Banca de DEFESA: TABITA POLLYANA ALVES DE SOUZA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : TABITA POLLYANA ALVES DE SOUZA
DATA : 27/10/2016
HORA: 08:30
LOCAL: NEPSA II - CCSA
TÍTULO:

 

O EXERCÍCIO PROFISSIONAL DO ASSISTENTE SOCIAL NOS  ESPAÇOS DE ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL À CRIANÇA E ADOLESCENTE: demandas contemporâneas e respostas socioprofissionais



PALAVRAS-CHAVES:

 

Serviço Social, Exercício Profissional, acolhimento institucional, demandas contemporâneas,  respostas socioprofissionais.

 




PÁGINAS: 162
RESUMO:

 

O presente estudo, inserido na linha de pesquisa Estado, Políticas Sociais, Sociedade e Direitos, do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UFRN), realiza uma análise do exercício profissional de assistentes sociais que atuam nos espaços de acolhimento institucional para crianças e adolescentes, na particularidade do município de Natal, lócus da pesquisa empírica. Considerando que nesses espaços-ocupacionais se corporificam diferentes expressões da questão social que marcam a problemática do acolhimento, o exercício profissional possui características que demandam novas necessidades, novas formas de compreensão e intervenção dos assistentes sociais no âmbito do acolhimento institucional. O estudo se propôs a identificar e analisar as demandas postas para o Serviço Social e as respostas da categoria profissional nos espaços de acolhimento institucional, dentro dos marcos dos projetos sociopolíticos em confronto na sociedade brasileira contemporânea. Constituiu-se em uma análise crítica-dialética, sob o enfoque teórico-metodológico de base qualiquantitativa, tendo como pressuposto a condição de acolhimento à criança e ao adolescente nas suas dimensões sociais, legais e históricas que norteiam o tema, encaminhado através do exercício profissional do assistente social. São analisados os atuais contornos das demandas apresentadas hoje ao Serviço Social, forjadas no quadro recente das relações entre o Estado e a sociedade no país, que adquirem particularidades distintas nos serviços de acolhimento à criança e ao adolescente. Ressaltando o que se esconde por detrás destas relações: as contradições e impasses pelos quais o exercício profissional se realiza nos espaços de acolhimento, problematiza-se a relação entre demandas sociais e necessidades sociais na sociedade capitalista, que se fundem em face das determinações particulares do Serviço Social e as alteram em termos das demandas, dos usuários, dos valores, dos critérios, dos padrões societários, das requisições e das condições de trabalho. O percurso estabelecido entre o conhecimento e a realidade concreta abordada e problematizada exigiu necessárias mediações entre a empiria pesquisada e as referências teóricas a partir dos conceitos das Demandas Sociais, da Questão Social, dos Direitos Sociais, do Acolhimento, do Exercício Profissional nos Serviços de Acolhimento à Criança e Adolescente. Além da pesquisa bibliográfica e documental viabilizando uma aproximação da realidade pesquisada, realizou-se entrevistas semi-estruturadas com 9 (nove) assistentes sociais integrantes das equipes técnicas dos espaços de acolhimento Casa de Passagem I, II e III em Natal/RN. Os resultados da análise realizada demonstram que são criadas novas demandas que necessitam de outras respostas da profissão, fazendo com que esta tenha que organizar em seu interior tais respostas, posicionando-se diante da realidade social em questão.

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ADNA REJANE FREITAS REGO - UnP
Interno - 1149382 - IRIS MARIA DE OLIVEIRA
Presidente - 6347119 - MARIA CELIA CORREIA NICOLAU
Notícia cadastrada em: 26/10/2016 10:27
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao