Banca de DEFESA: MAURICIO LIMA DE ALCÂNTARA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MAURICIO LIMA DE ALCÂNTARA
DATA: 27/11/2015
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Geofísica
TÍTULO:

 

UM ESTUDO SOBRE A INFLUENCIA DE TEMPESTADES MAGNÉTICAS NOS PERFIS DE TEMPERATURA DA BAIXA ATMOSFERA SOBRE NATAL - RN


PALAVRAS-CHAVES:

 Palavras chaves: Tempestades magnéticas; perfil de temperatura; troposfera, atividade solar


PÁGINAS: 124
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Geociências
SUBÁREA: Meteorologia
ESPECIALIDADE: Climatologia
RESUMO:

Resumo


             Compreender mudanças climáticas é um assunto de extrema importância e tem estimulado inúmeras pesquisas. Grande parte do aumento observado na temperatura da superfície global sobre os últimos anos ocorreu antes de 1940 e depois de 1980. As principais causas relacionadas são a variabilidade solar, mudanças na atmosfera, conteúdo de gás de efeito estufa ou enxofre devido à ação natural ou antrópica, ou variabilidade interna do sistema oceano-atmosfera. O magnetismo e as tempestades magnéticas têm sido raramente citados, e as evidências para conexões entre clima e estes eventos têm recebido pouca atenção. Relatos indicam que pode exister uma correlação entre mudanças na amplitude das variações geomagnéticas de origem externa, radiação solar e da temperatura global. Estes parecem se correlacionar com eventos climáticos significativos na região do Atlântico Norte. O mecanismo proposto envolve as variações da geometria do campo, o que resulta num aumento de raios cósmicos a nucleação induzida de nuvens. Aquisição de dados sobre eventos pouco elucidados são necessários para investigar mais indicações de que os campos magnéticos do Sol e da Terra podem ter influência significativa sobre a mudança climática em determinadas escalas de tempo. As correlações da atividade solar com o clima foram investigadas em regiões de baixas latitudes da América do Sul. Em algumas regiões da Terra, os ciclos de 11 e 22 anos correlacionam, por exemplo, com a variação dos níveis de chuvas. O mecanismo responsável por esta correlação ainda não é conhecido.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 348011 - GILVAN LUIZ BORBA
Interno - 1858120 - DAVID MENDES
Interno - 345792 - MARIO PEREIRA DA SILVA
Externo à Instituição - NEDNALDO DANTAS DOS SANTOS - SEE
Notícia cadastrada em: 23/11/2015 12:10
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao