Banca de QUALIFICAÇÃO: UBALDO ENRIQUE RODRIGUEZ DE AVILA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : UBALDO ENRIQUE RODRIGUEZ DE AVILA
DATA : 08/05/2018
HORA: 14:00
LOCAL: Anfiteatro das Aves
TÍTULO:

Variabilidade da Frequência Cardíaca e Aprendizagem em ambientes educativos aplicados, Personalidade, Emoção e Preferência Circadiana em estudantes universitários


PALAVRAS-CHAVES:

Variabilidade da frequência cardíaca; Aprendizagem; Personalidade; Emoção; Preferência Circadiana.


PÁGINAS: 76
RESUMO:

É uma preocupação constante de todas as instituições educacionais de todos os níveis compreender os mecanismos envolvidos nos processos de Ensino-Aprendizagem (Mokhtar-Noriega et al, 2016), principalmente nas interações psicobiológicas dos contextos aplicados. Portanto, com base em duas premissas teóricas específicas como um suporte conceitual da presente proposta: Existe apenas uma aprendizagem efetiva durante os processos de Ensino-Aprendizado, se todos os componentes da cognição humana forem mobilizados e isso pode ser medido pela resposta autonômica da Variabilidade da Frequência Cardíaca (VFC). Assim, o objetivo geral do estudo é Verificar a hipótese teórica do que a Dimensão Global da Cognição Humana tem relação com a Variabilidade da Frequência Cardíaca como medida objetivo da atenção em ambientes educativos aplicados e suas associação entre Desempenho Acadêmico, Personalidade, Emoção e Preferência Circadiana em estudantes universitários: 1) Descrever a Variabilidade da Frequência Cardíaca associada à Aprendizagem em um ambiente educacional aplicado, a Personalidade, a Emoção e a Preferência Circadiana em estudantes universitários. 2) Identificar a associação entre Variabilidade da Frequência Cardíaca, Desempenho Acadêmico, Personalidade, Emoção e Preferência Circadiana em estudantes universitários. Com uma abordagem metodológica para interações grupais em ambientes ecologicamente naturais (Dikker et al., 2017), derivada da abordagem de correlação intersubjetiva em ambientes educacionais semi-naturalistas (Dikker et al., 2014), propomos também determinar a validade de um modelo de medição da VFC durante um processo de ensino-aprendizagem.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1199136 - CAROLINA VIRGINIA MACEDO DE AZEVEDO
Presidente - 1216466 - JOHN FONTENELE ARAUJO
Externo à Instituição - RAPHAEL BENDER CHAGAS LEITE - UFRN
Notícia cadastrada em: 02/05/2018 17:39
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao