Banca de QUALIFICAÇÃO: MARCOS SAMUEL MATIAS RIBEIRO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARCOS SAMUEL MATIAS RIBEIRO
DATA : 29/08/2018
HORA: 08:30
LOCAL: Sala de Seminários de Matemática - CCET
TÍTULO:

DESASTRES NATURAIS NO NORDESTE DO BRASIL: UMA ANÁLISE DA VULNERABILIDADE DAS POPULAÇÕES


PALAVRAS-CHAVES:

Calamidades ambientais, GoM , Modelos Multinominais, eventos de precipitação intensa, análises meteorológicas.


PÁGINAS: 60
RESUMO:

Ao longo dos anos as mudanças climáticas vêm cada vez mais ganhando espaço e se tornaram uma componente, que geralmente, causa grandes impactos na sociedade. A ocorrência dos extremos climáticos com períodos de excesso e déficit de precipitação tem se tornando cada vez mais frequentes, sendo um dos fatores que potencializa os registros de Desastres Naturais, como é o caso das estiagens e secas, enxurradas e inundações, ocasionando grandes prejuízos para a população. Dessa maneira, o objetivo dessa pesquisa é avaliar as ocorrências de desastres naturais no Nordeste Brasileiro, identificando os potenciais fatores meteorológicos, sociodemográficos e geológicos associados. Portanto o projeto de tese encontra-se estruturado por três artigos em construção. O primeiro artigo tem por objetivo averiguar a distribuição espaço temporal dos registros de desastres naturais e suas potenciais relações com os eventos de extremos climáticos durante o período de 1991 a 2012, bem com classificar o grau de vulnerabilidade, por meio da estimação de perfis das mesorregiões do NEB. Os dados das ocorrências de desastres serão os disponibilizados pelo Centro de Estudo em Engenharia e Defesa Civil, os de precipitação da parceria institucional da Universidade do Texas e a Universidade Federal do Espirito Santo e os sociodemográficos serão os disponibilizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. O procedimento metodologia utilizado será a técnica Grade of Membership. Pode-se verificar que os eventos apresentam um incremento ao longo dos anos e sua distribuição espaço temporal ela apresenta padrões diferenciados para cada classificação em análise. O segundo artigo objetiva-se estimar as probabilidades de ocorrências dos desastres, segundo as variáveis associadas aos eventos de cada natureza, utilizando-se dos dados anteriormente apresentados, usando-se dos modelos de regressão multinomial para dados discretos longitudinais. O terceiro e último artigo apresenta um estudo de caso, com o propósito de investigar as características meteorológicas, sociodemográficas e geológicas associadas ao DN ocorrido em Natal/RN, durante o mês de junho de 2014. Para tais análises serão utilizados os dados disponibilizados Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais e Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Utilizando-se de uma análise observacional, sinótica, reanálise, termodinâmica e de modelagem, bem como as características sociodemográficas e geológicas em questão. Onde se pode verificar, que o sistema atmosférico conhecido como Distúrbio Ondulatório de Leste, responsável por fortes chuvas, foi um dos potenciais fatores para o deslizamento, o que não se devem dispensar as características sociais e geológicas da população no ato do decreto. Portanto, a compreensão do comportamento das ocorrências ao longo do tempo levará as autoridades competentes a identificar as condições que se encontra a sociedade, possibilitando o direcionamento de ações e políticas públicas eficazes na gestão para a mitigação do risco aos desastres naturais.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1346630 - LARA DE MELO BARBOSA ANDRADE
Interno - 1280761 - CRISTIANO PRESTRELO DE OLIVEIRA
Interno - 1914304 - KELLEN CARLA LIMA
Interno - 792.031.834-34 - MARIA HELENA CONSTANTINO SPYRIDES - UFRN
Externo ao Programa - 350698 - VENERANDO EUSTAQUIO AMARO
Notícia cadastrada em: 21/08/2018 09:24
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa09-producao.info.ufrn.br.sigaa09-producao