Banca de DEFESA: ERICKA CECILIA RESENDE DE SOUZA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ERICKA CECILIA RESENDE DE SOUZA
DATA : 23/10/2018
HORA: 10:00
LOCAL: Departamento de Saúde Coletiva
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DE PRÁTICAS SEGURAS NA ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAMENTOS EM PEDIATRIA

ASSESSMENT OF SAFE PRACTICES IN THE ADMINISTRATION OF MEDICINES IN PEDIATRICS


PALAVRAS-CHAVES:

Erros de medicação; Segurança do paciente; Enfermagem.


PÁGINAS: 70
RESUMO:

Objetivo: analisar a implementação de práticas seguras no processo de administração de medicamentos em unidade de terapia intensiva pediátrica. Metodologia: trata-se de um estudo observacional analítico, transversal e abordagem qualiquantitativa, realizado em um hospital universitário do Rio Grande do Norte. Os dados foram coletados no período de março a julho de 2018. A mensuração do nível de qualidade se deu por meio da técnica de observação não participante de 18 critérios construídos previamente, em 66 processos de preparo e administração de medicamentos em crianças. Resultados: a investigação das possíveis causas dos erros de administração de medicamentos em pediatria, revelou que inúmeros fatores estão relacionados aos “métodos”, ou seja, às atividades realizadas para executar essa atividade. Assim, avaliou-se o nível de qualidade do processo de administração de medicamentos por meio da adesão dos profissionais de enfermagem aos nove certos, como prática que visa garantir a segurança desse processo. Foram avaliados 18 critérios de qualidade, dos quais, 8 tiveram cumprimentos acima de 90%, e um critério atingiu 100%, relacionado ao preparo do medicamento imediatamente antes da administração. Observou-se que três critérios não foram cumpridos, a verificação de alergias, a conferência da identificação do paciente e o registro dos medicamentos não administrados. Seis critérios foram considerados problemáticos, representando juntos 82% das não conformidades. Os profissionais que participaram do estudo apresentaram propostas de intervenções para a melhoria da qualidade do serviço, distribuídas em cinco categorias gerais: organização do trabalho, mudanças nos sistemas de registros, mudanças na infraestrutura e materiais, formação da equipe de enfermagem e comunicação. Conclusões:  a implementação de recomendações para a segurança no processo de administração de medicamentos na unidade estudada foi positiva. Observou-se que a participação dos profissionais de enfermagem na identificação de barreiras e riscos existentes no processo, se constituiu em uma importante estratégia para promover a melhoria da qualidade assistencial e para o desenvolvimento da cultura de segurança.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2262871 - ANA ELZA OLIVEIRA DE MENDONCA
Interno - 911.028.804-00 - WILTON RODRIGUES MEDEIROS - UFRN
Externo à Instituição - DEBORAH DINORAH DE SA MORORO - UFRN
Externo à Instituição - MARIA CONCEBIDA DA CUNHA GARCIA - EERP/USP
Notícia cadastrada em: 04/10/2018 09:47
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao