  • MARISE COSTA DE SOUZA DUARTE
  • MAURO NORMANDO MACÊDO DE BARROS FILHO
  • Data: 01/09/2016

  • Mostrar Resumo
  • A presente tese aborda o tema do projeto urbano em assentamentos de origem informal, problematizando a ausência de referências nas ações de projeto em relação aos processos construídos na vida cotidiana de moradores e no procedimento de gestão mais amplo dos assentamentos, notadamente aqueles implantados em áreas ambientalmente frágeis. A observação dessa questão em relação à formação e ao crescimento do bairro Mãe Luiza, em Natal/RN, motiva a reflexão sobre soluções de projeto urbano e os processos históricos e de luta gestados no cotidiano de seus moradores, assim como de suas apropriações do espaço ao longo do tempo. Nesse universo de estudo se expressam particularidades do ambiente natural, histórias de lutas pela conquista da terra e urbanização dignas, além de estratégias de gestão voltadas para o enfrentamento das desigualdades sociais e pressões imobiliárias sobre o seu território, que nem sempre se revelam como condicionantes das intervenções urbanas. Nesse sentido, questiona-se: como desenvolver projetos de intervenção em assentamentos de origem informal em áreas ambientalmente sensíveis, que articulem as garantias dos direitos de permanência e as especificidades do ambiente, com a vida cotidiana constituída ao longo do tempo pelos seus moradores? Relacionando as questões empíricas verificadas no bairro Mãe Luiza às formulações teóricas sobre a importância do estudo da vida cotidiana, segundo Henri Lefebvre, admite-se como hipótese que a configuração espacial de assentamentos de origem informal contém elementos potenciais para a formulação de projetos nas escalas urbana e edilícia. Assim, o objeto de estudo se define pela configuração espacial de assentamentos de origem informal, aqui particularizados pelos elementos da forma urbana do bairro Mãe Luiza em sua relação com o ambiente e os instrumentos de acesso à terra urbanizada, em processos construídos na cotidianidade. Nessa perspectiva, busca-se refletir sobre o projeto urbano, enquanto teoria e prática do arquiteto e urbanista em assentamentos de origem informal, visando a formulação de princípios que articulem as especificidades da forma urbana, do ambiente e dos mecanismos de acesso à terra urbanizada, em consonância com as práticas cotidianas locais.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis explores the theme of urban project in settlements of informal source, questioning the absence of references in the project actions related to processes built in the residents everyday life and the settlements expansive management, especially those in environmentally fragile areas. This observations together with the formation and growth of Mãe Luiza neighborhood in Natal/RN, encourages the reflection on urban design solutions and both historical and political processes, gestated in the inhabitants daily life, as well as their space appropriation over time. In this field of study, some of the natural environment particularities are expressed, stories of struggle to conquer the land and for a decent urbanization, as well as management strategies for fighting social inequalities and real estate pressures on their territory, that not always are revealed as conditions of urban intervention. In this sense there is a question: how to develop intervention projects in informal source settlements in environmentally sensitive areas, articulating the guarantees of the permanence rights and the environment specificities, with the residents everyday lives? Relating the empirical issues checked in Mãe Luiza neighborhood to theoretical formulations about the significance of the everyday life study, according to Henri Lefebvre, is admitted as a hypothesis that the spatial configuration of informal source settlements contains potential elements for the formulation of projects in urban and building scales. Therefore, the studied object is defined by the spatial configuration of informal source settlements, here particularized by elements of urban form of Mãe Luiza neighborhood in its relationship with the environment and access tools to urbanized land in processes built in everydayness. From this perspective, it’s sought a reflection on urban design, as theory and practice of the architect and urban planner in informal source settlements, aiming the formulation of principles that articulate the specific characteristics of the urban form, the environment and urban land access mechanisms, in line with the local daily practices.

7
  • ISAIAS DA SILVA RIBEIRO
  • ARQUITETURA DE MUSEU-PARQUE: Os pavilhões expositivos do Instituto Inhotim

  • Orientador : MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AMELIA DE FARIAS PANET BARROS
  • DAVID MORENO SPERLING
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MARIA DA CONCEIÇÃO ALVES DE GUIMARAENS
  • Data: 12/09/2016

  • Mostrar Resumo
  • A tese aqui apresentada propõe o estudo da relação entre arquitetura e arte, tendo como estudo de caso os pavilhões expositivos do Instituto Cultural Inhotim, localizado na cidade de Brumadinho, Minas Gerais. A investigação procura responder à seguinte questão: Em que medida as características formais das obras de artes visuais conduziram o processo de concepção dos projetos dos pavilhões de caráter permanente do Instituto Inhotim? A partir do problema apresentado, outras questões foram elaboradas para o desenvolvimento da pesquisa: Os espaços expositivos do Instituto Inhotim apresentam características que os diferenciam de projetos de arquitetura museológica elaborados para outras instituições? Que aspectos lhes são específicos? Como vem se estabelecendo a relação entre a arquitetura e as artes visuais no Instituto Inhotim, hoje? O estudo busca, a partir da análise dos pavilhões expositivos daquela instituição, relacionar as características morfológicas e funcionais das edificações com as obras de arte contemporânea (de caráter permanente) e o diálogo entre arquiteto e artista durante o processo projetual. Para tanto, é feita a análise dos pavilhões permanentes à luz do discurso dos arquitetos e artistas envolvidos no processo projetual. Pretende-se, com este estudo, trazer uma contribuição acerca da produção da arquitetura contemporânea brasileira, abrindo, assim, novos caminhos para estudiosos interessados no campo de projeto de arquitetura de museus e espaços expositivos, tendo como enfoque as relações entre arte e arquitetura. As conclusões do estudo apresentam que, no panorama dos espaços projetados para a arte no Brasil, podemos afirmar que o Inhotim se apresenta como um caso único. O Inhotim se configura a partir de uma expografia que inclui o acervo exibido em parte “ao ar livre” (esculturas, por exemplo) entre a vegetação do parque e outras obras (como instalações e pinturas) são abrigadas em edificações projetadas através de parcerias entres arquitetos e artistas. Nesta perspectiva, a arte contemporânea, que agrupa uma gama de processos artísticos, encontra neste museu, um campo aberto para concretização das mais diversas proposições, nesse universo de criação. No que se refere aos projetos dos pavilhões para exposição permanente, outros aspectos são valorizados, além das características morfológicas das obras de arte, como, por exemplo, os temas e materiais utilizados pelos artistas em suas obras. Para finalizar, podemos afirmar que no Inhotim, e mais diretamente nos remetendo ao conjunto arquitetônico museológico em constituição, a arquitetura que vem sendo produzida, específica para abrigar obras de arte contemporânea, é inédita no campo do museu-parque de arte. A parceria entre arquiteto e artista conduz à produção de um projeto único de arquitetura que objetiva à proteção e exibição do acervo, em especial de instalações.


  • Mostrar Abstract
  • The thesis presented here proposes the study of the relationship between architecture and art, taking as a case study the exhibition pavilions of the Inhotim Institute, located in Brumadinho, Minas Gerais. The research seeks to answer the question: To what extent the formal characteristics of the visual arts works led the design process for projects of permanent pavilions of the Inhotim Institute? From the presented problem, other issues have been prepared for the development of the research: The exhibition spaces of the Instituto Inhotim have characteristics that differentiate them of museum architecture projects designed to other institutions? What aspects are specific to them? How is the relationship between architecture and the visual arts at the Inhotim Instituto today? The study aims, based on an analysis of exhibition pavilions institution, links the morphological and functional characteristics of the buildings to the works of permanent contemporary art and the dialogue between architect and artist during the design process. Therefore, it´s made the analysis of the architectural design of the permanent pavilions to the view of the architects and artists involved in the design process. This study intends to make a contribution on the Brazilian contemporary architecture production, thereby opening up new ways for researches interested in museums architecture design field and exhibition spaces, with the focus on the relationship between art and architecture. The study's conclusions show that the panorama of spaces designed for art in Brazil, we can say that the Inhotim is presented as a single case. Inhotim is shaped from a expography in which part of the collection is exhibited "outdoors" (sculptures, for example) on the green areas of the park and other works (such as installations and paintings) are housed in designed buildings by partnerships between architects and artists. In this perspective, contemporary art, which brings together a range of artistic processes, finds in Inhotim, an open field for implementation of various proposals in this creative universe. In the case of design project of the pavilions for permanent exhibition, other aspects are valued, in addition to the morphological characteristics of works of art, for example, the themes and materials used by artists in their works. Finally, we can say that in Inhotim, and more directly referring to the museum architectural complex in constitution, specific architecture that has been produced to house works of contemporary art, it´s unprecedented in the museum-park art knowledge. The partnership between architect and artist leads to the production of a single architecture project that aims to protect and display the collection in special installations worsk.

8
  • GLENDA DANTAS FERREIRA
  • PRODUÇÃO HABITACIONAL, AGENTES E TERRITÓRIO: UMA ANÁLISE DO PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA NA REGIÃO METROPOLITANA DE NATAL (2009 – 2014)

  • Orientador : MARIA DULCE PICANÇO BENTES SOBRINHA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADAUTO LÚCIO CARDOSO
  • AMADJA HENRIQUE BORGES
  • LUCIA ZANIN SHIMBO
  • MARIA DO LIVRAMENTO MIRANDA CLEMENTINO
  • MARIA DULCE PICANÇO BENTES SOBRINHA
  • Data: 28/11/2016

  • Mostrar Resumo
  • A presente tese se insere no debate recente sobre a política habitacional brasileira contemporânea, focalizando o Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV). Observa-se que a produção habitacional de interesse social tem sido orientada principalmente pelos agentes imobiliários, sob uma lógica eminentemente capitalista fortemente suportada pelo Estado, com ênfase na escala metropolitana, onde também ocorre a reprodução socioespacial das famílias em face do processo de metropolização. Na prática, essa reprodução acontece com base em um modelo de organização socioespacial do território marcado por uma expressiva desigualdade social relacionada ao processo de mercantilização da terra e da moradia. Nesse contexto, emerge um impasse entre a escala do fenômeno - problemática habitacional em termos de déficit quantitativo e qualitativo – e a escala de atuação dos municípios, a quem cabe implementar o PMCMV. Considerando essa problemática, questiona-se como o Programa Minha Casa, Minha Vida estrutura a produção habitacional de interesse social na Região Metropolitana de Natal?. Admite-se como pressuposto que o Programa Minha Casa, Minha Vida estrutura a produção habitacional de interesse social na Região Metropolitana de Natal a partir do estabelecimento de condições para o desenvolvimento de novas práticas por parte de agentes imobiliários, mediadas pelo Estado, relacionadas às escalas de operação imobiliária e seus produtos, e de atuação espacial dos mesmos. Nesse sentido, o objetivo é investigar o Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV), visando identificar a estrutura existente da produção de interesse social na Região Metropolitana de Natal, suas características e principais resultantes. Aborda-se, portanto, o PMCMV relacionado à produção habitacional de interesse social e aos agentes estatais e imobiliários que participam do seu processo de implementação no período de 2009 a 2014. Delimitou-se como universo de estudo a Metrópole Funcional da Região Metropolitana de Natal (RMNatal) formada pelos municípios de Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba e Extremoz. Dentre os procedimentos metodológicos destacam-se a realização de pesquisa qualitativa junto aos agentes, por meio da realização de entrevistas semiestruturadas com gestores municipais e representantes da Caixa Econômica Federal e de empresas do setor da construção civil, e análise documental de legislações que incidem sobre o programa. Fez-se uso, também, de dados secundários sobre produção habitacional. Identificou-se o movimento de interiorização periférica da produção habitacional de interesse social protagonizado pelos agentes imobiliários, os quais têm atuado tendo como referência o espaço metropolitano, enquanto que a política pública de habitação se organiza em torno de ações locais. Os resultados da investigação apontam para ocorrência de um processo de estruturação do imobiliário na Metrópole Funcional direcionado para as famílias de interesse social, engendrado pelo Programa Minha Casa, Minha Vida.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis deals with current issues related to contemporary Brazilian housing policies focusing the housing Program called Minha Casa, Minha Vida. It was seen that social housing production has been guided by real estate agents and set on a capitalist logic that is throughly supported by the State. These views are enphasized in a metropolitan scale which enables socio-spatial reproduction of families in the metropolization process. In practical terms, this reproduction occurs based on a socio-spatial organization model of the territory that in turn, is set on expressive social inquality related to the the commodification of land and housing. Thus, a standoff emerges between the scale of the phenomenon – - problematic Housing in terms of qualitative and quantitative déficit in the scale of operations of these municipalities; which are responsible for implementing housing programs. Thus, considering these issues, this work aims to enquire: How does the Minha Casa, Minha Vida program structure social interest housing production in the Metropolitan Region of Natal in Rio Grande do Norte in Brazil?. It is admited that this program is established and set on certain development condtions that foment new housing practises on behalf of real estate agents. These practises are mediated by the state and relate to real estate products and operation scales; considering their spatial performance Thus, the research investigates the Minha Casa, Minha Vida Program aiming to identify its current structure regarding social interest production, its mains characteristics in the Metropolitan Region of Natal. The work also deals with State and real estate agents; participants in the program´s implementation process. This is done considering the time period of 2009 to 2014. The study universe is delimited by the functional metropolis of Natal; formed by the cities of Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba and Extremoz. As for methodological procedures, a qualitative research with semi-structured interview was realized with municipal managers, representatives of the Caixa Econômica Federal Bank as well as civil construction companies. There was also a documental analysis that considered the program´s legislation and secondary data on housing production. The research identified a movement towards peripheral internalization of social housing production on behalf of real estate agents that have considered this metropolitan space as a reference. On the other hand, it was possible to perceive that housing public policies are organized based on local actions. The research results point to the occurrence of a real estate structuring process in the Functional Metropolis of Natal that in turn, are directed to the families of social interest by the Minha Casa, Minha Vida Program.


9
  • MARCIA SILVA DE OLIVEIRA
  • No Encontro da Vida Cotidiana, Novas Descobertas em Bairro e Vida de Bairro.

  • Orientador : AMADJA HENRIQUE BORGES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AMADJA HENRIQUE BORGES
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • RITA DE CASSIA DA CONCEICAO GOMES
  • LUCIANA DE OLIVEIRA CHIANCA
  • ROBERTO LUÍS DE MELO MONTE-MÓR
  • Data: 12/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • A presente tese trata da dinâmica sócio-espacial que construiu historicamente o Bairro de Nova Descoberta, na cidade do Natal/RN, a partir da segunda metade do século XX. Para isso, aborda a relação entre a construção do Bairro e da Vida de Bairro e ampara-se no embasamento teórico-metodológico elaborado pelo filósofo e sociólogo francês Henri Lefebvre, quando propõe uma leitura da vida social urbana que se descortina no Bairro enquanto fragmento privilegiado ou núcleo de vida social somente compreendido na relação com a cidade. Parte do seguinte questionamento: Como incluir o Espaço Diferencial, pensado por Henri Lefebvre, na análise do Bairro e da Vida de Bairro a partir do estudo da realidade de Nova Descoberta? E levanta como hipótese a afirmação de que a existência e a realidade do Bairro de Nova Descoberta é determinada e somente explicada pelo movimento simultâneo e contraditório do seu espaço concebido, percebido e vivido. Para isso constrói uma análise do Bairro de Nova Descoberta como Espaço Diferencial, produzido na convergência e na simultaneidade de diferentes lógicas e dimensões que se descortinam na produção do seu espaço e fundamenta-se nos estudos do citado autor francês acerca do Bairro, da Vida Cotidiana e da Vida Social Urbana, bem como do seu método dialético regressivo-progressivo, que propõe análises espaço-temporais de confrontação entre a vida moderna, o passado e o possível, se afirmando como uma pesquisa qualitativa, amparada na realização de entrevistas, observações in loco, tomada de imagens, consultas em órgãos públicos e em antigos registros do campo empírico. Percorrendo trilhas de investigação que ajudaram a entender a formação do Bairro na cidade, mostramos o processo de consolidação dos núcleos iniciais de ocupação, Nova Descoberta e Morro Branco, e nos deparamos com a construção de um Bairro institucionalizado, mas também percebido e vivido a partir das tramas e redes do vivido que sustentam a memória individual e coletiva, a noção de pertencimento e a identidade consolidada do espaço de vida do morador na cidade. Nesse contexto, as novas descobertas realizadas confirmaram nossa hipótese de que Nova Descoberta, enquanto bairro oficial da cidade, somente pode ser compreendida em sua totalidade como espacialidade concreta, como unidade institucionalizada e como núcleo de vida social, ou seja, como produto da dinâmica simultânea e contraditória de produção do seu espaço concebido, percebido e vivido, que permitiu sua leitura como Espaço Diferencial. Constatação que nos permitiu afirmar que o atual Bairro institucionalizado de Nova Descoberta, apresenta duas referências sócio-espaciais diferenciadas, Nova Descoberta e Morro Branco, que apontam para a convivência, por vezes conflituosa, entre o Bairro oficial e o Bairro cotidiano, onde um não nega o outro, mas a ele se soma como parte de uma mesma realidade. Enfim, o trabalho destaca a possibilidade de Habitar o Bairro como resgate e reafirmação da vida social urbana, contribuindo para estudos posteriores acerca da relação Bairro-Cidade, Vida Cotidiana-Vida Social Urbana, na cidade atual.


  • Mostrar Abstract
  • The present thesis considers the social-spatial dynamics that historically constructed the neighborhood of Nova Descoberta in Natal, Brazil, from the second half of the twentieth century. To make it possible, the thesis addresses the relation between the neighborhood construction and the neighborhood´s life, and supports itself in the theoretical-methodologic basement created by the French philosopher and sociologist, Henri Lefebvre, that proposes a vison of an urban social life that uncover into the neighborhood as a privileged fragment of a social life core, only understood in its city relationship. The thesis starts from the following question: How to include the differential space, thought by Henri Lefebvre, into the analysis of the Neighborhood and Neighborhood´s life from the study of the Nova Descoberta reality? And it raises as hypothesis, the claim that the existence and the reality of Nova Descoberta District is determined and only explained by the simultaneous and contradictory movement of its conceived, perceived and lived space. The thesis constructs an analysis of Nova Descoberta as a Differential Space, produced by the convergence and simultaneity of different logical and dimensions that uncover into its space production and bases itself in the study of the quoted writer about the Neighborhood, the Everyday Life and the Urban Social Life, as well as his regressive-progressive dialectical method that proposes spatial-temporal analysis of the confrontation between the modern life, the past and the possible, affirming itself as a qualitative research, based in interviews, in loco observations, images capturing, public agencies consulting and in old empirical scope registers. Walking through research tracks that helped us to understand the formation of the district in the city, we show the process of consolidation of the initial cores of occupation of Nova Descoberta and Morro Branco, and we face the construction of an institutionalized perceived and lived neighborhood from the networks of living that support the individual and collective memory, the notion of belonging and the residents’ consolidated identity of the living space in the city. In this context, the new discoveries realized confirmed our hypothesis that Nova Descoberta as an official part of the city can only be understood in its totality, as a concrete spatiality, as institutionalized unity and as the core of social life.  In other words, as a product of simultaneous and contradictory dynamics of production of its conceived, realized and lived space that allowed the perception of the neighborhood as a Differential space. This finding, allowed us to affirm that the current institutionalized district of Nova Descoberta presents two different social-spatial references: Nova Descoberta and Morro Branco, that points to a coexistence, sometimes conflicting, between the official and the everyday neighborhood, where one does not negate the other, but adds itself to each other as part of the same reality. Finally, the paper highlights the possibility of Inhabiting the neighborhood as redemption and reaffirmation of urban social life, contributing to further studies on the relations between Neighborhood and Town, Daily Life and Urban Social Life into the city currently.

2015
Dissertações
1
  • SANDERSON CARVALHO SOUZA DE MEDEIROS
  • Integração de Projeto de Arquitetura e Estruturas no ensino através de BIM: uma abordagem dos cursos de arquitetura e urbanismo da UFRN e da UFPB.

  • Orientador : MARCELO BEZERRA DE MELO TINOCO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • CARLOS ALEJANDRO NOME SILVA
  • FERNANDO JOSE DE MEDEIROS COSTA
  • MARCELO BEZERRA DE MELO TINOCO
  • Data: 26/01/2015

  • Mostrar Resumo
  • A integração entre os projetos de arquitetura e de estrutura de edifícios constitui-se, na formação acadêmica, um dos principais desafios para o ensino do projeto de arquitetura. Estudos recentes apontam para a relevância da utilização de ferramentas computacionais em ambientes acadêmicos como importante estratégia para a referida integração. Embora nos últimos anos experiências pedagógicas utilizando BIM (Building Information Modeling) venham sendo incorporadas pelas escolas de Arquitetura, constata-se a necessidade de aprofundar procedimentos didático-pedagógicos que promovam a integração do ensino do projeto de arquitetura e de estruturas. O presente trabalho analisa diferentes experiências desenvolvidas no âmbito da UFRN e da UFPB, buscando identificar ferramentas, processos e produtos utilizados, apontando limitações e potencialidades em disciplinas ministradas nas referidas instituições. A pesquisa parte de uma revisão bibliográfica sobre o ensino de BIM e aspectos relacionados à integração dos projetos de arquitetura e estruturas. Utiliza-se de técnicas de coleta de observação direta em ateliê, da aplicação de questionários com alunos, entrevistas com professores, analisados por um método misto, qualitativo e quantitativo. Na UFRN, o âmbito do Ateliê Integrado como disciplina obrigatória no currículo, favorece a integração das disciplinas aqui estudadas, pois possibilita professores de diferentes disciplinas como consultores. Normalmente, a dificuldade é de sincronia entre os mesmos. Com relação ao uso de BIM forma usuários iniciais, modeladores BIM, capazes de extrair quantitativos automaticamente e acelerar a produção, ganhando em qualidade nos produtos, entretanto aprender a ferramenta e projetar paralelamente causa algumas dificuldades. Na UFPB, a falta de disciplinas obrigatórias sobre BIM, gera falta de conhecimento e segurança na utilização da ferramenta e dos processos, pela maioria dos alunos. Desta forma percebe-se a necessidade de um esforço maior da escola para a adoção e formação de competências BIM. Verifica-se a necessidade de maior conceituação BIM em ambas, para que se favoreçam os processos BIM e consequente melhor utilização das ferramentas, evitando a desvalorização e desuso da tecnologia, limitando-a a uma ferramenta. Considera-se a inclusão de disciplinas específicas com competências BIM mais avançadas, a partir de parcerias com cursos de engenharia e a promoção de integrações transdisciplinares que favoreçam o intercambio de culturas diferentes desde a academia.   


  • Mostrar Abstract
  • A integração entre os projetos de arquitetura e de estrutura de edifícios constitui-se, na formação acadêmica, um dos principais desafios para o ensino do projeto de arquitetura. Estudos recentes apontam para a relevância da utilização de ferramentas computacionais em ambientes acadêmicos como importante estratégia para a referida integração. Embora nos últimos anos experiências pedagógicas utilizando BIM (Building Information Modeling) venham sendo incorporadas pelas escolas de Arquitetura, constata-se a necessidade de aprofundar procedimentos didático-pedagógicos que promovam a integração do ensino do projeto de arquitetura e de estruturas. O presente trabalho analisa diferentes experiências desenvolvidas no âmbito da UFRN e da UFPB, buscando identificar ferramentas, processos e produtos utilizados, apontando limitações e potencialidades em disciplinas ministradas nas referidas instituições. A pesquisa parte de uma revisão bibliográfica sobre o ensino de BIM e aspectos relacionados à integração dos projetos de arquitetura e estruturas. Utiliza-se de técnicas de coleta de observação direta em ateliê, da aplicação de questionários com alunos, entrevistas com professores, analisados por um método misto, qualitativo e quantitativo. Na UFRN, o âmbito do Ateliê Integrado como disciplina obrigatória no currículo, favorece a integração das disciplinas aqui estudadas, pois possibilita professores de diferentes disciplinas como consultores. Normalmente, a dificuldade é de sincronia entre os mesmos. Com relação ao uso de BIM forma usuários iniciais, modeladores BIM, capazes de extrair quantitativos automaticamente e acelerar a produção, ganhando em qualidade nos produtos, entretanto aprender a ferramenta e projetar paralelamente causa algumas dificuldades. Na UFPB, a falta de disciplinas obrigatórias sobre BIM, gera falta de conhecimento e segurança na utilização da ferramenta e dos processos, pela maioria dos alunos. Desta forma percebe-se a necessidade de um esforço maior da escola para a adoção e formação de competências BIM. Verifica-se a necessidade de maior conceituação BIM em ambas, para que se favoreçam os processos BIM e consequente melhor utilização das ferramentas, evitando a desvalorização e desuso da tecnologia, limitando-a a uma ferramenta. Considera-se a inclusão de disciplinas específicas com competências BIM mais avançadas, a partir de parcerias com cursos de engenharia e a promoção de integrações transdisciplinares que favoreçam o intercambio de culturas diferentes desde a academia.   

2
  • VANY PATRICK CORTEZ MORENO
  • ESTRATÉGIAS PARA OBTENÇÃO DE ADEQUADA ILUMINAÇÃO NATURAL EM ESCOLAS: UMA ANÁLISE DE SISTEMAS DE ABERTURAS PARA NATAL/RN.

  • Orientador : MARCELO BEZERRA DE MELO TINOCO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCELO BEZERRA DE MELO TINOCO
  • ALDOMAR PEDRINI
  • LEONARDO SALAZAR BITTENCOURT
  • Data: 28/01/2015

  • Mostrar Resumo
  •  finalidade desta dissertação é de analisar diferentes sistemas de aberturas para luz natural em escolas na cidade de Natal/RN. Embora haja muita luz natural disponível localmente, são escassas e difusas as recomendações arquitetônicas que relacionam o comportamento de céu, as dimensões de aberturas, o sombreamento, a fração de céu visível, as iluminâncias requeridas, o ofuscamento, o período de ocupação e profundidade de área iluminada. Para a pesquisa são selecionados diferentes sistemas de aberturas visando explorar o potencial do uso de luz natural de cada um: o método encontra-se dividido em três fases. A primeira fase é de modelagem e consiste na construção do modelo tridimensional de uma sala de aula no programa Sketchup 2014, cujas caraterísticas seguem recomendações presentes na literatura especializada para obtenção de uma boa qualidade de conforto ambiental em ambientes escolares. A segunda fase é a simulação computacional dinâmica do desempenho luminoso, por meio do software Daysim. Os dados de entrada são o arquivo climático do ano 2009 da cidade de Natal/RN, a volumetria da sala de aula no formato 3ds com a atribuição das propriedades óticas de cada superfície, o arquivo do mapeamento de sensores e o arquivo de ocupação do usuário. Os resultados produzidos na simulação são tratados em planilha eletrônica elaboradas por Carvalho (2014) visando determinar a ocorrência da Iluminância Natural Útil(UDI) na faixa de 300 a 3000lux e construir gráficos de curvas de iluminância e isolinhas de UDI para identificar a uniformidade da distribuição de luz, o atendimento ao nível mínimo de iluminância e a ocorrência de ofuscamento. No que se refere às grandes aberturas recomenda-se reduzir a visão da abobada celeste e evitar grandes quantidades de fração de céu por causar ofuscamento e falta de uniformidade na distribuição da luz pelo ambiente. Para pequenas aberturas recomenda-se aumentar a visão da abobada celeste permitindo maior entrada da luz difusa no ambiente e evitar obstruções que diminuem a quantidade de luz. Para casos em que haja uma fração de céu pequena devido às características do entorno, recomenda-se aberturas maiores e em casos em que há uma fração de céu visível alta, ou espaços com pouca densidade recomenda-se aberturas menores. Os resultados demonstram a potencialidade da cidade de Natal/RN para fazer uso adequado da iluminação difusa sem ocorrência de ofuscamento e ganho térmico em ambientes escolares.


  • Mostrar Abstract
  •  finalidade desta dissertação é de analisar diferentes sistemas de aberturas para luz natural em escolas na cidade de Natal/RN. Embora haja muita luz natural disponível localmente, são escassas e difusas as recomendações arquitetônicas que relacionam o comportamento de céu, as dimensões de aberturas, o sombreamento, a fração de céu visível, as iluminâncias requeridas, o ofuscamento, o período de ocupação e profundidade de área iluminada. Para a pesquisa são selecionados diferentes sistemas de aberturas visando explorar o potencial do uso de luz natural de cada um: o método encontra-se dividido em três fases. A primeira fase é de modelagem e consiste na construção do modelo tridimensional de uma sala de aula no programa Sketchup 2014, cujas caraterísticas seguem recomendações presentes na literatura especializada para obtenção de uma boa qualidade de conforto ambiental em ambientes escolares. A segunda fase é a simulação computacional dinâmica do desempenho luminoso, por meio do software Daysim. Os dados de entrada são o arquivo climático do ano 2009 da cidade de Natal/RN, a volumetria da sala de aula no formato 3ds com a atribuição das propriedades óticas de cada superfície, o arquivo do mapeamento de sensores e o arquivo de ocupação do usuário. Os resultados produzidos na simulação são tratados em planilha eletrônica elaboradas por Carvalho (2014) visando determinar a ocorrência da Iluminância Natural Útil(UDI) na faixa de 300 a 3000lux e construir gráficos de curvas de iluminância e isolinhas de UDI para identificar a uniformidade da distribuição de luz, o atendimento ao nível mínimo de iluminância e a ocorrência de ofuscamento. No que se refere às grandes aberturas recomenda-se reduzir a visão da abobada celeste e evitar grandes quantidades de fração de céu por causar ofuscamento e falta de uniformidade na distribuição da luz pelo ambiente. Para pequenas aberturas recomenda-se aumentar a visão da abobada celeste permitindo maior entrada da luz difusa no ambiente e evitar obstruções que diminuem a quantidade de luz. Para casos em que haja uma fração de céu pequena devido às características do entorno, recomenda-se aberturas maiores e em casos em que há uma fração de céu visível alta, ou espaços com pouca densidade recomenda-se aberturas menores. Os resultados demonstram a potencialidade da cidade de Natal/RN para fazer uso adequado da iluminação difusa sem ocorrência de ofuscamento e ganho térmico em ambientes escolares.

3
  • LAIZE FERNANDES DE ASEVEDO
  • REPRESENTAÇÕES ARQUITETÔNICAS NA CONCEPÇÃO PROJETUAL: um estudo com arquitetos e urbanistas do Rio Grande do Norte

  • Orientador : MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • WILSON FLORIO
  • Data: 30/01/2015

  • Mostrar Resumo
  • O arquiteto materializa suas ideias em formato de representações arquitetônicas que assumem funções distintas no decorrer da produção projetual atuando como instrumento de expressão das ideias de criação, como meio de comunicação entre o projetista e a clientela, ou como descrição do projeto para sua execução (DURAND, 2003). Neste trabalho, discute-se a relação entre as representações arquitetônicas e o processo de concepção projetual em contexto profissional, tendo como foco a função que a representação assume como auxílio à concepção. O objetivo geral consiste em compreender o papel das representações arquitetônicas no processo de concepção do projeto a partir da identificação dos modos de apropriação de seus tipos e recursos. A investigação foi realizada através do estudo de cunho teórico-conceitual acerca das temáticas abordadas, e da pesquisa empírica de caráter qualitativo, aplicada a profissionais do estado do Rio Grande do Norte, e desenvolvida em duas etapas sendo, a primeira por meio de preenchimento de formulário eletrônico, e a segunda, a partir de estudos de casos com execução de exercícios projetuais. Os resultados da pesquisa indireta demonstraram que a grande maioria dos arquitetos e urbanistas acredita que a maneira como utiliza os tipos e recursos de representação pode interferir no modo de concepção do projeto arquitetônico. E, após a realização dos estudos de casos, foi visto que, motivada por diferentes condições de projeto, a maioria dos projetistas utilizou das representações de maneira distinta, o que se refletiu em processos de concepção diferentes.


  • Mostrar Abstract
  • O arquiteto materializa suas ideias em formato de representações arquitetônicas que assumem funções distintas no decorrer da produção projetual atuando como instrumento de expressão das ideias de criação, como meio de comunicação entre o projetista e a clientela, ou como descrição do projeto para sua execução (DURAND, 2003). Neste trabalho, discute-se a relação entre as representações arquitetônicas e o processo de concepção projetual em contexto profissional, tendo como foco a função que a representação assume como auxílio à concepção. O objetivo geral consiste em compreender o papel das representações arquitetônicas no processo de concepção do projeto a partir da identificação dos modos de apropriação de seus tipos e recursos. A investigação foi realizada através do estudo de cunho teórico-conceitual acerca das temáticas abordadas, e da pesquisa empírica de caráter qualitativo, aplicada a profissionais do estado do Rio Grande do Norte, e desenvolvida em duas etapas sendo, a primeira por meio de preenchimento de formulário eletrônico, e a segunda, a partir de estudos de casos com execução de exercícios projetuais. Os resultados da pesquisa indireta demonstraram que a grande maioria dos arquitetos e urbanistas acredita que a maneira como utiliza os tipos e recursos de representação pode interferir no modo de concepção do projeto arquitetônico. E, após a realização dos estudos de casos, foi visto que, motivada por diferentes condições de projeto, a maioria dos projetistas utilizou das representações de maneira distinta, o que se refletiu em processos de concepção diferentes.

4
  • BEATRIZ COROA DO COUTO
  • Título: O Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília – uma análise da preservação na produção do espaço urbano

  • Orientador : NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FLAVIANA BARRETO LIRA
  • MARIA DO LIVRAMENTO MIRANDA CLEMENTINO
  • MARIA DULCE PICANÇO BENTES SOBRINHA
  • NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
  • Data: 10/02/2015

  • Mostrar Resumo
  • Resumo:

    Projetada por Lucio Costa em 1957 e inaugurada em 1960, Brasília recebeu o título de Patrimônio Cultural do Distrital Federal 27 anos depois, em 1987. No mesmo ano foi reconhecida como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO). O título de Patrimônio Nacional foi concedido três anos mais tarde, em 1990, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), observando os mesmos princípios do tombamento distrital que destacam as ‘escalas urbanas’ – monumental, residencial, gregária e bucólica. Quanto ao reconhecimento internacional, os critérios que configuram o Valor Universal de Excepcionalidade (VUE), referem-se ao fato de Brasília “representar uma obra artística única, uma obra prima do gênio criador”; e “ser um exemplar marcante de um tipo de construção ou conjunto arquitetônico que ilustre um estágio significativo da história”. Apesar disso, a cidade apresenta a aparente contradição que evidencia, de um lado, o reconhecimento dos valores essenciais de sua concepção urbanística como patrimônio cultural em três instâncias diferentes e, de outro, intervenções urbanas das mais variadas formas que nem sempre respeitam os princípios dessa concepção. O resultado da última Missão de Monitoramento, de 2012, trouxe como principais questões a necessidade prioritária da definição clara das características e delimitações das escalas urbanas; a definição de arcabouço jurídico conciliando legislações nacionais e distritais de uso e ocupação do solo; a criação de autoridade executiva intersetorial com autonomia decisória e recursos suficientes para independência de aprovação de outras autoridades governamentais; e promoção de programas de educação patrimonial. Como recomendações finais o relatório propõe ainda “cancelar o processo de aprovação atual do PPCUB para estabelecimento de um processo formal de consulta através de uma comissão constituída pelo GDF e IPHAN, possibilitando a participação ativa da Universidade de Brasília (UnB), da Associação de Arquitetos, ICOMOS e organizações pertencentes à comunidade”; assim como a apresentação de uma “estratégia completa para as obras de desenvolvimento de infraestrutura previstas para a COPA do Mundo de 2014, para avaliação de impactos em termos de capacidade de transporte, desenvolvimento derivado de áreas comerciais, reformas de hotéis e outros serviços turísticos” (GDF, 2010). Assim, a presente pesquisa busca identificar e refletir sobre condicionantes e direcionamentos das práticas de preservação do patrimônio cultural representado por Brasília que evidenciem os principais aspectos da estrutura institucional e da interação entre agentes envolvidos na formulação das propostas consolidadas no PPCUB, considerando os objetivos de preservação do patrimônio cultural.

     


  • Mostrar Abstract
  • Resumo:

    Projetada por Lucio Costa em 1957 e inaugurada em 1960, Brasília recebeu o título de Patrimônio Cultural do Distrital Federal 27 anos depois, em 1987. No mesmo ano foi reconhecida como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO). O título de Patrimônio Nacional foi concedido três anos mais tarde, em 1990, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), observando os mesmos princípios do tombamento distrital que destacam as ‘escalas urbanas’ – monumental, residencial, gregária e bucólica. Quanto ao reconhecimento internacional, os critérios que configuram o Valor Universal de Excepcionalidade (VUE), referem-se ao fato de Brasília “representar uma obra artística única, uma obra prima do gênio criador”; e “ser um exemplar marcante de um tipo de construção ou conjunto arquitetônico que ilustre um estágio significativo da história”. Apesar disso, a cidade apresenta a aparente contradição que evidencia, de um lado, o reconhecimento dos valores essenciais de sua concepção urbanística como patrimônio cultural em três instâncias diferentes e, de outro, intervenções urbanas das mais variadas formas que nem sempre respeitam os princípios dessa concepção. O resultado da última Missão de Monitoramento, de 2012, trouxe como principais questões a necessidade prioritária da definição clara das características e delimitações das escalas urbanas; a definição de arcabouço jurídico conciliando legislações nacionais e distritais de uso e ocupação do solo; a criação de autoridade executiva intersetorial com autonomia decisória e recursos suficientes para independência de aprovação de outras autoridades governamentais; e promoção de programas de educação patrimonial. Como recomendações finais o relatório propõe ainda “cancelar o processo de aprovação atual do PPCUB para estabelecimento de um processo formal de consulta através de uma comissão constituída pelo GDF e IPHAN, possibilitando a participação ativa da Universidade de Brasília (UnB), da Associação de Arquitetos, ICOMOS e organizações pertencentes à comunidade”; assim como a apresentação de uma “estratégia completa para as obras de desenvolvimento de infraestrutura previstas para a COPA do Mundo de 2014, para avaliação de impactos em termos de capacidade de transporte, desenvolvimento derivado de áreas comerciais, reformas de hotéis e outros serviços turísticos” (GDF, 2010). Assim, a presente pesquisa busca identificar e refletir sobre condicionantes e direcionamentos das práticas de preservação do patrimônio cultural representado por Brasília que evidenciem os principais aspectos da estrutura institucional e da interação entre agentes envolvidos na formulação das propostas consolidadas no PPCUB, considerando os objetivos de preservação do patrimônio cultural.

     

5
  • ERIBERTO CARLOS MENDES DA SILVA
  •  

    Título: O projeto arquitetônico e a antecipação do projeto de segurança contra incêndio: interferência mútua, interação necessária.

  • Orientador : EDNA MOURA PINTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDNA MOURA PINTO
  • MARIA DAS VITORIAS VIEIRA ALMEIDA DE SA
  • ROSARIA ONO
  • SOLANGE VIRGINIA GALARCA GOULART
  • Data: 27/02/2015

  • Mostrar Resumo
  • RESUMO

    A grande demanda de projetos de Instituição Federal de Ensino Superior (IFES), desencadeada pelo momento político favorável, impulsiona o mercado de obras públicas e traz consigo o estigma de buscar o menor custo e atender a Lei federal 8.666/93 (Licitações). Neste contexto, esta pesquisa faz uma análise do cumprimento dos requisitos normativos de Segurança Contra Incêndio – SCI nos projetos arquitetônicos de IFES, tomando-os como ponto de avaliação da qualidade dos projetos. Para tanto, foram utilizados, projetos de IFES, especificamente da UFERSA-Universidade Federal Rural do Semiárido e UFRN – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, selecionados pela relação uso x público atendido e ainda, pela replicação da construção destes edifícios. A pesquisa se desenvolveu através da identificação da legislação de SCI aplicável aos projetos em questão, com a determinação dos requisitos exigidos e que são de autonomia do arquiteto ou que interferem nas decisões do projeto arquitetônico. Tabulados os requisitos, através do levantamento dos dados e de medidas coletados nas plantas, foi feita comparação e verificação do cumprimento destes. Os resultados desta avaliação revelam que a maioria dos requisitos não foi atendida e que os projetos arquitetônicos das IFES, tomados como objeto desta pesquisa, certamente sofrerão restrições na sua fase de regularização junto ao Corpo de Bombeiros. Conclui-se que há necessidade de aprimoramento no desenvolvimento dos projetos das IFES para atendimento das exigências mínimas de SCI e melhoria na qualidade. Ainda, os resultados direcionam para o entendimento de que o nível de conhecimento sobre SCI recebido e assimilado pelos arquitetos é insuficiente para adequada elaboração de projetos arquitetônicos de qualidade nesta área.

     

     

     


  • Mostrar Abstract
  • RESUMO

    A grande demanda de projetos de Instituição Federal de Ensino Superior (IFES), desencadeada pelo momento político favorável, impulsiona o mercado de obras públicas e traz consigo o estigma de buscar o menor custo e atender a Lei federal 8.666/93 (Licitações). Neste contexto, esta pesquisa faz uma análise do cumprimento dos requisitos normativos de Segurança Contra Incêndio – SCI nos projetos arquitetônicos de IFES, tomando-os como ponto de avaliação da qualidade dos projetos. Para tanto, foram utilizados, projetos de IFES, especificamente da UFERSA-Universidade Federal Rural do Semiárido e UFRN – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, selecionados pela relação uso x público atendido e ainda, pela replicação da construção destes edifícios. A pesquisa se desenvolveu através da identificação da legislação de SCI aplicável aos projetos em questão, com a determinação dos requisitos exigidos e que são de autonomia do arquiteto ou que interferem nas decisões do projeto arquitetônico. Tabulados os requisitos, através do levantamento dos dados e de medidas coletados nas plantas, foi feita comparação e verificação do cumprimento destes. Os resultados desta avaliação revelam que a maioria dos requisitos não foi atendida e que os projetos arquitetônicos das IFES, tomados como objeto desta pesquisa, certamente sofrerão restrições na sua fase de regularização junto ao Corpo de Bombeiros. Conclui-se que há necessidade de aprimoramento no desenvolvimento dos projetos das IFES para atendimento das exigências mínimas de SCI e melhoria na qualidade. Ainda, os resultados direcionam para o entendimento de que o nível de conhecimento sobre SCI recebido e assimilado pelos arquitetos é insuficiente para adequada elaboração de projetos arquitetônicos de qualidade nesta área.

     

     

     

6
  • CARLA DA SILVA BASTOS
  • TÍTULO:

    Avaliação pós-Ocupação e Design de Interiores: uma experiência didática

     

  • Orientador : GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • GLIELSON NEPOMUCENO MONTENEGRO
  • Data: 16/03/2015

  • Mostrar Resumo
  • RESUMO:

    Nas últimas décadas a área de Arquitetura e o Urbanismo (AU) têm demonstrado um interesse particular nas relações estabelecidas entre pessoas e ambientes, incorporando a Avaliação Pós-Ocupação (APO) ao processo de projeto como estratégia investigativa dos aspectos físicos e funcionais do ambiente construído, bem como para estudo da percepção e comportamento dos usuários. Embora no âmbito da AU estas experiências apresentem resultados positivos, a formação acadêmica em Design de Interiores ainda contempla tal temática de forma superficial. Neste contexto, esta dissertação discute a utilização de métodos e técnicas de APO como abordagem complementar ao exercício projetual no campo de design de interiores, e em contexto acadêmico. A abordagem metodológica adotada dividiu-se em duas etapas: 1) construção de um painel de experts sobre o ensino de APO nos cursos de graduação e pós-graduação em AU; 2) com base nos resultados da etapa anterior, foi planejada uma experiência didática para uso da APO no projeto de interiores de uma biblioteca, que envolveu a realização de Walkthrough, Avaliação Técnico-Funcional, Mapa Comportamental, Poema dos Desejos, Questionários com usuários, Matriz de Descobertas e Quadro de Recomendações, culminando com a elaboração de um projeto de intervenção para o local. Os resultados da APO mostram que: (i) ela despertou nos alunos um interesse diferenciado pela relação entre as necessidades dos usuários e as soluções projetuais; (ii) a maioria dos métodos/técnicas teve boa aceitação, embora se verificasse dificuldade de apropriação de alguns. As propostas projetuais desenvolvidas ao final do semestre, analisadas durante as assessorias, de forma comparativamente com a Matriz de Descobertas e Quadro de Recomendações e pelo professor responsável, mostram que o conhecimento da APO influenciou diretamente os novos projetos no que se refere à solução formal e funcional adotada, e representou ainda um enriquecimento no discurso oral do alunado.


  • Mostrar Abstract
  • RESUMO:

    Nas últimas décadas a área de Arquitetura e o Urbanismo (AU) têm demonstrado um interesse particular nas relações estabelecidas entre pessoas e ambientes, incorporando a Avaliação Pós-Ocupação (APO) ao processo de projeto como estratégia investigativa dos aspectos físicos e funcionais do ambiente construído, bem como para estudo da percepção e comportamento dos usuários. Embora no âmbito da AU estas experiências apresentem resultados positivos, a formação acadêmica em Design de Interiores ainda contempla tal temática de forma superficial. Neste contexto, esta dissertação discute a utilização de métodos e técnicas de APO como abordagem complementar ao exercício projetual no campo de design de interiores, e em contexto acadêmico. A abordagem metodológica adotada dividiu-se em duas etapas: 1) construção de um painel de experts sobre o ensino de APO nos cursos de graduação e pós-graduação em AU; 2) com base nos resultados da etapa anterior, foi planejada uma experiência didática para uso da APO no projeto de interiores de uma biblioteca, que envolveu a realização de Walkthrough, Avaliação Técnico-Funcional, Mapa Comportamental, Poema dos Desejos, Questionários com usuários, Matriz de Descobertas e Quadro de Recomendações, culminando com a elaboração de um projeto de intervenção para o local. Os resultados da APO mostram que: (i) ela despertou nos alunos um interesse diferenciado pela relação entre as necessidades dos usuários e as soluções projetuais; (ii) a maioria dos métodos/técnicas teve boa aceitação, embora se verificasse dificuldade de apropriação de alguns. As propostas projetuais desenvolvidas ao final do semestre, analisadas durante as assessorias, de forma comparativamente com a Matriz de Descobertas e Quadro de Recomendações e pelo professor responsável, mostram que o conhecimento da APO influenciou diretamente os novos projetos no que se refere à solução formal e funcional adotada, e representou ainda um enriquecimento no discurso oral do alunado.

7
  • GÉRSICA VASCONCELOS GOES
  • UM PERCURSO SOBRE O PATRIMÔNIO E A MORFOLOGIA URBANA DO CENTRO DE FORTALEZA-CE

  • Orientador : JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • CLOVIS RAMIRO JUCÁ NETO
  • Data: 10/04/2015

  • Mostrar Resumo
  • A incursão sobre a área histórica do centro de Fortaleza apresenta reminiscências de um acervo patrimonial passível de reconhecimento como patrimônio edificado da cidade, tanto em aspectos arquitetônicos quanto urbanísticos. O bairro tem em seu tecido urbano uma síntese das diversas fases da arquitetura brasileira materializada em seu traçado e nos bens edificados. Essa composição abrange principalmente a produção eclética, perpassando pelo momento do art déco, incluindo o período da produção moderna. O presente trabalho visa identificar no acervo patrimonial existente, as temporalidades e espacialidades que possibilitam remontar a história da forma urbana do bairro. Utilizando-se do aporte teórico-metodológico da morfologia e história urbana de autores como Aldo Rossi (2001), Kevin Lynch (1997), José Lamas (2010) e Philippe Panerai (2006), foi permitido, em um percurso predefinido, tecer parte da memória urbana fortalezense. O estudo histórico-morfológico percorre através de uma análise sequenciada desenvolvida a partir de subconjuntos articulados formados pela rede de praças do bairro: Praça José de Alencar, Praça Capistrano de Abreu (Lagoinha), Praça Clóvis Beviláquia, Praça do Carmo, Praça Murilo Borges (BNB), Praça Coração de Jesus, Parque das Crianças, Praça do Riacho Pajeú, Praça dos Voluntários (Polícia), Praça do Ferreira, Praça Waldemar Falcão (Correios). Praça General Tibúrcio (Leões), Praça Figueira de Melo, Bosque Dom Delgado (Pajeú), Praça Cristo Redentor, Praça Caio Prado (Sé), Praça dos Mártires (Passeio Público), e Praça Castro Carreira (Estação). Setorizou-se o bairro com base nesse sistema de praças, pois se percebe que há nesses espaços públicos um trajeto que contempla uma parcela da história urbana fortalezense. Além de que em seu entorno há uma maior concentração de bens patrimoniais em relação aos demais setores do bairro, em que a descaracterização é uma imperativa do conjunto urbano. Visando apreender essa rede de espaços públicos contidas na área estudada foram propostos dois percursos baseados nos limites da cidade de 1875 propostos por Adolfo Herbster (Planta da cidade da Fortaleza). O trajeto se inicia pelas conhecidas boulevards (avenidas do Imperador, Duque de Caxias e Dom Manuel) e pela orla marítima. O estudo é pautado na análise bibliográfica, documental e empírica do tema, sendo composto por uma sobreposição de mapas, acervo fotográfico e desenhos que ratificam esse acervo patrimonial tanto arquitetônico quanto urbanístico na contemporaneidade. Dentre os resultados obtidos, observou-se que diante de um quadro atual da perda do locus da noção de aglomerado histórico-cultural, as praças expressam os redutos da ambiência patrimonial que por ventura resistem na história e morfologia urbana da capital cearense.


  • Mostrar Abstract
  • A incursão sobre a área histórica do centro de Fortaleza apresenta reminiscências de um acervo patrimonial passível de reconhecimento como patrimônio edificado da cidade, tanto em aspectos arquitetônicos quanto urbanísticos. O bairro tem em seu tecido urbano uma síntese das diversas fases da arquitetura brasileira materializada em seu traçado e nos bens edificados. Essa composição abrange principalmente a produção eclética, perpassando pelo momento do art déco, incluindo o período da produção moderna. O presente trabalho visa identificar no acervo patrimonial existente, as temporalidades e espacialidades que possibilitam remontar a história da forma urbana do bairro. Utilizando-se do aporte teórico-metodológico da morfologia e história urbana de autores como Aldo Rossi (2001), Kevin Lynch (1997), José Lamas (2010) e Philippe Panerai (2006), foi permitido, em um percurso predefinido, tecer parte da memória urbana fortalezense. O estudo histórico-morfológico percorre através de uma análise sequenciada desenvolvida a partir de subconjuntos articulados formados pela rede de praças do bairro: Praça José de Alencar, Praça Capistrano de Abreu (Lagoinha), Praça Clóvis Beviláquia, Praça do Carmo, Praça Murilo Borges (BNB), Praça Coração de Jesus, Parque das Crianças, Praça do Riacho Pajeú, Praça dos Voluntários (Polícia), Praça do Ferreira, Praça Waldemar Falcão (Correios). Praça General Tibúrcio (Leões), Praça Figueira de Melo, Bosque Dom Delgado (Pajeú), Praça Cristo Redentor, Praça Caio Prado (Sé), Praça dos Mártires (Passeio Público), e Praça Castro Carreira (Estação). Setorizou-se o bairro com base nesse sistema de praças, pois se percebe que há nesses espaços públicos um trajeto que contempla uma parcela da história urbana fortalezense. Além de que em seu entorno há uma maior concentração de bens patrimoniais em relação aos demais setores do bairro, em que a descaracterização é uma imperativa do conjunto urbano. Visando apreender essa rede de espaços públicos contidas na área estudada foram propostos dois percursos baseados nos limites da cidade de 1875 propostos por Adolfo Herbster (Planta da cidade da Fortaleza). O trajeto se inicia pelas conhecidas boulevards (avenidas do Imperador, Duque de Caxias e Dom Manuel) e pela orla marítima. O estudo é pautado na análise bibliográfica, documental e empírica do tema, sendo composto por uma sobreposição de mapas, acervo fotográfico e desenhos que ratificam esse acervo patrimonial tanto arquitetônico quanto urbanístico na contemporaneidade. Dentre os resultados obtidos, observou-se que diante de um quadro atual da perda do locus da noção de aglomerado histórico-cultural, as praças expressam os redutos da ambiência patrimonial que por ventura resistem na história e morfologia urbana da capital cearense.

8
  • ARIANE MAGDA BORGES
  • VERNACU[LARES]: A CASA DE FAZENDA SERIDOENSE DO SÉCULO XIX COMO EXEMPLO DE ADAPTAÇÃO AO CLIMA SEMIÁRIDO

  • Orientador : JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • SABRINA STUDART FONTENELE COSTA
  • Data: 30/04/2015

  • Mostrar Resumo
  • As habitações rurais das fazendas de criar da microrregião do Seridó potiguar, construídas no século XIX, tornam-se referência pelo seu caráter vernacular, isto é, estas edificações, além de terem reconhecida relevância para a identidade da região, são adaptadas às condicionantes do lugar nos mais diversos aspectos (econômicos, culturais, construtivos, físicos, etc.), e consistem em espaços de proteção em relação às características hostis do clima semiárido. Levando em consideração a premissa supracitada, surge o seguinte questionamento: Que características das casas de fazendas de criar do século XIX do Seridó potiguar são preponderantes para que sejam espaços de proteção em relação ao clima semiárido? No intuito de responder à indagação, a presente pesquisa tem por objetivo identificar quais as particularidades das casas de fazenda do Seridó que contribuem para adaptabilidade destas edificações ao clima semiárido, como ambientes de proteção; e contribuir para ações de valorização do patrimônio arquitetônico em questão. Para tanto, foram adotados procedimentos divididos em duas etapas. Primeiro foram identificadas as características recorrentes nas edificações estudadas por meio de um estudo tipológico realizado a partir dos inventários existentes (DINIZ, 2008; FEIJÓ, 2002; IPHAN, 2012). Para a definição do tipo trabalhou-se com o conceito que mescla a tipologia analítica de Durand que identifica as semelhanças e diferenças para classificar edificações, tendo o caráter de levantamento histórico e de documentação arquitetônica, com a definição proposta por Argan (1963) de que a tipologia não é definida a priori, mas na dedução a partir de uma série de casos ilustrativos que tenham analogia formal e funcional entre si. Em seguida, trabalhou-se com uma amostra de cinco tipos diferentes entre si, definidos pela possibilidade de acesso ao interior das casas, proximidade a outros exemplares, bom estado de conservação e preservação. As fazendas contempladas foram: Pitombeiras, Agenus e Garrotes, no município de Acari; e no município de Caicó, Palma e Penedo. A segunda etapa consistiu no levantamento arquitetônico, registro fotográfico, modelagem tridimensional digital (visando a ampliação da documentação e registro existente); e no monitoramento térmico ao longo de aproximadamente um dia representativo em cinco casas de fazenda, relacionando o desempenho térmico das casas com suas características individuais. As variáveis escolhidas para análise do monitoramento se baseiam no modelo de conforto térmico adaptativo (SPAGNOLO e DE DEAR, 2003 apud NEGREIROS, 2010). As características das casas foram analisadas conforme o atendimento às estratégias de condicionamento térmico passivo recomendadas pela Norma NBR 15220 (ABNT, 2005), para a zona bioclimática 7 onde se inserem os municípios de Caicó e Acari. A análise das temperaturas operativas das casas revelou que durante mais de 90% das horas do dia os ambientes encontram-se dentro da faixa de conforto. Tendo sido o desempenho térmico melhor nas casas de fazenda que tiveram maior grau de atendimento às estratégias bioclimáticas recomendadas. Nos ambientes (normalmente a cozinha e cômodos de pés-direitos baixos, expostos à radiação Oeste) que ainda apresentaram horas de desconforto, o conforto térmico pode ser alcançado com movimentação de ar de aproximadamente 1,0 m/s.


  • Mostrar Abstract
  • As habitações rurais das fazendas de criar da microrregião do Seridó potiguar, construídas no século XIX, tornam-se referência pelo seu caráter vernacular, isto é, estas edificações, além de terem reconhecida relevância para a identidade da região, são adaptadas às condicionantes do lugar nos mais diversos aspectos (econômicos, culturais, construtivos, físicos, etc.), e consistem em espaços de proteção em relação às características hostis do clima semiárido. Levando em consideração a premissa supracitada, surge o seguinte questionamento: Que características das casas de fazendas de criar do século XIX do Seridó potiguar são preponderantes para que sejam espaços de proteção em relação ao clima semiárido? No intuito de responder à indagação, a presente pesquisa tem por objetivo identificar quais as particularidades das casas de fazenda do Seridó que contribuem para adaptabilidade destas edificações ao clima semiárido, como ambientes de proteção; e contribuir para ações de valorização do patrimônio arquitetônico em questão. Para tanto, foram adotados procedimentos divididos em duas etapas. Primeiro foram identificadas as características recorrentes nas edificações estudadas por meio de um estudo tipológico realizado a partir dos inventários existentes (DINIZ, 2008; FEIJÓ, 2002; IPHAN, 2012). Para a definição do tipo trabalhou-se com o conceito que mescla a tipologia analítica de Durand que identifica as semelhanças e diferenças para classificar edificações, tendo o caráter de levantamento histórico e de documentação arquitetônica, com a definição proposta por Argan (1963) de que a tipologia não é definida a priori, mas na dedução a partir de uma série de casos ilustrativos que tenham analogia formal e funcional entre si. Em seguida, trabalhou-se com uma amostra de cinco tipos diferentes entre si, definidos pela possibilidade de acesso ao interior das casas, proximidade a outros exemplares, bom estado de conservação e preservação. As fazendas contempladas foram: Pitombeiras, Agenus e Garrotes, no município de Acari; e no município de Caicó, Palma e Penedo. A segunda etapa consistiu no levantamento arquitetônico, registro fotográfico, modelagem tridimensional digital (visando a ampliação da documentação e registro existente); e no monitoramento térmico ao longo de aproximadamente um dia representativo em cinco casas de fazenda, relacionando o desempenho térmico das casas com suas características individuais. As variáveis escolhidas para análise do monitoramento se baseiam no modelo de conforto térmico adaptativo (SPAGNOLO e DE DEAR, 2003 apud NEGREIROS, 2010). As características das casas foram analisadas conforme o atendimento às estratégias de condicionamento térmico passivo recomendadas pela Norma NBR 15220 (ABNT, 2005), para a zona bioclimática 7 onde se inserem os municípios de Caicó e Acari. A análise das temperaturas operativas das casas revelou que durante mais de 90% das horas do dia os ambientes encontram-se dentro da faixa de conforto. Tendo sido o desempenho térmico melhor nas casas de fazenda que tiveram maior grau de atendimento às estratégias bioclimáticas recomendadas. Nos ambientes (normalmente a cozinha e cômodos de pés-direitos baixos, expostos à radiação Oeste) que ainda apresentaram horas de desconforto, o conforto térmico pode ser alcançado com movimentação de ar de aproximadamente 1,0 m/s.

9
  • MONIQUE LESSA VIEIRA OLIMPIO
  • O REGISTRO DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS EM PROJETOS DE INTERVENÇÃO ARQUITETÔNICA NO PATRIMÔNIO EDIFICADO: O CASO DE NATAL/RN.

  • Orientador : NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • RODRIGO ESPINHA BAETA
  • Data: 12/06/2015

  • Mostrar Resumo
  • No que diz respeito às formas de intervir sobre o patrimônio edificado, observou-se, em meio a um processo de conscientização preservacionista, proliferarem inúmeras posturas projetuais frente à pré-existência de valor patrimonial. Mas, estes projetos de intervenção em edificações de reconhecido valor patrimonial possuem alguma especificidade? É possível identificar em que eles diferem (e se diferem) de um projeto arquitetônico que não está relacionado as questões preservacionistas? Diante deste universo, constatou-se a necessidade de um reflexão sobre os procedimentos metodológicos utilizados em um projeto de arquitetura, especificamente aqueles voltados para preservação patrimonial. Diante de inúmeras contribuições teóricas sobre a temática de métodos de projetação arquitetônica, observou-se uma escassez de estudos voltados, especificamente, para projetos de intervenção arquitetônica. Esta discussão, se reveste de uma importância ainda maior pois, em âmbito nacional, algumas das recentes reflexões sobre este tipo de projeto arquitetônico apontam para uma atuação, muitas vezes, caracterizada pelo arbítrio e completa ausência de rigor metodológico (KÜHL, 2006). Logo, o caminho desta pesquisa, trabalhou de forma conexa elementos teórico-metodológicos da prática preservacionista e a temática sobre métodos de projetação arquitetônica (LAWSON, 2011; BOUDON et al, 2000; MAHFUZ, 1995). Visando responder as questões apresentadas, o recorte desta pesquisa consiste nos projetos de intervenção do Terminal Marítimo de Passageiros de Natal, do Antigo Palácio do Governo (EDTAM) e do Antigo Hotel Central, que estão situados na área reconhecida como centro histórico da cidade de Natal. As análises destes, objetivam identificar os procedimentos metodológicos registrados no produto final (representação gráfica do projeto arquitetônica e demais documentos) entregue ao IPHAN/RN, órgão responsável pela análise e aprovação destes projetos arquitetônicos, observando se tais procedimentos refletem, de alguma maneira, no resultado final obtido e, se compreendem as complexificações das questões preservacionistas, aquilo que difere o projeto de intervenção do projeto do novo. As análises dos projetos, corroboraram a hipótese da existência de especificidades para o projeto de intervenção. A principal, diz respeito a própria natureza do projeto, inerente à relação dialética entre a necessidade da preservação (dos valores patrimoniais identificados) e da modernização (adaptação à vida contemporânea) dos bens patrimoniais. Esta relação, denominada nesta dissertação de “restrição radical” deve, ou deveria, balizar as ações projetuais e análises técnicas do órgão preservacionista. Entretanto, observou-se que esta restrição ficou mais clara nos pareceres dos legisladores do que nas decisões dos projetistas. Os legisladores estabelecem a apresentação de documentos voltados para uma identificação e contextualização prévia do imóvel objeto de intervenção (Portaria Nº 420 de 22 de dezembro de 2010) que oferecem (ou deveriam) subsídios para as decisões projetuais. Contudo, foi possível concluir, pelas análises destes documentos, uma desconexão entre estes e as decisões projetuais apresentadas. Fato que, pode ser justificado pela total ausência de diálogo sobre os preceitos teórico-metodológicos da prática preservacionista que, ao nosso ver, é parte preponderante dos procedimentos metodológicos realizados durante o processo de projetação arquitetônica, e deveriam balizar as discussões projetuais entre projetistas e legisladores.


  • Mostrar Abstract
  • No que diz respeito às formas de intervir sobre o patrimônio edificado, observou-se, em meio a um processo de conscientização preservacionista, proliferarem inúmeras posturas projetuais frente à pré-existência de valor patrimonial. Mas, estes projetos de intervenção em edificações de reconhecido valor patrimonial possuem alguma especificidade? É possível identificar em que eles diferem (e se diferem) de um projeto arquitetônico que não está relacionado as questões preservacionistas? Diante deste universo, constatou-se a necessidade de um reflexão sobre os procedimentos metodológicos utilizados em um projeto de arquitetura, especificamente aqueles voltados para preservação patrimonial. Diante de inúmeras contribuições teóricas sobre a temática de métodos de projetação arquitetônica, observou-se uma escassez de estudos voltados, especificamente, para projetos de intervenção arquitetônica. Esta discussão, se reveste de uma importância ainda maior pois, em âmbito nacional, algumas das recentes reflexões sobre este tipo de projeto arquitetônico apontam para uma atuação, muitas vezes, caracterizada pelo arbítrio e completa ausência de rigor metodológico (KÜHL, 2006). Logo, o caminho desta pesquisa, trabalhou de forma conexa elementos teórico-metodológicos da prática preservacionista e a temática sobre métodos de projetação arquitetônica (LAWSON, 2011; BOUDON et al, 2000; MAHFUZ, 1995). Visando responder as questões apresentadas, o recorte desta pesquisa consiste nos projetos de intervenção do Terminal Marítimo de Passageiros de Natal, do Antigo Palácio do Governo (EDTAM) e do Antigo Hotel Central, que estão situados na área reconhecida como centro histórico da cidade de Natal. As análises destes, objetivam identificar os procedimentos metodológicos registrados no produto final (representação gráfica do projeto arquitetônica e demais documentos) entregue ao IPHAN/RN, órgão responsável pela análise e aprovação destes projetos arquitetônicos, observando se tais procedimentos refletem, de alguma maneira, no resultado final obtido e, se compreendem as complexificações das questões preservacionistas, aquilo que difere o projeto de intervenção do projeto do novo. As análises dos projetos, corroboraram a hipótese da existência de especificidades para o projeto de intervenção. A principal, diz respeito a própria natureza do projeto, inerente à relação dialética entre a necessidade da preservação (dos valores patrimoniais identificados) e da modernização (adaptação à vida contemporânea) dos bens patrimoniais. Esta relação, denominada nesta dissertação de “restrição radical” deve, ou deveria, balizar as ações projetuais e análises técnicas do órgão preservacionista. Entretanto, observou-se que esta restrição ficou mais clara nos pareceres dos legisladores do que nas decisões dos projetistas. Os legisladores estabelecem a apresentação de documentos voltados para uma identificação e contextualização prévia do imóvel objeto de intervenção (Portaria Nº 420 de 22 de dezembro de 2010) que oferecem (ou deveriam) subsídios para as decisões projetuais. Contudo, foi possível concluir, pelas análises destes documentos, uma desconexão entre estes e as decisões projetuais apresentadas. Fato que, pode ser justificado pela total ausência de diálogo sobre os preceitos teórico-metodológicos da prática preservacionista que, ao nosso ver, é parte preponderante dos procedimentos metodológicos realizados durante o processo de projetação arquitetônica, e deveriam balizar as discussões projetuais entre projetistas e legisladores.

10
  • LEILA ARAUJO GUILHERMINO FERNANDES
  • Atmosferas arquitetônicas: projeto e percepção na obra de Peter Zumthor

  • Orientador : GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MARIA DE BETÂNIA UCHOA CAVALCANTI BRENDLE
  • Data: 25/06/2015

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação dedica-se à discussão sobre as atmosferas arquitetônicas, usando-se como referência para a análise as obras e os relatos do arquiteto suíço Peter Zumthor. O termo "atmosfera arquitetônica" é definido no estudo como a condição complexa e genérica percebida pelo usuário no momento da experienciação de um dado lugar. A composição de uma atmosfera se dá pela sobreposição de todas as características físicas que compõem um espaço, e sua percepção, condicionada a aspectos individuais do usuário, se concretiza por todos os receptores do corpo humano, por meio de um processo multissensorial, e influencia qualitativamente a experienciação dos espaços construídos pela arquitetura. O estudo compreende três capítulos. No primeiro deles, apresenta-se uma reflexão sobre o tema atmosferas arquitetônicas, passando pela formação do conceito e sua definição como também por uma compilação de princípios projetuais que levam à composição de atmosferas arquitetônicas em obras de profissionais diversos. No segundo capítulo, realiza-se um estudo sobre os procedimentos adotados por Peter Zumthor em seu processo projetual, focado na composição de atmosferas. No terceiro, por fim, são analisados os projetos da Capela do Irmão Claus (Wachendorf, Alemanha) e do Museu Kolumba (Colônia, Alemanha), ambos de autoria desse arquiteto, procurando-se entender o complexo jogo de elementos que constituem a atmosfera de cada um desses lugares. A metodologia aplicada para todo o estudo consiste em análise bibliográfica e documental, usando-se como fontes livros, plantas e material coletado na internet. Além disso, para as análises das obras, contou-se também com a experiência da visitação aos edifícios pela própria autora desta dissertação. Como conclusão, o estudo permite perceber como a arquitetura, expressa por meio de seus objetos edificados, pode estar dotada de todo um arcabouço conceitual e teórico que a valoriza e enriquece a experiência de sua visitação, quando concebida com fins de emocionar o usuário. Trata-se de uma abordagem que utiliza os mesmos elementos de qualquer construção, mas que se diferencia pelos vínculos que demanda com o homem e com o meio em que se implanta. Face aos novos rumos reconhecidos para a arquitetura contemporânea, a contribuição deste estudo está na oportunidade de se compreender essa forma peculiar de relação entre usuário e objeto arquitetônico, identificada por uma visão fenomenológica da arquitetura, bem como de atualizar a bibliografia sobre a temática, ainda escassa nas universidades brasileiras.


  • Mostrar Abstract
  • Esta dissertação dedica-se à discussão sobre as atmosferas arquitetônicas, usando-se como referência para a análise as obras e os relatos do arquiteto suíço Peter Zumthor. O termo "atmosfera arquitetônica" é definido no estudo como a condição complexa e genérica percebida pelo usuário no momento da experienciação de um dado lugar. A composição de uma atmosfera se dá pela sobreposição de todas as características físicas que compõem um espaço, e sua percepção, condicionada a aspectos individuais do usuário, se concretiza por todos os receptores do corpo humano, por meio de um processo multissensorial, e influencia qualitativamente a experienciação dos espaços construídos pela arquitetura. O estudo compreende três capítulos. No primeiro deles, apresenta-se uma reflexão sobre o tema atmosferas arquitetônicas, passando pela formação do conceito e sua definição como também por uma compilação de princípios projetuais que levam à composição de atmosferas arquitetônicas em obras de profissionais diversos. No segundo capítulo, realiza-se um estudo sobre os procedimentos adotados por Peter Zumthor em seu processo projetual, focado na composição de atmosferas. No terceiro, por fim, são analisados os projetos da Capela do Irmão Claus (Wachendorf, Alemanha) e do Museu Kolumba (Colônia, Alemanha), ambos de autoria desse arquiteto, procurando-se entender o complexo jogo de elementos que constituem a atmosfera de cada um desses lugares. A metodologia aplicada para todo o estudo consiste em análise bibliográfica e documental, usando-se como fontes livros, plantas e material coletado na internet. Além disso, para as análises das obras, contou-se também com a experiência da visitação aos edifícios pela própria autora desta dissertação. Como conclusão, o estudo permite perceber como a arquitetura, expressa por meio de seus objetos edificados, pode estar dotada de todo um arcabouço conceitual e teórico que a valoriza e enriquece a experiência de sua visitação, quando concebida com fins de emocionar o usuário. Trata-se de uma abordagem que utiliza os mesmos elementos de qualquer construção, mas que se diferencia pelos vínculos que demanda com o homem e com o meio em que se implanta. Face aos novos rumos reconhecidos para a arquitetura contemporânea, a contribuição deste estudo está na oportunidade de se compreender essa forma peculiar de relação entre usuário e objeto arquitetônico, identificada por uma visão fenomenológica da arquitetura, bem como de atualizar a bibliografia sobre a temática, ainda escassa nas universidades brasileiras.

11
  • SILVIA FERNANDES CAVALCANTI CAMPOS
  • AVALIAÇÃO DA QUALIDADE AMBIENTAL EM CONDOMÍNIOS HORIZONTAIS DE ALTO PADRÃO NA GRANDE NATAL

  • Orientador : SOLANGE VIRGINIA GALARCA GOULART
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SOLANGE VIRGINIA GALARCA GOULART
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • SOLANGE MARIA LEDER
  • Data: 03/09/2015

  • Mostrar Resumo
  • Pesquisas recentes relacionadas ao desenvolvimento sustentável, mostram que a expansão das construções nas cidades precisa ser melhor analisado, pois seu impacto ao meio ambiente e à vida das pessoas é preocupante e devem ser colocados como prioridade para as propostas de mudanças. Portanto, faz-se necessário avaliar os empreendimentos existentes no meio urbano, relacionando-os as soluções menos causadoras de tais impactos. Para isto, foi verificada a existência de condomínios horizontais com propostas de marketing, destacando a ampla área verde e uma infraestrutura que proporciona uma excelente qualidade de vida aos moradores. Assim, foi feito um levantamento dos condomínios mais recentes, construídos na cidade de Natal e suas áreas de expansão, e que apresentam este tipo de publicidade, classificando-os desta forma como os condomínios de alto padrão. A seleção dos condomínios avaliados teve como critérios, o tempo de construção, os empreendimentos finalizados a partir de 2009, estando mais recente às novas tecnologias sustentáveis. Bem como a escolha de um condomínio para fazer um contraponto, sendo ele, o primeiro condomínio construído na cidade. Ao final, foram selecionados sete condomínios para a avaliação, sendo cada localizado em bairros de regiões diferentes, possibilitando, desta forma, viabilizar a pesquisa. A avaliação da qualidade ambiental dos condomínios é feita com base nos atributos desenvolvidos por Valaski (2008), os quais avaliam as edificações existentes, como também o condomínio no aspecto geral. Os resultados obtidos na avaliação geral mostraram que dois, dos sete empreendimentos, foram classificados positivamente em relação à qualidade ambiental, entre eles o primeiro condomínio implantado na cidade. Os demais mostraram que existe a necessidade de um maior estudo que anteceda a concepção de um condomínio horizontal. Em relação a avaliação específica das edificações foi possível encontrar muitas casas portadoras de soluções sustentáveis, tais como aquecimento solar de água, e outras poucas, portadoras de energia alternativa por painéis fotovoltaicos. O Armazenamento e uso de águas de chuvas mostrou-se um item crescente nas novas edificações, enquanto que, o reaproveitamento de águas servidas, juntamente com coberturas jardins e vegetações em fachadas não foram muito aplicadas.


  • Mostrar Abstract
  • Recent research related to sustainable development, show that the expansion
    of the buildings in the cities needs to be better analyzed, because its impact on
    the environment and to people's lives is worrying and must be made a priority
    for the proposed changes. Therefore, it is necessary to evaluate the existing
    facilities in the urban areas, linking them solutions less causing such impacts.
    For this, it was verified the existence of condominiums with marketing
    proposals, highlighting the large green area and an infrastructure that provides
    an excellent quality of life for residents. Thus, a survey was made of the latest
    apartments built in Natal and their areas of expansion, and presenting this type
    of advertising, classifying them this way upscale condominiums. A selection of
    assessed condominiums had as criteria, construction time, the projects
    completed from 2009, being the latest to new sustainable technologies. And the
    choice of a condominium to make a counterpoint, being the first condominium
    built in the city. At the end of seven condominiums were selected for evaluation,
    each being located in different neighborhoods regions, enabling, in this way,
    enabling the search. The evaluation of the environmental quality of
    condominiums is based on attributes developed by Valaski (2008), which
    assesses the existing buildings, as well as the community in general
    appearance. The results of the overall evaluation showed that two of the seven
    projects were classified positively in relation to environmental quality, including
    the first condominium deployed in the city. The other, showed that there is a
    need for further study to precede the design of a horizontal condominium.
    Regarding the specific assessment of the buildings could not find many homes
    carriers sustainable solutions, such as solar water heating, and a few other,
    bearers of alternative energy by photovoltaic panels. The storage and use of
    rain water proved to be a growing item in new buildings, while the reuse of
    wastewater, along with toppings gardens and vegetation in facades were not
    very applied.

12
  • LUIZA MARIA MEDEIROS DE LIMA
  • O OLHAR DAS INSTITUIÇÕES DE PREVIDÊNCIA SOBRE A CASA E A CIDADE: PROMOÇÃO, FINANCIAMENTO E AVALIAÇÃO DE IMÓVEIS

  • Orientador : ANGELA LUCIA DE ARAUJO FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANGELA LUCIA DE ARAUJO FERREIRA
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • MARLICE NAZARETH SOARES AZEVEDO
  • WANI FERNANDES PEREIRA
  • Data: 16/10/2015

  • Mostrar Resumo
  • Os investimentos em moradia realizados pelas Caixas e Institutos de Aposentadoria e Pensões em Natal, entre as décadas de 1930 e 1960, viabilizou a liberação de crédito para construção e compra de casas, que contribuíram para dinamizar o mercado imobiliário natalense, em processo de consolidação à época. Inseridas numa primeira proposta de política pública com abrangência nacional delineada para habitação social no país, essas ações demandaram a criação de uma série de estruturas descentralizadas, sobretudo nas capitais, vinculadas aos Escritórios Centrais no Rio de Janeiro. Nas agências locais, uma rede de profissionais desenvolviam atividades variadas, que iam desde a concepção e construção de empreendimentos até o estudo rotineiro de propostas de financiamento de unidades isoladas. Esse contexto traz à lume a avaliação de imóveis, operada na escala local, como elemento essencial à efetivação da política, permitindo a produção e a troca de dados sobre o valor de mercado das propriedades, fundada sobre a observação e interpretação dos espaços de residência de diferentes grupos sociais, da cidade e de seus bairros. Dessa forma, objetiva-se contribuir para o entendimento da operacionalização dessas ações imobiliárias na legitimação de ponderações sobre o espaço urbano e as residências disponibilizadas aos trabalhadores na capital potiguar. As fontes primárias principais foram as fichas de avaliação imobiliárias dos processos prediais das CAP/IAP, arquivados no INSS-RN e sistematizados em parte no Banco de Dados Empreendimentos do HCURB. Tendo como fontes auxiliares jornais da época, entrevistas e registro fotográfico in loco, foi possível refletir sobre a construção de imagens fragmentadas da cidade, em função dos interesses de investimentos particulares, dos associados, e com a produção direta das instituições – enquanto autarquias corporativas de seguro social. Isso converge para um entendimento do papel dos engenheiros avaliadores no âmbito dessas instituições. As técnicas e os profissionais de avaliação vinculados a ela podem ser vistos, nesse sentido, como parte de um sistema técnico-operacional que se estrutura sobre uma matriz de valores preconcebidos acerca dos significados da “casa”. A busca por essa “essência científica” da avaliação, mais a eficiência para a manipulação de sistemas de crédito e investimento, mostram como estes órgãos, tanto marcam como representam, até certo ponto, as faces contraditórias de um grande esforço coletivo de construção de um “Brasil moderno-industrial” e do “novo homem trabalhador brasileiro”.


  • Mostrar Abstract
  • Os investimentos em moradia realizados pelas Caixas e Institutos de Aposentadoria e Pensões em Natal, entre as décadas de 1930 e 1960, viabilizou a liberação de crédito para construção e compra de casas, que contribuíram para dinamizar o mercado imobiliário natalense, em processo de consolidação à época. Inseridas numa primeira proposta de política pública com abrangência nacional delineada para habitação social no país, essas ações demandaram a criação de uma série de estruturas descentralizadas, sobretudo nas capitais, vinculadas aos Escritórios Centrais no Rio de Janeiro. Nas agências locais, uma rede de profissionais desenvolviam atividades variadas, que iam desde a concepção e construção de empreendimentos até o estudo rotineiro de propostas de financiamento de unidades isoladas. Esse contexto traz à lume a avaliação de imóveis, operada na escala local, como elemento essencial à efetivação da política, permitindo a produção e a troca de dados sobre o valor de mercado das propriedades, fundada sobre a observação e interpretação dos espaços de residência de diferentes grupos sociais, da cidade e de seus bairros. Dessa forma, objetiva-se contribuir para o entendimento da operacionalização dessas ações imobiliárias na legitimação de ponderações sobre o espaço urbano e as residências disponibilizadas aos trabalhadores na capital potiguar. As fontes primárias principais foram as fichas de avaliação imobiliárias dos processos prediais das CAP/IAP, arquivados no INSS-RN e sistematizados em parte no Banco de Dados Empreendimentos do HCURB. Tendo como fontes auxiliares jornais da época, entrevistas e registro fotográfico in loco, foi possível refletir sobre a construção de imagens fragmentadas da cidade, em função dos interesses de investimentos particulares, dos associados, e com a produção direta das instituições – enquanto autarquias corporativas de seguro social. Isso converge para um entendimento do papel dos engenheiros avaliadores no âmbito dessas instituições. As técnicas e os profissionais de avaliação vinculados a ela podem ser vistos, nesse sentido, como parte de um sistema técnico-operacional que se estrutura sobre uma matriz de valores preconcebidos acerca dos significados da “casa”. A busca por essa “essência científica” da avaliação, mais a eficiência para a manipulação de sistemas de crédito e investimento, mostram como estes órgãos, tanto marcam como representam, até certo ponto, as faces contraditórias de um grande esforço coletivo de construção de um “Brasil moderno-industrial” e do “novo homem trabalhador brasileiro”.

Teses
1
  • EUNADIA SILVA CAVALCANTE
  •  REPERCUSSÃO DA INTEGRAÇÃO DE CONTEÚDOS DAS DISCIPLINAS NOS

    TRABALHOS FINAIS DE GRADUAÇÃO DO CAU-UFRN (2003 a 2010).
  • Orientador : MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DORIS CATHARINE CORNELIE KNATZ KOWALTOWSKI
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • MARIA DE JESUS DE BRITTO LEITE
  • NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
  • Data: 02/02/2015

  • Mostrar Resumo
  • As mudanças ocorridas no ensino de arquitetura nas universidades brasileiras, a partir dos anos 90, com a revalorização do projeto de arquitetura como objeto de pesquisa e conhecimentos científicos e, mais especificamente, a adoção pelo Curso de Arquitetura e Urbanismo (CAU) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) do princípio da integração de conteúdos das disciplinas, despertaram o interesse pela investigação das questões relacionadas ao processo projetual e ao ensino de projeto neste contexto. Passados 20 anos da sua implantação e reconhecida como sendo o grande avanço em termos pedagógicos no processo de ensino/aprendizagem, a integração no âmbito do CAU/UFRN apresenta-se como o foco central desta investigação, que buscará identificar as mudanças ocorridas no ensino de projeto e o seu rebatimento nos projetos de arquitetura desenvolvidos pelos alunos em final de curso. De modo geral, entende-se que a necessidade de integrar conhecimentos de diversas áreas é própria da atividade profissional do arquiteto que busca, através de um exercício de síntese, apontar soluções para as questões envolvidas em um projeto. Partindo da hipótese de que a integração de conteúdos das disciplinas favorece o ensino/aprendizado de projeto de arquitetura, o que pode ser evidenciado nos Trabalhos Finais de Graduação, torna-se necessário compreender, à luz das teorias da educação, como os princípios de organização curricular, tais como interdisciplinaridade, pluridisciplinaridade, transdisciplinaridade e transversalidade, estão relacionados com o termo integração, este sim, mais compreendido e disseminado entre os professores dos cursos de arquitetura. O objeto deste estudo é, portanto, a relação entre a integração de conteúdos disciplinares e os projetos de arquitetura desenvolvidos pelos alunos no CAU-UFRN, no âmbito dos Trabalhos Finais de Graduação (TFGs), concluídos no período de vigência do Projeto Projeto Pedagógico A5 - a partir de 2003. A pesquisa tem por objetivo principal investigar em que medida a integração de conteúdos disciplinares repercute no desenvolvimento dos Trabalhos Finais de Graduação da UFRN, a partir da análise dos desenhos e textos dos projetos dos discentes e dos depoimentos dos professores orientadores e alunos concluintes. A análise dos dados coletados a partir do conteúdo textual e gráfico da amostra dos TFGs do CAU/UFRN sugere que os conteúdos das diversas áreas do conhecimento são assimilados pelos alunos e utilizados como recursos para a concepção e desenvolvimento de projetos de arquitetura. Ou seja, há no produto final dos alunos o registro da integração de conteúdos, seja no discurso ou no desenho, reafirmando a importância da convergência de diversos saberes no projeto arquitetônico. No entanto, a integração de conteúdos do ponto de vista da sua articulação e operacionalização, que envolve professores e alunos de um mesmo período, tem como condição sine qua non para o sucesso deste princípio pedagógico, a disposição destes para o trabalho em equipe, para a prática dialógica, que cria zonas de interseção, não só entre as disciplinas, mas também entre os saberes de cada um dos participantes.


  • Mostrar Abstract
  • As mudanças ocorridas no ensino de arquitetura nas universidades brasileiras, a partir dos anos 90, com a revalorização do projeto de arquitetura como objeto de pesquisa e conhecimentos científicos e, mais especificamente, a adoção pelo Curso de Arquitetura e Urbanismo (CAU) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) do princípio da integração de conteúdos das disciplinas, despertaram o interesse pela investigação das questões relacionadas ao processo projetual e ao ensino de projeto neste contexto. Passados 20 anos da sua implantação e reconhecida como sendo o grande avanço em termos pedagógicos no processo de ensino/aprendizagem, a integração no âmbito do CAU/UFRN apresenta-se como o foco central desta investigação, que buscará identificar as mudanças ocorridas no ensino de projeto e o seu rebatimento nos projetos de arquitetura desenvolvidos pelos alunos em final de curso. De modo geral, entende-se que a necessidade de integrar conhecimentos de diversas áreas é própria da atividade profissional do arquiteto que busca, através de um exercício de síntese, apontar soluções para as questões envolvidas em um projeto. Partindo da hipótese de que a integração de conteúdos das disciplinas favorece o ensino/aprendizado de projeto de arquitetura, o que pode ser evidenciado nos Trabalhos Finais de Graduação, torna-se necessário compreender, à luz das teorias da educação, como os princípios de organização curricular, tais como interdisciplinaridade, pluridisciplinaridade, transdisciplinaridade e transversalidade, estão relacionados com o termo integração, este sim, mais compreendido e disseminado entre os professores dos cursos de arquitetura. O objeto deste estudo é, portanto, a relação entre a integração de conteúdos disciplinares e os projetos de arquitetura desenvolvidos pelos alunos no CAU-UFRN, no âmbito dos Trabalhos Finais de Graduação (TFGs), concluídos no período de vigência do Projeto Projeto Pedagógico A5 - a partir de 2003. A pesquisa tem por objetivo principal investigar em que medida a integração de conteúdos disciplinares repercute no desenvolvimento dos Trabalhos Finais de Graduação da UFRN, a partir da análise dos desenhos e textos dos projetos dos discentes e dos depoimentos dos professores orientadores e alunos concluintes. A análise dos dados coletados a partir do conteúdo textual e gráfico da amostra dos TFGs do CAU/UFRN sugere que os conteúdos das diversas áreas do conhecimento são assimilados pelos alunos e utilizados como recursos para a concepção e desenvolvimento de projetos de arquitetura. Ou seja, há no produto final dos alunos o registro da integração de conteúdos, seja no discurso ou no desenho, reafirmando a importância da convergência de diversos saberes no projeto arquitetônico. No entanto, a integração de conteúdos do ponto de vista da sua articulação e operacionalização, que envolve professores e alunos de um mesmo período, tem como condição sine qua non para o sucesso deste princípio pedagógico, a disposição destes para o trabalho em equipe, para a prática dialógica, que cria zonas de interseção, não só entre as disciplinas, mas também entre os saberes de cada um dos participantes.

2
  • TRICIA CAROLINE DA SILVA SANTANA
  • Uma reflexão sobre a vitalidade urbanas das praças de Natal/RN

  • Orientador : GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
  • PAULO JOSE LISBOA NOBRE
  • SYLVIA CAVALCANTE
  • THYANA FARIAS GALVAO DE BARROS
  • Data: 23/03/2015

  • Mostrar Resumo
  •  

     

    RESUMO:

    Esta pesquisa teve como pergunta de partida: os elementos morfológicos que a literatura indica influenciarem a vitalidade das praças são percebidos pelos seus usuários? A hipótese defendida foi que os usuários priorizariam os elementos diretamente envolvidos na presença no local e na apropriação do espaço, especialmente, mobiliário e equipamentos existentes, sombreamento e segurança. Para investigar essa questão, o foco da pesquisa empírica foram as praças públicas localizadas na cidade de Natal-RN, sendo o principal objetivo identificar elementos que contribuem para sua vitalidade, por meio da relação entre morfologia e percepção ambiental. A metodologia adotada foi o Estudo de Caso realizado por meio de multimétodos, utilizando os seguintes procedimentos: análise morfológica realizada com base nas indicações da literatura e em três níveis distintos (raio de influência, 500m; entorno imediato; ambiente em si); observação sistematizada (mapeamento comportamental centrado-no-lugar); e entrevista semi-estruturada com os usuários. Os resultados evidenciaram que espaços mais integrados na malha urbana tem maior potencial de uso, entretanto sua utilização efetiva depende da percepção dos indivíduos, de modo que sua vitalidade decorre principalmente de itens identificados pelos usuários como fundamentais para sua permanência no ambiente, pois afetam diretamente seu bem-estar e a imagem do lugar. Assim, verificou-se que alguns elementos são mais facilmente perceptíveis que outros, como o mobiliário e os equipamentos urbanos, que se revelaram essenciais, de modo que sua presença, qualidade e localização aparentam interferir nas possibilidades de uso. Além disso, o sombreamento e a segurança (vários níveis) mostraram-se itens a garantir, uma vez que os usuários apresentam desejo de vivenciar mais frequentemente os espaços públicos, e estão atentos para as ações de preservação ou de abandono que incidem sobre esses locais, revelando-se como potencialmente envolvidos no resgate desses espaços. No geral, a hipótese se sustentou apenas parcialmente, pois, em muitas situações, a vitalidade aparenta não estar relacionada apenas aos elementos trabalhados, de modo que outros aspectos (econômicos, sociais e ambientais) deveriam ser investigados.

     


  • Mostrar Abstract
  •  

     

    RESUMO:

    Esta pesquisa teve como pergunta de partida: os elementos morfológicos que a literatura indica influenciarem a vitalidade das praças são percebidos pelos seus usuários? A hipótese defendida foi que os usuários priorizariam os elementos diretamente envolvidos na presença no local e na apropriação do espaço, especialmente, mobiliário e equipamentos existentes, sombreamento e segurança. Para investigar essa questão, o foco da pesquisa empírica foram as praças públicas localizadas na cidade de Natal-RN, sendo o principal objetivo identificar elementos que contribuem para sua vitalidade, por meio da relação entre morfologia e percepção ambiental. A metodologia adotada foi o Estudo de Caso realizado por meio de multimétodos, utilizando os seguintes procedimentos: análise morfológica realizada com base nas indicações da literatura e em três níveis distintos (raio de influência, 500m; entorno imediato; ambiente em si); observação sistematizada (mapeamento comportamental centrado-no-lugar); e entrevista semi-estruturada com os usuários. Os resultados evidenciaram que espaços mais integrados na malha urbana tem maior potencial de uso, entretanto sua utilização efetiva depende da percepção dos indivíduos, de modo que sua vitalidade decorre principalmente de itens identificados pelos usuários como fundamentais para sua permanência no ambiente, pois afetam diretamente seu bem-estar e a imagem do lugar. Assim, verificou-se que alguns elementos são mais facilmente perceptíveis que outros, como o mobiliário e os equipamentos urbanos, que se revelaram essenciais, de modo que sua presença, qualidade e localização aparentam interferir nas possibilidades de uso. Além disso, o sombreamento e a segurança (vários níveis) mostraram-se itens a garantir, uma vez que os usuários apresentam desejo de vivenciar mais frequentemente os espaços públicos, e estão atentos para as ações de preservação ou de abandono que incidem sobre esses locais, revelando-se como potencialmente envolvidos no resgate desses espaços. No geral, a hipótese se sustentou apenas parcialmente, pois, em muitas situações, a vitalidade aparenta não estar relacionada apenas aos elementos trabalhados, de modo que outros aspectos (econômicos, sociais e ambientais) deveriam ser investigados.

     

3
  • DANIEL FERNANDES DE MACEDO
  •  Título: LUCIO COSTA E O LUGAR: IMAGEM, TEXTO E PAPEL

  • Orientador : SONIA MARIA DE BARROS MARQUES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FERNANDO LUIZ CAMARGOS LARA
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • NELCI TINEM
  • SONIA MARIA DE BARROS MARQUES
  • TELMA DE BARROS CORREIA
  • Data: 08/04/2015

  • Mostrar Resumo

  • Resumo:

    A importância de Lucio Costa (1902-1998) na produção e difusão, em terras brasileiras, do discurso modernista sobre a adaptabilidade da arquitetura ao meio vai além da sua obra construída. Neste sentido, esta tese propõe delinear a abordagem do arquiteto sobre o lugar a partir dos seus registros. Para tanto, procura identificar em que momentos o tema é mais evidente, os aspectos que foram privilegiados e as correlações com outras abordagens no mesmo período, sobretudo na América Latina. Parte de uma concepção de lugar que envolve duas escalas distintas (NORBERG-SCHULZ, 1980; TUAN, 1983; MONTANER, 2001): a grande escala do mundo exterior, com seus elementos constituintes, e a pequena escala da edificação, com seus aspectos materiais e espaços interiores (ROGERS, 1965; ROSSI, 1966; NORBERG-SCHULZ, 1980; GREGOTTI, 1985; ANDO, 1991; FRAMPTON, 1997). Paralelamente, são consideradas as duas naturezas do lugar, que fornecem informações objetivas, que podem ser graficamente representadas, e outras subjetivas, que teriam no texto a melhor forma de registro (NORBERG-SCHULZ, 1980; DURAND, 2003; CASTELLO, 2005). Esta visão sobre o lugar, os dados que ele fornece e suas formas de expressão, fundamentam a análise do tema com base nos desenhos e na produção textual do arquiteto. Os documentos cotejados revelam uma atenção especial sobre o tema nas quatro primeiras décadas de sua atuação, em especial nos anos trinta; também apresentam ênfases e abordagens variadas sobre os atributos que constituem o lugar, embora haja uma preferência pelos aspectos construtivos do edifício; e ainda mostram os pontos ou momentos de aproximação e afastamento do discurso latino-americano no mesmo período.


  • Mostrar Abstract

  • Resumo:

    A importância de Lucio Costa (1902-1998) na produção e difusão, em terras brasileiras, do discurso modernista sobre a adaptabilidade da arquitetura ao meio vai além da sua obra construída. Neste sentido, esta tese propõe delinear a abordagem do arquiteto sobre o lugar a partir dos seus registros. Para tanto, procura identificar em que momentos o tema é mais evidente, os aspectos que foram privilegiados e as correlações com outras abordagens no mesmo período, sobretudo na América Latina. Parte de uma concepção de lugar que envolve duas escalas distintas (NORBERG-SCHULZ, 1980; TUAN, 1983; MONTANER, 2001): a grande escala do mundo exterior, com seus elementos constituintes, e a pequena escala da edificação, com seus aspectos materiais e espaços interiores (ROGERS, 1965; ROSSI, 1966; NORBERG-SCHULZ, 1980; GREGOTTI, 1985; ANDO, 1991; FRAMPTON, 1997). Paralelamente, são consideradas as duas naturezas do lugar, que fornecem informações objetivas, que podem ser graficamente representadas, e outras subjetivas, que teriam no texto a melhor forma de registro (NORBERG-SCHULZ, 1980; DURAND, 2003; CASTELLO, 2005). Esta visão sobre o lugar, os dados que ele fornece e suas formas de expressão, fundamentam a análise do tema com base nos desenhos e na produção textual do arquiteto. Os documentos cotejados revelam uma atenção especial sobre o tema nas quatro primeiras décadas de sua atuação, em especial nos anos trinta; também apresentam ênfases e abordagens variadas sobre os atributos que constituem o lugar, embora haja uma preferência pelos aspectos construtivos do edifício; e ainda mostram os pontos ou momentos de aproximação e afastamento do discurso latino-americano no mesmo período.

4
  • LUCIA HELENA COSTA DE GÓIS
  • DA CASA GRANDE AO CONDOMÍNIO FECHADO: O QUE MUDOU NAS FORMAS E MODOS DE MORAR DA FAMÍLIA INTERGERACIONAL NO NORDESTE E SUDESTE DO BRASIL?

  • Orientador : FRANCOISE DOMINIQUE VALERY
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCOISE DOMINIQUE VALERY
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • EDMILSON LOPES JUNIOR
  • MARIA DE LOURDES SOARES
  • ROSA ESTER ROSSINI
  • Data: 17/04/2015

  • Mostrar Resumo
  • O estudo tem como foco de atenção as formas e modos de morar da família intergeracional, aquela constituída por pessoas de diferentes gerações, que co-habitam e tem o idoso/idosa como referência. Quanto às formas de morar, deste tipo de família, é interessante notar que as pesquisas, produções, tradicionalmente realizadas por arquitetos e designers de interiores, não a conceituam nem a definem porque não incluíram essa configuração familiar nos seus estudos e não se preocuparam em atrelar esse tipo de família com alguma forma de morar. Encontra-se, portanto, até o presente momento, um vácuo teórico conceitual, propositivo e interventivo que não corresponde à realidade empírica. Face às constatações, a investigação passou pelo desafio teórico de desconstruir o modelo único de habitação contemporânea, hoje destinada a todos os formatos de famílias sem considerar o que está se gestando: o da família intergeracional de idoso e com idoso. O estudo constitui, portanto, um meio privilegiado para se ter um olhar diferenciado sobre diferentes modelos de espaços domésticos a partir dos novos formatos de famílias, suas necessidades básicas e especiais bem como as identidades das moradias das camadas sociais média-alta e alta indicando um diferencial em relação às condições de moradia e estilo de vida das camadas médias e pobres. Para descrever as formas e modos de morar do arranjo familiar intergeracional foi selecionado o método interdisciplinar, que melhor articula não só o método de procedimento, como o método de abordagem indutivo-reflexivo mediante pesquisa de natureza qualitativa. Para tal, selecionou-se como espaço geográfico aquele em que se concentravam pessoas de grande proximidade socioantropológica e os que faziam parte do círculo de amizades e parentes da pesquisadora, entre estes, os residentes nos bairros de Capim Macio, Candelária, Tirol e Petrópolis, localizados nas zonas sul e leste, respectivamente, da cidade de Natal. Os moradores foram entrevistados e os ambientes fotografados. Constatou-se que, enquanto o espaço intergeracional não se firma enquanto tal, rearranjos extremamente criativos se dão no espaço doméstico em função dos hábitos, necessidades, relações entre gênero e gerações. Conclui-se que a família intergeracional continua na invisibilidade apesar de se firmar como novo arranjo domiciliar; que os estudos sobre cotidiano e moradia devem ser retomados na perspectiva histórica e epistemológica integrando substancialmente a dimensão pessoa-ambiente; que foram validadas as categorias analíticas de gênero e geração, bem como as formas de co-habitação permanente, temporária e em conexão que contribuem para uma releitura das formas e modos de morar na contemporaneidade.


  • Mostrar Abstract
  • O estudo tem como foco de atenção as formas e modos de morar da família intergeracional, aquela constituída por pessoas de diferentes gerações, que co-habitam e tem o idoso/idosa como referência. Quanto às formas de morar, deste tipo de família, é interessante notar que as pesquisas, produções, tradicionalmente realizadas por arquitetos e designers de interiores, não a conceituam nem a definem porque não incluíram essa configuração familiar nos seus estudos e não se preocuparam em atrelar esse tipo de família com alguma forma de morar. Encontra-se, portanto, até o presente momento, um vácuo teórico conceitual, propositivo e interventivo que não corresponde à realidade empírica. Face às constatações, a investigação passou pelo desafio teórico de desconstruir o modelo único de habitação contemporânea, hoje destinada a todos os formatos de famílias sem considerar o que está se gestando: o da família intergeracional de idoso e com idoso. O estudo constitui, portanto, um meio privilegiado para se ter um olhar diferenciado sobre diferentes modelos de espaços domésticos a partir dos novos formatos de famílias, suas necessidades básicas e especiais bem como as identidades das moradias das camadas sociais média-alta e alta indicando um diferencial em relação às condições de moradia e estilo de vida das camadas médias e pobres. Para descrever as formas e modos de morar do arranjo familiar intergeracional foi selecionado o método interdisciplinar, que melhor articula não só o método de procedimento, como o método de abordagem indutivo-reflexivo mediante pesquisa de natureza qualitativa. Para tal, selecionou-se como espaço geográfico aquele em que se concentravam pessoas de grande proximidade socioantropológica e os que faziam parte do círculo de amizades e parentes da pesquisadora, entre estes, os residentes nos bairros de Capim Macio, Candelária, Tirol e Petrópolis, localizados nas zonas sul e leste, respectivamente, da cidade de Natal. Os moradores foram entrevistados e os ambientes fotografados. Constatou-se que, enquanto o espaço intergeracional não se firma enquanto tal, rearranjos extremamente criativos se dão no espaço doméstico em função dos hábitos, necessidades, relações entre gênero e gerações. Conclui-se que a família intergeracional continua na invisibilidade apesar de se firmar como novo arranjo domiciliar; que os estudos sobre cotidiano e moradia devem ser retomados na perspectiva histórica e epistemológica integrando substancialmente a dimensão pessoa-ambiente; que foram validadas as categorias analíticas de gênero e geração, bem como as formas de co-habitação permanente, temporária e em conexão que contribuem para uma releitura das formas e modos de morar na contemporaneidade.

5
  • LUANA HONORIO CRUZ
  • Título: Os caminhos do açúcar no Rio Grande do Norte: o papel dos engenhos na formação território potiguar (século XVII ao início do século XX)

     

     

     

     

     

  • Orientador : RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
  • ADRIANO BITTENCOURT ANDRADE
  • MARIA ANGÉLICA DA SILVA
  • MARIA BERTHILDE DE BARROS LIMA E MOURA FILHA
  • Data: 28/04/2015

  • Mostrar Resumo
  •  

     

    RESUMO

    O açúcar foi um dos primeiros produtos econômicos do Brasil e a sua produção, através dos antigos engenhos, foi responsável pela ocupação de boa parte da costa do que atualmente definimos como Nordeste, região onde, ainda hoje, o cultivo da cana e a produção de açúcar possuem relevância econômica. No Rio Grande do Norte não foi diferente. Aqui, o cultivo de cana-de-açúcar se manteve de forma praticamente ininterrupta do início da colonização até os dias de hoje. Mas, poucos são os estudos que tratam dos antigos engenhos potiguares. Este trabalho tem por objetivo estudar os antigos engenhos de açúcar do Rio Grande do Norte e sua relação com o processo histórico de formação e estruturação do seu litoral oriental, marcado historicamente pelo cultivo da cana-de-açúcar, destacando três escalas de análise desse território: a regional, a urbana e a arquitetônica. Na escala regional analisamos as características ambientais do litoral oriental potiguar que condicionaram a implantação da cultura canavieira e como esta contribuiu para a formação das principais vias de comunicação. Na escala urbana estudamos a formação e o desenvolvimento dos principais municípios do litoral oriental associados à produção e comercialização do açúcar. Na escala arquitetônica analisamos as características dos principais remanescentes dos antigos engenhos do litoral oriental. Analisando essas três escalas do território, pudemos perceber que se formou ao longo do tempo uma rede de produção, transporte e comercialização do açúcar em que os fluxos dessa mercadoria (e também de mão de obra, de capitais, etc.), circulavam entre centros de produção (engenhos) e centros de distribuição e comercialização (portos e praças comerciais dos núcleos urbanos) por intermédio de articulações (rios, caminhos, estradas e ferrovias), dinamizando a região. Esses fluxos do açúcar contribuíram para o fortalecimento de núcleos urbanos e para a implantação de vias de comunicação e, em última instância, para o próprio processo de estruturação do litoral oriental potiguar.

     

     

     

     


  • Mostrar Abstract
  •  

     

    RESUMO

    O açúcar foi um dos primeiros produtos econômicos do Brasil e a sua produção, através dos antigos engenhos, foi responsável pela ocupação de boa parte da costa do que atualmente definimos como Nordeste, região onde, ainda hoje, o cultivo da cana e a produção de açúcar possuem relevância econômica. No Rio Grande do Norte não foi diferente. Aqui, o cultivo de cana-de-açúcar se manteve de forma praticamente ininterrupta do início da colonização até os dias de hoje. Mas, poucos são os estudos que tratam dos antigos engenhos potiguares. Este trabalho tem por objetivo estudar os antigos engenhos de açúcar do Rio Grande do Norte e sua relação com o processo histórico de formação e estruturação do seu litoral oriental, marcado historicamente pelo cultivo da cana-de-açúcar, destacando três escalas de análise desse território: a regional, a urbana e a arquitetônica. Na escala regional analisamos as características ambientais do litoral oriental potiguar que condicionaram a implantação da cultura canavieira e como esta contribuiu para a formação das principais vias de comunicação. Na escala urbana estudamos a formação e o desenvolvimento dos principais municípios do litoral oriental associados à produção e comercialização do açúcar. Na escala arquitetônica analisamos as características dos principais remanescentes dos antigos engenhos do litoral oriental. Analisando essas três escalas do território, pudemos perceber que se formou ao longo do tempo uma rede de produção, transporte e comercialização do açúcar em que os fluxos dessa mercadoria (e também de mão de obra, de capitais, etc.), circulavam entre centros de produção (engenhos) e centros de distribuição e comercialização (portos e praças comerciais dos núcleos urbanos) por intermédio de articulações (rios, caminhos, estradas e ferrovias), dinamizando a região. Esses fluxos do açúcar contribuíram para o fortalecimento de núcleos urbanos e para a implantação de vias de comunicação e, em última instância, para o próprio processo de estruturação do litoral oriental potiguar.

     

     

     

     

6
  • TAMMS MARIA DA CONCEICAO MORAIS CAMPOS
  • Urbanização Imobiliária Residencial: Uma leitura da configuração espacial da Região Metropolitana de Natal/Brasil.

  • Orientador : ANGELA LUCIA DE ARAUJO FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALEXSANDRO FERREIRA CARDOSO DA SILVA
  • ANGELA LUCIA DE ARAUJO FERREIRA
  • JUPIRA GOMES DE MENDONÇA
  • MARIA ANGELA DE ALMEIDA SOUZA
  • MARIA DO LIVRAMENTO MIRANDA CLEMENTINO
  • Data: 29/06/2015

  • Mostrar Resumo
  • Nas últimas décadas a Região Metropolitana de Natal (RMN), assim como em grande parte do Brasil, viveu um aumento do contingente populacional nas cidades e um crescente processo de urbanização com padrão descontínuo de expansão da mancha urbana. A tendência ao maior crescimento demográfico nas áreas periurbanas em expansão ocasionou novas formas da produção do espaço. A ávida procura por solo apto a implantação de moradias pelo mercado imobiliário, está consolidando processos anteriores e gerando novas variantes na ocupação dos tecidos metropolitanos. Este fato nos leva a questionar: como a urbanização promovida pela dinâmica imobiliária residencial, no período de 2009-2014, se materializa na (re) configuração da RMN? Quais as formas e fenômenos territoriais se evidenciam neste processo de ocupação do solo metropolitano? De que maneira a intensidade da produção habitacional via Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) se insere no redesenho da atual estrutura física da RMN? Buscar entender a lógica ocupacional e o processo de espraiamento da expansão urbana por meio da produção recente de moradias no espaço urbano, contribuindo para a discussão de um modelo explicativo de configuração territorial da RMN é o objetivo geral desta tese. O território metropolitano foi analisado em duas escalas: a intraurbana, constituída pelos municípios de Natal, Parnamirim e São Gonçalo do Amarante, enquadrados nesta pesquisa como Área Metropolitana Funcional; a interurbana, levando em consideração todos os municípios da RMN. Ambas as escalas foram analisadas buscando os momentos e condições gerais que ao longo da história do processo de metropolização da RMN constituídas por intervenções por parte do Estado e do mercado imobiliário, que delinearam a fragmentação dos tecidos urbanos e as desigualdades socioespaciais por meio do processo que aqui está sendo denominado por “Urbanização Imobiliária Residencial”. 


  • Mostrar Abstract
  • Nas últimas décadas a Região Metropolitana de Natal (RMN), assim como em grande parte do Brasil, viveu um aumento do contingente populacional nas cidades e um crescente processo de urbanização com padrão descontínuo de expansão da mancha urbana. A tendência ao maior crescimento demográfico nas áreas periurbanas em expansão ocasionou novas formas da produção do espaço. A ávida procura por solo apto a implantação de moradias pelo mercado imobiliário, está consolidando processos anteriores e gerando novas variantes na ocupação dos tecidos metropolitanos. Este fato nos leva a questionar: como a urbanização promovida pela dinâmica imobiliária residencial, no período de 2009-2014, se materializa na (re) configuração da RMN? Quais as formas e fenômenos territoriais se evidenciam neste processo de ocupação do solo metropolitano? De que maneira a intensidade da produção habitacional via Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) se insere no redesenho da atual estrutura física da RMN? Buscar entender a lógica ocupacional e o processo de espraiamento da expansão urbana por meio da produção recente de moradias no espaço urbano, contribuindo para a discussão de um modelo explicativo de configuração territorial da RMN é o objetivo geral desta tese. O território metropolitano foi analisado em duas escalas: a intraurbana, constituída pelos municípios de Natal, Parnamirim e São Gonçalo do Amarante, enquadrados nesta pesquisa como Área Metropolitana Funcional; a interurbana, levando em consideração todos os municípios da RMN. Ambas as escalas foram analisadas buscando os momentos e condições gerais que ao longo da história do processo de metropolização da RMN constituídas por intervenções por parte do Estado e do mercado imobiliário, que delinearam a fragmentação dos tecidos urbanos e as desigualdades socioespaciais por meio do processo que aqui está sendo denominado por “Urbanização Imobiliária Residencial”. 

7
  • SARA RAQUEL FERNANDES QUEIROZ DE MEDEIROS
  • Produção do espaço residencial em Natal: Renda, Segregação e Gentrificação nos conjuntos habitacionais

  • Orientador : MARCIO MORAES VALENCA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
  • MARIA CAMILA LOFFREDO D''''''''''''''''''''''''''''''''OTTAVIANO
  • REGINA DULCE BARBOSA LINS
  • RUTH MARIA DA COSTA ATAIDE
  • SORAIA MARIA DO SOCORRO CARLOS VIDAL
  • Data: 30/07/2015

  • Mostrar Resumo
  • Esta tese objetiva analisar a produção pública de espaço residencial na cidade de Natal via política habitacional do BNH, e seu posterior aparelhamento promovido por investimentos públicos e privados. Identificam-se os produtos do BNH – os conjuntos habitacionais – e sua distribuição territorial, levando em conta a disposição e disponibilidade de equipamentos de uso coletivo, a acessibilidade e o poder aquisitivo dos moradores, a fim de compreender os processos sociais e espaciais de segregação e gentrificação. Parte-se do pressuposto de que a produção dos conjuntos gerou uma acentuada segregação entre as regiões, os bairros e os conjuntos. Entende-se, por outro lado, que ao longo do tempo essas áreas passaram a ter uma maior concentração de investimentos e infraestruturas, tornando-as enobrecidas e valorizadas, constituindo-se, desta forma, um processo de gentrificação. A investigação teve como marco inicial o ano de 1964, ano de fundação do BNH, tendo em vista que são os produtos da intervenção do BNH os objetos de análise desta pesquisa. O recorte prevê uma caracterização histórica das políticas públicas urbanas em Natal, de forma a entender a cidade do presente e refletir sobre as práticas já vivenciadas. Para elucidação da problemática, a primeira delimitação considerada foi o aporte teórico, à luz da economia política da urbanização, em geral, e da teoria da renda da terra e produção pública da cidade, em particular. Ao longo da pesquisa, foram analisados documentos institucionais, como projetos, diagnósticos, planos e relatórios de atividades, que contemplam a política habitacional e o desenvolvimento urbano no Brasil e, particularmente, em Natal. O estudo empírico abrange quatro grandes conjuntos habitacionais de Natal produzidos pelo BNH: Cidade da Esperança (1967), Soledade (1978), Ponta Negra (1978) e Cidade Satélite (1982), tendo sido realizada uma contextualização histórica de sua proposta original de inserção urbana e dos primeiros anos de sua ocupação, através do resgate dos partidos urbanísticos, das escrituras públicas e do pronunciamento dos órgãos promotores. O delineamento da configuração contemporânea destes conjuntos foi orientada pelo trabalho de campo realizado em 2013/2014, que constou de 1019 entrevistas, realizadas através de questionários, mapeamento do uso do solo e registro fotográfico. Verifica-se que, de forma geral, depois de uma fase de abandono, os conjuntos passaram a concentrar serviços e infraestruturas urbanas cujos traçados de desenvolvimento e planejamento desencadearam valorizações diferenciadas para cada eixo da cidade. Os conjuntos saíram de um estágio de segregação e periferização, com carência de infraestruturas e serviços, e passaram a receber uma nova população, iniciando-se um processo de gentrificação.


  • Mostrar Abstract
  • Esta tese objetiva analisar a produção pública de espaço residencial na cidade de Natal via política habitacional do BNH, e seu posterior aparelhamento promovido por investimentos públicos e privados. Identificam-se os produtos do BNH – os conjuntos habitacionais – e sua distribuição territorial, levando em conta a disposição e disponibilidade de equipamentos de uso coletivo, a acessibilidade e o poder aquisitivo dos moradores, a fim de compreender os processos sociais e espaciais de segregação e gentrificação. Parte-se do pressuposto de que a produção dos conjuntos gerou uma acentuada segregação entre as regiões, os bairros e os conjuntos. Entende-se, por outro lado, que ao longo do tempo essas áreas passaram a ter uma maior concentração de investimentos e infraestruturas, tornando-as enobrecidas e valorizadas, constituindo-se, desta forma, um processo de gentrificação. A investigação teve como marco inicial o ano de 1964, ano de fundação do BNH, tendo em vista que são os produtos da intervenção do BNH os objetos de análise desta pesquisa. O recorte prevê uma caracterização histórica das políticas públicas urbanas em Natal, de forma a entender a cidade do presente e refletir sobre as práticas já vivenciadas. Para elucidação da problemática, a primeira delimitação considerada foi o aporte teórico, à luz da economia política da urbanização, em geral, e da teoria da renda da terra e produção pública da cidade, em particular. Ao longo da pesquisa, foram analisados documentos institucionais, como projetos, diagnósticos, planos e relatórios de atividades, que contemplam a política habitacional e o desenvolvimento urbano no Brasil e, particularmente, em Natal. O estudo empírico abrange quatro grandes conjuntos habitacionais de Natal produzidos pelo BNH: Cidade da Esperança (1967), Soledade (1978), Ponta Negra (1978) e Cidade Satélite (1982), tendo sido realizada uma contextualização histórica de sua proposta original de inserção urbana e dos primeiros anos de sua ocupação, através do resgate dos partidos urbanísticos, das escrituras públicas e do pronunciamento dos órgãos promotores. O delineamento da configuração contemporânea destes conjuntos foi orientada pelo trabalho de campo realizado em 2013/2014, que constou de 1019 entrevistas, realizadas através de questionários, mapeamento do uso do solo e registro fotográfico. Verifica-se que, de forma geral, depois de uma fase de abandono, os conjuntos passaram a concentrar serviços e infraestruturas urbanas cujos traçados de desenvolvimento e planejamento desencadearam valorizações diferenciadas para cada eixo da cidade. Os conjuntos saíram de um estágio de segregação e periferização, com carência de infraestruturas e serviços, e passaram a receber uma nova população, iniciando-se um processo de gentrificação.

8
  • ROBERTA BACELLAR ORAZEM
  • ARQUITETURA, CIDADE E TERRITÓRIO NO BRASIL COLONIAL: A CONTRIBUIÇÃO DOS CARMELITAS CALÇADOS DA BAHIA E PERNAMBUCO (1580-1800).

  • Orientador : RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARMEN MARGARIDA OLIVEIRA ALVEAL
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • IVAN CAVALCANTI FILHO
  • JOSEMARY OMENA PASSOS FERRARE
  • RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • Data: 05/08/2015

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo investiga a atuação dos religiosos denominados carmelitas calçados, da Ordem do Carmo no Brasil, no período entre 1580 e 1800, na capitania da Bahia de Todos os Santos (Recôncavo, cidade de Salvador e Sergipe) e na capitania de Pernambuco (Alagoas, Pernambuco e Itamaracá). A pesquisa não inclui os calçados ditos 'reformados' dos conventos de Goiana, Recife e Paraíba. A Ordem do Carmo é uma ordem religiosa da Igreja Católica, criada no século XII e que, no século XVI, dividiu-se em carmelitas calçados e descalços. Os calçados chegaram ao Brasil em 1580, provenientes de Portugal, instalaram conventos nos principais núcleos urbanos e possuíram bens como escravos, fazendas e outras construções. Como toda ordem religiosa, os carmelitas calçados tinham o seu modus operandi. Este trabalho enfatiza a sua forma de atuar na cidade, tanto individualmente, quanto no conjunto de fundações religiosas carmelitas (em rede). Essa atuação terminou por afetar, ainda que, indiretamente, a construção de determinados aspectos da arquitetura, da cidade e do território no Brasil colonial. O objetivo principal do estudo é demonstrar o impacto da atuação dos carmelitas calçados da Bahia e de Pernambuco no território do Brasil colonial,  este sendo analisado segundo   três escalas: , 1) a da região ou interurbana; 2) a da cidade ou intra-urbana; 3) a do edifício ou da arquitetura. . A pesquisa se vale do método comparativo de análise, especialmente para a escala da arquitetura. O trabalho demonstra que os carmelitas calçados da Bahia e Pernambuco, mesmo não atuando diretamente como arquitetos ou urbanistas, contribuíram para a formação do território do Nordeste do Brasil no período colonial, atuando em uma rede religiosa conventual hierarquizada e bem articulada, econômica e socialmente. Além disso, influenciaram a formação e o crescimento de diversos núcleos urbanos coloniais da Bahia até Pernambuco, principalmente, no entorno imediato de suas edificações religiosas. Finalmente, é evidente a contribuição desses religiosos para a arquitetura colonial, como pode ser visto pelas características arquitetônicas das igrejas e conventos analisados, dos quais grande parte resiste até os dias atuais.


  • Mostrar Abstract
  • Este estudo investiga a atuação dos religiosos denominados carmelitas calçados, da Ordem do Carmo no Brasil, no período entre 1580 e 1800, na capitania da Bahia de Todos os Santos (Recôncavo, cidade de Salvador e Sergipe) e na capitania de Pernambuco (Alagoas, Pernambuco e Itamaracá). A pesquisa não inclui os calçados ditos 'reformados' dos conventos de Goiana, Recife e Paraíba. A Ordem do Carmo é uma ordem religiosa da Igreja Católica, criada no século XII e que, no século XVI, dividiu-se em carmelitas calçados e descalços. Os calçados chegaram ao Brasil em 1580, provenientes de Portugal, instalaram conventos nos principais núcleos urbanos e possuíram bens como escravos, fazendas e outras construções. Como toda ordem religiosa, os carmelitas calçados tinham o seu modus operandi. Este trabalho enfatiza a sua forma de atuar na cidade, tanto individualmente, quanto no conjunto de fundações religiosas carmelitas (em rede). Essa atuação terminou por afetar, ainda que, indiretamente, a construção de determinados aspectos da arquitetura, da cidade e do território no Brasil colonial. O objetivo principal do estudo é demonstrar o impacto da atuação dos carmelitas calçados da Bahia e de Pernambuco no território do Brasil colonial,  este sendo analisado segundo   três escalas: , 1) a da região ou interurbana; 2) a da cidade ou intra-urbana; 3) a do edifício ou da arquitetura. . A pesquisa se vale do método comparativo de análise, especialmente para a escala da arquitetura. O trabalho demonstra que os carmelitas calçados da Bahia e Pernambuco, mesmo não atuando diretamente como arquitetos ou urbanistas, contribuíram para a formação do território do Nordeste do Brasil no período colonial, atuando em uma rede religiosa conventual hierarquizada e bem articulada, econômica e socialmente. Além disso, influenciaram a formação e o crescimento de diversos núcleos urbanos coloniais da Bahia até Pernambuco, principalmente, no entorno imediato de suas edificações religiosas. Finalmente, é evidente a contribuição desses religiosos para a arquitetura colonial, como pode ser visto pelas características arquitetônicas das igrejas e conventos analisados, dos quais grande parte resiste até os dias atuais.

2014
Dissertações
1
  • MARCELO LUÍS DE AMORIM SOUZA
  • UMA CIDADE EM TRANSFORMAÇÃO: A INFLUÊNCIA DA ATIVIDADE DO CREDIÁRIO NAS MUDANÇAS DA PAISAGEM URBANA DE TENENTE ANANIAS-RN


  • Orientador : RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADEMIR ARAUJO DA COSTA
  • EUSTÓGIO WANDERLEY CORREIA DANTAS
  • GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
  • RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • Data: 18/02/2014

  • Mostrar Resumo
  • RESUMO

     

     

    Os estudos sobre a paisagem urbana e sobre as modificações do espaço urbano são importantes, pois revelam a dinâmica econômica e o modo de vida nas cidades. A pesquisa sobre as pequenas cidades, em particular, pode revelar aspectos particulares e ampliar, assim, a compreensão dessa temática. O objetivo desta pesquisa é analisar as mudanças na paisagem urbana e no modo de vida dos habitantes na cidade de Tenente Ananias-RN, que vêm ocorrendo da década de 1990 aos dias atuais (2013) - em função, principalmente, da atividade comercial do crediário. O estudo é, portanto, uma reflexão sobre o impacto da economia do crediário na transformação da paisagem urbana e do modo de vida de uma pequena cidade do interior potiguar. Para isso, foi necessário estudar a paisagem e o modo de vida da cidade de Tenente Ananias em dois momentos: a) antes de chegada do crediário, período que se estende da formação inicial da cidade, em 1944, até o início da década de 1990; b) durante a vigência do crediário, que se estende do início da década de 1990, quando ele se inicia, até o momento atual (2013).  Na elaboração da pesquisa foram utilizadas fontes primárias (entrevistas, levantamento in loco) e secundárias (livros, artigos, relatórios, dados censitários). Como resultado desse estudo, percebe-se  que a atividade crediarista tem um papel fundamental na explicação das mudanças verificadas Tenente Ananias-RN, principalmente na paisagem urbana e no modo de vida das pessoas. Com essa pesquisa buscamos contribuir com os estudos do processo histórico-social-econômico da produção da paisagem de do espaço urbano de uma pequena cidade do Rio Grande do Norte.

     

     


  • Mostrar Abstract
  • RESUMO

     

     

    Os estudos sobre a paisagem urbana e sobre as modificações do espaço urbano são importantes, pois revelam a dinâmica econômica e o modo de vida nas cidades. A pesquisa sobre as pequenas cidades, em particular, pode revelar aspectos particulares e ampliar, assim, a compreensão dessa temática. O objetivo desta pesquisa é analisar as mudanças na paisagem urbana e no modo de vida dos habitantes na cidade de Tenente Ananias-RN, que vêm ocorrendo da década de 1990 aos dias atuais (2013) - em função, principalmente, da atividade comercial do crediário. O estudo é, portanto, uma reflexão sobre o impacto da economia do crediário na transformação da paisagem urbana e do modo de vida de uma pequena cidade do interior potiguar. Para isso, foi necessário estudar a paisagem e o modo de vida da cidade de Tenente Ananias em dois momentos: a) antes de chegada do crediário, período que se estende da formação inicial da cidade, em 1944, até o início da década de 1990; b) durante a vigência do crediário, que se estende do início da década de 1990, quando ele se inicia, até o momento atual (2013).  Na elaboração da pesquisa foram utilizadas fontes primárias (entrevistas, levantamento in loco) e secundárias (livros, artigos, relatórios, dados censitários). Como resultado desse estudo, percebe-se  que a atividade crediarista tem um papel fundamental na explicação das mudanças verificadas Tenente Ananias-RN, principalmente na paisagem urbana e no modo de vida das pessoas. Com essa pesquisa buscamos contribuir com os estudos do processo histórico-social-econômico da produção da paisagem de do espaço urbano de uma pequena cidade do Rio Grande do Norte.

     

     

2
  • MARIA CAROLINE FARKAT DIOGENES
  • TÍTULO: REASSENTAMENTO DE FAMÍLIAS EM PROJETOS DE HABITAÇÃO SOCIAL:  avaliação de procedimentos e de resultados no projeto Planalto II, Natal /RN


  • Orientador : MARIA DULCE PICANÇO BENTES SOBRINHA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA DULCE PICANÇO BENTES SOBRINHA
  • RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
  • LIVIA IZABEL BEZERRA DE MIRANDA
  • Data: 25/02/2014

  • Mostrar Resumo
  • RESUMO

    Este estudo tem como tema o deslocamento de famílias em projetos de habitação de interesse social. As experiências verificadas na trajetória de implementação de programas e projetos habitacionais em Natal evidenciam lacunas quanto a adoção dos princípios do Direito à Moradia, notadamente no que diz respeito à permanência das famílias na mesma área ou no seu entorno. A partir dessa questão, busca-se na  presente pesquisa avaliar o deslocamento de famílias ocorrido no  Projeto Planalto/DETRAN, relacionando os aspectos de inserção urbana, inclusão social e satisfação do morador. As referencias teórico conceituais se colocam:  (i) no âmbito da avaliação de Programas e Projetos, com referências aos trabalhos de Sônia Draibe e Figueiredos (ii) no âmbito dos aspectos de inserção urbana e inclusão social. Nesse sentido destaca-se a vertente do Direito À Cidade a partir de autores como H. Lefebvre e de pesquisadores que focalizam a realidade das cidades brasileiras como  Adauto Lúcio Cardoso, produções do Ministério das Cidades e Lefebvre, Nelson Saule Júnior, Carlos Rodrigues Brandão por Paulo Freire (1988) respectivamente. A abordagem do tema do deslocamento de famílias em programas habitacionais considerou-se ainda os estudos de Rosana Denaldi, Nabil Bonduk, Ermínia Maricato e Lícia Valladares. Como conclusão evidencia-se os procedimentos verificados no deslocamento de famílias nos projetos habitacionais em estudo, caracterizando a ação dos agentes que participaram desse processo e as modalidades adotadas nos deslocamentos, tendo com referencia os princípios do Direito à Moradia.



  • Mostrar Abstract
  • RESUMO

    Este estudo tem como tema o deslocamento de famílias em projetos de habitação de interesse social. As experiências verificadas na trajetória de implementação de programas e projetos habitacionais em Natal evidenciam lacunas quanto a adoção dos princípios do Direito à Moradia, notadamente no que diz respeito à permanência das famílias na mesma área ou no seu entorno. A partir dessa questão, busca-se na  presente pesquisa avaliar o deslocamento de famílias ocorrido no  Projeto Planalto/DETRAN, relacionando os aspectos de inserção urbana, inclusão social e satisfação do morador. As referencias teórico conceituais se colocam:  (i) no âmbito da avaliação de Programas e Projetos, com referências aos trabalhos de Sônia Draibe e Figueiredos (ii) no âmbito dos aspectos de inserção urbana e inclusão social. Nesse sentido destaca-se a vertente do Direito À Cidade a partir de autores como H. Lefebvre e de pesquisadores que focalizam a realidade das cidades brasileiras como  Adauto Lúcio Cardoso, produções do Ministério das Cidades e Lefebvre, Nelson Saule Júnior, Carlos Rodrigues Brandão por Paulo Freire (1988) respectivamente. A abordagem do tema do deslocamento de famílias em programas habitacionais considerou-se ainda os estudos de Rosana Denaldi, Nabil Bonduk, Ermínia Maricato e Lícia Valladares. Como conclusão evidencia-se os procedimentos verificados no deslocamento de famílias nos projetos habitacionais em estudo, caracterizando a ação dos agentes que participaram desse processo e as modalidades adotadas nos deslocamentos, tendo com referencia os princípios do Direito à Moradia.


3
  • IZABELA JULLIANE BARBOSA DE SOUZA
  • Paisagem, um patrimônio esquecido: subsídios para a construção de uma metodologia de valoração e proteção do cenário natural litorâneo.

  • Orientador : ANGELA LUCIA DE ARAUJO FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA RITA DE SÁ CARNEIRO RIBEIRO
  • ANGELA LUCIA DE ARAUJO FERREIRA
  • PAULO JOSE LISBOA NOBRE
  • ZULEIDE MARIA CARVALHO LIMA
  • Data: 07/03/2014

  • Mostrar Resumo
  • O chamado “turismo residencial” veio intensificar a anterior ocupação das zonas litorâneas, marcada pelas tradicionais casas de veraneio, e trouxe consequências expressivas para sua configuração espacial e, sobretudo, para o seu valor cênico paisagístico. Embora exista a intenção de regular a atuação de grupos empreendedores através de alguns instrumentos legais no controle do uso e ocupação do solo, e assim conter alguns efeitos negativos, as ações do poder público ainda se mostram ineficientes na tentativa de acompanhar as implicações na paisagem advindas do acelerado crescimento dos setores imobiliário e turístico. Apoiados no discurso do desenvolvimento econômico e da geração de renda, gestores públicos findam por privilegiar espaços de atração de turistas em detrimento da preservação de atributos físicos importantes do cenário natural que contribuem de forma significativa para a qualidade de vida da população. O resultado pode ser percebido no uso dos elementos naturais como um dos principais componentes na valorização do solo, e na atração imediata de investidores e empreendedores. Dessa forma, objetiva-se com este trabalho contribuir para o debate sobre a preservação da paisagem – temática ainda pouco aprofundada em face de sua relevância no contexto atual – através da indicação de subsídios para a criação de uma metodologia de avaliação e proteção das zonas litorâneas que possa vir a auxiliar o poder público na criação de novos instrumentos, e melhor prepará-lo no controle da ocupação dessas áreas. Para isso, seguiu-se dois caminhos de análise: o método indireto e o método direto. O primeiro se alicerça na avaliação de atributos paisagísticos, no qual se toma como base os trabalhos de Raquel Tardin (2008) e Eduardo Cuesta, Encarnación Algarra e Isabel Pastor (2001). Já o segundo, fundamentado na pesquisa de Letícia e Carlos Hardt (2010) e em conceitos da fenomenologia – expressos por Antonio Christofoletti (1985) e Yi-Fu Tuan (1983) – considera a perspectiva da população acerca da qualidade do cenário natural por ela percebido. Desenvolvida por meio de materiais cartográficos, acervos fotográficos e tabelas quantitativas, esta dissertação utilizou como estudo de caso as praias de Barra de Tabatinga e Camurupim, situadas no município de Nísia Floresta/RN. Apesar de já serem avistados espaços de avançado estágio de degradação paisagística nestas localidades, ainda podem ser encontradas áreas de inegável valor cênico que reforçam a urgência na adoção de medidas preservacionistas. A ausência de leis focadas na gestão e proteção das singularidades da paisagem, associada à ineficiência do poder público em fiscalizar a ocupação do solo nas zonas costeiras, favorecem a ação desmedida do imobiliário-turístico, e, por isso, tornam o Estado o maior responsável pelos impactos ambientais e paisagísticos nessas áreas – seja pela sua omissão, seja pela sua conivência. Destarte, a legislação permeia todo esse processo e se configura como o meio mais eficaz na garantia do direito à paisagem às presentes e futuras gerações. Por fim, são apontadas considerações importantes para a construção de uma metodologia, especialmente no que tange às possibilidades de aperfeiçoamentos e adaptações de sua aplicabilidade em cada caso em estudo.


  • Mostrar Abstract
  • O chamado “turismo residencial” veio intensificar a anterior ocupação das zonas litorâneas, marcada pelas tradicionais casas de veraneio, e trouxe consequências expressivas para sua configuração espacial e, sobretudo, para o seu valor cênico paisagístico. Embora exista a intenção de regular a atuação de grupos empreendedores através de alguns instrumentos legais no controle do uso e ocupação do solo, e assim conter alguns efeitos negativos, as ações do poder público ainda se mostram ineficientes na tentativa de acompanhar as implicações na paisagem advindas do acelerado crescimento dos setores imobiliário e turístico. Apoiados no discurso do desenvolvimento econômico e da geração de renda, gestores públicos findam por privilegiar espaços de atração de turistas em detrimento da preservação de atributos físicos importantes do cenário natural que contribuem de forma significativa para a qualidade de vida da população. O resultado pode ser percebido no uso dos elementos naturais como um dos principais componentes na valorização do solo, e na atração imediata de investidores e empreendedores. Dessa forma, objetiva-se com este trabalho contribuir para o debate sobre a preservação da paisagem – temática ainda pouco aprofundada em face de sua relevância no contexto atual – através da indicação de subsídios para a criação de uma metodologia de avaliação e proteção das zonas litorâneas que possa vir a auxiliar o poder público na criação de novos instrumentos, e melhor prepará-lo no controle da ocupação dessas áreas. Para isso, seguiu-se dois caminhos de análise: o método indireto e o método direto. O primeiro se alicerça na avaliação de atributos paisagísticos, no qual se toma como base os trabalhos de Raquel Tardin (2008) e Eduardo Cuesta, Encarnación Algarra e Isabel Pastor (2001). Já o segundo, fundamentado na pesquisa de Letícia e Carlos Hardt (2010) e em conceitos da fenomenologia – expressos por Antonio Christofoletti (1985) e Yi-Fu Tuan (1983) – considera a perspectiva da população acerca da qualidade do cenário natural por ela percebido. Desenvolvida por meio de materiais cartográficos, acervos fotográficos e tabelas quantitativas, esta dissertação utilizou como estudo de caso as praias de Barra de Tabatinga e Camurupim, situadas no município de Nísia Floresta/RN. Apesar de já serem avistados espaços de avançado estágio de degradação paisagística nestas localidades, ainda podem ser encontradas áreas de inegável valor cênico que reforçam a urgência na adoção de medidas preservacionistas. A ausência de leis focadas na gestão e proteção das singularidades da paisagem, associada à ineficiência do poder público em fiscalizar a ocupação do solo nas zonas costeiras, favorecem a ação desmedida do imobiliário-turístico, e, por isso, tornam o Estado o maior responsável pelos impactos ambientais e paisagísticos nessas áreas – seja pela sua omissão, seja pela sua conivência. Destarte, a legislação permeia todo esse processo e se configura como o meio mais eficaz na garantia do direito à paisagem às presentes e futuras gerações. Por fim, são apontadas considerações importantes para a construção de uma metodologia, especialmente no que tange às possibilidades de aperfeiçoamentos e adaptações de sua aplicabilidade em cada caso em estudo.

4
  • ALESSANDRA ROSA DA SILVA
  • Título: A cidade-jardim de Ebenezer Howard: um estudo de sua influência para a circulação de ideias e modelos no urbanismo do século XX.


  • Orientador : GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS