Apresentação

O Programa de Pós-Graduação em Ecologia (PPG-ECO) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), atualmente classificado com NOTA 6 pela CAPES, é um programa pioneiro na região nordeste do Brasil, tendo formado mais de uma centena de Mestres e Doutores desde 1997. O seu reconhecimento inicial pela CAPES ocorreu com a fundação do PPG em Bioecologia Aquática, que foi ampliado com a entrada de inúmeros pesquisadores que trabalham no ambiente terrestre, dando origem as suas duas principais linhas de pesquisa: (a) Ecologia Aquática e (b) Ecologia Terrestre.

 

O PPG-ECO conta atualmente com 28 pesquisadores (19 permanentes e 9 colaboradores) que possuem uma formação extremamente diversificada, tendo obtido os seus diplomas de doutorado por inúmeras instituições de ensino superior de renome, incluindo universidades estrangeiras (Universidade de Oxford, Universidade de Londres, Universidade do Texas, Universidade de Oklahoma, Universidade de Montpellier, Universidade de Lund) e nacionais (UNICAMP, UFRJ, UNESP, UEM, UFPR, UFRGS). Além disto, muitos pesquisadores ampliaram a sua formação através da realização de pós-doutorados ou estágio sanduiches no exterior.

 

O reconhecimento da qualidade do PPG-ECO pode ser aferido pelo grande número de candidatos que realizaram a sua prova anual nos últimos anos, estando em torno de 90 - 120 candidatos anuais. Além dos alunos da UFRN, o PPG-ECO tem recebido alunos da Argentina, Uruguai, Costa Rica e de inúmeras instituições brasileiras de ensino superior, como UFRJ, INPA, UNB, UFRGS, UFPA, UNISINOS, UFPE, UFRPE e UFCE. Além disto, o PPG-ECO conta com a presença de inúmeros pós-doutorandos, incluindo alguns da Itália, Portugal, Turquia, Hungria e Argentina.

 

O PPG-ECO se beneficia da existência do Curso de Graduação em Ecologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. O Curso de Graduação em Ecologia da UFRN, inaugurado em 2003, é o primeiro curso federal de ecologia no Brasil. O grau de contentamento dos discentes pode ser verificado através do resultado de suas avaliações institucionais, que atribuem geralmente notas médias superiores a 9,0 aos docentes do curso.

 

Em 2014, a UFRN fundou o Departamento de Ecologia. O novo Departamento está funcionando em um novo espaço físico, contruído através de recursos do REUNI e da UFRN. O Departamento ocupa três pisos de um prédio com uma área total de mais de 1400 m2. No primeiro piso funciona um modulo de quatro salas para alunos de pós-graduação, uma sala para pós-doutorandos, a secretaria da pós-graduação, além de laboratórios didáticos e um laboratório de informática para 40 alunos. No segundo piso, funciona inúmeros laboratórios de pesquisa de uso compartilhado. No terceiro piso, estão localizados todos os gabinetes dos professores do Departamento de Ecologia. Além disto, alunos do PPG-ECO utilizam também laboratórios de diversos outros Departamentos, incluindo Departamento de Limnologia e Oceanografia (DOL) e Departamento de Botânica e Zoologia (DBEZ).

 

As atividades de pesquisa do PPG-ECO contam com um grande número de colaboradores internacionais, incluindo Alex Pyron (George Washington University, Estados Unidos), Andrew Hector (University of Zurich, Suiça), Catherine Graham (Stony Brook, Estados Unidos), Egbert van Nes (Wageningen University, Holanda), Erik Jeppesen (Ahus University, Dinamarca), Frank Burbrink (City University of New York, Estados Unidos), Ingo Schlupp (University of Oklahoma, Estados Unidos), Johannes Kollman (Technische Universität München, Alemanha), Julie Thayer Mascarenhas (Farallon Institute, Estados Unidos), Julieta Benitez Malvido (Universidad Autônoma del Mexico, México), Maria Miriti (Ohio State University, Estados Unidos), Martin Scheffer (Wageningen University, Holanda), Marcus R. Kronforsta (Harvard University, Estados Unidos), Michael Vanni (Miami University, Estados Unidos), Milena Holmgren (Wageningen University, Holanda), Miquel Lurling (Wageningen University, Holanda), Nestor Mazzeo (UDELAR, Uruguai), Sérgio Martín Zalba (Universidad Nacional del Sur, Argentina), Thomas Brooks (NatureServe, Estados Unidos) e Wolfgang W. Weisser (Technische Universität München, Alemanha).

 

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) atualmente é considerada uma das melhores universidade do norte-nordeste, segundo o ranking do Índice Geral de Cursos (IGC) do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP), órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC). A UFRN, fundada em 1960, atualmente conta com 86 cursos de pós-graduação, 84 cursos de graduação presencial e nove cursos de graduação à distância, com os seus mais de 2.000 professores atendendo a mais de 37.000 alunos.


Endereço Alternativo


Coordenação do Programa

  • - ADRIANA ROSA CARVALHO

    Telefone/Ramal: (84) 3342-2334/401

    Telefone/Ramal 2: (84) 99193-6119

    E-mail: eco.ufrn@gmail.com

  • - JULIANA DEO DIAS

    Telefone/Ramal: (84) 3342-2334/401

    Telefone/Ramal 2: (84) 99193-6119

    E-mail: eco.ufrn@gmail.com

SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao