Banca de QUALIFICAÇÃO: LEANDRO DE SOUZA MARTINS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LEANDRO DE SOUZA MARTINS
DATA : 06/11/2019
HORA: 09:30
LOCAL: Departamento de Saúde Coletiva
TÍTULO:

MELHORIA DA QUALIDADE NO CONTROLE DE ESTOQUE DE CONCENTRADO DE HEMÁCIAS DE UMA UNIDADE DE COLETA E TRANSFUSÃO


PALAVRAS-CHAVES:

Palavras Chaves : Melhoria da Qualidade; serviço de hemoterapia; gerenciamento de estoques; hemocomponentes


PÁGINAS: 20
RESUMO:

Introdução: A Unidade de Coleta e Transfusão (UCT) de Currais Novos-RN realiza rotineiramente campanhas de doação de sangue nas mais diversas mídias, o que reflete uma constante preocupação com a ampliação e fidelização de doadores. O serviço apresenta constantemente desequilíbrios no estoque de concentrado de hemácias, pois embora eventualmente passe por momentos de escassez no estoque deste hemocomponente, registra altos índices de descartes por vencimento. Tal fato ocorre por falta de processos de gerenciamento de estoque. Objetivo: Executar um ciclo de melhoria no controle de estoque de bolsas de concentrado de hemácias. Metodologia: Trata-se de um estudo de natureza quantitativa do tipo quase experimental, de série temporal, com 12 medições antes (retrospectivo) e 12 medições depois do início da intervenção (prospectivo), para identificar a evolução dos indicadores da qualidade. O desenvolvimento do ciclo de melhoria foi dividido em 5 fases. Fase 1: Identificação e priorização da oportunidade de melhoria; Fase 2: Análise da oportunidade de melhoria; Fase 3: Avaliação da qualidade; Fase 4: Elaborar e executar uma estratégia de intervenção para melhorar o controle de estoque de concentrados de hemácias; Fase 5: Reavaliar os indicadores de monitoramento da qualidade após a execução da intervenção. Resultados: Na análise dos dados coletados pré-intervenção, percebemos que em vários momentos há uma queda no aproveitamento de unidades de concentrado de hemácias, além da diminuição do envio para outros serviços de hemoterapia, bem como a distribuição para outros Hospitais. Conclusões: Espera-se que a implantação de um sistema de gerenciamento de estoque que possa calcular uma previsão de demanda, apoiar na decisão de envio de estoque excedente para outros serviços de hemoterapia, bem como possa sinalizar também risco de escassez possa contribuir para a melhoria na qualidade do controle de estoque de outros Hemocentros e UCT’s da Hemorrede estadual.

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1674688 - TATYANA MARIA SILVA DE SOUZA ROSENDO
Interna - 1195933 - ANA CAROLINA PATRICIO DE ALBUQUERQUE SOUSA
Interna - 9350807 - ELIANE SANTOS CAVALCANTE
Externo ao Programa - 1674532 - DIMITRI TAURINO GUEDES
Notícia cadastrada em: 05/11/2019 15:25
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao