Banca de QUALIFICAÇÃO: CLEVERTON DA PAZ MANGABEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CLEVERTON DA PAZ MANGABEIRA
DATA : 29/07/2022
HORA: 15:00
LOCAL: Centro de Biociêncas
TÍTULO:

Estudo das características clínicas de gestantes com a COVID-19 e a resposta imunológica de anticorpos IgG e IgA contra peptídeos da proteína Spike do SARS-CoV-2.

 


PALAVRAS-CHAVES:

COVID-19, SARS-CoV-2, gravidez.


PÁGINAS: 50
RESUMO:
  1. A pandemia pelo novo coronavírus tem desafiado os sistemas de saúde e a sociedade em todo o mundo. O objetivo do estudo foi descrever o perfil clínico e laboratorial da infecção pelo coronavírus associado a síndrome respiratória aguda grave 2 (SARS-CoV-2) em gestantes hospitalizadas na Maternidade Escola Januário Cicco, Natal, Rio Grande do Norte. Trata-se de estudo prospectivo em que foram incluídas 80 gestantes sintomáticas (mediana de idade: 27 anos) com suspeita de COVID-19 e dezesseis pacientes que haviam tido COVID-19 em momentos anteriores da gestação e não estavam mais sintomáticas no momento da coleta, durante o período de março a dezembro de 2021. A detecção de SARS-CoV-2 foi realizada por RT-PCR em amostras obtidas com swab naso/orofaríngeo e pesquisa de anticorpos por ensaio imunoenzimático (ELISA) para detecção de IgG e IgA específica para proteína Spike do SARS-CoV-2. Das 80 pacientes sintomáticas, 40 (50%) apresentaram RT-PCR positiva e 40 apresentaram RT-PCR negativa. Foram coletados 69 soros das gestantes sintomáticas para análise da presença de anticorpos, 58% (40/69) apresentaram anticorpos IgG ou IgA anti-SARS-CoV-2, sendo que 30,4% foram IgG e IgA positivos; 11,6% IgG positivo e IgA negativo; 15,9% IgG  negativo e IgA positivo; 42% IgG  negativo e IgA negativo. Os sintomas mais frequentes entre as pacientes contaminadas foram: tosse (52,5%), coriza (35%), febre (32,5%) e dor de garganta (27,5%). Oito pacientes infectadas necessitaram de ventilação de suporte. A síndrome do desconforto respiratório agudo foi evidenciada em 7,5% (3/40) das pacientes e uma evoluiu para óbito. O tempo de internação médio entre as pacientes contaminadas foi 8,3 dias. Em relação aos recém-nascidos não foram encontradas evidências de transmissão vertical. Esses dados contribuem para melhor entendimento das características e o impacto da infecção por SARS-CoV-2 durante a gravidez.

MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - KLEBER JUVENAL SILVA FARIAS - UFCG
Presidente - 1801992 - PAULA RENATA LIMA MACHADO
Externa ao Programa - 350753 - VALERIA SORAYA DE FARIAS SALES - null
Notícia cadastrada em: 08/07/2022 09:51
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao