Banca de QUALIFICAÇÃO: MARLON BARBOSA DANTAS DE CARVALHO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARLON BARBOSA DANTAS DE CARVALHO
DATA : 14/03/2019
HORA: 10:00
LOCAL: Sala Darwin
TÍTULO:

ESTUDO DA PARTICIPAÇÃO DO EIXO HIPOTÁLAMO-HIPÓFISE-ADRENAL NA MODULAÇÃO DO COMPORTAMENTO TIPO DEPRESSIVO INDUZIDO PELA ATIVAÇÃO DE RECEPTOR DE NOCICEPTINA/ORFANINA FQ


PALAVRAS-CHAVES:

depressão; nociceptina/orfanina FQ; camundongo; natação forçada.


PÁGINAS: 22
RESUMO:

Diversos estudos têm relacionado o sistema da N/OFQ - receptor NOP com o transtorno de humor depressivo. Apesar do notório efeito do tipo antidepressivo induzido pela administração de antagonistas NOP em diferentes testes comportamentais e modelos animais de depressão, ainda pouco se conhece sobre a ação comportamental de agonistas NOP em condições de estresse. Evidências muito recentes do nosso grupo de pesquisa mostraram que a administração de agonistas NOP facilita o comportamento do tipo depressivo em camundongos no modelo do desamparo aprendido. Esse modelo é bastante validado para estudo da depressão, porém o animal é submetido à 180 eletrochoques nas patas, a fim de promover a aquisição do comportamento depressivo. Neste projeto, pretendemos avaliar o papel de agonistas NOP na aquisição do fenótipo depressivo no teste da natação forçada, que é uma condição muito menos estressante quando comparado ao modelo do desamparo aprendido, e avaliar a participação do eixo hipotálamo-hipófise-adrenal (HPA) na mediação desse efeito do tipo depressor induzido por agonistas NOP. Para atingir tal objetivo, iremos testar o efeito de 2 agonistas NOP (Ro 65-6570 e MCOPPB) e um antagonista NOP (SB612111) em animais pré-tratados com antagonista do receptor CRF1 (NBI 30755), de glucocorticoide (RU 486) e inibidor da síntese de glicocorticoides (aminoglutetimida). Para fins de comparação, a ação da dexametasona será avaliada nessa mesma condição experimental. Foi observado, inicialmente, que o tratamento com imipramina confirmou e padronizou nossa condição experimental. A administração de dexametasona pré treino não alterou o tempo de imobilidade dos animais em comparação ao controle. O pré-tratamento com agonista NOP, Ro 65-6570, aumentou significativamente o tempo de imobilidade dos animais enquanto o pré-tratamento com antagonista NOP, SB-612111, induziu uma diminuição no tempo de imobilidade dos animais nos testes iniciais realizados. Espera-se com este trabalho avançar no entendimento do papel exercido pelo eixo HPA na mediação do comportamento depressivo induzido por agonistas NOP.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1645202 - ELAINE CRISTINA GAVIOLI
Interno - 2190521 - HINDIAEL AERAF BELCHIOR
Notícia cadastrada em: 28/02/2019 14:44
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao