Banca de QUALIFICAÇÃO: CASSIO RICARDO DE MEDEIROS SOUZA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CASSIO RICARDO DE MEDEIROS SOUZA
DATA: 29/12/2015
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Reuniões do Centro de Biociências
TÍTULO:

EFEITO ANTI-INFLAMATÓRIO DO EXTRATO METANÓLICO DE Caulerpa mexicana EM MODELO MURINO DE INFLAMAÇÃO GENERALIZADA INDUZIDA POR ZIMOSAN


PALAVRAS-CHAVES:

Caulerpa mexicana; zimosan; inflamação generalizada; MODS.


PÁGINAS: 71
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Imunologia
RESUMO:

O Sistema Imunológico é responsável pela defesa do organismo contra fatores agressores. A inflamação é um importante evento da resposta imunológica e a exacerbação dessa resposta em níveis sistêmicos pode desencadear um quadro clínico descrito como Síndrome da Disfunção Múltipla de Órgãos (MODS), com elevada taxa de mortalidade e ainda sem estratégia de tratamento plenamente eficaz. Paralelamente, pesquisas acerca da atividade antiinflamatória de várias substâncias tentam encontrar novos compostos com potencial farmacológico que possam ser usados como alternativa terapêutica antiinflamatória. Várias delas têm demonstrado a bioatividade de muitas substâncias encontradas em plantas e ervas. Estudos prévios do nosso laboratório com extrato metanólico da alga marinha verde Caulerpa mexicana evidenciaram seu alto potencial antiinflamatório. O presente estudo busca entender mais sobre esse potencial antiinflamatório de C. mexicana em modelo murino de inflamação generalizada induzida por zimosan (ZIGI). O zimosan é uma substância derivada da parede celular do fungo Saccharomyces cerevisae, eficaz na indução de mediadores inflamatórios e amplamente utilizado em modelos animais para estudo. O uso do extrato de C. mexicana no tratamento de animais submetidos ao modelo de ZIGI resultou em melhoras expressivas na sintomatologia clínica apresentada, no perfil de migração celular para o sítio de injúria, nos níveis sistêmicos e locais de citocinas pró-inflamatórias (TNF-α e IL-6) e nos aspectos morfológicos do intestino e histopatológicos do fígado, que são  órgãos internos afetados pelo quadro de inflamação sistêmica. Esse estudo corrobora o potencial antiinflamatório de C. mexicana descrito em estudo anteriores e mostra dados inéditos sobre seus efeitos em um modelo de inflamação generalizada induzida por zimosan, que mimetiza a MODS em humanos, trazendo à luz da ciência novas evidências dessa atividade imunofarmacológica.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1346635 - JANEUSA TRINDADE DE SOUTO
Interno - 2213126 - VALTER FERREIRA DE ANDRADE NETO
Externo ao Programa - 1720860 - VANESSA DE PAULA SOARES RACHETTI
Notícia cadastrada em: 14/12/2015 13:25
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa18-producao.info.ufrn.br.sigaa18-producao